Onde investir em 2018 deve ser estudado, pois o novo ano já está batendo na porta. O fato é que muitas pessoas sentem vontade de investir as economias porém têm medo por falta de informações a respeito de locais seguros para os investimentos para 2018.

Certamente o medo se justifica pois temos visto um declínio no que diz respeito às leis trabalhistas e tudo o que envolve o trabalhador. A fragilidade do governo não nos encoraja a apostar em nada.

Ainda precisa ser levado em conta que 2018 é um ano eleitoral, e estes tendem a ser um pouco mais complexo que outros. Mas também é um ano onde muitas oportunidades para ganhar dinheiro podem surgir. Vai ter muito político querendo mostrar serviço.

Porém, existe um mercado que não parou, mesmo com o tremor da crise: o mercado digital. Manter um negócio digital vem sendo a opção de muitas pessoas pois é uma opção democrática, onde todos têm as mesmas oportunidades e, dessa forma, o sucesso é tangível.

Inclusive são investimentos com alto retorno, visto que essa semana, em um jornal da manhã, houve uma notícia que que dizia que pela primeira vez no Brasil, as compras de natal feitas pela internet superaram as realizadas em shoppings. Não existem dúvidas, o momento é esse!

E se você quer saber um pouco mais sobre o mercado digital, leia também estes artigos:

Como e onde investir em 2018?

Antes de qualquer outra coisa, é preciso entender que a ideia de deixar o dinheiro rendendo em uma poupança é muito boa, porém o que ela rende muito pouco quando comparado às outras tantas opções que existem.

onde investir em 2018 1
Fato é que existem várias outras opções de investimentos além de poupança.

É possível encontrar investimentos com alto retorno onde muitas pessoas estão apostando e conseguido excelentes resultados. Na verdade, a pessoa que opta por esse tipo de modalidade é aquela pessoa que percebeu que o dinheiro pode render muito em determinadas oportunidades.

O mercado de investimentos para 2018 continua promissor. Certamente o negócio digital não vai perder espaço. Não existe esse risco. Porém também existem outras opções para quem ainda não sente a necessidade de entrar para o mercado digital, embora esse seja o campo mais promissor de todos.

Anota as dicas aí.

As eleições podem influenciar nos investimentos para 2018?

É impossível fazer qualquer tipo de previsão. As bolas de cristal não influenciam na hora de procurar onde investir em 2018. O importante é entender que os escândalos e surpresas na política não vão influenciar em alguns setores.

A economia começou a dar sinais de recuperação neste ano de 2017 e certamente o progresso vai continuar em 2018. O mercado digital também não sentirá os efeitos do peso político, assim como não sentiu no ano de 2017. Tão pouco no anterior.

O que se perguntar antes de procurar onde investir em 2018?

Para dar esse importante passo, é necessário saber que tipo de investidor se encaixa em seu perfil:

Conservador

Este perfil prioriza a segurança dos seus recursos acima de qualquer outra coisa. Assumir grandes riscos não faz parte deste perfil, mesmo que a rentabilidade fique abaixo da média. Certamente, entre os perfis, o que menos tolera falta de fluidez e perdas.

Normalmente é o perfil que impera entre os que começaram recentemente a trabalhar com investimentos.

Moderado

Este perfil assume riscos um pouco maiores, visando uma rentabilidade um pouco acima daquelas escolhidas pelos conservadores, mas ainda mantém a exigência com a segurança. Dessa maneira, busca investir de maneira equilibrada. Não se importa tanto com falta de liquidez ou perdas moderadas, porém têm como objetivo manter suas finanças. São investidores que já contam com uma certa experiência no mercado e sabem o caminho a ser trilhado.

Agressivo

Este perfil assume grandes riscos, porém é importante ter em mente que assumir tais riscos não significa arriscar tudo o que tem. O foco são os investimentos com alto retorno e tem consciência de que o mercado oscila muito, mas a médio e longo prazo, tudo vale a pena.

Este perfil trabalha com todo tipo de investimento, e é possível encontrá-lo desde o Tesouro Direto até as operações de Bolsa com derivativos.

como saber qual tipo de investidor eu sou 2
Este perfil assume grandes riscos, porém é importante ter em mente que assumir tais riscos não significa arriscar tudo o que tem.

Após se identificar em um destes perfis, é hora de outras perguntas:

Qual seu objetivo?

