Como construir uma lista de e-mails e realizar vendas diariamente
Vote neste post

Vendas é o que move todo negócio, e elas só acontecem quando se tem clientes. Por isso, saber como construir uma lista de e-mails e utilizar as possibilidades que ela oferece é a melhor estratégia para manter clientes de qualidade e com potencial de compra sempre próximo ao seu negócio.

Para negócios digitais ter uma lista de e-mail marketing com as pessoas certas, utilizando uma linguagem coerente com o público, é uma oportunidade e tanto para realizar muitas vendas.

Como construir uma lista de e-mails
Vendas é o que move todo negócio, e elas só acontecem quando se tem clientes.

 

Alguns empreendedores digitais acreditam que o e-mail é uma ferramenta ultrapassada, que não gera resultado. Por outro lado, empreendedores faturam alto utilizando a lista de e-mail marketing.

O Adobe Email Survey 2016 entrevistou mais de 1.000 americanos de colarinho branco, e o resultado é que o tempo gasto com e-mail aumentou 17% sobre ano anterior.

Os millennials, consumidores com idade entre 18 e 34 anos, passam a maior parte do tempo com e-mails que qualquer outra faixa etária. E 90% deles acessam o e-mail principalmente em seus smartphones.

Dois fatores interferem para que o resultado com a lista de e-mail marketing seja positivos ou negativos. A qualidade da lista e o que é feito com ela.

Tão importante como conseguir uma lista de e-mails qualificada, é a estratégia aplicada para manter o relacionamento com o lead.  

A lista de e-mail marketing pode ser utilizada com diferentes finalidades. Mas o cerne da estratégia é sempre sobre relacionamento e assistência ao cliente.

Por esse motivo, a base da lista de e-mail marketing deve se consistente e coerente com o negócio. Afinal, o relacionamento com o cliente deve ser direto, e ele precisa sentir que tudo foi preparado pensando nele.

Por isso, o pensamento não deve ser em como conseguir lista de e-mails e sim, como construir uma lista de e-mails para seu negócio.

Por que ter uma lista de e-mail marketing

Em comparação com a interação do público em redes sociais e até mesmo em uma loja física, o e-mail marketing é uma alternativa mais individualista de conexão com o público.

A lista de e-mail marketing permite que você se comunique com o cliente, de maneira natural, sem exigir muito esforço. A relação é cômoda para o cliente.

As pessoas gostam de exclusividade e atenção, mas principalmente, estimam e são gratas àqueles que as ajudam e consideram.

Através da lista de e-mail marketing você pode ajudar e espalhar atenção a um grande número de pessoas de maneira individualizada. O resultado disso, é a consideração que elas terão por você e pela marca.

Proporcionar esse entrosamento e proximidade com a marca é, inclusive, uma estratégia para vender mais. Pois, as pessoas se sentem mais à vontade ao comprar algo de uma pessoa conhecida.

E os resultados chegam quando você consegue gerar essa conexão com o público. Mas, não se esqueça que, a interação e reciprocidade só acontecem quando você fala com a pessoa certa.

Por isso, antes de saber como construir uma lista de e-mail é crucial conhecer o perfil do seu cliente. E principalmente, entender o que, de fato, faz com que ele compre seu produto.

Você pode usar sua lista de e-mail para aumentar o tráfego do seu site, para realizar vendas como afiliado, trabalhar o lead para receber novidades, e de tantas outras maneiras.

Outro benefício da lista de e-mail marketing é que ela cresce gradativamente e funciona por muito tempo.

Você pode aplicar várias estratégias com um mesmo público. Desde que seja sobre assuntos relacionados e de interesse do lead. E aproveitar o potencial de escala da lista de e-mail marketing a longo prazo.

Como construir uma lista de e-mails

Existem alternativas para comprar lista de e-mail marketing de acordo com o perfil do seu negócio e de clientes.

Mas essa é de longe a pior decisão que você poderia tomar. Receber e-mails sem autorização pode ser considerado uma invasão, por muitas pessoas. E se denunciado como spam você terá sua conta bloqueada.

E o segundo motivo para que você mude seu mindset de como ter uma lista de e-mails, por como construir uma lista de e-mails é que você terá melhores taxas de engajamento e conversão.

Qual objetivo da lista

O primeiro critério para que você saiba como construir uma lista de e-mails, é justamente entender o propósito da lista.

