Se você vai entrar de férias e quer fazer uma viagem que jamais sairá da memória, que tal, então, ir ao Deserto do Atacama, no norte do Chile?! Um dos lugares mais imperdíveis da América do Sul, o Atacama é um lugar mágico, diferente de tudo que já viu na vida.

Pensa em um dos lugares mais bonitos que já visitou. Pensou? Então, o Atacama é mais! E pensa também em um lugar inusitado, único e memorável. A-ham, ele não será suficiente para o Atacama! Lá, você verá um dos céus mais estrelados do planeta, os flamingos fazendo parte do cenário e o sol se pondo de maneira espetacular.

Deserto do Atacama
O Deserto do Atacama é, com certeza, um dos lugares mais incríveis para se conhecer

Ficará encantado com os lagos de cores incríveis e rodeados por lindas montanhas, com o lugar em que parece a lua e com a fumaça saindo da terra. Isso, aliás, só são algumas degustações do que você encontrará no Atacama.

E aí? Está pronto para encarar essa aventura que vai mudar tudo aquilo que você entende por viagens? Se sim, então bora dar uma olhada em seus passeios imperdíveis.

Os principais pontos turísticos do Deserto do Atacama

Muitas pessoas vão ao Deserto do Atacama, no Chile, para ficar pouquíssimos dias. Desperdício de tempo e de dinheiro!

Quando for ao Atacama, programe-se para ficar por, pelo menos, uma semana. Há diversos passeios e, como você provavelmente não voltará para lá, explore tudo o que tem direito. Com certeza, você não irá se arrepender!

Valle de la Luna + Valle de la Muerte

Como diriam alguns: a primeira impressão é a que fica. E que impressão que o Valle de la Luna e Valle de la Muerte nos deixa! Esse passeio será, muito provavelmente, seu primeiro no Deserto – já que não há muita variação de altitude e, assim, você já pode ir se acostumando com ela. Ótimo início de viagem!

Valle de la Luna e Valle de la Muerte
O passeio para o Valle de la Luna e Valle de la Muerte é o primeiro a ser feito no Deserto do Atacama – não há como começar melhor!

Imagina-se em um lugar em que a vista é surreal, com um ilimitado horizonte composto por uma imensidão de formações rochosas de diversas cores e esculturadas pela natureza.

Para finalizar de melhor maneira possível, um pôr do sol inesquecível sobre o deserto no Valle de La Luna. Pode ter certeza: esse passeio te provará que é possível sim se apaixonar à primeira vista!

Geysers del Tatio

Se você começa muitíssimo bem a sua viagem fazendo o Valle de la Luna e Valle de la Muerte, você a encerra da mesma maneira com os Geysers del Tatio, um dos lugares mais inusitados do mundo. Pela mesma razão, esse é o passeio que você deverá deixar por último – afinal, você vai sair de San Pedro, cidade-base do Atacama, a 2.400 metros acima do nível do mar, para chegar a 4.300.

Geysers del Tatio
Geysers são nascentes de águas termais que entram em erupção, expelindo um jato e vapor de água que pode chegar até 80 metros. Imperdível!

Ir aos Geysers del Tatio exige alguns sacrifícios que valem a pena: é, de longe, o passeio mais frio de todos e é preciso acordar às 04h para fazê-lo – sem contar a resposta do corpo com a alta altitude. No entanto, tudo isso fica pequeno perto da grandiosidade dos geysers.

Antes de você ir para o próximo tópico de conteúdo, que tal conhecer outros artigos do nosso blog e que podem ser de seu interesse?

Lagunas Altiplânicas e Salar de Atacama

Um dos passeios mais populares entre os turistas, o tour Lagunas Altiplânicas e Salar do Atacama é imperdível. Primeiro, você irá conhecer a Laguna Chaxa, onde é possível ver diversos flamingos e outras aves andinas.

Ela está localizada na parte oriental do Salar do Atacama, segundo maior salar da Terra – só perde para o Uyuni, o salar boliviano. Depois, a parada é em Socaire, um povoado com 300 habitantes, e, em seguida, está o auge do passeio: as lagunas altiplânicas.

Lagunas Altiplânicas e Salar do Atacama
O tour Lagunas Altiplânicas e Salar do Atacama é um dos mais esperados pelos turistas

Formadas pelas Lagunas Miscanti e Meñiques, aos pés de uma cadeia de vulcões cobertos com neve, elas estão cercadas por um matinho dourado, vicunhas e patos endêmicos. E tem mais: devido a uma erupção vulcânica, houve um estancamento das águas, criando nessas lagunas um intenso azul e margens brancas. Para ficar guardado para sempre na memória!

Laguna Cejar

Como o tour das Lagunas Altiplânicas e do Salar de Atacama acontece no período da manhã, uma ótima combinação de passeio é fazer a Laguna Cejar à tarde, junto com o Ojos del Salar, que são duas crateras com água e a Laguna Tebinquinche. Dessa última, você vai assistir o pôr-do-sol mais incrível da sua vida.

Laguna Cejar
A Laguna Cejar é tão salgada que chega a ser mais do que o mar morto.

Além disso, saiba que a Laguna Cejar é mais salgada que, pasmem, o mar morto. É verdade! Tanto que você não consegue afundar o seu corpo de tão salgada que é a água. Mergulhar nela é uma experiência incrível, mas esteja preparado para a sua temperatura – é MUITO gelada.

Salar de Tara

Por fim, o Salar de Tara. Esse passeio não é dos mais famosinhos, mas, só pela foto abaixo, você consegue imaginar que não pode perdê-lo, não é mesmo?!

Salar de Tara
O Salar de Tara é, com certeza, um dos mais bonitos do Deserto do Atacama e deixará você de boa aberta com a sua beleza.

Agora que acabou nosso texto, você deve estar com a sensação de que tudo no Atacama parece mentira, não é? Mas, por nossa sorte, não. As fotos, felizmente, não conseguem transmitir a beleza do lugar, que é única.

Por isso, o Deserto do Atacama DEVE estar no seu próximo roteiro de viagens de lugares para conhecer. Você nunca irá se arrepender nessa vida de ter ido a esse destino tão mágico!