Não precisa sair correndo para responder esta pergunta. O ideal é tirar esse finalzinho de ano para descansar e fazer algumas avaliações de maneira mais leve. Reveja a lista de prioridades, o que é mais importante em 2018? Fazer uma viagem com a família ou comprar uma casa?

A prioridade varia de pessoa para pessoa e é impossível mostrar apenas um caminho. Enquanto uns querer manter a estabilidade financeira, outros querem começar um negócio digital que possibilitará excelentes retornos.

Tem acompanhado as notícias em torno do mercado financeiro?

Instabilidade política, inflação e queda de juros, recuperação da economia, cenário mundial… é preciso estar por dentro das últimas notícias antes de fazer investimentos. Acompanhe os jornais e principais blogs a respeito. Estude antes de dar o próximo passo.

Em quanto tempo espera obter o retorno?

Escolher onde investir em 2018 também tem a ver com as expectativas bem estruturadas. Em quanto tempo espera receber o retorno? Está disposto a aguardar ou deseja que o retorno seja imediato?

Decidir sobre o retorno já possibilitará saber qual o rumo deseja tomar.

Melhores investimentos para 2018

Segundo os especialistas, os melhores investimentos para o novo ano vai depender do perfil de cada investidor e da quantidade de dinheiro que cada um pretende investir. Mas existe uma regra para todos os perfis: Diversificação.

Escolhendo não apenas uma, mas algumas maneiras de investir, o investidor garante os ganhos e se prepara para possíveis perdas. Para cada investidor, uma lista de investimentos. Vamos falar de um exemplo para cada um destes perfis:

Onde investir em 2018 – Conservadores: Tesouro Direto

Este certamente é um dos investimentos com alto retorno. Trata-se de um programa de negociação para todas as pessoas através da internet.

como investir em tesouro direto 3
O tesouro direto é o melhor tipo de investimento para quem está começando.

É uma opção de baixo custo e segura pois os títulos públicos são os ativos de menor risco na economia.

Para investir no Tesouro Direto, basta seguir esses passos:

  • É necessário ter um CPF e uma conta corrente na instituição financeira de sua escolha
  • A partir daí, deverá escolher uma instituição financeira para intermediar todas as transações com o Tesouro Direto. Aqui no site do Tesouro Direto é possível pesquisar quais instituições estão aptas a trabalhar nessa modalidade. Observe também as taxas cobradas
  • Após a escolha da instituição, entre em contato com a mesma e solicite o cadastramento. Será necessário disponibilizar uma lista de documentos para, então, abrir uma conta em seu nome para operar com o Tesouro Direto
  • Uma senha provisória será fornecida para o acesso à BM&FBovespa para o primeiro acesso que permitirá as operações de compra e venda, consultas, saldos e extratos
  • Escolha uma nova senha, que deverá conter de 8 a 16 dígitos, que deverá conter letras, números e caracteres especiais. Pronto! Já pode começar a investir como um investidor habilitado
  • Se for da vontade do investidor, é possível utilizar a ferramenta Orientador Financeiro disponibilizada no site para tomar decisões que envolvam as futuras ações de investimentos

Onde investir em 2018 – Moderados: Debêntures

Debêntures são títulos de dívidas, isto é, o investimento é, na realidade, um empréstimo para determinada empresa. Esta não pode estar envolvida no mercado financeiro. Essa atitude faz com que o investidor se torne um credor da empresa e receberá juros – fixos ou variáveis – ao final de cada período já estabelecido previamente.

Os títulos podem ser:

  • Simples – Não é possível converter em ações
  • Conversíveis – Estas podem ser convertidas em ações da empresa que as emitiram ao final do período pré-estabelecido

São títulos mais flexíveis e as características definidas na emissão podem ser renegociadas periodicamente se investidores e empresa estiveram de acordo quanto às mudanças.

A renda depende de alguns fatores e são divididas em três tipos:

  • Prefixados – Existe um acordo quanto à rentabilidade do título no momento da emissão, e esta será oriunda de uma taxa de juros combinada antecipadamente e será possível ter conhecimento do rendimento no momento da compra
  • Pós-fixados –  A modalidade pós-fixada permite uma rentabilidade que está diretamente ligada a um indexador, como CDI ou Taxa Selic, por exemplo, e não permite que se saiba previamente como tal indexador vai progredir no mercado, sendo possível ter a informação no momento do vencimento ou resgate do título
  • Híbridos –  Esta modalidade funciona como uma união entre prefixados e pós-fixados, ou seja, o rendimento vem de uma taxa de juros combinada acrescida de um percentual de um indexador como o IPCA, podendo oscilar e possibilitando o conhecimento após o fim do período pré-estabelecido no momento do acordo.

