Rate this post

Ao assimilar o que são crenças limitantes, será fácil perceber que elas nos acompanha desde a infância.

Algumas crenças limitantes se instalam durante a infância, e com o passar dos anos são superadas. Entretanto, muitas outras vão se apropriando no decorrer do que é vivido.

 

Liberte-se das crenças limitantes
Liberte-se das crenças limitantes


A superação da limitação só se torna possível, ao compreender, de fato, o que são crenças limitantes.

Entendendo mais as crenças limitantes

Por exemplo, quando a criança quer sair a noite e a família conta estórias assustadoras a fim de tirar essa ideia da criança. Menciona elementos que amedrontam a criança. O desenvolvimento do medo na criança é um limitador.  

Durante algum tempo a criança poderá ter medo de sair a noite, devido a limitação criada pelo medo.

Outro padrão também aplicado à criança, e esse pode persistir até a vida adulta, é o hábito da alimentação.

Quando uma criança passa por uma fase em que não gosta de morango, por exemplo. A família por precaução, sempre que há a possibilidade de comer morango, menciona que a criança não gosta de morango.

No entanto, a repetição de que a criança não gosta de morango, pode ser um grande limitador para que ela fique bons anos de sua vida sem comer morango.

Com objetivo de proteger a criança, os adultos que estão por perto criam um limitador que pode acompanhar esta criança até a fase adulta.

Você pode até estar pensando: “Ah, mas não comer morango nem vai atrapalhar tanto assim a vida de uma pessoa”.

Mas, o objetivo principal do exemplo do morango é, mostrar que as crenças limitantes são inseridas de pouco a pouco aos nosso hábitos. E sempre tem o propósito de nos proteger de algo. No entanto, esse excesso de proteção pode virar um inibidor.

O que são crenças limitantes

Crenças limitantes é uma crença falsa que uma pessoa adquire como resultado de fazer uma conclusão incorreta sobre algo na vida.

Ou seja, podemos considerar o que são crenças limitantes como, a maneira que sua mente tem de te salvar de situações perigosas ou difíceis.

Quando você experimentou uma situação emocionalmente desesperadora que fez você se sentir sobrecarregado, sua mente procurou uma maneira de te ajudar.

Essa ajuda do cérebro, é geralmente uma justificativa por você ter passado por determinada situação e não se sentir tão mal.

E assim são inseridas crenças limitantes em sua vida. Porque a interpretação que sua mente fornece a uma dolorosa experiência em sua vida é a sua crença final.

Assim começa o uso de justificativas que podem te impedir em todos os aspectos da sua vida.

“Eu não sou bom o suficiente, então isso aconteceu comigo…”

“Dinheiro não é tudo, por isso me conformo com o pouco que tenho…”

“Eu preciso fazer isso, para ser aceito no meu emprego…”

“Meu sonho é fazer um intercâmbio, mas não sei falar inglês…”

“Bem que eu queria fazer aquilo, mas não tenho habilidade…”

Todos essas frases prontas, e muitas outras, que falamos diariamente são crenças limitadoras que vamos adotando ao longo da vida.

O que você muitas vezes não percebe, é que essas afirmações te impedem de pensar e agir diferente.

Então, você adota uma crença que te acomoda a sobreviver de maneira mais conformada. Sem precisar de grandes esforços para fazer o que de fato você quer.

No entanto, à medida que você expande seus conhecimentos, suas crenças, que salvaram você, se tornam um fardo. E agora estão impedindo seu crescimento.

As crenças limitantes se tornam fardos. E aparecem sintomas em seus negócios e vida pessoal, como medos, obstáculos ou desafios que você não consegue superar.

Tipos de crenças limitantes

São muitas as causas sobre o que são crenças limitantes. E o mais importantes sobre isso é pensar que as crenças limitantes podem controlar suas ações, comportamento e potencial.

Por isso, é importante entender não apenas o que são crenças limitantes, mas os tipos, as causas e como elas são inseridas em sua vida.

Crenças limitantes familiares

É altamente improvável que as atitudes sejam diretamente herdadas, no entanto, algumas atitudes estão enraizadas no ambiente em que você vive. E querendo ou não, você pode ser contagiado por esse pensamento.

As crenças familiares é representada por tudo aquilo que o indivíduo ouve dos pais e observa em seu sistema familiar.

