5 (100%) 2 votes

Aprender  como calcular o preço de um produto é umas atitudes mais importantes para determinar o sucesso do seu negócio.  O preço pelo qual o cliente pagará deve ser suficiente para cumprir os custos de produção, manutenção e garantir uma margem de lucro.

Além disso, o preço de um produto está diretamente relacionado ao valor que ele representa para o cliente. Por isso, você pode adicionar ao preço do seu produto outros valores. Podendo ser responsáveis por garantir mais qualidade e entregar maior valor ao cliente.

Preço e Valor entenda a diferença para calcular o preço de um produto
Preço e Valor entenda a diferença para calcular o preço de um produto

Aqui a palavra preço se refere a quantia em reais que será efetivada pelo cliente. A palavra valor representa a importância que seu produto tem para quem compra.

Sendo assim, quanto maior o valor do seu produto, maior também poderá ser o preço que ele é oferecido. Além das dicas de como calcular o preço de um produto.  Atente-se também para as alternativas possíveis para gerar ainda mais valor ao seu produto ou serviço.

Por isso, este artigo apresenta alternativas de como calcular o preço de um produto. Ainda será possível aprender  maneiras de agregar ainda mais valor ao seu produto através do cálculo do preço de venda.

Táticas de cálculo de preço do produto

Para saber como calcular o preço de um produto é preciso dados sobre todo o processo de produção. Desde a criação, desenvolvimento, entrega, enfim, tudo relacionado ao produto.

E não se esqueça, que mesmo que você seja o responsável por todos os processos, ou pela a maioria, o preço das horas também deve entra nesta lista.

Táticas para calcular o preço de um produto
Táticas para calcular o preço de um produto

Conheça o preço de custo do seu produto. Este número é referente ao preço do produto ou serviço sem a adição do lucro. Ou seja, é a soma dos gastos para a criação e desenvolvimento.

Ter a informação sobre quanto custa para você criar um produto é crucial para saber como calcular o preço de um produto. Afinal, estes cálculos são a base do preço de seus produtos, são eles que determinam qual será sua lucratividade.

Muitos vendedores acreditam que preços baixos significam vender mais. No entanto, a realidade é que os compradores experientes que procuram produtos de qualidade, discordam.

Isso acontece, porque muitas vezes preço baixo significa pouca qualidade ou ultrapassado, isto é, um produto que não fará muita diferença na vida no comprador.

Por isso, entender exatamente como calcular o preço de um produto se faz tão necessário. Este cálculo deve ser realizado com consciência, pois seu preço comunica o valor do seu produto ao consumidor e é um fator importante para o seu sucesso.

7 passos de como calcular o preço de um produto

O processo de como calcular o preço de um produto se faz tão importante pois, o preço do produto é o responsável por fazer o sucesso ou fracasso de uma empresa.

Se você definir preços mais altos do que os clientes estão dispostos a gastar, você perde vendas. Mas se você definir preços muito baixos, não ganhará seu maior potencial. Os pontos de preço precisam se equilibrar para gerar mais receita.

Por isso existem estratégias de venda relacionadas a definição de preço. Para saber como calcular o preço de um produto você precisa definir qual sua estratégia.

1 – Conheça seu negócio

Conheça seu negócio, comece por identificar as suas despesas anuais de negócios. Os custos indiretos são custos que precisam ser pagos independentemente das vendas.

Como exemplo, estes custos incluem aluguel, telefone e celular, internet, seguro, serviços públicos, marketing, armazenamento e tarifas de negócios.

Conheça seu negócio para calcular o preço de um produto
Conheça seu negócio para calcular o preço de um produto

Ou seja, todas as faturas que você paga mensalmente, com frequência em uma base regular. Para ficar mais fácil você pode encontrar as despesas gerais de sua empresa verificando suas faturas mensais ou trimestrais.

Ao identificar os vários custos indiretos é preciso lista-los em uma planilha digital ou impressa. Uma das ferramentas mais importantes neste processo de como calcular o preço de um produto é justamente a organização de dados.

