Está pensando em viajar à Europa em 2017? Ótima pedida! Não deixe de conferir este post para não ter nenhuma surpresa desagradável ao chegar ao seu destino e nem sequer conseguir passar da alfândega! Vamos contar quais os documentos devem-se levar para a Europa neste ano para garantir uma ótima viagem.

Já sabe seu roteiro? Não? Então, fique tranquilo porque este texto te deixará muito inspirado. Serão boas inspirações para sua viagem, com toda certeza. Para todas elas você precisará saber quais os documentos para levar à Europa em 2017!

documentos para levar para Europa em 2017
Documentos: a base para sua entrada na Europa neste ano de 2017

Separe um papel e anote seu checklist! É melhor prevenir do que remediar! Precisamos anotar tudinho e nos prepararmos para garantir uma viagem perfeita. Pronto para saber quais documentos são esses?

Documentos para levar para a Europa em 2017

A Europa é formada por mais de 50 países e, por isso, é bom que estar informado sobre os documentos específicos ou sobre a imigração de cada um deles. Por exemplo, a imigração da Espanha costuma ser bastante implicante com brasileiros em relação às outras.

Daremos um panorama geral de documentos que serão precisados para entrar em qualquer país europeu, mas não se esqueça de estudar as particularidades do seu! Nosso conselho é que você deve estudar além desta lista que estamos dando.

Passaporte

Parece óbvio, mas nem sempre é! O passaporte é o documento mais importante para sua viagem, juntinho com sua passagem aérea. Mais importante do que simplesmente levá-lo, é preciso certificar-se de que ele está na validade!

É necessário que ele tenha validade mínima de pelo menos 90 dias após o término da viagem. Sim! Muito tempo! Ele é o documento da lista para levar para a Europa em 2017 que você não pode deixar de ter de jeito nenhum!

documentos para levar para a europa em 2017
Passaporte: o documento mais importante para sua viagem que você não pode de jeito nenhum ficar sem!

Nossa dica é sempre renovar seu passaporte quando ele estiver com mais ou menos 6 meses faltando para vencer. É uma forma de garantir que ele estará sempre com a validade mínima requerida e de que você não vai ser barrado no aeroporto, bem na hora do embarque.

Não esqueça de guardar o passaporte antigo em um lugar seguro: além de ser um documento que possui todos os seus dados, ele também pode guardar vistos importantes que ainda estão na validade!

Visto, se aplicável

Se você está viajando a turismo por até 3 meses e usando seu passaporte brasileiro, não será necessário visto para entrar nos países da União Europeia. Todavia, é importante ressaltar que nem todos os países da Europa fazem parte da União Europeia.

Lembra da confusão que deu no continente em 2016, com o chamado Brexit? Acima disso, nem todos os países da União Europeia fazem parte do Tratado de Schengen, que é o que garante a livre circulação entre os países.

documentos para levar para Europa em 2017
É sempre bom confirmar a necessidade de visto com a embaixada ou consulado do país que você quer visitar

Mesmo os países fora do bloco econômico (como a Rússia, por exemplo) não costumam pedir visto de turismo dos brasileiros, por algo que chamamos de reciprocidade. Ou seja, se o Brasil não pede visto para os turistas do país, o país não vai requerer visto dos visitantes brasileiros.

Caso haja dúvida, a melhor maneira de resolver essa situação é entrando em contato com o consulado ou a embaixada do país que será seu destino e confirmar a exigência ou não do visto como documento para levar para Europa em 2017.

Seguro viagem

O seguro saúde é obrigatório para entrar nos países da Europa que fazem parte do acordo de Schengen e tem as livres fronteiras. Ele precisa ter cobertura mínima de 30 mil euros e tem que garantir a assistência médica, tanto para doença quanto para acidente.

É muito importante cotar no Brasil para encontrar o preço mais econômico e vantajoso, caso você tenha que contratar um seguro de forma particular. É aquele tipo de dispêndio que a gente reza para não precisar usar, mas é sempre bom prevenir. Além disso, os agentes da imigração costumam pedir para ver a apólice.

Dica: se você comprar a passagem com um cartão de crédito de categoria Platinum (ou superior) tanto da Mastercard quanto da Visa, você tem direito de pedir um seguro gratuito para você, para seu cônjuge e seus filhos, desde que eles sejam menores de 23 anos.

