Que a população brasileira anda cada vez apertada, isso ninguém duvida. Afinal, com a crise financeira pela qual estamos passando, é difícil ficar imune à situação. Taxas de juros altíssimas, inflação correndo solta, PIB caindo e o nosso salário permanecendo o mesmo… Com isso, precisamos estar cada vez mais controlados e conscientes com os nossos gastos para não ficarmos no vermelho.

Então, para a nossa circunstância atual, nada melhor do que termos em mãos formas de melhorar a nossa administração de finanças pessoais. Com elas, nós temos um planejamento a curto, médio e longo prazo, sabemos exatamente as contas que iremos pagar e quanto nos resta no final de cada mês. Convenhamos, é um mal totalmente necessário, não é mesmo?

Em tempos de crise, nada melhor do que termos em mãos formas de melhorar a administração de finanças pessoais.

Pensando nisso, nós elaboramos as melhores 7 maneiras de alavancar a sua administração de finanças pessoais. Certamente, esse texto fará uma diferença brutal na sua vida e, sobrará até um dinheirinho no final de cada mês para você investir em si mesmo. Bom demais, né?!

Formas de melhorar a administração de finanças pessoais

Então vamos à pergunta que não quer calar: quais as melhores formas de administração de finanças pessoais?! Estão curiosos? Se sim, então bora saber mais!

1) Planilhe seus gastos fixos 

O primeiro ponto primordial para melhorar a sua administração de finanças pessoais é planilhar seus gastos fixos mês a mês. Coloque na ponta do lápis as suas despesas com aluguel, IPTU, carro (IPVA, seguro, combustível e manutenção), energia, água, alimentação e dívidas que tenha contraído.

O primeiro ponto primordial para melhorar a sua administração de finanças pessoais é planilhar seus gastos mensalmente.

Feito isso, você saberá exatamente qual o seu custo mensal. Logo, a conta a seguir para te auxiliar na administração de finanças pessoais é bem básica: salário líquido – custo fixo mensal = dinheiro que você tem para gastar com você. Não tem erro!

2) Evite parcelar suas contas no cartão de crédito

Depois que você fez essa planilha que irá te auxiliar e muito na administração de finanças pessoais, você já sabe o quanto tem livre para gastar à vontade. Pois bem, o próximo passo, então, é seja controlado com o seu cartão de crédito para que ele não vire uma bola de neve.

Lembre-se de que o conselho de parcelar as compras é ilusório. Se você gastar diversas vezes e pagar tudo parcelado, você vai perceber que só se endividou ainda mais quando vier um boleto gigante de pagamento. Não caia nessa furada e gaste aquilo que você realmente pode gastar.

3) Faça consumo consciente

E já que estamos falando sobre consumir, a nossa terceira forma de como melhorar a sua administração de finanças pessoais é praticando o consumo consciente. Hoje em dia, está mais do que na moda ser minimalista, isto é, gastar pouco, fazendo escolhas certas e não esbanjando por aí. Então, mão na consciência na hora de fazer suas compras – a sua vida financeira agradece!

Seja um consumir consciente e não gaste dinheiro de maneira emocional

Antes de darmos continuidade, selecionamos mais três tópicos relacionados ao tema que pode ser muito útil quando for praticar as nossas dicas de administração de finanças pessoais.

Tudo isso porque nós que fazemos a comunidade freesider, sabemos que apenas administrar suas finanças, não será algo totalmente libertador, apenas irá controlar os seus gastos. Agora já pensou também em gerar um alta na sua renda? Então, segue essas dicas porque elas serão um verdadeiro sucesso para sua liberdade financeira.

4) Reserve um dinheiro para as suas emergências

Dando continuidade ao consumo consciente, ele tem outra vantagem que não só gastar dinheiro à toa, sem necessidade. Quando você analisa friamente se deve ou não gastar com algo, a resposta quase sempre tende a ser não, já que, boa parte das vezes, somos movidos por impulsos. Com isso, você não torrará todo o saldo que sobrou da sua renda e custos fixos. E é aqui a chave da questão sobre administração de finanças pessoais.

Tenha sempre um dinheiro reservado para emergências

Ao ter um dinheiro reserva, é importantíssimo deixar parte dele reservado para quaisquer emergências que podem vir a acontecer! Imagine se seu carro quebra, você precisa consertar algo na sua casa ou tem algum problema de saúde que necessita gastar com remédio, mas o seguro não cobre?! Percebe a importância de ter esse fundo para a sua garantia?! Você não se endividará à toa quando esses problemas surgirem!

5) Trace metas de curto, médio e longo prazo

Outra ótima forma de administração de finanças pessoais é traçando metas de curto, médio e longo prazo. Afinal, uma hora ou outra, você vai querer gastar com algo mais grandioso, como uma viagem para o exterior, casa própria ou um carro. E aí que fica mais e mais fácil de chegar até lá se você tiver se planejado com antecedência, sempre poupando um dinheiro para esse fim.

Então, não se esqueça nunca de colocar na sua planilha não só os gastos fixos, mas também a reserva para emergências e o dinheiro destinado para atingir a sua meta. Assim, seu sonho não precisa ir por água abaixo por falta de recurso financeiro, não é mesmo!?

6) Tenha um aplicativo de controle de finanças pessoais no celular

Na nossa era, que está cada vez mais econômica, não faz mais sentido não usarmos mais os aplicativos a nosso favor. O mesmo acontece no caso de você querer melhorar a sua administração de finanças pessoais. Afinal, com tantos aplicativos por aí sobre isso, você vai encontrar um pra chamar de seu. Quer ver alguns exemplos?

Use e abuse dos aplicativos de celular para melhorar a sua administração de finanças pessoais.
  • Guia Bolso: já foi eleito o melhor aplicativo nacional de controle financeiro, ou seja, já sabe que você precisa tê-lo, né?! E como funciona? Simples! Você o conecta à sua conta bancária e o aplicativo obtém os dados diretamente da conta. Então você não precisa digitar – basta verificar em quais categorias ele classificou seus gastos (às vezes é necessário fazer algum ajuste). 
  • Organizzena sua versão gratuita, é possível fazer um acompanhamento e controle de suas contas. Permite que se crie as categorias de gastos e receitas, além do registro na data da movimentação financeira. O aplicativo também aponta o saldo final.
  • Money Lover: o Money Lover Ele permite adicionar despesas e ganhos em categorias, que você cria de acordo com suas necessidades, organizando o fluxo de dinheiro de maneira bem simples. Você ainda pode estabelecer orçamento por categoria, que será confrontado conforme são feitos os gastos.

E é isso! Gostou das nossas formas de melhorar a administração de finanças pessoais?! Se sim, compartilhe com os amigos…

E agora nos diga, o que você achou deste artigo? Tens algum aplicativo bacana que você usa para administrar as suas finanças, ou já ouviu falar? Pode comentar qual o aplicativo, porque se for o caso, a gente usa e depois atualiza esse conteúdo com sua ajuda. 

Até mais!!!