6 sacadas de como começar um negócio do zero
Vote neste post

Como começar um negócio do zero hoje em dia? É bem verdade que a burocracia para abrir seu próprio negócio acaba gerando um certo desânimo, e cada detalhe precisa ser muito bem pensado antes de dar qualquer passo. Mas trouxemos 5 dicas para abrir seu negócio e uma extra para aprender como começar um negócio do zero com pouco dinheiro.

Mas antes de falarmos sobre como começar um negócio próprio com pouco dinheiro, vamos falar sobre as questões que envolvem a inauguração de um lugar físico. Antes de mais nada, você terá que escolher um local com um bom fluxo de pessoas. Há menos, é claro, que já conte com um público fiel que vai atrás da sua empresa onde estiver.

Mas partindo do princípio de que essa não é a realidade da maioria dos empreendedores que decidem começar seu próprio negócio, vamos aprender como abrir seu próprio negócio passo a passo para que então você decida qual o melhor caminho a seguir, na busca pela liberdade financeira e pela melhor qualidade de vida.

Além de escolher um ponto que tenha um bom fluxo de pessoas, você ainda terá que pensar nas questões democráticas quanto ao aluguel do ponto comercial ou até mesmo a compra do prédio em que deseja abrir seu negócio. Gastos com energia, água, internet, telefone – entre muitas outras – deverão ser levadas em consideração.

Esse é um erro que acontece frequentemente entre os novos empreendedores. Calculam os gastos com aluguel, com mercadoria, com a papelada para abrir o próprio negócio, com as adaptações necessárias para liberação de alvará, mas esquecem de calcular os gastos do dia a dia. E esses podem ser relativamente altos, dependendo do segmento que deseja ingressar.

E entender como começar um negócio do zero, também é entender que gastos com gasolina, transporte público, almoço fora e outros que envolvam sair de casa para trabalhar, precisam também ser considerados. Dessa maneira, todos esses gastos precisam estar na ponta do lápis quando optar por abrir um negócio próprio que exige um local físico.

E não menos importante, é preciso se preocupar com situações que envolvem a segurança do local, como um sistema de câmeras e/ou alarmes. Afinal, no Rio de Janeiro, por exemplo, teve um aumento de 128% nos roubos, nos últimos anos. Em São Paulo, a mesma triste realidade, sendo muito comum vermos notícias sobre assaltos a estabelecimentos comerciais.

Claro que aqui, citamos dois grandes centros, mas eles refletem a realidade de muitas outras cidades do país.

Como começar um negócio do zero – Os 5 passos

Abrir seu próprio negócio vai além de apenas conhecer as leis e regras que regem o setor. Após a parte burocrática que será necessária seguir para abrir um negócio físico, a segurança do local e os gastos que serão necessários para manter todo o funcionamento, é preciso encarar a realidade do local onde vive. Além, é claro, do espírito inovador e corajoso.

como começar um negócio do zero 1
Abrir seu próprio negócio vai além de apenas conhecer as leis e regras que regem o setor.

A boa notícia para quem quer entender como começar um negócio do zero com pouco dinheiro, é que em 2016 saiu um ranking com os melhores países para empreender, e o Brasil marca presença. E nem podia ser diferente pois com a realidade política que enfrentamos atualmente, o brasileiro foi obrigado a encontrar outras maneiras para ganhar dinheiro.

E a maneira que muitos encontraram – afinal, é possível encontrar dicas para tudo, até começar um negócio com 100 reais – foi através do empreendedorismo. Se tornar um empreendedor de sucesso é possível para qualquer pessoa, independente da formação, experiência ou idade. Tudo o que é preciso, é uma boa ideia e muita força de vontade para ver os números crescendo.

Então chega de perder tempo sem saber quais são os primeiros passos. Hoje, trouxemos dicas para que você consiga enxergar o caminho de forma mais clara, antes de começar seu próprio negócio. Arriscar é sim um fato na vida do empreendedor, mas saber trabalhar com possíveis riscos e prever alguns fatos, não vai fazer mal a ninguém. Vamos lá?

