5 passos de como criar um infoproduto agora em 2018
Vote neste post

Ensinar é um ofício associado diretamente a profissão do professor, a internet, porém, possibilita que qualquer pessoa possa compartilhar seu conhecimento e ainda capitalizar com essa tarefa. Ao saber como criar um infoproduto de sucesso você tem a oportunidade de fazer dessa atividade uma profissão e ajudar muitas pessoas a partir da sua experiência.

Portanto, será o fim da forma de ensino tradicional? Bem, sinceramente, acreditamos que ainda não. Mas que em algum momento isso poderá acontecer, e o ensino a distância será a nova forma de compartilhar conhecimentos.

Até porque, a tecnologia possibilitou o desenvolvimento, a adequação e o aperfeiçoamento de inúmeros negócios, que até então eram físicos, para o meio digital. Esta transição aconteceu em todos os setores de mercado, incluindo o de informação. São numerosos os exemplos de infoprodutos já existentes no mercado, e ainda sim, há espaço para muitos outros.

Os infoprodutos são como pontes que conectam as pessoas ao que elas aspiram, seja solucionar um problema ou realizar um desejo. Passar em um concurso, aprender outra língua, emagrecer, fazer artesanato, aprender a se maquiar ou a fazer a própria barba, são ideias de infoprodutos que ilustram como qualquer experiência ou solução que você tenha pode ser um produto de informação.

Criar infoprodutos grátis ou pago, é uma atividade, que acima de tudo, tem como função ajudar outras pessoas. Ainda que você não saiba exatamente qual mercado irá atuar, ou qual produto será executado, a primeira dica é optar por um tema que você goste e tenha interesse em saber cada vez mais.

Por isso, acompanhe os 5 passos de como criar um infoproduto e dê uma chance para você mesmo de fazer uma nova atividade, melhorar a vida de outras pessoas e ter a possibilidade de ganhar dinheiro falando sobre o que você gosta.

1 – Identificar o conteúdo

São muitas as ideias de infoprodutos, mas a viabilidade de que você poderá ter um negócio de sucesso é pensar primeiramente em um assunto que você tenha domínio e segurança para falar sobre ele.

Saber o nicho de mercado no qual você vai atuar e mais especificamente o conteúdo, é o que te dará segurança de como criar um infoproduto de qualidade e realmente útil para a audiência.

como criar um infoproduto 1
São muitas as ideias de infoprodutos, mas a viabilidade de que você poderá ter um negócio de sucesso é pensar primeiramente em um assunto que você tenha domínio e segurança para falar sobre ele.

Os exemplos de infoprodutos bem-sucedidos são elevados, mas não podemos esquecer dos materiais que não obtiveram êxito. Identificar o conteúdo envolve muito mais que simplesmente o assunto tratado no material que será veiculado.

Entrar no empreendedorismo digital como produtor, requer uma sensibilidade bastante apurada, para assimilar o mercado e enxergar um tema que pode ser transformado em conteúdo, que ajudará pessoas, as quais, estão dispostas a consumir o material.

Mais oportuno que saber como criar um infoproduto é assimilar o ciclo que envolve o nicho de mercado, o desenvolvimento do conteúdo e o momento do cliente. Ou seja, para desenvolver um bom produto, você deve identificar seu interesse, avaliar sua habilidade e verificar se há demanda.

Seu interesse associado à sua habilidade e a validação de que, existe uma demanda, interessada em consumir este infoproduto, é o que você precisa para iniciar o processo de como criar um infoproduto com chance de sucesso.  

2 – Foco na Demanda

Qualquer produto carrega consigo uma característica imprescindível para sua existência. Até por que, não faz sentido desenvolver um produto que não proporciona nenhum benefício ao usuário. Solucionar alguma situação é crucial para a existência de qualquer infoproduto.

Compreender que todo produto, físico ou digital deve ter um objetivo claro e funcionar para atender uma demanda é fundamental para ter sucesso no processo de como criar um infoproduto.   

como criar um infoproduto do zero absoluto 2
Compreender que todo produto, físico ou digital deve ter um objetivo claro e funcionar para atender uma demanda é fundamental.

Uma analogia que auxilia no entendimento da existência do produto é, comparar seu produto com uma escada. As pessoas compram, constroem e utilizam a escada com objetivo de chegar ao patamar superior, usam porque precisam alcançar algo que depende do funcionamento da escada.  

