Rate this post

O empreendedorismo digital é uma alternativa de trabalho nas horas vagas, que pode ser realizado de casa, e que exige habilidade e astúcia para manter o negócio em funcionamento constante.

Principalmente no que se refere a contato com cliente. Afinal, o trabalho nas horas vagas pela internet também está relacionado a venda. Sendo assim, a fluxo de visitantes que se converterão em clientes deve ser mantido o tempo todo.

Ilustração mostrando o trabalho nas horas vagas com internet
Ilustração mostrando o trabalho nas horas vagas com internet


Esta é, inclusive, uma preocupação de qualquer empreendimento. Assim como uma loja física, o site e as páginas do negócio devem ter visitas constantes, a fim de realizar vendas.

A vantagem de um empreendimento online é a possibilidade de alcançar clientes qualificados. Ou seja, atrair apenas pessoas que realmente estão no momento de realizar a compra.

O outro critério em que o trabalho nas horas vagas online é mais vantajoso que o físico é referente a Gestão de Relacionamento com o Cliente.  

E como observado por Philip Kotler, o maior dos especialistas de marketing, conquistar um novo cliente pode ser 5 ou 7 vezes mais caro que manter um antigo.

Ou seja, mais importante que conquistar novos clientes, é atender ainda melhor os antigos. Sendo assim, é fundamental investir tempo, em desenvolvimento e aplicação de estratégias no trabalho nas horas vagas, para manter a constância de clientes já conquistados.

O empreendedorismo digital, mesmo quando um trabalho nas horas vagas, carece de relacionamento com o cliente. E para tal, a criação de listas é um recurso fundamental para manter a integração entre o cliente e a empresa.

Afinal, o cliente é o um pilar fundamental de qualquer empreendimento. E no digital, a lista é o principal ponto de ligação entre as partes.

A prosperidade do seu negócio digital, depende deste elo. Que pode ser reforçado por meio da lista.

Importância da criação de lista

A lista nada mais é que, e-mails de clientes ou pessoas que têm interesse em serem clientes. A pessoa entrega o endereço de e-mail em troca de suas atualizações, ofertas especiais, informações e benefícios que você possa oferecer do seu empreendimento através do e-mail.

Como trabalho nas horas vagas, você não pode perder tempo. E com o e-mail marketing, mesmo sendo virtual, você tem a garantia de estar falando com pessoas reais.

Com a lista, você tem uma ideia clara das pessoas com quem está falando. Ou seja, você tem informações mais consistentes.

Além de e-mail e nome, é possível entender um pouco mais sobre o que eles gostam, o que eles não gostam, quais páginas web eles frequentam quando eles não estão em suas páginas da web e muito mais.

Esta informação clara e autêntica é fundamental para fornecer conteúdo mais relevante. Assim, você e seus clientes estarão na mesma página.

Diferente de um anúncio no Facebook, onde o cliente não escolhe o que será apresentado, no e-mail marketing ele fornece o aval para receber informações sobre as marcas que ele quer. A escolha é dele.

Está é uma garantia de interesse na sua marca. Ao entrar em uma lista, o indivíduo está de acordo em receber os e-mails.

A vantagem para a marca é que, a maioria do conteúdo que é feito, será visto. Já que, com uma lista, os e-mails enviados permanecerão nas pastas de e-mail dos seus inscritos até que eles leiam esses e-mails.

Em conclusão, com a lista seus e-mails têm uma chance muito maior de serem lidos, e há uma possibilidade maior de realizar vendas.

E mais, com a lista, além de ter uma boa taxa de conversão, você consegue monetizar continuamente seus produtos.  Através de lançamento de produtos ou serviços que se complementam.

Trabalho nas horas vagas com lista

Se você quer investir seu tempo da melhor maneira, em um trabalho nas horas vagas, então, crie uma lista de e-mails de clientes e pessoas com potencial de compra.

Contato com cliente é fundamental para qualquer negócio. E a lista de e-mail é preciosa para se relacionar com as pessoas certas.

Quando você comercializa via mídia social e anúncios online, seus processos de marketing são controlados por outras empresas.

