Se você sonha em conhecer os pontos turísticos de Machu Picchu, esse post é para você. Machu Picchu é uma cidade inca milenar e uma das maravilhas do mundo moderno. A visita é uma viagem extraordinária, que com certeza vai mudar o seu modo de enxergar o mundo e a sua vida.

Machu Picchu fica próximo a cidade de Cusco, localizada no Peru. Fique atento para saber os melhores pontos turísticos de Machu Picchu!

Saiba os melhores pontos turísticos de Machu Picchu nesse nosso artigo e tenha uma ótima viagem
Separe um papel e anote nossas dicas! Elas serão infalíveis para você ter uma viagem perfeita e saber todas as curiosidades sobre Machu Picchu. Pronto para saber os melhores pontos turísticos de Machu Picchu?

Os melhores pontos turísticos de Machu Picchu

O nome Machu Picchu vem do quíchua, língua inca, e significa “velha montanha”. O local também é comumente chamado de “cidade perdida dos Incas” e está localizado no topo de uma montanha, a 2400 metros de altitude.

Estima-se que sua construção tenha sido realizada no século XV e a cidade é uma das ruínas Incas mais bem conservadas, ainda que grande parte dela tenha sido ligeiramente reconstruída como forte de restauração. Machu Picchu só foi descoberta há pouco mais de 100 anos, em 1911.

Machu Picchu conta com duas grandes áreas: a área agrícola, onde era feito o plantio e armazenados os alimentos e a chamada de “urbana”, que conta com os templos, praças e túmulos. As construções são todas em pedra, feitas através de encaixe e resistiram até mesmo à fortes terremotos.

Como chegar até Machu Picchu

A cidade peruana mais próxima de Machu Picchu se chama Aguas Calientes e é para lá que você tem que ir se quiser ver os melhores pontos turísticos de Machu Picchu de perto. Mesmo assim, de Aguas Calientes para Machu Picchu você vai precisar pegar um ônibus. O trajeto a pé é possível, mas não é recomendado. A estrada é muito íngreme e curvilínea, sem falar que é cheia de ônibus.

A passagem do ônibus é vendida em um pequeno quiosque central em Aguas Calientes. Então, chegue cedo! Os ônibus tem horários pré-definidos e você vai aproveitar mais os melhores pontos turísticos de Machu Picchu se conseguir estar lá bem cedo.

Também é possível contratar um tour guiado por Machu Picchu em Aguas Calientes, em diversas línguas, inclusive português! É uma ótima opção para quem quer aprender mais sobre a história da cidade.

Para chegar até Aguas Calientes, é preciso pegar um trem! A paisagem é muito linda e vale a pena a viagem.

Para chegar até Aguas Calientes é necessário pegar um trem de Poroy, Urubamba ou Ollantaytambo, outras cidades peruanas. Duas companhias de trem (Peru Rail e Inca Rail) fazem esse trajeto, mas nem todas tem saídas das três cidades.

É importante verificar qual é o melhor trajeto para você, a fim de verificar os melhores pontos turísticos de Machu Picchu. A viagem de trem é muito bonita e contorna o vale do Urubamba, rio da região.

Mas não pense que acabou! O trajeto para chegar até os melhores pontos turísticos de Machu Picchu é muito demorado, mas vale a pena!

Para chegar até Poroy, Urubamba ou Ollantaytambo você precisa pegar um ônibus, táxi ou transfer saindo de Cusco. Recomendamos que você se informe nas diversas lojas de turismo de Cusco, que vendem esse serviço a parte.

Para chegar até Cusco, você precisa pegar um avião de Lima, capital do Peru. O voo é muito curto e é possível comprar passagens baratas, caso reserve com antecedência. Dê preferência para as companhias locais, pois as internacionais costumam cobrar bem mais caro.

O que tem para ver em Machu Picchu?

Quem pensa que a única coisa que tem para ver em Machu Picchu é um monte de pedras empilhadas está muito enganado! A cidade tem pontos turísticos incríveis, como a Porta do Sol, a Ponte Inca e a montanha Putucusi. Além disso, as construções da cidade central também são um show a parte, com vários dos melhores pontos turísticos de Machu Picchu.

Porta do Sol

A porta do Sol é um dos melhores pontos turísticos de Machu Picchu. Você pode chegar até a cidade Inca fazendo uma caminhada até lá, mas para quem não tem tempo ou preparo físico, não é uma caminhada adequada, visto que pode durar até 4 dias. Há outra forma de visitar a porta do sol, com uma caminhada média de mais ou menos 45 minutos (45 minutos para subir e mais ou menos 30 para descer).

A porta do Sol é um dos melhores pontos turísticos de Machu Picchu e completamente imperdível!

Ao chegar na cidade perdida dos Incas, procure as placas que indicam o caminho para Porta do Sol e comece a caminhada. Nós recomendamos que você chegue bem cedo na cidade e que a caminhada seja a primeira coisa que você faça.

Assim você terá a oportunidade de ver o sol nascer e tomar toda a cidade! Não há melhor maneira de assistir essa cena do que de um dos melhores pontos turísticos de Machu Picchu.

Tres ventanas (três janelas)

A passagem pelas tres ventanas fazem parte do tour obrigatório de qualquer turista em Machu Picchu. Elas ficam no setor sagrado da cidade e representavam, para os incas, os três níveis em que eles dividiam o mundo: céu, terra e subterrâneo. Respectivamente, a vida espiritual, a vida mundana e a vida interior.