 

Saia da caixinha
Saia da caixinha


Frases como “você não faz nada direito”, “você deixa tudo pela metade”, “você nunca vai conseguir ninguém”, “tem que seguir o exemplo do seu irmão” e “você é burro” ficam registradas para toda a vida.

O mesmo vale para a vivência de situações que envolvem traição, brigas por dinheiro, excesso ou ausência de regras, relação com a comida e injustiças.

Nesse caso a crença se torna uma tradição da família.

Crenças limitantes sociais

Já as crenças limitantes sociais, são crenças impostas mídia ou pela sociedade. Entra nesse grupo crenças que determinam padrões, seja de comportamento, de beleza , profissional ou financeiro.

Alguns exemplos são “o mundo é perigoso”, “os ricos são mais felizes”, “você só será aceito se for magro”, “é muito tímido para ser bem sucedido”.

E a concentração em recursos externos, como o dinheiro, status e habilidades, são táticas utilizadas pelo cérebro para te manter em um padrão confortável. A justificativa é baseada em comportamentos e pensamentos sociais.

Crenças limitantes pessoais

Ao entender o que são crenças limitantes, provavelmente as mais difíceis de serem identificadas são as crenças pessoais.  Isso porque são as crenças criadas a partir da sua experiência individual.

Ou seja, elas já se tornaram verdades através da sua experiência. As crenças limitantes pessoais pode ser motivadas por uma crença familiar ou social, mas tem um impacto maior, pois é vivenciada.

Se você foi mandado embora ou não passou no vestibular, por exemplo, você pode desenvolver a crença de que não é capaz. Se terminam um relacionamento, você pode acreditar que ninguém nunca vai gostar de você.

A medida que você conhece o que são crenças limitantes provavelmente você consegue identificar algumas em sua mente.

E se você quer mudar a maneira de pensar, esse reconhecimento deve ser feito. Afinal as crenças limitantes afetam seu comportamento.   

E por isso, a mudança duradoura de eliminação de crenças limitantes começa internamente, com identificação e clareza.

Crenças limitantes sobre causa

Estas são crenças onde acreditamos que há uma causa específica criando a crença. Essas crenças limitantes geralmente têm a palavra “porque” nelas.

“Eu não posso falar em público porque eu gaguejo, ou porque sou tímido”. “Eu nunca serei bem sucedido em um negócio porque meus pais não tiveram sucesso”. “Eu não posso começar um negócio agora porque a economia é ruim”.

 

Esse peso não te pertence, desapegue!
Esse peso não te pertence, desapegue!


O impacto desse pensamento causa um bloqueio para a ação. Muitas pessoas têm essa ideia sobre a riqueza e o limite financeiro que podem alcançar.

Por causa do pensamento limitante, usam frases como “eu nunca posso ser rico porque não sei como ter tanto dinheiro”. “Eu não posso ser rico porque os outros dependerão de mim” ou então “eu não posso ser rico porque não mereço isso”.

Crenças limitantes sobre significado

A vida é uma grande busca por significados e conexão. Por isso, o cérebro trabalha constantemente para encontrar uma justificativa para tudo.

E esse é o real perigo de não entender o que são crenças limitantes. Porque as justificativas desenvolvidas baseadas na sua experiência vira uma verdade absoluta e te bloqueia.

 

Não focalize os problemas e sim as soluções.
Não focalize os problemas e sim as soluções.

Esse tipo de crença cria significados, muitas vezes irreais para  justificar sua falta de atitude, ou ânimo.

Por exemplo, “sou mulher, isso significa que não tenho potencial para liderar, dirigir ou ser bem sucedida. “Muita riqueza influencia no comportamento das pessoas, isso significa que ser rico pode te deixar sem amigos”.

Como as crenças limitantes afetam o comportamento

As crenças limitantes interferem no relacionamento, nas atitudes, nos planos, e todos os aspectos de vida.

Diante disso, se faz tão necessário identificar de fato, o que são crenças limitantes e como elas podem estar te impedindo de ter atitudes mais positivas.

Crença limitantes limitam seu potencial

As crenças limitantes afetam seu comportamento, te impedindo de tomar certas decisões, que de outro modo, você teria feito, se não houvesse a crença.

Uma pessoa inteligente, por exemplo, pode não passar em um exame, mesmo tendo estudo, por acreditar não ser inteligente ou merecedor o suficiente.

