100 dicas de economia pessoal
Vote neste post

Poupar e ter investimentos é o desejo de muitos, mas colocar em prática é mais difícil do que parece, e é justamente esse o motivo pelo qual muitos desistem.

Uma pesquisa realizada em março de 2017 mostrou que 80% da população que pertence às classes C, D e E não possui uma quantia reservada e não poupou no mês de março.

como poupar dinheiro
Poupar dinheiro é fundamental para alguma possibilidade de negócio.

Para quem quer sair dessa estimativa temos abaixo 100 dicas de economia pessoal. O 1º passo para economizar e alcançar sua independência financeira.

  1. Planejamento. Só é possível realizar as dicas de economia pessoal sabendo tudo que entra e sai da conta bancária. Ter um plano com todos os gastos é crucial para saber o destino do dinheiro e onde pode economizar.
  2. Um bom planejamento é aquele em que consegue gastar menos que o valor disponível. O Objetivo é manter gastos e orçamento em sintonia.
  3. Entenda seu padrão de renda. Para conseguir realizar um bom planejamento, considere apenas o valor real, a renda líquida. Não associe eventuais gratificações ou outra receita extra, como por exemplo, a restituição do imposto de renda.
  4. Se você é autônomo e não sabe exatamente o valor da receita mensal, faça anotações precisas de seu faturamento durante algum tempo, para então determinar a média de suas rendas.
  5. Lembre-se que todas as despesas relacionadas a atividade autônoma devem ser excluídas antes de considerar aquilo que será a renda pessoal.
  6. Seu padrão de vida deve estar de acordo com a renda real e não o que deseja ter. Estabeleça seu padrão de consumo com base na renda líquida e gaste de acordo com ele. Não compre o que você não pode adquirir no momento.
  7. Analise para onde está indo o dinheiro. Anote tudo que é gasto, desde o cafezinho na padaria, a pipoca das crianças até a conta mais alta. Monte uma planilha pontuando o que entra e o que sai.
  8. Seja no papel ou no computador, o importante é ter tudo anotado e sempre em mãos para analisar fielmente o que está impedindo de colocar em prática as dicas de economia pessoal. Existem alguns aplicativos que auxiliam na organização das finanças.
  9. Organizze é uma ferramenta online, em que é possível categorizar os lançamentos. Permite saber de onde vem e para onde vai o dinheiro.
  10. O MoneyWise, permite acompanhar as despesas diárias, criar orçamentos e monitorar o fluxo de caixa.
  11. Minhas economias tem uma plataforma online, possibilita montar planilhas que preveem os valores depositados em conta, além de tudo o que já foi gasto e as despesas previstas para os próximos meses. Outra vantagem desse aplicativo é a possibilidade de gerenciar seus projetos, sonhos e metas. Você define o que quer alcançar, para saber quanto falta para chegar lá.
  12. Analise se as despesas estão de acordo com sua renda e o que pode diminuir.
  13. E se essa análise ainda não for muito clara sobre quais os gastos que estão bloqueando o uso das dicas de economia pessoal, procure economizar um pouco em cada.
  14. Assim, economizando de pouquinho em pouquinho em cada conta, fica fácil chegar a valores interessantes e usar as dicas de economia pessoal.
  15. Essa economia pode vir até mesmo de ações mais simples, como apagar a luz do cômodo que não estiver sendo usado, ou tomar banhos mais curtos
  16. Evite comprar por impulso. Antes de fazer a compra questione para ter certeza que o dinheiro está sendo bem gasto.
  17. Pergunte se você quer, precisa e se pode ter o objeto desejo de consumo.
  18. Questione se a compra vai mudar e melhorar sua vida. Para ter certeza então, que está fazendo uma boa compra.
  19. Avalie se o que vai ser comprado é realmente indispensável, como será pago, de onde sairá os recursos se esse produto ou serviço é realmente necessário.