E além disso, pessoas que não são exatamente seu público alvo, são impactadas por anúncios e podem fazer comentários negativos e até mesmo denunciar. Com a lista, porém, você tem uma chance muito menor de receber reclamações ou de ser denunciado.

Nas mídias sociais e nos anúncios online, você sempre precisa manter-se atualizado com as regras e regulamentos longos para manter seu lugar.

Com uma lista, você tem mais controle, pois, o relacionamento é direto. É apenas entre você e seus clientes.

Ao contrário de seus seguidores, sua lista pertence a você e não a alguma empresa de mídia social que pode ser encerrada sem aviso prévio. Ou seja, sua lista permanecerá enquanto você continuar trabalhando.

Além disso, na sua lista, as pessoas se inscreveram porque estão interessadas, querem saber mais sobre a marca.

Contanto que você envie seus e-mails em uma frequência apropriada e mantenha o conteúdo dos e-mails relevantes, o marketing em uma lista lhe dará a confiança de que você está enviando mensagens para as pessoas que estão esperando por essas mensagens e não incomodando ninguém.

A lista funciona muito bem em duas vertentes. Como proteção e como promoção.

Proteção

Plataformas de mídias sociais são evidenciadas ou caem em desuso frequentemente. O Google, por exemplo, constantemente faz atualizações e alterações nos algoritmos. Porém, o endereço de e-mail das pessoas permanecem.  

O e-mail é a identidade de um indivíduo no ambiente virtual. Ou seja, o e-mail é a maneira mais íntima de relacionamento com o cliente. E seu empreendimento precisa dessa aproximação. Afinal, o e-mail é a segurança de ter contato sempre com o cliente.   

Promoção

Por outro lado, o e-mail é o canal em que você pode promover todas as ações da sua empresa. Informar clientes sobre os novos produtos ou atuações que serão lançados. Criar um espaço para que eles vejam o que tem sido realizado na construção do seu negócio.

A área de promoção se estende também a atender aos clientes. Utilizando esse relacionamento para compreender as necessidades, assim como, suprir as demandas existentes.

Uma vez que, você tem uma lista de e-mails de pessoas que se interessam pelo seu produto ou serviço e se encaixa no perfil de cliente, você pode então segmentar e promover seus produtos através do e-mail.

Dicas práticas sobre a lista

Até aqui acredito que você já esteja consciente da importância de se ter uma lista.

Mesmo sendo um trabalho nas horas vagas, você depende das vendas. E é muito difícil realizar vendas a frio. Afinal de contas, converter a venda, na primeira visita ao site, não é simples.

Porém, um assinante de e-mail que já se comprometeu em receber a newsletter, este sim, está mais propenso a realizar a compra. Afinal, já houve um processo de construção da confiança, e o assinante está mais aberto à compra.

Existem algumas etapas, já definidas, que você deve seguir criar sua própria lista, são os processos abaixo. Mas você pode ler mais sobre a construção da lista de e-mail, aqui.  

1 – Escolha da ferramenta

O e-mail é uma parte da empresa que está em contato direto como o cliente. Sendo assim, ele deve ser amigável e ilustrar o que a empresa tem a dizer. Tem que haver recorrência e informação de interesse do cliente.

Por isso, existem ferramentas para a criação e edição de e-mails, automação e planejamento das ações, opções de envio, segmentação e análise de resultados.

Tela de computador com imagem do dashboard do Mailchimp
Tela de computador com imagem do dashboard do Mailchimp

Tudo isso, para que você possa investir seu tempo nas horas vagas, e obter resultados satisfatórios.

As ferramentas estão disponíveis gratuitamente e também nas versões pagas. Algumas ferramentas são:

A escolha do software, porém, depende de você e da sua estratégia. Já que, cada ferramenta apresenta função específica e mais adequada para atender determinada estratégia.  

2 – O Formulário

Para colocar em prática a estratégia de e-mail marketing é preciso pedir que as pessoas se inscrevam para receber as notícias.

As ferramentas oferecem o serviço para a criação de formulário para assinante. Deve conter no formulário, logotipo e nome da empresa. Além disso, deve estar visível os campos para preencher nome e e-mail.

