Todos nós temos um lado aventureiro, mas algumas pessoas só precisam de um pequeno empurrão para participar da aventura! Em muitos casos, é o medo do desconhecido que nos retém. Só o pensamento de aprender a mergulhar pela primeira vez pode causar nervosismo em algumas pessoas e por isso trago aqui as melhores dicas de mergulho para iniciantes.

Mais de dois terços do planeta está debaixo d’água. O mundo subaquático é o lar de centenas de milhares de diferentes animais e plantas. Quando você faz mergulho se depara com paisagens incríveis, formações de corais, plantas aquáticas exuberantes e fauna exótica, todos a espera daqueles que estão dispostos a vestir o equipamento de mergulho e se aventurar nessas belezas ocultas.

esporte radical.
As belezas existentes no fundo do mar são um convite ao esporte radical.

Se você é uma das almas aventureiras que não se contentam em ver a vida marinha na TV, o mergulho pode ser apenas a coisa que você precisa para injetar um pouco de adrenalina em suas próximas férias.

Dicas de mergulho para iniciantes

Antes de contar para você as dicas de mergulho para iniciantes e você investir dinheiro em treinamento e equipamentos, eu aconselho você fazer um teste e ver se realmente gosta dessa prática de esporte radical.

Muitos entusiastas do mergulho optam por aulas nas suas viagens a resort ou cursos curtos e recreativos, essas são ótimas opções para ter um primeiro contato com os equipamentos e com o ambiente marinho e medir seu nível de interesse em relação ao esporte. Agora, vem conhecer tudo sobre mergulho.

1 – Estado de saúde

Sim, a primeira dica de mergulho para iniciantes se refere a uma avaliação da sua saúde. Se você tiver sinusite, problemas respiratórios ou alguma outra doença grave ou condição que comprometa a sua saúde, você deve cuidar dessas questões antes.

Se você tem problemas de sinusite, por exemplo, até mesmo uma profundidade de 5 a 10 metros pode colocar pressão suficiente sobre os seus ouvidos para criar desconforto. Não comprometa a sua primeira excursão, vá quando se sentir saudável.

Além disso, você deve estar em condições razoáveis ​​e se sentir confortável para estar em grandes espaços abertos sobre a água. Obviamente, você deve saber nadar e estar fisicamente capaz de nadar. Se você tende a enjoar no mar, recomenda iniciar os medicamentos 12 a 24 horas antes de entrar no barco. É mais eficaz para prevenir o mal estar do que para tratá-lo.

2 – Relaxe

Quando você fizer seu mergulho para iniciantes estará espremido em uma roupa de borracha e de saltará em um ambiente estranho, mas não deixe que a sua adrenalina te atrapalhe e tire o melhor do seu mergulho. Lembre-se que você será liderada por um mergulhador licenciado e treinado. Não esqueça que a abundância de ar continuará a apenas alguns metros sobre a cabeça, isso te ajuda a ficar mais tranquilo.

O salto para o mar é o começo da aventura.
O salto para o mar é o começo da aventura.

Quando você está ansioso ou superanimado, você respira mais rapidamente, usando assim, o seu suprimento limitado de oxigênio. Não se preocupe, o seu instrutor não vai deixar você se afogar, mas você não quer encurtar o seu mergulho porque estar hiperventilado. Muitos praticantes de mergulho costumam meditar antes de entrar na água.

Outros artigos que podem ser do seu interesse:

– 5 Esportes radicais para crianças

– 7 Dicas de esportes para praticar em família em 2017

– Esportes radicais urbanos: conheça quais são os melhores

3 – Respiração

Uma das maiores preocupações quando se fala em mergulho para iniciantes é em relação a respiração embaixo d’água. Então tenha em mente, não segure a respiração. Isso só vai fazer com que você use mais oxigênio.

Relaxar e aproveitar as maravilhas do mar.
Relaxar e aproveitar as maravilhas do mar.

Respire lenta e profundamente através do seu diafragma. Encha os pulmões completamente, e expire lentamente. Pare por um momento, prendendo a respiração com os músculos do peito, antes de inalar e exalar. Isso permite que mais gás entre nos seus pulmões e conserve o oxigênio.

Mova-se devagar e com cuidado para reduzir o esforço e limitar o uso de oxigênio. Quando você movimentar suas barbatanas, faça-o lentamente e mantenha uma constância no movimento para reduzir o arrasto, minimizando o movimento dos braços.

4 – Aulas iniciais na piscina

Para te deixar mais tranquilo, tudo que você precisa para ter um mergulho para iniciantes seguro e divertido não será ensinado diretamente no mar. Você irá aprender a mergulhar na piscina antes e só depois colocará em prática suas aulas no ambiente marinho.

mergulho com cilindro na piscina.
É fundamental o treinamento de mergulho com cilindro na piscina.

Nessas aulas você irá aprender a utilizar e como ficar confortável com os equipamentos de mergulho e principalmente como mergulhar com cilindro, treinar habilidades como limpar seus ouvidos e como usar sua válvula de desinflar, aprender a respirar através de um regulador, praticar os conceitos de flutuar e assim poder afundar ou retornar a superfície.

5 – Quanto custa um curso de mergulho básico

Um mergulho para iniciantes geralmente é composto por três etapas: aula de piscina, onde irá conhecer os equipamentos e praticar várias habilidades de mergulho, aula teórica, onde aprenderá os princípios básicos de mergulho e os mergulhos no mar, para colocar em prática tudo o que aprendeu.

Cursos sérios, em empresas certificadas e com profissionais qualificados, custam entre R$900 e R$1.600. Tudo vai depender de qual região do Brasil você irá praticar e em que época do ano. Claro que nas altas temporadas os preços são mais altos, mas a experiência é muito mais vantajosa, pelo grau de luminosidade, temperatura da água e diversidade de flora e fauna marinha.

6 – Melhores lugares de mergulho para iniciantes no Brasil

No verão, nada melhor do que um mergulho refrescante, ainda mais no Brasil com praias exuberantes e um mar de águas claras. Fica até difícil escolher o melhor lugar de mergulho para iniciantes, mas escolhi cinco que realmente são de tirar o fôlego.

Laje de Santos – Formando parte do parque marinho do estado de São Paulo, este centro de mergulho é bastante popular e oferece vida marinha desde pequenos peixes a golfinhos, raias e tartarugas.

Cabo Frio – Numa região conhecida como Ilha do Farol, Cabo Frio, que fica no Rio de Janeiro, possui vários locais com profundidades que variam de 2 a 18 metros para mergulho. O lar de várias vidas incluindo tartarugas e raias marinhas, a área é geralmente bem protegida do vento.

 mergulho para iniciantes.
Região dos Lagos, no Rio de Janeiro é um local fascinante de mergulho para iniciantes.

Angra dos Reis – Esta região tem vários locais para mergulhadores explorarem. Garoupas e arraias frequentam estes locais com a maioria das áreas para mergulho variando de 10 a 35 metros de profundidade.

Banco da Panela – Localizado perto de Salvador, na Bahia, este local é popular devido à sua grande quantidade de naufrágios históricos. Rico em vida marinha, devido às suas águas mais quentes, também é considerado como um grande mergulho de deriva com a profundidade que varia de cerca de 6 a 18 metros.

Porto de Galinhas – Realizar um mergulho com cilindro em Porto de Galinhas é uma experiência incrível. A melhor época para mergulho vai de outubro até março. Setembro e abril são meses de transição. A temperatura media é de 28° e as condições de visibilidade, em media de 10 metros nos arrecifes próximo a praia, e de 25 metros nos mergulho em mar aberto.