Para que se tenha sucesso é preciso ver os custos, os números. Por isso, tenha uma planilha sempre em mãos para facilitar o acesso.

Feito isto, faça o somatório das despesas, o resultado final é o valor das despesas gerais. O próximo passo é identificar quantas horas realmente você se dedica ao desenvolvimento do seu produto.

Este cálculo é feito apenas para o período de tempo gasto na fabricação de produtos que podem ser vendidos e, portanto, geram receita.

Por isso, não inclua seu tempo aqui gasto em marketing, administração, reuniões e outras atividades ligadas a gestão da empresa.

Elimine as semanas de folga, os dias e as horas não trabalhas na produção do produto.

Agora sim é o momento de calcular seus custos indiretos por hora. Para isso você precisa dividir o valor das despesas gerais pelo número de horas trabalhadas.

2 – Calcule seu salário

A segunda dica de como calcular o preço de um produto é considerar quanto você quer ganhar? Afinal, saber o valor do seu trabalho é fundamental para estabelecer um preço adequado para a venda do produto. Por isso, especifique o preço da sua dedicação na produção do produto.

Este valor, seu salário, deve ser coberto com pela venda do produto. Por isso, definir este número te ajudará no processo de como calcular o preço de um produto, e com todos os gastos embutidos o peço de venda estará de acordo com o mercado.

3 – Tempo de produção

Você lembra de colocar o tempo de produção do produto no valor final para o cliente? Identifique quanto tempo você levará para produzir um produto. Se você não sabe exatamente ou pelo menos o tempo aproximado de produção, não tente adivinhar.

Tente se organizar para anotar os períodos de tempo que você se dedica a este produto. Muitas vezes quando o tempo é calculado no achismo a diferença com a realidade é muito grande.

O tempo de produção também é determinante nesta etapa de como definir o preço de um produto. Além disso, você consegue mensurar melhor sua eficiência em cada projeto.

4 – Contabilize as despesas

Quando se tem o preço do produto com o uso dos materiais e mão de obra é preciso considerar as despesas das empresas. Defina os custos fixos e variáveis para que a estratégia de como calcular o preço de um produto seja eficaz.

Os custos variáveis são aqueles esporádicos, que dependem do volume de venda, como, por exemplo, os gastos de emissão de um boleto, a substituição de um item avariado ou a comissão dos vendedores.

Já os fixos são os que deverão ser pagos de qualquer jeito, independentemente de quanto seja seu faturamento. Nessa entra o pagamento de funcionários e parceiros, o aluguel da loja, a internet, entre outros.

Ou seja, esses custos fixos cobrem tudo o que você precisa para manter sua empresa operando todos os dias, quer você faça alguma venda.

Tanto as despesas fixas quanto as variáveis precisam ser pagas pelas vendas do produto. Ou seja, você precisa acrescentar uma porcentagem de preço nos produtos que serão destinados às despesas da empresa.

Depois de descobrir quais são todos os seus custos fixos e variáveis, a soma deles é o valor que você precisa para manter seu negócio funcionando.

Suponha que a soma dos custos fixos e variáveis totaliza R$ 100.000 e você pretende vender 20.000 produtos. Sendo assim, você deve vender seu produto por 50 reais.

Ou seja, este é o menor valor que você deve vender seu produto. No entanto, é preciso ainda adicionar o lucro. Se você pretende ganhar 30.000 reais ao ano com a venda deste produto, neste caso, o valor final do produto passa a ser R$ 65,00.

5 – Preços competitivos

Depois de estabelecer seu preço baseado em custo, você deseja comparar esse preço com os preços de mercado. Os preços que seus concorrentes já estão obtendo e são um fator determinante do seu próprio preço.

Encontrar informações competitivas não é tão difícil assim, é preciso analisar os concorrentes, à distância ou fazer visitas em lojas físicas ou virtuais para coletar informações úteis para o processo de como calcular o preço de um produto.

