Quando você compreende como a sua mente funciona dá para entender profundamente as suas atitudes, os seus sentimentos e a sua personalidade. Por isso, esse passo é indispensável para que você possa mudar alguns hábitos nocivos e ter uma vida com abundância a partir de agora.

Assim, eu tento explicar como surgiu os seus sabotadores e tudo que é essencial que você perceba para não cometer os mesmos erros. Outro ponto tem a ver com a força de vontade e a superação de alguns medos.

Quando se descobre mais sobre a sua própria mente, dá para se encontrar, avaliar as suas ações e buscar a vivencia em um cotidiano muito mais leve, feliz e saudável. Só que a gente precisa se libertar das crenças limitantes, e se concentrar mais na construção de uma vida com abundância.

O fato é que você pode estar se perguntando como alcançar esse nível de realização. O primeiro passo é conhecer esse bloco de abundância. Então, confira se você já está familiarizado com os seguintes pensamentos:

  • Eu posso aprender qualquer coisa que me ensinam;
  • As coisas tem que ser boas para todo mundo (uma situação de ganha-ganha)
  • Eu posso ter tudo que eu quiser, basta encontrar uma forma de fazer e conquistar.

Portanto, quanto você ganha tem a ver com a relação dos blocos de escassez e as barras de ouro da abundancia. Essa junção indica o quanto você é capaz de faturar por mês. E, provavelmente, você almeja mudar esse valor para algo muito mais alto, não é?

Dificuldade financeira no Brasil

Muita gente fala que não sabe lidar com o dinheiro, mas será que essa percepção não se explica por algum trauma de infância? Alguma crença limitante que ficou na sua consciência e impede que você tenha uma vida com abundância?

O meu pai sempre trabalhou muito e deixava claro que se sacrificava para levar dinheiro para casa. Sendo assim, muitas pessoas tendem a acreditar que só possuem algum valor devido ao seu desempenho profissional.

Ou seja, esses profissionais não conseguem aceitar que o fracasso faz parte de sua trajetória, sobretudo, no começo. A conseqüência dessa mentalidade é se sentir cada vez mais acuado, medroso e incapaz para tentar um salto maior na carreira ou abrir um próprio negócio.

O fato é que seis em cada 10 brasileiros (58%) admitem que nunca, ou somente às vezes, dedicam tempo a atividades de controle da vida financeira, e 17% dos consumidores, sempre ou frequentemente, precisam usar cartão de crédito, cheque especial ou até mesmo pedir dinheiro emprestado para conseguir pagar as contas do mês.

Vida com Abundância

O percentual aumenta para 24% entre os mais jovens. Há, também, aqueles que precisam recorrer ao crédito para complementar a renda. As informações são de um estudo realizado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) em 2018.

O estudo indica que a organização financeira não é uma tarefa que atrai os consumidores. Além disso, uma vida com abundância financeira passa pelo empenho de cada um em pesquisa, exercitar a disciplinar até incorporá-la no seu dia a dia.

Equilíbrio nas contas

Uma prova de que a vida financeira equilibrada traz mais satisfação e tranquilidade é que 56% dos consumidores ouvidos no levantamento disseram que se sentem melhor quando planejam as despesas para os próximos seis meses.

A complicação, novamente, é que nem sempre isso acontece na prática. Porque 48% deles nunca ou somente às vezes fazem um planejamento cuidadoso dos passos a seguir para ficar dentro do orçamento nos meses seguintes. O problema aparece com mais força entre os consumidores de baixa renda (classes C, D e E), com 51% de citações.

Além disso, se planejar para realizar um sonho de consumo também não é um hábito comum para a maioria dos brasileiros. Os que estabelecem metas e as seguem à risca, quando querem adquirir um bem de mais alto valor, como uma casa, um automóvel ou realizar uma viagem, por exemplo, somam 48% da amostra.

Nesse caso, o comportamento é mais frequente entre as pessoas das classes A e B, com 59% de menções. Os que nunca ou somente às vezes fazem esse tipo de esforço somam outros 48% dos entrevistados.

A vergonha que ela passou na sala de aula mudou… a vida dela!

Consumo por impulso

No entanto, uma vida com abundância não combina com o excesso de compras sem necessidade. Ou seja, o consumo puro e simples por impulso. Ainda conforme a mesma pesquisa, boa parte dos brasileiros toma atitudes sem qualquer ponderação.

Quando estão fazendo compras, um terço (33%) dos brasileiros nunca, ou apenas às vezes, avalia se realmente precisa do produto, para não se arrepender depois. Além disso, 45% nunca, ou somente às vezes, conseguem resistir às promoções e comprar apenas aquilo que está planejado.

Vida com Abundância

Assim, o levantamento indicou que a população tem comportamento inadequado para balancear a sua condição financeira. Por exemplo, 19% dos entrevistados consideram mais importante gastar dinheiro hoje do que guardar para o futuro, embora 77% reconheçam que, às vezes, ou nunca, se comportam assim.

Mas, será que você está pensando no seu futuro? Seja sincero! No entanto, o brasileiro não se sente muito apto a investir o seu dinheiro. Apenas 38% reconheceram que confiam na própria capacidade de identificar bons investimentos e 22% que desconhecem os tipos de aplicações com melhor taxa de retorno. E, só metade (51%) sabe sempre, ou com frequência, o quanto precisa guardar mensalmente.

Você é Mulher e se sente Culpada! Acertei???

Como ter uma vida com abundância?

Então, o que a gente pode fazer para esquecer esse ciclo de escassez e rumar para uma vida com abundância? O primeiro passo é se livrar de algumas travas naturais. Por exemplo, você já teve uma ideia tão boa, mas que deixou de lado por anos e anos? Infelizmente, a ideia sem ação não vale nada.

Às vezes, nós vivemos no piloto automático e deixamos que nossos sabotadores decidam as nossas prioridades. Isso precisa mudar! Afinal, a única coisa que somos capazes de controlar é a resposta as nossos resultados, porque o rendimento tem muito mais a ver com o ambiente externo.

Neste ponto, a gente tem duas alternativas: reclamar ou agradecer pelo que se tem. Ao agradecer, você consegue facilmente enxergar o que deu certo e identificar o que deu errado. Ou seja, você começa a entrar em um período de transformação e consegue reforçar esse novo comportamento.

Vida com Abundância

Quando você é grato, você vibra positivamente. Afinal, é preciso exercer a gratidão para acabar com esse padrão de escassez e alcançar a abundância de uma vez por todas. Todavia, a gente deve se esforçar diariamente para derrubar esse muro formado pelas nossas crenças limitantes e colocá-las no modo silencioso.

Portanto, a nossa aposta precisa ser focada no bloco da abundancia. E, você quer investir em uma nova ideia para ganhar dinheiro? Esqueça essas amarras, reforce essa mudança de pensamento que empreender e ganhar dinheiro não são sinônimos de sacrifício. A vida com abundância está ao seu alcance! Vamos buscar?

Caso você tenha ficado com alguma dúvida, eu te convido a assistir o vídeo abaixo para compreender detalhadamente como funciona a sua mente e driblar os seus sabotadores!