Você já deve ter pensado na possibilidade de desapegar de alguns itens, não é mesmo? A ideia de viver com menos coisas já foi adotada por muita gente que se rendeu a um estilo muito mais focado em experiências do que bens materiais.

Basicamente, esse conceito de rotina se apega ao objetivo de que viver com menos coisas pode representar um cotidiano muito mais livre, leve e sem estresse.

Descubra 9 ótimos motivos para viver com menos coisas e ser feliz!

Ficou interessado em abraçar essa nova forma de encarar o mundo? Então segue aqui com a gente para que você possa ver essa nova possibilidade em sua vida…

Confira 9 vantagens de quem decide viver com menos coisas

Não é preciso estar em uma situação complicada financeiramente para abrir mão de objetivos e imóveis que não acrescentam nada de produtivo ao seu dia a dia. Mais do que fugir dos problemas, esse novo estilo de vivencia pode deixar tudo muito mais incrível. Descubra 9 razões que comprovam isso!

1 – Menos bagagem

Sabe aquela sensação de ter que deixar metade de seus pertences valiosos quando se pretende fazer uma viagem? Isso não acontece para quem resolve viver com menos coisas. De maneira geral, você vai poder carregar todos os seus itens dentro de uma ou duas malas.

Isso não significa que você deve passar necessidade ou ficar com poucas peças de roupas e acessórios. Mostra apenas como você tem muito mais do que realmente necessita e praticamente não usa inúmeras peças!

2 – Liberdade

Quem toma a coragem decisão de viver com menos coisas acaba por redescobrir a liberdade. Isso acontece porque você terá muito menos coisas para se preocupar, limpar e carregar. De fato, é uma sensação transformadora de libertação!

3 – Economia

Você já parou para pensar que quanto menos sente a necessidade de adquirir, menos grana vai gastar com coisas supérfluas ou compradas por impulso? Ao invés disto, você pode guardar para fazer uma viagem planejada há anos ou fazer algum passeio que sempre desejou.

Desapego gera economia considerável no fim do mês

Agora, antes que você siga para o próximo tópico, deixa a gente mostrar algumas dicas para manter um orçamento muito bem planejado e enxuto, dá uma olhada:

1 – Planejamento financeiro: 3 planilhas para você começar a guardar dinheiro

2 – Viver de renda: o que você precisa saber antes de apostar nisso

3 – Independente financeiramente: 5 dicas de como fazer para sê-lo

4 – Viver mais

Apesar de a sociedade impor essa obsessão em acumular, a maioria das pessoas se sente muito mais realizada com experiências e não novas compras. Quer saber como ter menos coisas pode intensificar as suas vivencias?

Pegue uma folha de papel, divida em dois blocos e escreva: seus pertences mais valiosos e do outro lado os momentos mais incríveis de sua vida. Ao avaliar essas duas fileiras, você vai notar que poucos itens do primeiro bloco superam o que aparece no bloco de experiência.

5 – Sustentabilidade

Você já deve ter descoberto que boa parte dos seus itens é feita a base de material natural. De acordo com a University of British Columbia, aproximadamente 5 hectares de terra são necessários para dar conta do padrão de consumo de uma pessoa em um país tão capitalista quanto o Brasil.

Dá para imaginar o tamanho do impacto das ações dos bilhões de seres humanos espalhados pelo mundo? Quando você resolve fazer a sua parte e viver com menos coisas está demonstrando interesse em promover a sustentabilidade.

6 – Organização

Você é daquelas pessoas que necessita manter tudo muito bem organizado? Quando você consegue viver com menos coisas, inevitavelmente, também torna a sua organização diária muito mais simples, fácil e pratica.

Quando se tem menos objetivos, a sua organização também fica muito mais simples

Por isso, o primeiro passo para adotar essa nova ideologia do desapego é revirar os armários, os baús e as gavetas de sua casa em busca de tudo está acumulado e sem nenhum uso há anos. Essa organização pode fazer muito bem para o seu espírito.

7 – Fonte de renda extra

Depois que você promove esse filtro ao viver com menos coisas e separa o que está sobrando, por que não se desfazer desta tralha e ainda fazer um dinheiro a mais? Hoje em dia, a internet oferece milhares de plataformas para venda, renda ou troca de produtos por valores bem interessantes.

Mercado Livre, Enjoei, OXL, entra tantos outros podem ser uma excelente opção para uma lojinha virtual. Outra opção bem mais tradicional é promover um bazar para seus amigos, familiares e conhecidos.

8 – Fim do estresse

Quanto mais cedo você consegue viver com menos, menor é a ansiedade para comprar e ter. Comprar o carro do ano significa ainda a necessidade de arcar com seguro, estacionamento, revisão e a sensação de perigo toda a vez que se programa para fazer algo na rua.

Viver com menos coisas reduz estresse, melhorando muito a sua qualidade de vida

A necessidade de arcar com o pagamento da casa própria por duas ou três décadas, o parcelamento das contas do cartão de crédito, as roupas da nova estação, os calçados da tendência, o celular do momento e tantos outros aparelhos que não possuem tanta diferença de um ano para o outro.

Quando você percebe que não é obrigado a adquirir tudo isso e tampouco se matar de trabalho para ganhar mais, a sua vida começa a ter contornos bem mais tranquilos e o estresse cai drasticamente.

9 – Ser mais ao invés de ter

Quando você começa a viver com menos coisas, parece que se tem até mais tempo para encontrar a felicidade dentro de si mesmo. Você descobre como pode se conectar com as pessoas a sua vontade, aprende o que sempre sentiu muita vontade e se concentra apenas no que lhe faz muito bem.

De fato, a principal vantagem de viver com menos coisas é aprender que você pode se destacar muito mais por suas características do que pelo que possui ou acumulou materialmente. Você entende que não precisa estar preso a uma rotina infeliz e pode muito bem se satisfazer com que está ao seu alcance.

Você consegue descobrir que viver uma experiência diferenciada é muito melhor do que comprar algo novo

No fim das contas, você entende que um mergulho no mar da praia mais perto de sua casa é tão refrescante quando no Caribe e que o carro do ano retrasado pode lhe levar aos mesmos lugares que o automóvel do momento. Tudo é uma questão de colocar as experiências a frente das conveniências.