Se o valor dos concorrentes é muito acima do que você estipulou para o preço do produto analise o que eles oferecem para justificar este valor.

Caso contrário, quando o preço dos concorrentes é menor que o que você definiu, avalie se a qualidade do produto ou serviço é inferior à que você oferece.

Esta estratégia de como calcular o preço de um produto é ótima para manter a vigilância competitiva.

Além de competição de preços através da análise dos concorrentes você pode ainda checar com seus clientes preferidos que podem lhe fornecer as folhas de preços dos concorrentes.

Associações comerciais que podem verificar os preços entre o comércio. Ou ainda com candidatos a emprego entrevistando com sua empresa – que vêm de concorrentes.

6 – Determine suas promessas

A sexta dica de como calcular o preço de um produto é ao definir seus preços. Para isso faça um balanço de todos os fatores de valor que afetam seu preço.

Determine suas promessas
Determine suas promessas

Quais atributos do seu produto ou serviço são muito bons. Avalie quais são os fatores de valor que entram no preço de um produto ou serviço.

Para um produto a qualidade das matérias primas, o desempenho do produto acabado, a embalagem, a entrega no prazo e o serviço pós-venda, por exemplo, podem ser fatores que definem a qualidade do seu produto.

Já em um serviço o nível de experiência do provedor de serviços, o impacto final do produto, aparência do prestador de serviços, o tempo de resposta para e-mails e a capacidade de cumprir prazos são critérios de qualidade.

A maneira de fornecer produto e a capacidade de entregar vários fatores, além de seus concorrentes, afeta diretamente os preços que você define. No entanto se você promete determinados itens e não entrega conforme o combina isto também pode comprometer o preço do produto.

7 – Preços por posicionamento

Além de como calcular o preço de um produto baseado nos custos, lucros e na concorrência, você pode ainda considerar como você quer ser percebido no mercado.

Esta é uma questão importante porque seu preço posiciona seu serviço ou produto nas mentes de seus prospects.

Você quer ser lembrado por atender uma necessidade ou você quer mais? Quer ser referência no mercado e que sua marca seja sinônimo de status e bom gosto.

Se você quiser que o seu produto ou serviço seja posicionado como mais sofisticado, você escolherá um ponto de preço em relação ao limite superior das faixas de preço já encontradas em seu mercado.

Se, por outro lado, o seu serviço for mais profissional, sacrificando recursos adicionais e os melhores toques, você terá um preço mais baixo.

Sendo assim, você deve identificar qual será seu posicionamento e trabalhar com a proporção dos valores de mercado.

O preço do produto Premium,  é 1/3 mais caro que o valor do seu mercado.

O preço do produto no mercado intermediário,  nível intermediário 1/3 do seu mercado.

Orçamento de preço do produto, 1/3 mais barato que o valor do seu mercado.

Dicas finais

Seu preço deve ser suficientemente superior aos custos para cobrir variações razoáveis ​​no volume de vendas.

Se sua previsão de vendas é imprecisa, considere até que ponto você ainda consegue ser rentável.

Dicas Finais para calcular o preço do seu produto
Dicas Finais para calcular o preço do seu produto

Você precisa se sustentar. É muito comum em época de poucas vendas o produtor não tirar o seu salário. Se isso acontece com você, tem algo errado. Afinal, o seu lucro tem que ser suficiente para você viver e ainda ter dinheiro para reinvestir na empresa.

Além disso, seu preço quase nunca deve ser inferior aos seus custos ou superior ao que a maioria dos consumidores considera justa.

Parece simples, mas muitos empreendedores parecem sentir falta desse conceito simples, seja pelo erro de cálculo de custos ou por pesquisa de mercado inadequada para determinar o preço ideal.

Mas, com estas dicas práticas, você já sabe como calcular o preço de um produto, por isso, é o momento de investir em estratégias de venda.

Para saber como aproveitar o melhor das mídias digitais para promover seu produto e aumentar suas vendas, baixe o E-book Como ganhar dinheiro enquanto viaja pelo mundo.