É fundamental estar claro qual será o objetivo da lista, para que assim, você possa encontrar as pessoas certas. O objetivo da lista de e-mail marketing será de acordo com seu tipo de negócio.

Se você é afiliado a produtos de emagrecimento, por exemplo, exige um trabalho maior para informar seu público. Nesse caso, a frequência de conteúdo deve ser maior, para que o lead não tenha dúvidas sobre o produto e esteja apto a realizar a compra, quando for oferecido.

Por outro lado, se você possui um e-commerce de produtos para pets, você pode usar o e-mail como ferramenta para informar de promoções e passar informações sobre cuidados e bem-estar dos animais.

Qual o público ideal

Definir o objetivo da lista é fundamental para que você encontre as pessoas certas.

Uma ferramenta que você pode usar para encontrar o público ideal é desenvolvendo um avatar. O avatar é a personificação de informações dos clientes que são relevantes para seu negócio. É um desenho das atividades e emoções do seu público.

É preciso mapear as características, rotina, desejos, objetivos, e outras emoções de um cliente ideal. Com essas informações você terá condições e argumentos para entregar ao lead o tipo de conteúdo que ele quer receber.

Desta maneira sua marca começa a fazer parte do cotidiano do lead. E a intenção é que quando ele precisa do serviço ou produto ele conheça seu negócio e saiba onde encontrar.

Alinhando o objetivo da lista a um público coerente e informações relevantes para ele, você está apto para iniciar as próximas etapas de como construir uma lista de e-mails.

Ferramentas para construção de lista de e-mails

Há no mercado ferramentas de e-mail marketing para a criação e nutrição de leads. E a partir delas é possível enviar newsletters, promoções de produto, entre outras estratégias para alcançar os objetivos.

O primeiro passo, então, é escolher um serviço de e-mail. Você pode optar por um gratuito ou por versões pagas. Sua escolha deve ser baseada ao benéfico que cada uma delas oferece.

Como opção de ferramentas a Optin Monster, MailJet is e Litmus são alternativas que possui plano gratuito com limitação de e-mail e atualização para versão paga.

A LeadLovers e a RD Station são ferramentas brasileiras. A primeira voltada para a nutrição e gestão de leads, enquanto a segunda para Inbound Marketing. A maior vantagem da ferramenta brasileira é facilidade de assistência.  

No entanto, a plataforma gratuita e mais famosa indicada para como construir uma lista de e-mail é o MailChimp.  

O MailChimp é completo e ideal para quem pretende saber como construir uma lista de e-mails. E oferece ainda mais ferramentas para quem já tem experiência com e-mail marketing.

O MailChimp é gratuito para 12.000 e-mails por mês enviados para até 2.000 assinantes. Dentro desse quadro de possibilidades você pode enviar 6 e-mails por mês enviados para 2.000 assinantes, ou 15 e-mails por mês enviados para 800 contatos.

A maneira como você irá distribuir os e-mails depende do seu negócio da sua estratégia e também da qualidade da sua lista. Afinal, uma lista compacta com leads qualificados proporciona melhores resultados que uma grande lista sem qualificação.  

A ferramenta também possui as versões pagas que começam a partir de 10 dólares mensais, e já disponibilizam automação, recomendação de produtos e muito mais.

Sobre o MailChimp

Quando você cria uma conta MailChimp, é gerado uma lista para preencher com os detalhes de identificação da lista. A cada vez que você criar uma nova lista, você será solicitado a inserir informações padrão, como o seu endereço de e-mail.

Tão importante quanto como construir uma lista de e-mails, é fundamental conhecer as nomenclaturas da ferramenta e o potencial de cada uma delas. 

como construir uma lista de emails e vender todos os dias 2
Quando você cria uma conta MailChimp, é gerado uma lista para preencher com os detalhes de identificação da lista.

Uma lista é uma coleção de contatos voltado para um objetivo. Cada lista é independente de outras listas na sua conta. Por exemplo, se [email protected] estiver em duas de suas listas, ele é considerado como duas pessoas.

Além das listas, há também os grupos. Um grupo é uma subcategoria da sua lista que armazena contatos com base em seus interesses. Por exemplo, uma loja de jardinagem com uma conta MailChimp pode dividir uma lista em três grupos.