 

Criando o modelo de formulário para cadastramento de novos contatos
Criando o modelo de formulário para cadastramento de novos contatos


Você pode também solicitar localização geográfica ou o número de telefone. Mas, deixe esses campos como informações opcionais. O mais importante é a captura do e-mail.

Além disso, é preciso definir também, em qual parte do seu blog o formulário estará disponível. O formulário deve estar situado em um lugar muito importante no blog. Por exemplo:

  • No topo da sua barra lateral
  • Na parte inferior da página ou postagem
  • No rodapé
  • Na sua página “Sobre”
  • Em uma caixa de recurso
  • Em uma página especial do squeeze, projetada para coletar endereços de e-mail

O formulário pode ser aplicado em qualquer uma das opções acima. Além disso, é possível fazer uma combinação entre essas opções.

Utilizar um formulário na parte inferior da página e também em uma caixa de recurso, por exemplo. No entanto, é preciso analisar qual o melhor formato para seu negócio. De modo geral, deve ser adequado ao seu site.

3 – A oferta

O e-mail é a informação mais íntima no ambiente digital. Porém, muitas pessoas não se sentem à vontade de informar seus dados. No entanto, quando têm o interesse em receber alguma informação ou benefício elas se dispõem a passar essas informações.

E você deve estar preparado para essa situação. Por isso, prepare uma recompensa para os futuros clientes. Faça uma oferta e solicite o e-mail para a entrega do benefício.

Você pode ofertar as mais diversas gratificações. Desde que tenha relação com o propósito do blog e do seu negócio.

  • Um curso gratuito
  • Dicas sobre o tema principal do blog. As dicas podem ser entregues por e-mail a cada 2 ou 3 dias.
  • Um relatório livre. Um artigo especial, mais completo, que não tem no blog
  • Um E-book sobre o assunto do seu blog.

Sendo assim, outro fator importante é garantir aos possíveis assinantes que suas informações serão usadas de maneira responsável.

Para isso, indique informações para esse efeito e também adicione um link à sua Política de Privacidade imediatamente abaixo do botão “Subscrever”.

4 – Roteiro de e-mails

O primeiro e-mail que seu assinante receberá será um e-mail de confirmação, no qual deverá confirmar sua assinatura.

O próximo e-mail lhes dará o presente prometido, o e-book, o relatório, ou o acesso ao curso.

 

Tela de computador com dashboard cheio de dados de crescimento
Tela de computador com dashboard cheio de dados de crescimento


A programação de e-mails é realizada com a frequência baseada na estratégia, a cada 2 ou 3 dias, ou até mesmo semanalmente.

A verdade é que, não existe um número ideal de e-mails, o mais importante é que tenha constância. Por isso, evite mais do que semanalmente ou os assinantes vão esquecer o que eles se inscreveram. Também deve ser evitado envio de e-mails diariamente, se não existir estratégia.

Por isso, estabeleça quais as metas e objetivos com os e-mails. Afinal, você pode utilizar a lista com inúmeras finalidades de trabalho nas horas vagas. É possível, por exemplo:

  • Realizar vendas de produtos
  • Oferecer conteúdo exclusivo
  • Informar pré-venda com cupons ou descontos exclusivos
  • Enviar novos alertas de postagem no blog
  • Conceder a oportunidade de feedback

Mesmo o e-mail sendo um canal de proximidade e interação com o público, é fundamental que os e-mails não passem apenas a ideia de venda. Afinal, os assinantes devem sentir-se a vontade, e não como se você estivesse empurrando produtos para eles, visando apenas o dinheiro.  

Por isso, invista seu tempo para desenvolver materiais que agregam valor e utilidade para a vida dos assinantes.  

Em suma

A construção de uma lista de e-mail sólida para seu negócio, não é feita do dia para a noite, leva tempo. No entanto, é uma eficiente maneira de dedicar seu tempo de trabalho nas horas vagas.

Isso porque, esta é uma das maneiras mais descomplicada e econômica de se comunicar com o público e manter ele cada vez mais próximo ao seu negócio.

Seu trabalho nas horas vagas pela internet tem que ser lucrativo. E você pode potencializar seu negócio e gerar renda estável em dois 2 passos. O primeiro é construindo uma lista de e-mail, o segundo é lendo o Livro A Jornada da Liberdade.