Como consequência, a limitação do potencial provoca ainda, baixa autoestima e autossabotagem.

Crenças limitantes filtram as informações

Todas as informações que você tem acesso passa por um processo de examinação baseado em suas crenças.

Por exemplo, quando você está limitado a acreditar que todo político é corrupto, dificilmente você irá confiar em um político. Ainda que, te mostrem evidências.

Isso afeta o comportamento de tal maneira que você passa a conviver apenas com pessoas que pensem como você. E limita as possibilidades de pensamentos e soluções.

É por isso que é difícil persuadir alguém a acreditar em algo contra suas crenças.

Crenças limitantes moldam a realidade

Quando um indivíduo pensa que nunca encontrará um emprego, ele tem uma crença limitante. Então ele não ficará motivado a se preparar para o mercado de trabalho, que é a mudança de hábito.

A consequência disso é que, quando encontrar um emprego, provavelmente ele falhará. Esse processo vai gerar frustração e vai confirmar a crença de que nunca encontrará um emprego. Ou seja, a crença se torna verdadeira.

É assim que as crenças podem moldar a realidade. Quando ela te impede de tomar decisões que poderiam mudar a situação atual.

Como limitar as crenças limitantes

Cada vez mais as pessoas buscam se conscientizarem sobre si mesmo, para trabalhar as imperfeições e fazer com que as limitações não sejam uma barreira para alcançar seu propósito.

Sendo assim, entender o que são crenças limitantes e quais são as que te impedem de agir, é um passo importante para que você se motive.

 

Se motive e liberte-se
Se motive e liberte-se


Muitas crenças limitantes são instaladas durante a infância, mas isso nem sempre é o caso. O padrão é que sua mente desenhou uma falsa generalização baseada em um ou mais eventos específicos.

Sua mente atribuiu significados questionáveis ​​a esses eventos, e essas interpretações estão enfraquecendo você.

Como resultado, sua mente o impede de tomar certas ações, mesmo que as ações possam ser escolhas razoáveis ​​e inteligentes.

Para remover uma crença limitante, não é suficiente identificá-lo e reconhecê-lo. Você pode estar ciente de algumas de suas crenças limitantes, mas a consciência delas não é necessariamente suficiente para impedi-las de operar em sua vida.

Você pode estar ciente de que a rejeição não é uma coisa tão terrível, mas seu subconsciente ainda está condicionado a evitá-lo.

A conscientização é uma parte importante da solução, mas não é a solução completa. Na Programação Neurolinguística são usadas algumas ferramentas para eliminar as crenças limitantes.

Escreva a crença limitadora

Analise todos os âmbitos da sua vida, carreira, relacionamento, amizade, família. Descreva pensamentos e emoções para descobrir as crenças limitantes que o prendem.

Reconheça que estas são crenças, não verdades

“Mas, minhas limitações são reais”. Sim, essa é a etapa mais difícil. Porém, é o momento que você tem de escolher.

Em que você está mais interessado, defender suas limitações até a morte ou alcançar seus objetivos e desejos?

Crie novas crenças

Use sua imaginação e desenvolva uma crença que esteja alinhada com o que você quer. Pode ser algo como “por todas as experiências que eu vivi, sei que posso ser uma ótima motorista” ou “eu posso aprender inglês para realizar meu sonho de fazer intercâmbio”.

Aja diferente

Durante muito tempo você agiu como se suas crenças fossem verdades. Agora você precisa pensar e agir como se essas novas crenças que você criou são de fato verdade.

Se você evitar tomar qualquer medida com base em sua nova crença, você apenas alimentará sua antiga crença limitadora. Agir, mesmo o menor passo, ajudará a solidificar sua nova decisão não limitadora.

Seus primeiros passos não precisam ser perfeitos, apenas na direção certa. E certifique-se de reconhecer a si mesmo quando tiver dado esse passo.

Crenças limitantes podem impedir que você alcance seu potencial, seja bem-sucedido na vida e possa torná-lo infeliz.

Uma das maiores diferenças entre aqueles que têm sucesso e aqueles que não conseguem é a capacidade de localizar e eliminar as crenças limitantes.

Note como, Fagner Borges trabalhou suas crenças para conseguir realizar seus projetos e o Livro Jornada da Liberdade.