Como reduzir gastos

  1. Quer muito um curso, utensílio ou uma roupa? Avalie alternativas de conseguir sem pagar. Veja se é viável pagar mais barato. E se é possível comprar em conjunto com alguém, em brechó ou usar algum desconto.
  2. Se a única maneira de aquisição é mesmo por pagamento, reflita se pode esperar um pouco, para ter mais dinheiro.
como reduzir os gastos
Nessas situações é sempre bom refletir antes de tomar alguma ação definitiva.
  1. Compare preços. É muito fácil comprar nos locais mais baratos. Para isso, o primeiro passo é sempre pesquisar preços na internet antes de sair de casa com a intenção de compra.
  2. Não compre por impulso. Utilize sites de busca como o buscapé para ver preço de produto.
  3. Antes de comprar vá a loja e converse com o vendedor, gerente e veja se é possível conseguir desconto e pagar ainda menos.
  4. Mude sua postura. No hora do pagamento, não pergunte se tem desconto, pergunte qual é o desconto.
  5. Se todos em casa possuem celular, pagar pelo serviço de telefone fixo é mesmo necessário? Senão, desligue-o.
  6. Peça desconto a operadoras de telemarketing e TV a cabo. Teste planos mais baratos.
  7. Muita gente não sabe, mas todos temos direito a uma conta bancária gratuita. Pesquise se ela comporta as ações que você realiza no cotidiano.
  8. Esteja atento às taxas e anuidades. Elimine o que for possível.
  9. Pare de fazer compra mensal. Os supermercados fazem promoções durante a semana, crie o hábito de comprar apenas quando os preços estiverem mais baixos.
  10. Utilize cartões de desconto dos supermercados, poucos centavos economizados a cada compra fazem diferença no fim do ano.  
  11. Evite desperdício. Compre apenas o que será consumido.
  12. Vale também para uso de água e energia em demasia.
  13. O clube e a academia, são dívidas mensais e que as vantagens podem nem estar sendo utilizadas. Por isso, tome muito cuidado com as mensalidades, e avalie qual delas realmente faz sentido ter!
  14. Participe de grupos de desconto como o Peixe Urbano e o Grupon para conseguir preços melhores em restaurante, manutenção de carro e salão.  

Organize as despesas

  1. Reflita sobre a qualidade dos gastos e reveja hábitos. Gastos com pequenas coisas durante o dia, no final do mês torna-se um valor significativo e em um ano gera um impacto financeiro que pode comprometer o aproveitamento das dicas de economia pessoal.
  2. Após analisada as despesas, monte um plano de ação para executar as dicas de economia pessoal e siga-o à risca.
dicas de economia pessoal
Você precisa de um plano de ação para implementar as estratégias.
  1. Se está fechando todo mês no vermelho, analise o que está sendo gasto. Determine quais gastos são fundamentais e pare com os supérfluo, pelo menos por um tempo, até que consiga equilibrar as finanças.
  2. Gastos arbitrários que, de tão supérfluos, não é colocado no controle de gastos. São eles, muitas vezes, os componentes relevantes dos gastos totais. Anote tudo.
  3. Muitas vezes o mais importante não é nem o panorama dos gastos, mas a evolução na autodisciplina com os gastos pequenos, que vai melhorando a cada mês.
  4. Faça provisões para despesas anuais, como IPTU, o IPVA, seguro do automóvel e matrícula na escola.
  5. Divida os gastos anuais estimados e previsíveis por 12 e tenha o valor mensal para colocar em sua planilha.
  6. Reserve um valor para emergência. Não precisa ser muito, mas que seja suficiente para dar um suporte quando acontecer um imprevisto. Seja um problema no carro, ou uma situação de saúde.
  7. Pague as dívidas. Liste todas as dívidas e comece a liquidar da menor para a maior. Mesmo que seja R$ 10 que ficou devendo ao irmão, pague o quanto antes.
  8. Comece a poupar e monte uma reserva de emergência. O indicado é de 3 a 6 vezes o valor das despesas corrente mensal. Se o gasto mensal da família é de 2.000 reais, por exemplo, o ideal é que tenha entre 6.000 e 12.000 reais de reserva.

É apontado esse período, pois geralmente, 6 meses é o tempo médio que se demora para conseguir uma nova ocupação.

Em caso de um imprevisto, tem o respaldo necessário para enfrentar situação sem precisar de qualquer linha de crédito para solucionar o contratempo financeiro.

  1. Estabeleça a estratégia de investimentos financeiros. Ao ter um objetivo fica mais fácil pôr em prática as dicas de economia pessoal. Estabeleça um valor e o período de tempo em que esse objetivo deve ser alçando
  2. Estipule o valor mensal e policie para cumprir a meta.
  3. Assim que receber o salário, reserve o valor que será investido. Geralmente 15% da renda, mas pode ser a porcentagem estipulada por você.
  4. Transforme todos os objetos e serviços em metas. Desde de o mais simples como uma camisa.

