A oportunidade de férias se aproxima e surge aquela vontade de viajar. Como em toda viagem, é muito importante organizar cada detalhe para não ter nenhum problema durante as viagens dos sonhos. Já pensou em fazer um verdadeiro check list internacional para sua viagem?

Você vai aprender alguns passos para montar o check list internacional perfeito e não ter nenhuma preocupação durante suas férias.

Descubra alguns passos para montar o check list internacional perfeito

Cheio de informação e com alguns macetes que você jamais vai esquecer em nenhuma outra viagem. A organização é feita em ordem cronológica, para não correr os riscos de esquecer qualquer detalhe da programação ou qualquer item que não pode faltar. Pegue papel e caneta e acompanhe as dicas!

Check list em detalhes para sua viagem

Toda viagem que for programada é indicado que seja feita uma organização bem detalhada de cada item que não pode faltar. Por isso, o check list internacional é algo que não pode deixar de ser feito, essa é a garantia que tudo foi separado corretamente, desde o passaporte ao roteiro de restaurantes que vai visitar durante a estadia. Acompanhe as dicas a seguir:

1- Passaporte

O passaporte é o primeiro item a ser separado após decidir por uma viagem internacional, então coloque no check list internacional para não correr o risco de esquecer. Caso ainda não tenha, é preciso entrar no site da Polícia Federal e conferir todos os documentos necessários para emissão.

Alguns países do Mercosul facilitam as viagens para os brasileiros, pois não exigem passaporte para entrar no local, sendo preciso apenas a apresentação da identidade: Argentina, Colômbia, Chile, Bolívia, Paraguai, Peru, Equador, Venezuela e Uruguai.

A primeira coisa que deve verificar é se o passaporte está em dia

Outro ponto importante é não esquecer a data de validade do passaporte. Muitas pessoas programam a viagem e esquecem desse detalhe que, muitas vezes, faz com que a viagem seja até cancelada.

Muitos países exigem que o passaporte esteja com o prazo igual ou superior a 6 meses da data de expiração durante sua estadia no país. Exemplo: Se você viaja no início do ano, seu passaporte deve vencer apenas em julho. Essa é a condição de alguns países.

2- Visto

Seguindo a ordem cronológica do check list internacional, o visto vem em segundo lugar, mas tem a mesma importância que o passaporte. Ele não é barato, então é indicado que você deve procurar primeiro saber se o país que vai viajar exige dos turistas o visto. Lembre-se: sem ele você não consegue passar pela polícia federal do país de destino. Principalmente países como Japão e Estados Unidos.

3- Vacina

Busque saber se o país que escolheu visitar exige a vacinação. Alguns pedem que você esteja vacinado contra febre amarela e contra a malária, por exemplo. A dica é que visite o site da OMS e verifique quais as vacinas que o país exige. Após a consulta, compareça ao posto de vacinação mais próximo da sua casa e conclua mais uma etapa do seu check list.

4- Roteiro

É sempre bom pesquisar e anotar todos os lugares e atrações que deseja visitar durante sua viagem. Monte um roteiro de todos os dias de passeio e pesquise sobre horários e preços de alguns locais, isso pode facilitar na organização do dia, para não perder nada durante a viagem, e também questão de valores, assim você consegue se programar melhor em relação aos gastos de viagem.

Pesquisar as atrações e passeios é fundamental nas viagens

Uma boa dica é que você separe um ou dois dias da sua viagem (dependendo de quanto tempo vai ficar) sem marcar nenhuma programação, isso porque sempre fica alguma coisa pendente e só nota depois. Deixando esses dias livres você consegue visitar locais que pode ter esquecido ou até mesmo descoberto em outros passeios.

5- Hotel

Muitos podem pensar que o hotel deve ser decidido antes do roteiro, é aí que algumas pessoas cometem o grande erro. O hotel deve ficar próximo as atrações escolhidas. Uma boa dica para pesquisar hotéis de confiança e que consiga verificar a distância do centro ou de qualquer outro lugar de preferência é o Trivago e o Booking.

As melhores escolhas de hotéis são os próximos as atrações escolhidas

Para quem vai precisar se locomover de transporte público, é fundamental que decida por um local próximo, para não perder muito tempo de deslocamento em seguir o roteiro. Essa dica é boa até para quem pretende alugar um carro, basta procurar um hotel que tenha como serviço o estacionamento gratuito.

Antes de descobrir mais sobre check list internacional, dê uma olhada nestes links. Eles com certeza irão ajudar a programar as melhores viagens:

1- As comidas gregas que devem ser degustadas durante a viagem

2- Descubra como viajar de graça para o exterior

3- Projeto de Volta ao Mundo: Como planejar?

6- Restaurantes

É sempre bom conhecer as comidas típicas do país que vai visitar, então pesquise restaurantes bacanas que seja válido conhecer. Busque na internet sobre a gastronomia do local e os restaurantes que oferecem esse tipo de comida.

Pesquise os melhores restaures no país de destino

É muito prazeroso conhecer locais que ofereçam uma boa refeição, então após separar os nomes de cada restaurante, busque opiniões de quem já foi, assim você se sente mais seguro na hora da escolha.  Viagem e uma boa gastronomia é a combinação perfeita, não é mesmo?

7- Moeda

É muito importante que você acompanhe as notícias sobre a moeda do país que vai visitar, como a opinião de especialistas, por exemplo. Tente não deixar para a última hora, o tempo indicado é de 2 meses antes da viagem. Aeroporto e casa de câmbio do país escolhido costuma ser mais caro.

8- Cálculos

A situação financeira é muito importante no momento de decidir e na hora da viagem. É sempre bom planejar com antecedência e também separar o dinheiro para determinado uso. Por exemplo: alimentação, passeios, restaurantes e hotéis.

Outra dica é que separe um valor por dia. O cálculo é bem simples: Pegue o valor total que tem para a viagem, incluindo todas as despesas mesmo, divida pela quantidade de dias que vai ficar fora e dessa forma você chega ao valor que pode ser gasto diariamente.

9- Mapas

É bem comum que hotéis ofereçam os mapas da cidade para todos os turistas que viajam para o país, então é muito importante que tenha sempre ele em mãos. Outra dica, além dos mapas, são os aplicativos, pois eles podem te ajudar a se locomover de todas as formas, assim você controla todo que vai gastar.

Mapas e aplicativos da cidade são indispensáveis

É importante que você busque um aplicativo da cidade que vai visitar, normalmente eles oferecem as atrações mais próximas de você e também traz as opiniões de outras pessoas sobre determinado local ou serviço.

Essas foram algumas dicas que podem preencher seu check list internacional, mas procure saber tudo o que for importante para sua estadia no país, para que você possa aproveitar cada minuto dos seus passeios.