As pessoas não querem ter uma escada, elas querem o benefício que a escada oferece. Assim também, deve ser seu produto, ter como comprometimento elevar o conhecimento ou a experiência de quem o consome. Independentemente de quais sejam as ideias de infoprodutos, o principal é que o produto seja focado nas necessidades.

Desta maneira, estudar o mercado em que você pretende atuar, definir o público, conhecer quem são os potenciais clientes e criar personas são etapas fundamentais para que você capte exatamente qual demanda do seu público e a melhor maneira de atendê-lo.

As pessoas compram benefício, facilidade, status e solução. Seu infoproduto, portanto, deve ofertar resultados aos consumidores. E assim como em uma escada, o material deve conter uma dinâmica capaz de suprir o que a audiência espera.

Através de palavras, imagens, áudios ou vídeos, os bons exemplos de infoprodutos são aqueles que, passo a passo,ajudam o cliente a conquistar o que lhe foi prometido. Cada nicho tem um perfil de consumo diferente do outro, assim a adequação do projeto ao público é uma garantia de que seu infoproduto terá aceitação.  

3 – Como será feito o material

Disponibilizar um infoproduto é um compromisso com o outro, é um comprometimento com pessoas que você não conhece, e que depositam em você a esperança de conseguir o resultado que elas esperam ou o que você prometeu.

Após identificar o nicho e qual o conteúdo será ofertado é o momento de pensar como o material será elaborado. Existem três maneiras de como criar um infoproduto que você pode considerar.

1 – Você mesmo

A principal maneira, é você mesmo desenvolver o material que será disponibilizado. Dessa forma você monta um conteúdo de acordo com suas experiências, com suas opiniões e sem influência de outras pessoas.

Ou seja, o material terá apenas suas referências, e mesmo que você não tenha muita experiência, isso não é um problema, com o tempo, o retorno dos usuários e quando quiser, você pode melhorar seu material, e entregar cada vez mais um material de melhor qualidade.

Outra vantagem de você mesmo se comprometer em como criar um infoproduto, é que não será necessário dividir o lucro.

2 – Colaboração

Mesmo escolhendo um tema que você tem interesse e habilidade, mas ainda sim está inseguro para a criação do material, há a possibilidade de desenvolver o conteúdo em colaboração.

Nesse caso, você pode buscar ajuda de um profissional ou especialista para criar o material, enquanto você fica responsável pelo processo de divulgação. Ou vocês podem desenvolver o material juntos. É preciso considerar aqui, que o lucro será compartilhado.

3 – Expert

Se você entende do assunto, sabe exatamente o que você quer, mas não está disposto a escrever, você tem ainda, a possibilidade de contratar um profissional. Você monta um roteiro com todos os temas que você faz questão que sejam abordados dentro do material e o expert desenvolverá o conteúdo a partir do que você precisa.

4 – Licenciamento

Outra possibilidade é o licenciamento de materiais estrangeiros. Você pode participar de fóruns, ou utilizar plataformas de produtos digitais como clickbank para analisar quais são os produtos que estão dando certo em outros países, negociar com o produtor e trazer o produto para comercializar no Brasil.

Essa é uma das alternativas mais fáceis para iniciar, porém, será necessário realizar a tradução do material e verificar com o produtor se o pagamento será um valor cheio, ou uma porcentagem das vendas para utilizar o material.

4 – Apresentação do conteúdo

Salvo a importância de saber como criar um infoproduto, outro quesito relevante é a forma de apresentação do conteúdo. Há exemplos de infoprodutos nos mais variados formatos, desde texto, vídeo, áudio, palestras e entre outros.

Você pode produzir material e entregar em formato de E-books quando o assunto é aprofundado e de fácil entendimento, Whitepaper para temas que exigem dados de pesquisa, Infográficos quando o assunto é fácil de ser explicado por dados estáticos, Cursos em vídeo, Screencasts, para gravar a tela do computador, Webinar, para transmitir ao vivo e Podcast a transmissão por áudio.

como criar um infoproduto 3
Há exemplos de infoprodutos nos mais variados formatos, desde texto, vídeo, áudio, palestras e entre outros.

A escolha do formato depende do seu objetivo, do tipo de material que será cedido e o perfil de consumidor. Quando seu objetivo é criar infoprodutos grátis, por exemplo, o e-book é formato mais usado. Considerando que a informação contida neste material é curta, simples e direta.

Por outro lado, quando uma de suas ideias de infoprodutos é um curso ensinando sobre como utilizar uma plataforma de Home Broker para realizar negociações de ações, por exemplo, o ideal é que tenha vídeo, para que o usuário tenha mais segurança e realize o passo a passo.

