Vontade de desbravar um lugar novo para tomar conta do corpo e de sua mente? Você não para de pensar em uma viagem de aventura?

Para os mais experientes ou marinheiros de primeira viagem, essas indagações são um verdadeiro chamado. Então, porque não pensar em ser um mochileiro na Oceania?

Austrália - Oceania
Vontade de desbravar um lugar novo para tomar conta do corpo e de sua mente?

Se você está em dúvida para onde ir ou já escolheu o destino e ele é a Oceania, você precisa ler esse artigo com as melhores dicas de como ser um mochileiro na Oceania.

Por que ser um mochileiro na Oceania?

Estamos falando de um continente formado por diversos grupos de ilhas no oceano Pacífico, com cenários cinematográficos, que vão de paraísos naturais a cidades cosmopolitas, com uma variedade cultural surpreendente e um povo exuberante e misterioso.

mochileiro na Oceania
Será que vale a pena ser um mochileiro na Oceania

Dentre os países mais procurados temos a Austrália, Nova Zelândia, Nova Guiné, Indonésia, Polinésia Francesa e Britânicas.

Além de suas belezas físicas, a Oceania é um verdadeiro encanto.

Seja pelo povo, que é alegre e receptivo, por ter uma culinária diversificada e com sabores que sofrem influência de várias partes do mundo e o clima agradável.

Dicas de como ser um mochileiro na Oceania

Muitos são os atrativos e vantagens que fazem de um mochileiro na Oceania uma viagem indispensável e para você que ficou realmente empolgado com essa ideia, segue dicas de como ser um mochileiro na Oceania.

1 – Preciso de visto e passaporte?

Tudo vai depender de quanto tempo e para onde será seu roteiro. Turistas brasileiros precisam de visto para entrar na Austrália, que podem ser solicitados via internet no programa “eTourist”.

O retorno é dado em até dez dias úteis e sendo aprovado você recebe uma confirmação por e-mail, que deve ser impresso e levado na viagem.

Passaporte para mochileiro na Oceania
Passaporte

Todos os seus dados estarão disponíveis no sistema de imigração e associado ao seu número de passaporte, caso tenha mais questões basta dá uma olhada no site da Embaixada da Austrália no Brasil.

Outro ponto importante é em relação ao passaporte que deve ter no mínimo seis meses de validade.

Já para Nova Zelândia, se sua viagem for de até noventa dias, não é necessário visto, apenas a confirmação da passagem de volta, passaporte válido e dinheiro suficiente para pagar suas despesas durante sua viagem.

2 – Quais vacinas tomar?

Para Austrália é necessário que o viajante esteja em dias com a vacina para febre amarela. Recomentado que tenha sido tomada com no mínimo dez dias de antecedência do embarque.

A comprovação é feita através do cartão de vacina internacional. Para os outros países da Oceania, há especificações que dependem dos locais que você irá visitar.

Na Indonésia, por exemplo, há pontos de malária e de raiva. Já na Nova Zelândia, o reforço é em relação a febre amarela e hepatite A.

A Anvisa disponibiliza todas as orientações necessária em seu site para que você possa fazer uma viagem segura e saudável.

3 – Como chegar?

As viagens para Oceania são muito longas, já que os países desse continente são os mais distantes nas rotas feitas do Brasil.

Entrada para mochileiro na Oceania
Entrada para mochileiro na Oceania. Sidney, Austrália

Não há voos diretos, mas há voos frequentes com conexões em aeroportos da Europa e de países do Pacífico Sul. Companhias aéreas como a TAM, LAN e Qantas realizam voos para as principais cidades do continente.

4 – Qual o preço para ser um mochileiro na Oceania?

A média de gasto em uma viagem pela Oceania é de cinquenta a setenta dólares, incluindo hospedagem, alimentação, transporte e atrações.

Mas todo bom mochileiro determina sua média de gastos e equilibra as finanças dentro do orçamento.

No geral as despesas não são muito altas, o grande custo numa viagem para a Oceania fica por conta da passagem e por isso quanto antes começar a programar a viagem, maiores as possibilidades de conseguir bons preços no transporte aéreo.

