Ganhar dinheiro em casa apresenta sentido semelhante a ter mais autonomia, além de liberdade individual e profissional.

Seja como uma fonte de renda complementar, ou uma estrutura para alcançar a liberdade financeira. O blog, entra como um aliado para viabilizar a oportunidade de ganhar dinheiro em casa.

Ganhar dinheiro em casa com blog
Ganhar dinheiro em casa com blog

O blog tem se tornado uma das formas mais populares de comunicação e informação, englobando assim uma possibilidade de entretenimento e trabalho.

Há literalmente milhões de blogs online. Isso significa que para ganhar dinheiro em casa com blog, será necessário se destacar em meio a tantos outros.

Mas, ao contrário do que muitos pensam, usando as estratégias certas seu blog  será notado.

Você pode ganhar dinheiro em casa com blog de várias maneiras. E o caminho mais comum para elevar a renda através do blog, é com publicidade.

O Google Adsense é uma maneira fácil de ganhar dinheiro com seu blog. Tudo o que você precisa fazer é adicionar um script do Google ao seu website e começar a exibir anúncios.

No entanto, existe alternâncias como marketing de afiliados. Em que você usa um artigo para recomendar um produto ou serviço para seu público-alvo usando links de rastreamento especiais.

E, em seguida, recebe uma comissão de referência para cada vez que alguém compra depois de clicar no link.

Quanto mais opções de arrecadação utilizadas no website, melhor. Você pode saber mais sobre como ganhar dinheiro com blog, aqui.  

Quem pode ter um blog?

Um grande equívoco sobre como começar um blog é você achar que precisa ser um grande escritor para ter sucesso.

No entanto, as pessoas leem sites de blog para obter uma perspectiva pessoal sobre determinados assuntos. Por isso, a maioria dos artigos publicados em blogs apresentam um estilo informal, assim como uma conversa.

Pessoas escolhendo assuntos para postar em blog
Pessoas escolhendo assuntos para postar em blog

Outra grande questão, que inibe as pessoas, de criar um blog para ganhar dinheiro em casa é, achar que precisa ser especialista em determinado assunto. Isso porém, está longe de ser uma verdade.

Afinal, as pessoas que buscam por informações baseadas cientificamente leem livros e artigos científicos. A ideia do blog é dividir experiências, boas, ruins, e compartilhar dicas.

Existem algumas razões pelas quais, centenas de blogs são colocados no ar todos os dias e mais de 2 milhões de artigos são diariamente publicados.

A primeira delas é a praticidade de ganhar dinheiro em casa. Quando feito corretamente, blogar pode ser bastante lucrativo.

E a melhor parte disso é que o blog é uma forma de renda passiva. Ou seja, você vai dedicar algumas horas horas da semana na criação de artigos, mas vai continuar ganhando dinheiro enquanto a publicação estiver disponível.

A segunda razão para se ter um blog, é a possibilidade de alcance ao compartilhar sua história. Um blog permite que você tenha voz e seja ouvido.

Uma das maneiras mais comuns de usar os blogs é como um diário em que o blogueiro escreve sobre suas experiências diárias para que amigos, familiares e outros possam fazer parte de suas vidas.

Além de ganhar dinheiro em casa, compartilhar história, blogar pode gerar reconhecimento para você em determinado nicho.

Muitos blogueiros são conhecidos como especialistas apenas por causa de seus blogs.

Primeiros passos para a criação do blog

A premissa indispensável que você precisa para ter sucesso com o blog, é fascínio pelo que se faz. É gostar de aprender, falar e escrever sobre o assunto do blog.

No entanto, em maior ou menor medida, é necessário entender o processo de criação de um blog.

Para blogar, é necessária uma plataforma de blog, que cuida da formatação do conteúdo na forma de texto e imagens, e fornece uma estrutura para colocá-lo em um site.

A plataforma de blogs também torna mais fácil para um mecanismo de pesquisa categorizar as entradas do blog e aproveitar as oportunidades de marketing e publicidade.

Portanto, antes de começar a colocar posts e receber seus visitantes virtuais de todo o mundo, você precisa escolher a melhor plataforma de blogs para atender às suas necessidades.