Se o objetivo do seu infoproduto é fazer com que a pessoa se concentre utilizando sons da natureza ou relaxe a partir da experiência de ASRM, o áudio é a maneira ideal para apresentação do produto.

Os exemplos de infoprodutos e formatos de comunicação são muitos e quando necessário montar um conjunto com vídeo, texto, áudio e o que mais for necessário para o processo de aprendizagem do cliente.

Mais importante é identificar o material que você tem e como a audiência irá utilizar seu infoproduto. Considerar em que situação o conteúdo será usado e adequar a um formato que seja mais fácil para que a pessoa assimile e consiga colocar em prática sem dúvida.

5 – Branding

Ter boas ideias de infoprodutos e saber como criar um infoproduto já é o início, mas de nada adianta ter um bom produto, que pode ajudar centenas de pessoas a melhorar seu estilo de vida, a ter mais conhecimento ou aumentar suas habilidades se essas pessoas não sabem da existência do seu produto.

Trabalhar para um nicho de mercado que você gosta possibilita criar uma marca forte, capaz de comportar novos produtos para o mesmo perfil de usuários. Muitos produtores focam muito no processo de como criar um infoproduto e se esquecem dos objetivos, dos valores e do que realmente fará com que seu produto venda.

4 – Imagem de um imã atraindo pessoas

Fazer o processo inverso, construir a marca, os ideais e até mesmo os objetivos da marca, antes de focar no conteúdo do material, é uma maneira dinâmica de implantar uma base mais sólida para o seu negócio, com mais certeza de que, tudo o que está sendo criado tem o propósito de solucionar algo.

O trabalho desenvolvido visando a presença da marca e o benefício do consumidor passa mais credibilidade. Cuidar da identidade visual, a personalidade da marca, a linguagem adequada ao público, tom de voz, e a dinâmica de conteúdo em texto, em imagem, som ou vídeo são alguns critérios simples de serem executados que resultam em mais empatia com o público.

Quanto mais completo o seu infoproduto, maior a chance de as pessoas consumirem o que você oferece e se fidelizarem.

Seja para trabalhar a fim de criar infoprodutos grátis ou um super curso com muito valor agregado, o processo de criação deve ser o mesmo. Com objetivos voltados para a construção de um material que se conecte com o consumidor, entregue o que foi prometido e que seja e que tenha comprometimento com seus ideais e da sua marca.  

Vantagens de saber como criar um infoproduto

Trabalhar com uma atividade que você gosta, ajudar pessoas a mudarem suas vidas para melhor através do seu conhecimento e trabalhar em casa são algumas vantagens.

Outra característica deste mercado é que, produtos digitais utilizam o meio digital para comercialização e consumo. Para isso, existem plataformas que hospedam e distribuem os infoprodutos, sem que você se preocupe com estoque, entrega, devolução ou pagamento.

As plataformas funcionam como uma base de operação entre produtor, afiliado e comprador. E as principais são Hotmart, Monetizze e Eduzz. Essas empresas oferecem também, serviço de hospedagem dos produtos, ferramentas que auxiliam na venda e ainda processam os pagamentos das vendas tudo de maneira automatizada.

A grande sacada de entender como criar um infoproduto de sucesso e saber como comercializá-lo é você conseguir ganhar dinheiro a partir do seu próprio conhecimento.

O mercado digital ainda tem muito que ser explorado, existe espaço para diferentes cursos, textos e muitos temas para discussão. E mesmo sendo produtor ou coprodutor do seu produto há ainda a possibilidade de se afiliar a produtos de outros produtores.  

Alguns empreendedores de sucesso do meio digital utilizam sua autoridade em determinado nicho de mercado, para oferecer à sua audiência, infoprodutos de outros produtores e ganhar uma comissão pela venda.

Saber como criar um infoproduto é apenas uma das variadas possibilidades que o mercado digital oferece. E você pode fazer mais, utilizando todas suas ideias de infoprodutos e concentrando todo seu trabalho nos momentos que você é mais produtivo.

Uma teoria bastante utilizada por empreendedores digitais para trabalhar menos tempo com mais foco no negócio é O Dia de Três Horas. Nesta palestra online você tem acesso a técnicas que ajudam a elevar sua produtividade diária e que te auxiliam nesse processo inicial de organização como profissional do mercado digital.   

Trabalhe apenas 3h por dia
Trabalhe apenas 3h por dia