Templo do sol

Não é mais permitido visitar o Templo do Sol, por conta de sua altura extraordinária e de sua história. Ele é a única construção de Machu Picchu que tem uma forma arredondada e janelas trapezoidais. As janelas foram construídas na exata direção do sol durante o solstício de inverno.

Isso mesmo! Os Incas eram ótimos astrônomos! Ainda que não possamos mais andar por ele, a visão do  templo, em si, já é um dos melhores pontos turísticos de Machu Picchu.

Relógio do sol

O relógio do sol é uma atração a parte e a única parte da cidade de Machu Picchu que não foi danificada pelo tempo, pelo homem ou que sofreu qualquer tipo de interação. Isso mesmo: é um dos melhores pontos turísticos de Machu Picchu e está intacto!

O relógio do sol é um dos melhores pontos turísticos de Machu Picchu e um dos únicos artefatos completamente intactos

Com ele, os Incas guiavam seu dia, controlando os horários de nascer e por do sol para entender melhor sobre o passar do tempo e sobre a posição dos planetas, durante diferentes épocas do ano.

Antes de passar para o próximo tópico, que tal aprender um pouco mais sobre a América do Sul? Então, dê uma olhada nesses outros artigos do nosso blog.

1 – Os mais imperdíveis destinos da América do Sul
2 – 7 dicas infalíveis sobre como fazer um bom mochilão na América Latina
3 – Descubra os melhores destinos internacionais baratos 2017

Ponte Inca

A trilha para a ponte Inca dura menos de 20 minutos e pode ser feita por qualquer um que não tenha medo de altura. A caminhada é muito leve, mas o caminho é muito estreito e pouca coisa divide os transeuntes de uma queda surreal.

Tanto que quando você entra na trilha precisa assinar seu nome e dar baixa na volta. Eles fazem isso para controlar caso alguém não volte. A trilha é muito bonita, mas realmente dá um pouco de medo para quem não é muito fã de altura.

Mesmo assim, na nossa opinião, vale a pena tentar! Afinal, trata-se de um dos melhores pontos turísticos de Machu Picchu.

Huayna Picchu

Huayna Picchu é a montanha gigantesca que aparece atrás de quase todas as fotos mais conhecidas de Machu Picchu. Ela era utilizada pelos Incas como ponto de vigília e para cerimônias religiosas.

Para fazer a trilha para Huayna Picchu é preciso de um ingresso específico e reservar com antecedência. Só são permitidos pequenos grupos por dia, apenas na parte da manhã.

E não perca a hora! Se você se atrasar para seu horário de entrada (que você deve escolher na hora de comprar o ingresso) perde o acesso a um dos melhores pontos turísticos de Machu Picchu!

O que pouca gente sabe é que dá para subir na Huayna Picchu, aquela montanha alta lá atrás!

A trilha dura aproximadamente uma hora e passa por momentos simplesmente muito radicais, especialmente para quem tem medo de altura. Só vá se você conseguir topar esse desafio!

A vista é muito bonita, mas não há quase nenhuma construção Inca lá por cima. Então, pense bem antes de decidir se vai querer conhecer um dos melhores pontos turísticos de Machu Picchu de cima ou se você vai se contentar tirando fotos da montanha de longe mesmo!

Curiosidades sobre Machu Picchu

1 – Machu Picchu está há 2400m de altura! Pode ser que você sinta um pouco de falta de ar, especialmente se for encarar alguma trilha! A dica é sempre andar munido com algumas folhas de coca (lá é completamente legal para esse tipo de uso) ou com chá de coca!

Outra dica é chegar em Cusco um dia antes e já ir se acostumando com o ar rarefeito de lá! Cusco fica ainda mais alto que Machu Picchu e é um bom treino para seus pulmões. Leve muita água e carregue alimentos que dão energia.

2 – Uma das comidas típicas da região é o cui, que nada mais é do que o nosso porquinho da Índia! Ele costuma se comido assado… Prove, se tiver coragem! Aproveite e peça com um Pisco Sauer, bebida típica peruana.

3 – Ao entrar na cidade perdida, pouco depois da catraca onde você deve mostrar os ingressos, existe uma bancadinha com um carimbo para você colocar no seu passaporte ou onde mais quiser! Uma lembrança incrível dos melhores pontos turísticos de Machu Picchu!

4 – Aguas Calientes tem um mercadinho cheio de souvenirs, comidas e roupas típicas! Os preços são bons, mas é preciso saber pechinchar! Os peruanos já sabem que o preço dado na etiqueta nunca é o preço de venda, então pechinche sem a menor vergonha!

Considerações Finais

Anotou todas as dicas sobre os melhores pontos turísticos de Machu Picchu? Então agora é só fazer o seu roteiro de viagem, preparar as malas e esperar a hora do embarque. Lembre-se de ponderar sobre sua condição física antes de resolver fazer trilhas muito difíceis.

Esperamos que esse conteúdo tenha te ajudado e te deixado com vontade de conhecer Machu Picchu! Estamos disponíveis para qualquer dúvidas ou comentários, então não esqueça de falar o que você achou.

Até a próxima e boa viagem!