Mas é obrigatório que as passagens tenham sido compradas com o cartão de crédito da categoria elencada. Aproveite e lembre-se de habilitar seu cartão de crédito para uso no exterior! Assim você não corre o risco do banco bloqueá-lo por uso “fora do comum”.

Antes de continuar, que tal ver estas dicas de roteiro que preparamos para você?

  1. Clima na Irlanda: entenda e viaje com tranquilidade
  2. 5 lugares incríveis para conhecer em Portugal
  3. 10 dicas sobre como ser um mochileiro na Europa

Comprovante de vacinação

A Europa não tem nenhuma obrigatoriedade de vacinas para entrada em seu território, mas é sempre bom se prevenir, especialmente no que diz respeito à saúde. Lembre-se que a vacinação é mais eficiente se for feita entre seis a oito semanas antes da partida.

Além disso, é sempre bom checar com o consulado ou embaixada possíveis restrições e vacinas necessárias para cada país. A legislação muda frequentemente, assim como novos surtos de doenças surgem a todo instante.

Ainda que não sejam vacinas necessárias para entrada no país, recomenda-se se tomar as seguintes vacinas para entrada na Europa:

1 – Norte da Europa: Hepatite B, tétano e difteria e encefalite.

2 – Sul da Europa: Hepatite A e B, tétano e difteria, poliomielite, meningite, raiva, encefalite e febre tifoide.

Os agentes da imigração não vão, a princípio, pedir para ver seus comprovantes. Mas, se possível, carregue-os consigo. Se der, faça um certificado internacional de vacinação, emitido pela ANVISA.

Comprovante de hospedagem ou carta convite

Os agentes da imigração sempre pedem comprovantes de reserva de hotéis ou hostels. Eles querem ter certeza de que você tem onde ficar e por um tempo pré-definido. Caso fique na casa de algum amigo ou parente europeu ou cidadão de outra nacionalidade que resida legalmente na Europa, ele precisará providenciar uma carta convite.

Essa carta precisa ser feita em inglês e na língua do país onde seu anfitrião mora e que você vai visitar. Existem diversos modelos na internet que podem ser seguidos, mas é necessário checar com o consulado ou embaixada se é necessário registrar a carta em algum órgão oficial do país. O comprovante de hospedagem ou a carta convite são documentos para levar para a Europa em 2017 e não podem faltar em sua pastinha da imigração.

Comprovante financeiro

É normal que os agentes da imigração perguntem sobre suas condições financeiras para se manter na Europa e é bom que você tenha na sua pasta de documentos para levar ao continente em 2017 algo que possa comprovar que você é capaz de se manter por lá durante o período de sua estadia.

Pode ser o seu extrato bancário atualizado, um documento oficial do banco informando o limite do seu cartão de crédito ou até mesmo a quantia em espécie.

documentos para levar para a Europa em 2017
€65 é a média de gastos por dia, por pessoa na Europa. Sempre bom saber para nos planejarmos, concorda?

Eles dificilmente vão pedir para ver o seu dinheiro, mas costumam perguntar o quanto você está levando. Não existe uma resposta totalmente certa nem totalmente errada, mas a média que os países esperam é que cada viajante tenha – pelo menos – 65 euros para gastar por dia.

Passagem de retorno

Este item é quase sempre pedido pelos oficias da imigração e é um dos itens mais importantes nessa lista de documentos para levar à Europa em 2017. Quem entra no continente como turista, precisa obrigatoriamente ter uma passagem de volta já emitida e com data.

documentos para levar para a europa em 2017
A passagem de volta é o documento mais requerido pelos agentes de imigração

Dessa forma, eles conseguem ter ainda mais certeza de que você não pretende ficar por lá, mas que está realmente só passando férias e voltará ao Brasil. Em tempos de refugiados e crises, a incerteza aumenta e esse item se torna ainda mais indispensável.

Considerações Finais

Já fez seu checklist e organizou todos os documentos para levar para a Europa em 2017? Então agora é só fazer as malas e esperar a hora do embarque. Lembre-se de permanecer tranquilo e de ter todos os documentos em mãos na hora de passar pela imigração.

Esperamos que este conteúdo tenha ajudado e deixado você com vontade de viajar o mundo! Estamos disponíveis para quaisquer dúvidas ou comentários, então não se esqueçam de falar o que acharam.

Ei! Antes que compartilhe este conteúdo, permita-nos mostrar este vídeo com algumas orientações sobre documentação e sobre o quanto de dinheiro você precisa levar: