O que é copywriting? Essa talvez seja uma das maiores buscas atualmente. Mas isso se deve a um fator, e não a uma maré. Você pode até ser da opinião de que muito já foi feito por sua técnica de marketing digital. Mas a verdade é que tendências surgem constantemente, sobretudo no que tange o mercado digital.

Antes de falarmos sobre o que é um copywriting, é preciso entender a importância dele para as estratégias digitais. As vendas que acontecem virtualmente precisam de uma característica determinante: o envolvimento. O público pode encontrar dezenas de outras empresas que vendem o mesmo produto que você. Por que, então, eles deveriam escolhê-lo?

Essa seria a ideia, afinal. Mostrar para o público que o melhor negócio é certamente trabalhar com a sua empresa. Quanto mais um cliente sentir segurança com a marca, mais ele vai confiar. E confiança gera autoridade. E qual marca não quer construir sua autoridade no mercado? Em suma, as técnicas de copywriting surgiram e vêm se aprimorando cada vez mais.

É possível encontrar no mercado, nos dias de hoje, livros de copywriting, tamanha virou sua importância. Mas vamos falar sobre eles logo mais. Primeiramente não adianta falarmos sobre livros e cursos sem antes nos aprofundarmos no assunto. Mas saiba que neste artigo, você também vai encontrar dicas de como ser um copywriter e se destacar no seu segmento.

Enfim, sem esticar mais o assunto, vamos descobrir o que é copywriting e como isso pode mudar significativamente seus resultados.

Afinal, o que é copywriting?

Para entender o que é um copywriting, é preciso expandir a mente. O copywriting fala muito mais do que uma redação publicitária. Isso porque o copywriting se baseia, acima de tudo, em três pilares: embasamento, gatilhos mentais e eliminação de objeções. Por esses três motivos, as técnicas de copywriting são muito mais amplas do que a redação publicitária como a conhecemos.

Para entender o que é um copywriting, é preciso expandir a mente.

Antes de mergulhar em livros e mais livros de copywriting, é preciso compreender esses três pilares. Aprender como ser um copywriter pode ser entendido com um exemplo. Imagine que você quer adquirir um material sobre educação infantil. Dessa forma, você começa a procurar empresas que ofereçam o material. E opta por duas. Em uma delas, você encontra:

A loja X está há mais de 50 anos no mercado, atuando em mais de 100 países. Sua credibilidade se deve a sua longa lista de clientes satisfeitos. A empresa X leva a educação infantil a sério e trabalha com responsabilidade no desenvolvimento do seu material. Se procura qualidade na educação infantil, a empresa X é a solução.

Na página da segunda empresa, você encontra:

Somos espectadores de um momento de revolução no aprendizado. Como acompanhar os pequenos que nos transmitem a sensação de já nascer sabendo tudo? Pensando nisso, a empresa Y oferece material que desenvolve a criatividade, empatia, comunicação, convivência em sociedade e tudo o que os aprendizes da nova era precisam para se tornarem adultos exemplares.

Sinceramente, qual destes textos oferece uma oferta irresistível? As pessoas não estão tão preocupadas mais com a história da marca. Pessoas querem soluções e empresas que realmente entendam o que elas passam. Deu para compreender o que é copywriting? É aquele texto persuasivo, que oferece solução, preocupação e entende a dor do seu público.

Técnicas de copywriting

Agora que você compreendeu o que é um copywriting, vamos conhecer qual o segredo por detrás da comunicação matadora. Lembre-se que escrever bem não é a mesma coisa que escrever um bom copy. Redação publicitária não é copy. Os livros de copywriting sempre batem nessa tecla: Saber utilizar gatilhos mentais.

Os gatilhos mentais são as decisões tomadas pelo cérebro no modo “automático”. Para entender como ser um copywriter, é preciso entender esses gatilhos mentais. O cérebro precisa dessas decisões automáticas, pois é provável que morreríamos de exaustão se tivéssemos que avaliar cada decisão necessária durante um dia inteiro. Para aliviar um pouco para nós, ele decide sozinho.

Existem muitas maneiras de entender o que é copywriting na prática, e os gatilhos mentais são uma dessas maneiras. Para facilitar a compreensão na prática sobre o que é um copywriting, vamos conhecer as técnicas de copywriting que utilizam os gatilhos mentais que mais geram resultados. Anote as dicas para aprender como ser um copywriter de sucesso.