Ao compreender todas as aquisições como meta a compra por impulso é diminuída, pois tem um objetivo maior a ser alcançado.

  1. Liste todos os sonhos, objetivos, pense em tudo que é verdadeiramente importante e organize por questão de prioridade. Determine um prazo para cada um da lista e o valor financeiro para cada item.
  2. O planejamento ocorre de acordo com o que é mais importante. Assim é possível organizar de acordo com os propósitos. Ter um objetivo é fundamental para que as dicas de economia pessoal funcionem.
  3. Não estabeleça metas “impossíveis” logo no início. Pode ser um tiro no pé, já que alcança-lá será muito mais difícil e desanimador.
  4. O fator psicológico é fundamental em economia pessoal. Estabeleça pequenas metas, mas crescentes. Assim, sempre desfrutará da sensação prazerosa de alcançá-las, formando um círculo virtuoso em busca de seus objetivos.
  5. O controle da economia pessoal é usado para atingir os objetivos que deseja alcançar.
  6. Saber o que quer é fundamental para ter como parâmetro aonde está e o que fazer para alcançar as metas. Conheça “As 5 atitudes para trabalhar menos e ganhar mais”.

Pois este é um material gratuito com uma maneira simples para alcançar a liberdade financeira de tempo e mobilidade que fará todo o sentido junto com as próximas dicas.

ebook ganhar mais trabalhando menos

  1. Separe um tempo para planejar as finanças.
  2. O planejamento de investimento e o plano de metas devem ser feitos com todos os membros da família, pai, mãe e filhos.
  3. Gastar menos do que ganha é um hábito, pratique.
  4. Mantenha-se informado e invista continuamente em aprimoramento. A educação financeira é fundamental para saber onde gastar, como poupar e melhor forma de investir.
  5. Quem tem conhecimento consegue bons resultados, mesmo sem ter muito dinheiro para investir.
  6. Poupe para aproveitar a vida. Pessoas com bom planejamento sabem gastar da maneira certa, em que possa aproveitar com a família, sem se arrepender no futuro por terem gasto.

Cartão de crédito como aliado na economia pessoal

  1. O cartão de crédito é sempre apontado como o vilão dos endividados. Isso porque não sabem como usá-lo em seu benefício e pelo contrário, usam sem controle. Portanto, use o cartão de maneira consciente.
  2. Não use o cartão de crédito em compras que não sejam prioritárias. Utilize em momentos especiais e planejados.  
como usar o cartão de crédito
Use o seu cartão de crédito com sabedoria.
  1. Certifique-se de que a parcela desse financiamento esteja de acordo com as finanças a fim de evitar fazer um empréstimo para quitar outro.
  2. Organize para pagar o valor cheio e a fatura em dia.
  3. Nunca pague o mínimo da fatura. Quando não for possível, pare de usar o cartão por um tempo até liquidar a dívida.
  4. A melhor opção é não gastar antes de receber. Mas com planejamento e consciência o cartão de crédito oferece algumas vantagens.
  5. Ao realizar pagamentos com o cartão de crédito o cliente recebe pontos proporcional ao valor gasto.
  6. Esses pontos podem ser trocados por produto ou serviço, oferecido pela bandeira do cartão ou por programas de fidelidade.
  7. Os programas de fidelidade dos cartões tem um quantidade pequena de opção para compra. O mais indicado é transferir os pontos para um programa que tenha mais variedade de produto.
  8. Utilizando o cartão ao atingir o mínimo de pontos, basta entrar em contato com o banco e solicitar a transferência dos pontos do cartão para a múltiplos, por exemplo. Assim poderá resgatar os pontos em produtos e viagens.
  9. Cada bandeira de cartão tem um prazo para realizar a transferência. Pesquise.
  10. Compre em sites que tem parceria com a Múltiplos. Assim, pode acumular pontos do programa de fidelidade e também no cartão.
  11. A pontuação só vale quando a compra é realizada pelo site da multiplus.
  12. A validade dos pontos geralmente é de 2 anos, fique atento para que eles não expirem.
  13. Para transferir os pontos do cartão para o programa de fidelidade existem algumas vantagens quando realizada no momento certo.
  14. No mês do aniversário do cliente o site aumenta 30% dos pontos. E em novembro são realizadas algumas promoções relâmpago, durante a black week.
  15. Além de cartão de crédito existem outras maneira de conseguir pontos para trocar por produtos ou serviços.
  16. Ao viajar de avião cadastre no programa de fidelidade da companhia aérea e no check in peça para validar os pontos. Troque as milhas por desconto na próximas viagens.
  17. A Latam, porém é uma companhia aérea com parceria com a Multiplus. As milhas acumuladas podem ser trocadas também por produtos e não apenas por passagens aéreas.  
  1. O aplicativo Heartbit, transforma seus exercícios em pontos. O app acompanha a rotina de atividades físicas e te recompensa nos principais programas de fidelidade do Brasil.