5 – Como é o clima?

O clima é geralmente agradável, sem temperaturas muito extremas. Como é uma região muito extensa, pode sofrer variações de clima de uma localidade para outra.

Clima para viagem mochileiro na Oceania
Clima para viagem mochileiro na Oceania

Então pode preparar a mochila com roupas para região praiana e para longas caminhadas, mas separe espaço para um bom conjunto de frio, já que as temperaturas costumam cair à noite.

6 – O que comer?

Diversidade na culinária é muito grande, isso devido a grande participação de imigrantes entre a população local.

Pratos a base de frutos do mar e raízes são as mais populares como o famoso peixe com batata, mas ir a um local tão inusitado como a Oceania é um convite a explorar novos sabores.

Peixe com batata o que comer mochileiro na Oceania
Peixe com batata o que comer mochileiro na Oceania

Na Austrália uma boa pedida são as carnes exóticas como crocodilo e canguru. Na Indonésia o destaque fica por conta das Ostras de Bluff e do queijo azul.

Ei! Agora, dá uma olhada nesses outros destinos pelo mundo…

1 – Intercâmbio no Japão em 2017: Coisas que você precisa saber

2 – Conheça agora os melhores pontos turísticos do Equador

3 – Os melhores destinos da frança

7 – Como se locomover?

No geral, a Oceania possui um bom sistema de transporte rodoviário, mas as distâncias entre os centros pode ser uma dificuldade caso você não disponha de muito tempo.

Nesse caso, vale conferir se uma boa opção de transporte não seria o aéreo e há empresas como Webjet que oferecem voos low cost ou a Air New Zealand e Grabaseat.

Ainda há a opção de balsas que realizam a travessia entre as ilhas ou algumas regiões ligadas por trens, mas essas são mais caras e mais restritas de opções de destinos.

O que fazer na Oceania?

Esse sem dúvidas não será um problema para um mochileiro na Oceania, há opções das mais variadas, indo de imersão na cultura local, exploração da fauna e da flora até os deleites de uma cidade pulsante e agitada.

Tudo vai depender do que você quer desvendar dessas terras. Mas para te dar uma noção do que espera, separei alguns cartões postais que você pode incluir no seu roteiro de curiosidades da Oceania.

Floresta de Colo-i-Suva, Suva, Fiji

A floresta de Colo-i-Suva é um lugar ideal para conhecer a rica natureza de Fiji, fazer trilhas e se conectar com a natureza local, explorando a densa vegetação e belas cachoeiras.

mochileiro na Oceania
Floresta de Colo I Suva

1 – Laura Beach, Majuro, Ilhas Marshall

As Ilhas Marshall são um arquipélago formado por mais de mil ilhas e famosa por suas areias finas e brancas e águas cristalinas.

Laura Beach, Ilhas Marshall
Laura Beach, Ilhas Marshall

2 – Mount Victoria, Wellington, Nova-Zelândia

Uma escalada agradável e com uma excelente recompensa, uma vista panorâmica da capital neozelandesa. Além de possuir casas residenciais que dão um estilo mais charmoso ao local.

Wellington, Nova Zelândia
Wellington, Nova Zelândia

3 – Mercado de Artesanato de Ela Beach, Port Moresby, Papua Nova Guiné

Ela Beach é a principal praia de Port Moresby e têm águas turquesa, restaurantes, hotéis e um mercado de artesanato com pinturas, esculturas, ornamentos e comida local.

Mercado de Artesanato de Ela Beach, Papua Nova Guiné
Mercado de Artesanato de Ela Beach, Papua Nova Guiné

4 – Atol de Funafati, Funafati, Tuvalu

O atol de Funafati é um atol feito de uma estreita faixa de terra que circunda uma lagoa de 18 km de comprimento e 14 km de largura, o que podemos chamar de pequeno paraíso de águas cristalinas e areias brancas.

Atol de Funafati, Tuvalu
Atol de Funafati, Tuvalu

Muitas são as maravilhas que te esperam na Oceania. Vamos fazer a mochila?