Olha esse vídeo onde o Felipe Pereira fala a respeito.

1 – Conheça seu público

Quer saber o que é copywriting? Pois bem, é isso. Saber exatamente com quem está trabalhando. Você tem que saber para quem está oferecendo seu produto, a fim de conhecer suas dores. Se colocar no lugar dele, saber como falar com ele e saber como oferecer conteúdo de valor para ele. O público precisa perceber sua preocupação em ajudá-lo, enfim.

Afinal, o que é um copywriting se não aquele texto que nos gera emoção? Os livros de copywriting sempre fazem questão de ressaltar essa preocupação com a pessoa que está acessando seu conteúdo. Se ela está procurando informações, ela está mesmo precisando de auxílio. Dessa maneira, conheça bem seu público para saber exatamente o que oferecer.

2 – Ofereça algo além do produto

As técnicas de copywriting sempre falam sobre a importância do conteúdo a fim de auxiliar os empreendedores. Ademais, é importante mostrar ao seu público o quanto ele é importante. Essas são outras dicas que comumente você vai encontrar nos livros de copywriting. Portanto, ofereça algo além do que o produto ou serviço que está vendendo.

Pode ser um ebook gratuito, por exemplo, trazendo dicas que tenham relação com o assunto do produto ou serviço. Ou uma videoaula em que mostra, na prática, como utilizar o produto ou serviço da melhor maneira. Se quer aprender como ser um copywriter que obtém resultados excelentes, sobretudo entenda que pessoas gostam de se sentir privilegiadas.

3 – Prova social

Se uma pessoa chega e conta uma história, primordialmente o que te faz acreditar nela? Imagine a situação atual: você quer entender o que é copywriting. O que te faz acreditar no que estou dizendo aqui? São duas as circunstâncias que fazem com que as pessoas confiem nas informações que recebem. A primeira delas, a confiança.

A confiança normalmente acontece quando sabemos que quem nos oferece a informação, é alguém em quem podemos acreditar. E esse é o motivo pelo qual você acredita na minha explicação sobre o que é um copywriting. O freesider é um local que traz informações com responsabilidade, com o objetivo de dar auxílio a todos que querem mudar de vida.

Todavia, se esse não é o caso da sua empresa, outra maneira de conseguir conquistar a confiança do seu público é provando o que diz. A prova pode acontecer através de depoimentos de clientes, por exemplo. Eles podem contar o quanto seu produto os ajudou a conquistar objetivos, ao passo que você se mostra alguém que realmente entende do mercado no qual atua.

Por exemplo, veja esse depoimento do Matheus Ramos que participou do Freesider Meeting de 2017…

4 – Assuma os erros

As técnicas de copywriting sempre falam sobre a importância de mostrar para seu público que você também é humano. Afinal, hoje em dia, é fundamental que as pessoas saibam que atrás da marca, existem pessoas. Olha o exemplo da Netflix. A empresa tem uma levada muito divertida, colocando a empresa como uma jovem que conversa com o público.

Dessa maneira, se a empresa cometer algum erro, assuma. Não tenha vergonha em dizer que realmente algo aconteceu. Desculpe-se com quem foi prejudicado e explique às pessoas que vai melhorar esse ponto. Você vai conseguir criar conexões com seu público, quando mostrar que é como ele. E as conexões são a espinha dorsal do copywriting. Ou seja, se quer uma estrutura forte, primeiramente se conecte com o público.

5 – Escassez

Esse pode ser um dos gatilhos mentais mais poderosos ao passo que ele tem um forte poder de ativar o modo automático do cérebro. Veja bem. Você quer adquirir um produto e entra na página para comprá-lo. No entanto, quando olha, encontra uma mensagem: últimas unidades. O cérebro imediatamente responde a isso, com medo de ficar de fora. Por isso o termo “escassez”.

Se quer saber como ser um copywriter persuasivo, entenda essas reações. É preciso conhecer as armas para convencer as pessoas. É preciso ler livros de copywriting, artigos, blogs, assistir aulas. É preciso entender bem o que é copywriting para que todas essas dicas façam sentido. É preciso alinhar dom, conhecimento e principalmente técnicas para se tornar um excelente copywriter.

