Quem vive no país tropical como nós, brasileiros, sonha em ver neve. Quantas vezes nos pegamos imaginando como seria se fôssemos nós naquele cenário lindo, todo branquinho, do filme?

Quantas vezes sonhamos com a oportunidade de ver a neve cair? E quem nunca se contentou com um simples granizo? Pois é, infelizmente, não é essa a nossa realidade. Por sorte, temos países bem próximos do Brasil que nos permite vivenciar um pouco dessa experiência. Quer um exemplo? O chile!

estação de esqui

Voar para lá está cada vez mais em conta, o nosso real não é desvalorizado no país e o povo é extremamente amigável. Se ir para lá é destino certo, então não deixe de curtir as neves e esquiar no Chile. Quer saber como? Nós te contamos!

Por que esquiar no Chile?

Se você quer um motivo para ir esquiar no Chile, nós te damos – mas não somente um, mas CINCO! Não vai ter mais desculpa depois da nossa listinha.

1 – País

O segundo país da América do Sul mais visitado pelos brasileiros, o Chile é incrível. Como ele é extremamente estreito e comprido, lá você encontrará as mais diversas paisagens: desde urbanas, até a desertos e regiões do lago. Vai ter pista para todos os gostos e para todos os tipos de vistas SIM!

Some isso ao fato de estar bem próximo do Brasil, o que nos leva ao segundo motivo…

2 – Facilidade de acesso

Santiago, a capital chilena, fica a, aproximadamente, 4 horas de voo partindo de São Paulo. Isso é muito mais perto do que viajar partindo dessa mesma cidade ao norte do país, por exemplo.

E aí você me diria: tá bom, mas a Argentina, que é outro país que tem estação de esqui, é ainda mais perto e por que não lá? Simples! Primeiro, não há estações de esqui nas redondezas da capital de Buenos Aires como há em Santiago – em 1h30 de carro, você já estará em uma.

Primeira vista ao chegar em Santiago – Cordilheira dos Andes

Então, para esquiar nas terras argentinas, você teria que voar até Bariloche, o que já é bem mais complicado e o voo, mais longo.

3 – Custo

Ir a uma estação de esqui custa uma quantidade considerável – já iremos falar dessa parte mais tarde. No entanto, esquiar no Chile reduz drasticamente os seus gastos pelo fato de que há sempre promoção de passagem área ao país e de que o nosso real não é desvalorizado lá.

4 – Língua

Um dos maiores choques culturais, a língua do país visitado pode travar muita gente e fazer com que algumas pessoas desistam do seu sonho de viajar.

Linda paisagem de uma estação de esqui

Mas fique tranquilo se é esse o seu caso, pois, mesmo que não saiba falar o espanhol, vai conseguir se virar no Chile. Como? Falando portunhol! Os chilenos estão acostumados com os turistas brasileiros e entendem o nosso portunhol como ninguém.

Ei! Deixa a gente te mostrar alguns outros destinos bem interessantes…

1 – Mochilão na Indonésia: o maior arquipélago do mundo

2 – Como fazer um bom mochilão nos Estados Unidos?

3 – Quer ir para Austrália? Tudo o que você precisa saber bem aqui

5 – Povo chileno <3

Nós, desse Brasil querido e simpático, logo nos identificamos com o povo chileno. Extremamente acolhedores, amigáveis e dispostos a te ajudar em tudo o que precisar, os chilenos são amor à primeira vista. Não há como não abrir um sorriso ao conversar com eles e ver a sua hospitalidade.

Se esquiar no Chile te fará com que você se apaixone pelo país, pode ter a certeza de que o seu povo irá te ajudar nessa “árdua” missão.

Quanto custa esquiar no Chile?

Como toda e qualquer pergunta sobre custos que têm diversas variáveis, depende! Afinal, seu gasto para esquiar no Chile compreende:

  • passagem aérea
  • hospedagem
  • alimentação
  • transporte até às estações de esqui
  • ticket do teleférico
  • equipamento – compra ou aluguel do mesmo
  • armário para guardar suas roupas e coisas
  • aulas com um professor de esqui ou snowboard

Viu só? São muitas variáveis que podem impactar no seu orçamento final. Coloque uma média de R$500 a R$600/dia/pessoa na estação de esqui – isso já incluindo aula e desconsiderando gastos como passagem e hospedagem. É barato?

Um pouco de esqui para relaxar

Não é, mas só a experiência de poder deslizar naquela imensidão branca já vale todo o investimento valer a pena.

Ah, e como dissemos acima, uma coisa é certa: nas terras chilenas, os seus gastos serão reduzidos drasticamente. Então, não deixe de aproveitar essa oportunidade e planeja-se bem que, no fim, tudo dará certo e você poderá esquiar no Chile!

Dicas para esquiar no Chile

Todo esquiador de primeira viagem precisa de umas diquinhas, né? Nós não vamos te deixar na mão. Acompanhe!

  • As estações do ano chilenas são iguais às do Brasil. Por isso, o inverno compreende o período de Junho a Agosto, o que, por consequência, são os melhores meses para esquiar no Chile.
  • O frio chileno não é colossal como o da América do Norte ou da Europa. No entanto, nós, brasileiros, não estamos acostumados com as temperaturas baixas de lá nessa época de esqui. Então, não economize nas roupas de inverno e se aqueça bem.
  • Não economize com aulas e instrutor senão o barato pode sair caro.
  • O chile tem duas grandes concentrações de estações de esqui. Uma fica bem próxima da capital Santiago e a outra, na região dos lagos. Vale lembrar que essa última tem um acesso mais difícil, o que encare o orçamento de sua viagem.
  • Alugue suas roupas e seus equipamentos em uma cidade grande, como Santiago. Deixar pra fazer isso já na estação de esqui é pedir pra gastar dinheiro à toa. Não é esse o caso, não é mesmo?
  • Não se esqueça de se alimentar bem e beber muita água; afinal, esquiar também é um esporte.
  • O sol na neve pode parecer amigável, mas ela não é com a absoluta certeza. O branco da neve reflete ainda mais; por isso, não deixe de se proteger. Certifique-se de passar protetor solar e usar óculos de sol.
  • Não passe seu dia só esquiando. Tire um tempo pra deslumbrar a bela paisagem que há na sua frente. Porque, né, uma foto vale mais do que mil palavras.
Paisagem próxima de uma estação de esqui chilena

Espero que você tenha gostado e firmado a sua ideia de esquiar no Chile. A experiência é única e você não se arrependerá em nenhum momento de ter embarcado nessa aventura!