Como começar um negócio do zero #1 – Conheça o mercado

Não adianta entender como começar um negócio próprio com pouco dinheiro, se não souber a realidade, por exemplo, da cidade onde deseja abrir seu negócio. Empreendedorismo tem a ver com uma visão ampla e com saber como agir se algo não sair da maneira que se espera. O ponto físico exige esse tipo de conhecimento.

Para realizar esse tipo de “reconhecimento de terreno”, existem algumas coisas que você pode fazer:

Estudar as estatísticas

Você pode começar um negócio com 100 reais, mas estude as estatísticas do seu segmento. Saiba como são as vendas no ramo, o que o público-alvo busca, quais são suas dores e quais as opções que o mercado oferece para eles. Saiba qual a saída do produto ou serviço em sua região e quais as técnicas que trazem maiores resultados.

Conhecer a concorrência

Saiba quais são as empresas que vão concorrer com a sua empresa. Mas lembre-se que nem sempre as opções mais óbvias são necessariamente suas maiores concorrentes. Para se ter uma ideia, a Coca-Cola já anunciou em diversas matérias que sua principal concorrente é a água, e não a Pepsi como muitos acreditam.

Converse e aprenda

Uma das melhores atitudes tomadas por todos que querem aprender como começar um negócio do zero, é aprender com os mais experientes e com o próprio público. Converse com outras pessoas acerca de ideias, converse com o público para saber quais são suas expectativas em relação aos produtos e serviços do segmento.

Esse pode ser o diferencial para sua empresa.

Como começar um negócio do zero #2 – Defina o investimento necessário

Esse passo também é muito importante para todos que querem aprender como começar um negócio do zero com pouco dinheiro. É esse tipo de planejamento que possibilita “enxugar” gastos com campanhas, por exemplo. Ter em mente quanto tem para investir no novo negócio, vai permitir saber qual quantia será investida em cada setor.

como começar um negócio online do zero 2
Como definir o investimento necessário para seu negócio?

Coloque no papel todos os gastos que serão necessários para que não ultrapasse os parâmetros que irão te manter dentro da realidade da sua empresa. Até mesmo começar um negócio com 100 reais é possível, mas para isso, é preciso ter metas e objetivos bem definidas, planos de contingência e planos para o caso não saírem da forma esperada.

Sempre tenha em mente que o retorno financeiro pode não acontecer de maneira imediata. Está disposto a esperar o retorno ou, ainda, pode se manter até esse retorno começar a aparecer? Se a resposta for “sim”, ótimo! Agora, se não tem certeza que vai ser possível segurar as pontas a princípio, refaça os cálculos antes de dar o próximo passo.

O melhor a fazer é contar com uma espécie de “reserva financeira”, que será a responsável por manter as despesas sob controle, tanto do seu negócio quanto da sua vida pessoal, sem que as contas de uma interfiram nas contas da outra. E procure não fazer muitas dívidas, pois isso só vai fazer com que o retorno seja adiado constantemente.

E também se mantenha dentro do investimento planejado. Evite de ficar fazendo gastos extras, além daquilo que foi definido para o negócio.

Como começar um negócio do zero #3 – Anote tudo que puder

Você já ouviu falar em roadmap? Se sim, você sabe exatamente do que se trata. No entanto, se não tem ideia do que fala essa técnica, não se preocupe! Olha esse vídeo do Fagner Borges, criador do movimento freesider, em que ele explica exatamente o que é o roadmap e como ele pode te ajudar a atingir seu objetivo com a possibilidade de não sair do caminho.

O roadmap vai traçar todo o percurso para que saiba exatamente quais passos dar. Por isso a importância – citada um pouco acima – sobre ter bem definidos suas metas e objetivos. Dessa maneira, anote todas as ideias, os gastos, as possibilidades, os planos (…). Mantenha um diário ou caderno onde vai anotar tudo o que for pertinente ao seu negócio.

Outra questão importante que vale ser citada nesse tópico, é a disciplina. Abrir seu próprio negócio significa trabalhar em horários diferentes dos horários tidos como “normais”. A vantagem disso, é que pode definir em quais os horários sua produtividade está mais em alta, mas para isso é preciso ser muito organizado e seguir à risca o planejado.

Para saber exatamente o caminho a seguir, responda algumas perguntas-chave sobre o seu negócio e sobre o que está esperando nessa nova empreitada:

  • Quem é o público-alvo;
  • Qual o melhor local;
  • Quanto será investido;
  • Contratação de pessoal;
  • Documentação;
  • Qual o alcance do negócio;
  • Vai trabalhar apenas com o espaço físico ou também vai trabalhar com o mercado digital;
  • O que espera alcançar a curto, médio e longo prazo;
  • Conhecer a concorrência;

Como começar um negócio do zero #4 – Não deixe de lado as questões burocráticas

Como começar um negócio do zero se não estiver legal com as leis que regem o comércio da sua cidade? Procure saber tudo o que será necessário para fazer com que sua empresa trabalhe na legalidade. Se você sabe analisar as leis, já é um grande começo. Basta analisar tudo com muita cautela. Mas se esse não é o seu forte, não se preocupe.

Por se tratar de uma documentação muito extensa, muita gente não consegue conferir todos os detalhes a fundo. Então o melhor a fazer nesse momento, é pedir a orientação de um advogado ou de um contador para que nada escape. Surpresas desse tipo não costumam ser boas ideias quando abrimos nosso próprio negócio.

Com um profissional, cada detalhe será analisado, assim como as leis e toda a papelada que será necessária para abrir seu negócio e não ter problemas. E não esqueça de colocar no seu planejamento os gastos que serão necessários para manter esse profissional também. Não deixe de fazer investimentos que trarão qualidade à sua empresa.

Como começar um negócio do zero #5 – Cuidado com a empolgação

É verdade que pensar em manter um negócio próprio é algo muito empolgante e estimulante, e é justamente por nutrir esses sentimentos, que muitos empreendedores acabam desistindo já no começo. É muito positivo fazer planos, mas procure se manter dentro das reais possibilidades do mercado, do local onde o negócio será aberto e quanto tem para investir.

Por exemplo, como começar um negócio do zero com pouco dinheiro se colocar sonhos acima das estatísticas? Sonhar é importante, assim como planejar, ter metas e objetivos, mas mantenha-se com os pés no chão na hora de abrir seu próprio negócio. Dê um passo de cada vez e faça pausas sempre que necessário. Nem que seja apenas para retomar o fôlego.

Todos os esforços que serão necessários para abrir um negócio próprio devem ser bem direcionados, para que a energia não seja desperdiçada. Procure utilizar a empolgação para se manter atualizado quanto ao segmento, estude novas técnicas e sempre esteja por dentro do que o seu público deseja. Essa é a melhor maneira de canalizar a empolgação.

Ainda que não tenha muitos recursos a princípio, tenha em mente que investir em você mesmo é fundamental para o sucesso da sua empresa. Então deixe alguns detalhes que a princípio, servirão apenas para massagear o ego, e foque no que é mais importante: O cliente, a qualidade do produto ou serviço e o conhecimento sobre o mercado.

Dica bônus – A Jornada da Liberdade

Imagine poder equilibrar sua vida profissional com a vida pessoal? É verdade que isso parece quase impossível, ainda mais com a realidade política e econômica que passamos. A economia começou a mostrar os primeiros sinais de melhora e pode ser o momento exato para investir em um negócio próprio, mas muita gente acaba desistindo por conta de tudo que falamos até agora.

Para essas pessoas – que não se conformam com tanta burocracia, detalhes e ficar preso a um lugar – a solução pode ser o investimento em um negócio digital, e através da Jornada da Liberdade, ministrada pelo Fagner Borges, você vai poder conquistar sua liberdade financeira, móvel e de tempo.

Se inscreva gratuitamente agora mesmo nesse evento 100% online e descubra como é possível se tornar o protagonista da sua vida hoje mesmo. Acredite em você e na satisfação pessoal que você e as pessoas que ama merecem. Bons negócios!