Plataforma

A primeira etapa é encontrar a plataforma. São muitas as plataformas existentes no mercado, que oferecem serviços gratuitos e pagos para publicar e hospedar um blog. No entanto uma das plataformas de blogs mais populares é o WordPress.

Existem duas versões do WordPress. O WordPress.com onde você pode ter um blog gratuito hospedado no WordPress e o WordPress.org onde você hospeda seu próprio blog WordPress.

Dashboard de um blog do WordPress
Dashboard de um blog do WordPress

Pode parecer confuso, mas não é. A principal diferença entre o wordPress.com e o WordPpress.org está no controle que você tem do blog.

WordPress.com

O WordPress.com é semelhante às plataformas de blogs gratuitas, onde você está limitado no que você pode fazer.

Com o WordPress.com você pode criar o seu blog sem a necessidade de contratar um provedor de hospedagem. Ou seja, a própria empresa WordPress faz isso por você.

A desvantagem porém, é que você não tem total controle e flexibilidade com o seu site.

WordPress.org

Já como o WordPress.org você obtém sua própria conta de hospedagem e faz sua própria instalação do WordPress, onde você tem controle total sobre o que você pode fazer.

Nesta opção você precisa encontrar um provedor de hospedagem separado para colocar seu site na internet. A maior vantagem aqui, é que você tem controle praticamente de todo o site.

O WordPress auto-hospedado exigirá mais de você na instalação e configuração. No entanto, o próprio site disponibiliza tutoriais para a execução correta dos passos.

Mesmo o WordPress auto-hospedado sendo identificado por .org isso não significa que você tenha que usar essa extensão. Na verdade você pode alterar e usar inclusive .com como extensão.

No diretório oficial do WordPress.org. existem temas livres para a escolha do ideal para seu blog. Além disso, há centenas de lojas temáticas que oferecem miríades de designs personalizados.

Outra vantagem do WordPress é que a plataforma oferece extrema extensibilidade. Mais uma vez, existem mais de 42.000 plugins gratuitos no diretório oficial.

Hospedagem

Após a escolha da plataforma, a próxima etapa é a contratação da hospedagem. O hosting é o lugar virtual onde seu blog vive.

Quando você usa um blog com a hospedagem gratuita, por exemplo, você está alugando um espaço para seu blog. Dessa maneira você não possui controle ou informações sobre esse espaço.

Painel de Controle do Hostgator
Painel de Controle do Hostgator

Por isso, o mais indicado para um site profissional com objetivo de ganhar dinheiro em casa com o blog é contratar uma hospedagem.

Um host de blog é a empresa que fornece o espaço em seus servidores e equipamentos para armazenar seu blog.

Dessa forma, o blog pode ser acessado por qualquer pessoa online pela internet. Normalmente, um provedor de hospedagem de blog cobra uma pequena taxa para armazenar seu blog em seu servidor.

Assim como as plataformas de blog, são muitas as empresas de hospedagem. Uma delas é a HostGator, além do executar um ótimo serviço de hospedagem, apresenta suporte online de qualidade.

HostGator também é referência por apresentar um processo fácil de instalação do WordPress.

Domínio

O domínio é como seu site será conhecido online, independentemente do tipo de site que você tenha.

É o endereço exclusivo do seu blog na internet e será seu, contanto que você continue pagando a taxa anual.

Os usuários que conhecem seu domínio, tecnicamente chamado de URL (localizador uniforme de recursos), podem simplesmente digitá-lo na barra de endereços do navegador e ser levados para lá.

Outros poderão descobrir seu blog através de mecanismos de busca como Google. Por isso, a escolha do domínio é importantíssima. Muitas pessoas se preocupam apenas com nome, no entanto a extensão também é crucial.

Quando você escolhe um nome de domínio, uma das suas escolhas será qual extensão de domínio ou extensão de domínio de primeiro nível (TLD) usar. Existem centenas de domínios de nível superior para escolher.

Como escolher um domínio

Os domínios de primeiro nível originais (TLDs) incluem: .com, .net, .org, .int, .gov, .edu e .mil. Apenas alguns deles estão disponíveis para uso geral e .com é de longe o mais importante.

O mais indicado é a extensão .com, por ser mais reconhecida, passa mais segurança para o usuário.