Aumente sua renda

  1. Aumentar a renda mensal é uma maneira de conseguir pagar as dívidas, guardar dinheiro e praticar o uso as dicas de economia pessoal o quanto antes.  
  2. Saber como vender pela internet é uma maneira de ganhar dinheiro em casa. As redes sociais são as grandes responsáveis pela interação com o público e também por criar credibilidade para a marca.
como usar o facebook ads
Saber como vender e o que vender pela internet é uma excelente maneira de ganhar dinheiro no conforto do seu lar.
  1. O Facebook Ads é a ferramenta que possibilita o desenvolvimento de um anúncio “patrocinado” no Facebook e Instagram. Com o uso dessa ferramenta é possível direcionar a campanha para pessoas com potencial de compra. Aumentar as chances de venda e assim, ganhar dinheiro em casa.
  2. Entende muito de um assunto? Passe seu conhecimento para os outros. Seja um infoprodutor. É a possibilidade de trabalhar na internet, ganhar dinheiro em casa e ajudar muitas pessoas.
  3. O infoprodutor é o profissional responsável pela produção e também pela a criação de material de informações que são disponibilizados para download na internet, chamado de infoprodutos.
  4. Se estiver inseguro para produzir o próprio conteúdo, pode começar como afiliado. Pois o retorno é mais rápido e menos trabalhoso.
  5. Os afiliados são os “representantes” dos infoprodutos. A função é concretizar as vendas. Para isso realizam pesquisas com o intuito de encontrar pessoas que precisam da solução ofertada pelo produto que ele oferece. Usam o Facebook, E-mail e o Google para divulgação do produto.
  6. Ao gerar rendimentos como afiliado, aplique a técnica da bola de neve e automatize seu negócio de forma escalável..
  7. Ao aplicar essa técnica mais as dicas de economia pessoal, o lucro aumentará significativamente a longo prazo.
  8. Aprendeu a poupar? É a hora de saber como investir o dinheiro que sobrou, e escolher, entre os investimentos financeiros, o ideal.
  9. Entenda o seu perfil de investidor, se é conservador, ousado ou moderado. E a quantia que tem disponível para investir.
  10. Alinhe estas informações com seus objetivos financeiros e busque investimentos que sejam adequados a esta situação.
  11. Quem quer ter dinheiro para a aposentadoria pode preferir investimentos de longo prazo. Quem busca por mais segurança deve optar por investir em CDB, LC, LCI ou LCA.
  12. Antes de escolher o tipo de investimento estude suas metas e os objetivos dos investimentos financeiros.
  13. Informe-se sobre os melhores investimentos do mercado. A educação financeira não é apenas aprender a gastar pouco, mas aprender a investir bem. Investir na poupança, muitas vezes terá perda real diminuição do poder de compra.
  14. Aprenda o básico de cálculos e investimentos financeiros. Quem não conhece o efeito do tempo sobre o dinheiro só toma decisões equivocadas.
  15. Investimentos financeiros requer paciência e controle. Para manter tudo debaixo dos seus olhos opte por um home broker.
  16. O Banco Modal oferece soluções adequadas a cada perfil de investidor de acordo com os objetivos financeiros.
  17. Toro Radar é outro home broker para quem quer tomar suas próprias decisões com seu dinheiro.

Coloque em prática as dicas de economia pessoal e em hipótese alguma gaste mais do que ganhe.

A boa saúde financeira, anda lado a lado com a sabedoria. Procure utilizar o dinheiro para o crescimento pessoal e um futuro tranquilo.

Comece a aplicar as dicas de economia pessoal ainda hoje. Aprenda também a gerar mais dinheiro trabalhando de forma mais inteligente. Assista a aula “O dia de 3 horas”, clicando na imagem abaixo, e descubra como fazer um dia inteiro de trabalho render em apenas 3 horas: 

Trabalhe apenas 3h por dia
Trabalhe apenas 3h por dia