6 – Reciprocidade

Se você falar diretamente sobre seu produto ou serviço, é provável que o possível cliente sequer pare para ler com a finalidade de conhecê-lo. Desse modo, para entender o que é um copywriting, é preciso entender de reciprocidade. Entre as principais técnicas de copywriting, está a relação cliente e empresa. Quem são as pessoas com as quais você se relaciona e sente-se bem?

Pessoas preferem as relações que as deixam à vontade. Família, amigos próximos, pessoas do grupo de estudo, por exemplo. Elas convivem de forma recíproca. Dividem situações que as colocam em patamares próximos. E isso é aconchegante. Então por que não aproximar empresa e cliente através da reciprocidade?

Seja amigo do seu público, mostre que se interessa pela sua opinião e participe sempre que possível. As redes sociais, por exemplo, são uma excelente maneira de ser recíproco. Responda quando questionado, dê opiniões e mostre o quanto ele não é apenas mais um número. É possível terceirizar esse trabalho para a equipe de marketing. Em outras palavras, se faça presente na mente do seu público.

E uma outra forma de gerar reciprocidade é dar algo de valor ao público, por exemplo, o Fagner Borges é especialista em transformar conhecimento em dinheiro, por isso ele desenvolveu esse ebook aqui abaixo…

7 – Faça o cliente concordar com você

Logo mais vou citar alguns livros de copywriting que você deve ler, ou seja, técnicas. Mas antes, uma boa dica para saber como ser um copywriter: faça o cliente concordar com o que diz. Em hipótese alguma faça-o pensar nas desvantagens em adquirir seu serviço ou produto. Sua função é fazer com que ele concorde com os seus argumentos.

Afinal, o que é copywriting? É justamente isso. O conteúdo que faz com que, através da informação de valor, o público sinta que a solução está ali, afinal. Então faça perguntas em que, consequentemente, a resposta seja “sim”. O cliente precisa perceber que a empresa, primeiramente, conhece sua dor. E com perguntas em que as respostas sejam “sim”, essa sensação é transmitida.

8 – Quebre objeções com calma

As objeções são comuns, até porque ninguém está disposto a gastar em um primeiro momento. Para entender o que é um copywriting, é preciso entender que a paciência deve imperar. Todo o conteúdo deverá ser desenvolvido com calma. Ela deverá ser usada para analisar o público e concluir exatamente o que ele precisa e quer ouvir.

Quando acontecer as objeções, elas devem ser rebatidas com cautela, sem jamais discordar do cliente. O melhor a fazer, é repetir a objeção e transformá-la em uma pergunta que a resposta será “sim”, novamente. Por exemplo: “Então o senhor está me dizendo que o problema ‘tal’ está impedindo seu crescimento?”

“E se eu lhe disser que meu produto pode solucionar esse problema, estaria disposto a ouvir a respeito?”

9 – Conte histórias

Pessoas adoram contar histórias, e ouvir também. As técnicas de copywriting também falam sobre a importância do chamado storytelling, ou seja, narrativas que envolvem. Normalmente, empreendedores digitais utilizam suas histórias pessoais. Contam o percurso percorrido para chegar onde estão. Dessa maneira, mostram, através de provas e histórias, que seu produto ou serviço oferece resultados.

Histórias, tanto suas como da empresa ou dos clientes, criam identificação com a persona.

Livros de copywriting

Estudar nunca é demais. Assim sendo, procure sempre se atualizar quanto às técnicas. Sobretudo se quer aprender como ser um copywriter de sucesso. Então, para se tornar um profissional expert, separamos para você uma lista de livros que podem fazer toda a diferença para quem quer entender o que é copywriting:

Como você pode ver, copywriting são técnicas psicológicas, persuasivas e matadoras. É conhecer o ser humano e sua consciência. Assim, você fica por dentro de o que é copywriting. E por falar nas melhores técnicas da atualidade, não posso deixar de convidá-lo para o Freesider Meeting 2018! Não sabe o que é? Lê este artigo e descubra como se tornar o maior nome do seu mercado.

Você vai conhecer Recife, ganhar descontos nas passagens e hospedagem e ainda sair de lá com uma nova visão de mundo. Você não pode ficar de fora dessa! Corre que faltam poucas vagas!