Onde investir em 2018 – Agressivos: Rendimento em ações no curto prazo

No curto prazo, há dois tipos de operações que precisam ser levadas em consideração:

  • Swing Trade – Nesta modalidade, as operações têm sua duração entre uma e duas semanas. Por contar com menos operações, conta também com menos dinheiro. Os riscos são menores e os gráficos de mais fácil compreensão, contando com um maior tempo para análises.
  • Day Trade – Essa modalidade conta com um período operacional muito curto – coisa de um dia – e sem dúvida é a modalidade que exige maior conhecimento por parte do investidor. É necessário ter conhecimento de análises técnicas e disposição para um grande número de operações diárias.
Como investir em ações 4
Certamente é a modalidade mais rentável, contudo é necessário um bom conhecimento.

A grande vantagem das ações de curto prazo, além dos bons retornos, é a alavancagem, isto é, não é preciso pagar pelo valor total negociado. Será necessário apenas custear ou receber a diferença entre o preço e a venda da ação.

Alguns dos indicadores mais utilizados nessa modalidade são:

  • Volume Financeiro
  • Índice de Força Relativa (IFR)
  • Topos e Fundos
  • Médias Móveis
  • Bandas de Bollinger
  • Suporte e Resistência

Mercado de Afiliados

Essa é uma opção de investimento que pode ser feita por toda e qualquer pessoa que deseja fazer crescer suas finanças. As provas de que o Mercado de Afiliados é um dos mais rentáveis no mundo estão espalhados por toda parte, a começar pela quantidade de pessoas que vêm aderindo essa modalidade a cada mês.

O negócio digital é o futuro. Está mais do que na hora de desconstruir a ideia de que emprego é somente aquilo que conta com carteira assinada. Não é.

As novas tecnologias trouxeram diversas oportunidades de chegar até o público. Canais como o Instagram, YouTube ou Linkedin, entre outros, são usados para desenvolver diversas campanhas e trazem um excelente retorno.

O mercado digital é democrático e dá oportunidades para todas as pessoas que o procuram. Não precisa ter uma formação específica ou uma comprovada experiência para ingressar. Qualquer pessoa que está lendo este artigo, pode terminar de lê-lo e começar agora mesmo a fazer os investimentos para 2018 com o Mercado de Afiliados. Vamos falar sobre esta incrível oportunidade, mas se quer saber exatamente como funciona, nos mínimos detalhes, te convido a assistir esse vídeo onde o Fagner Borges nos dá uma aula sobre:

Esse tipo de negócio digital não exige nenhum tipo de investimento, a menos, é claro, que seja da vontade do investidor pagar por anúncios. Porém não é algo de extrema importância, pois o próprio Facebook disponibiliza filtros que irão levar seus anúncios direto para seu público-alvo sendo apenas necessária a criação do anúncio.

Não precisa se preocupar com um grande número de contatos, com artigos bem escritos ou vídeos super bem editados. E são investimentos com alto retorno, olha só: o empreendedor decidiu promover um infoproduto vendido por R$100,00 que oferece 60% de comissão. Com anúncios que ele criou no Facebook, consegue vender 3 desses infoprodutos por dia.

Ao findar do primeiro mês, o empreendedor vai receber R$5.400,00. Sem a necessidade de sair de casa promovendo ou ter que lidar com situações que envolvam o descontentamento do cliente ou com pagamentos, por exemplo. Até porque as plataformas como o Hotmart, Eduzz ou Monetizze, cuidarão de todos os trâmites que envolvem o financeiro.

E quando o assunto é mercado digital, todo tipo de técnica que vise a otimização do seu negócio deve ser estudada. E se eu disser que existe um evento online e gratuito que arrasta milhares de pessoas com o objetivo de fazer com que todos encontrem a liberdade total através do empreendedorismo digital? 

Venha também fazer parte do evento online, a Jornada da Liberdade, idealizada pelo criador do movimento Freesider, Fagner Borges. Se inscreva gratuitamente agora mesmo e conquiste sua liberdade móvel, financeira e de tempo.

Boa sorte e sucesso!