Um grupo para jardineiros, um para paisagistas e outro para entusiastas de plantas de interior. Depois de agrupar os contatos na sua lista de e-mail marketing, você pode enviar campanhas por e-mail para um segmento que contenha um grupo, alguns grupos ou todos eles.

Já o segmento é um filtro que você pode aplicar em sua conta para classificar seus contatos com base nos dados que temos sobre eles. Criar um segmento é muito parecido com a criação de uma consulta ou um filtro.

Você pode filtrar seus contatos com base em vários itens, como localização, associação ao grupo, fonte de inscrição, atividade de campanha e muito mais.

Os segmentos ajudam você a criar e-mails personalizados, anúncios ou páginas da Web para as pessoas que você identificou. O conteúdo personalizado é um marketing inteligente e os segmentos podem ajudar você a chegar lá.

Dados do lead

Ao optar pelo MailChimp como ferramentas para construir uma lista de e-mail marketing as informações dos seus contatos ficam armazenadas no campo de mesclagem.

Nessa categoria é armazenado e-mails, nomes, aniversários, preferências de grupos, endereços ou outras informações. Você pode usar tags de mesclagem para puxar informações de campo de lista para campanhas de email, como uma saudação de primeiro nome.

As informações do lead e as tags de mesclagem são importantíssimas para a criação de campanhas específicas para cada grupo ou categoria de lead. A personalização de conteúdo é o objetivo da segmentação de listas.

Assim, você divide sua lista de e-mails em segmentos com base no que você conhece sobre cada usuário, ou seja, seus hábitos de compra, familiaridade com sua empresa, faixa etária ou experiência profissional. A segmentação de lista coloca conteúdo direcionado para perfis de contatos.

Como atrair lead

Saber como construir uma lista de e-mails é fundamental, mas tão importante quanto é atrair o lead.

O lead é o consumidor em potencial que demonstrou interesse em seu produto ou serviço. Normalmente, o interesse é demonstrado por meio de algum formulário preenchido pelo usuário, para receber mais informações ou algum material sobre a empresa.

A abordagem para a captura de lead pode ser feita de várias maneiras e em diferentes plataformas. Blog, e-commerce ou mídias sociais.

Dependendo da sua estratégia será interessante desenvolver uma recompensa para o usuário que se cadastrar.

Pode ser um material em PDF, guias, kits, vídeos, planilha um e-book, podcast ou infográfico. O fundamental é que seja um conteúdo de qualidade e de interesse o público.

Se você possui um blog, o campo de captura de e-mail pode ser colocado na página “Sobre”, no início ou final de cada post.

Outra alternativa muito popular é a sidebar, uma área na lateral da página utilizada para adicionar anúncios.

E mesmo sem site, é possível conquistar lead. Há a possibilidade de criar um anúncio no Facebook e direcionar o prospecto para uma página de captura, onde fica o formulário. E nas próprias campanhas e anúncios pagos, você pode colocar botões para landing pages.

Ou você pode ainda, usar o Facebook Lead Ads. O Anúncios de Cadastro do Facebook, é um formato de anúncio disponibilizado pela rede social para que você consiga criar formulários simples para coletar dados dos fãs.

O objetivo aqui, é maior que saber como construir uma lista de e-mails. O foco é em atrair pessoas com potencial de compra, para que a estratégia surja efeito no seu negócio.

Por isso, é essencial que os leads que estejam cadastrados em sua lista tenham real interesse em estar ali, sem terem sido forçados ou ludibriados em troca de garantias que não existem.

Vantagens da lista de e-mail

As principais vantagens da lista de e-mail marketing são as possibilidades de otimização e praticidade. Você pode medir o resultado da sua campanha avaliando quantas pessoas abriram seu e-mail, ou clicaram no e-mail.

É possível saber quantas chegaram no site através do seu e-mail e quantas compraram. Ou seja, você pode medir todas as coisas e ir melhorando, primeiro gera mais abertura do e-mail e mais vendas.

O melhor de tudo é a facilidade que o e-mail permite. As estratégias podem ser elaboradas e executadas à distância.   

E além do e-mail marketing existem outras com este mesmo benefício. No e-book Como Ganhar Dinheiro Enquanto Viaja pelo Mundo, você terá acesso a estratégias de marketing para manter seu negócio funcionando 24 horas.