Foco em uma url sendo clicada
Foco em uma url sendo clicada

Quanto mais marcante e menos confuso for o domínio, melhor. Se você está se promovendo, idealmente você poderá usar seu primeiro e último nomes, luisamarques.com, por exemplo.

Mesmo que você não esteja se promovendo, se estiver disponível, não é uma má ideia registrar seu nome como um domínio agora, caso queira usá-lo no futuro.

Se seu objetivo é ganhar dinheiro em casa com blog, utilizando um nome mais voltado para o assunto do seu diário virtual, então você deve registrar o nome do seu negócio.

No Google, pesquise o nome do seu blog ou website proposto. Sua pesquisa mostra sites com nomes de domínio semelhantes? Se sim, tente um nome diferente.

Escolher um nome para seu site semelhante a outros sites existentes é o primeiro passo para o fracasso.

Dicas para ganhar dinheiro em casa com blog

Com o blog pronto é o momento de iniciar o calendário editorial, com temas e propostas de artigos, de acordo com o assunto principal abordado no blog. Para isso, algumas recomendações podem te ajudar nesta etapa.

A dica principal é sempre melhor escrever sobre algo que você conhece e está entusiasmado.

Se seu objetivo é iniciar o blog e com o tempo ver nele uma alternativa de ganhar dinheiro em casa, é preciso então identificar seu objetivo com ele.

Por isso, é necessário identificar para qual público você quer falar o que será falado. Dessa maneira, será possível blogar com mais segurança e aproximação do público.

O blog permite que você ensine essas pessoas com base em sua experiência, e isso lhe dá a oportunidade de aprender com seus leitores também.

De acordo com o assunto central do blog, será possível criar as categorias secundárias. O interessante em pensar aqui, é estruturar as categorias de maneira que o assunto tenha coerência com todos os outros.

Talvez você já tenha uma ideia do que você quer que seu blog seja. Mas você pode fazer reflexões sobre os estágios da sua profissão, ou sobre sua semana de atividades no trabalho. Análise sobre as atividades regulares dentro da empresa ou em casa, ou até mesmo no blog.

Recomendações para artigos, livros, sites que você leu ou achou útil.

Dicas ou atividades que você usou nos últimos dias. Novos produtos ou serviços lançados no mercado que podem ajudar sua audiência.  

Eventos, conferências, ou seminários que você já participou. Lugares que você gostou e gostaria que mais pessoas passassem pela mesma experiência. Viagens e lugares que você já visitou.

Mãos à obra

Uma postagem de blog bem estruturada chamará a atenção dos leitores e os fará querer ler o que você tem a dizer.

Por isso, dê ao blog um título que vai chamar a atenção do leitor. Esta é a primeira coisa que eles vêem e os ajudará a decidir se é de interesse para eles.

Uma pessoa trabalhando em seu blog
Uma pessoa trabalhando em seu blog

Coloque o ponto principal no primeiro parágrafo. Esta é a primeira coisa que os leitores veem e que os fará querer ler. E os detalhes nos parágrafos a seguir da sua postagem.

Procure escrever em um estilo amigável e informal. Lembre-se de que as opiniões honestas e abertas podem ser tão interessantes e informativas quanto as de um especialista. Pense em seus leitores e no que eles podem aprender com sua experiência.

Adicione imagens que possam te ajudar a representar o que você está escrevendo. São vários os bancos de imagens gratuitas que podem servir como o Unsplash, Free Photos Bank ou o Free Pik.

Concentrar-se na quantidade de posts em vez da qualidade é um erro comum. Para garantir a qualidade você deve apostar em elementos fundamentais para a criação de um ótimo SEO, como um plano claro, um assunto focado, um calendário editorial, metas quantificáveis ​​e a compreensão dos clientes.

Associando aos seus artigos as diretrizes de qualidade do Google, frequência e qualidade de publicação, com assunto de interesse do público seu blog tem condições de ser promissor.

E assim, você terá sucesso trabalhando em casa. Por isso, enxergue seu blog como um negócio e busque conhecimento para prosperar.

Se inspire em pessoas que já passaram por essa fase. No livro a Jornada da Liberdade, Fagner Borges conta como alcançou a liberdade para trabalhar de casa ou em qualquer lugar do mundo.