Adrenalina, coração disparado, ansiedade tomando conta da mente, um frio na barriga que não dá para controlar e no rosto um sorriso que não se desfez. Essas são sensações únicas e que você pode vivenciar ao praticar esportes radicais no Brasil. Isso mesmo! Vem conferir essa lista com os melhores destinos do país.

Viagem está quase sempre associado a descanso e tranquilidade, mas é crescente o número de pessoas que tem aderido a um espírito aventureiro e dedicado suas viagens a desbravar os locais de visitação de uma forma mais radical.

Esportes radicais no Brasil

Existem esportes radicais no Brasil para todos os gostos e sendo praticados em todas as regiões.

Breve história dos esportes radicais no Brasil

A prática de esportes radicais no Brasil, conhecido também como esportes de aventura, teve maior crescimento a partir de 1980, o que é relativamente tarde, pois em outras partes do mundo são praticados desde meados do século XX.

A ideia surgiu com uma busca natural do ser humano por conexão com seus instintos mais animais e um contato maior com a natureza.

Que aconteceu não somente com a prática de esportes, mas em ramos econômicos como o Turismo, onde é cada vez maior o número de unidades hoteleiras e passeios turísticos com imersão ou contato com a natureza.

Inicialmente, os esportes radicais no Brasil eram realizados por jovens entre 18 e 30 anos e serviram como o grito de liberdade de uma geração que buscava o ser livre.

Mas atualmente é uma prática que independe da idade e muito mais pela identificação com a filosofia que envolve o esporte e pela busca de superações e novas sensações.

O skate é o esporte de aventura com maior organização e competições hoje no Brasil e junto com o surfe movimentam mercados consumidores próprios, com artigos criados para as mais diversas necessidades, revistas e sites especializados e praticantes famosos e elevados a categoria de celebridades.

Os melhores destinos para esportes radicais no Brasil

Sua natureza e variação geográfica faz do Brasil um amplo território para prática de esportes radicais, com destaque para:

1 – Brotas

Em Brotas que fica localizado o rio Jacaré Pepira, muito usado na prática de rafting. É possível explorar as corredeiras em diferentes níveis de dificuldade, incluindo uma opção para as crianças.

Rafting

Uma experiência mais próxima com a água pode ser alcançada explorando o rio usando técnicas de rapel (canyoning).

Para as pessoas que preferem águas um pouco mais calmas o bóia-cross é uma excelente opção.

Canionismo, arvorismo, rapel, caminhadas e até mesmo escaladas de paredões são outras práticas realizadas nessa região e que atrai todos os anos maior número de praticantes.

Onde fica: Localizada no centro do Estado de São Paulo, fica a 250 km da capital paulista.

2 – Bonito

Bonito é uma cidade de beleza incontestável e que faz jus ao seu nome.

Local de águas cristalinas que possibilitam visibilidade de até 20 metros, em Bonito a prática do mergulho é a atividade mais comum.

Mergulho

Nesse esporte é possível apreciar peixes de cores cintilantes e as belezas geográficas de grutas e cavernas alagadas.

Para isso basta uma máscara e um snorkel para esquecer a vida e aproveita seu tempo disponível flutuando.

Seguindo esportes ligados a água, é possível praticar em Bonito boia cross e rafting nos rios Formoso e Formosinho.

Caminhadas e arvorismo completam a lista de atividades de aventura nessa cidade e é através dessas práticas que é praticável a observação de animais exóticos como a arara-vermelha.

Onde fica: Sudoeste do Mato Grosso do Sul a 300 km de Campo Grande.

4 – Jericoacara

Precisando de vento para prática de esportes radicais no Brasil?  Jericoacara é o lugar ideal. Procurada pelos adeptos do kitesurf e windsurf, a praia está sempre cheia, principalmente entre setembro e fevereiro.

Windsurf

Para os iniciantes a melhor opção é a Praia do Preá que possuem ciclos de vento constantes, mas sem muita força.

Já para os mais experientes e radicais, o local ideal é a Lagoa de Jijoca. Dunas de areia fina completam a paisagem paradisíaca e também são um convite a prática de esportes como sandboard.

Onde fica: A oeste de Fortaleza, distante 300 km.

5 – Ilha dos Lobos

Se seu esporte de aventura é o surf, seu destino é a Ilha dos Lobos. Nessa região as ondas ultrapassam os cinco metros com tubos perfeitos e de tirar o fôlego.

Surf

A praia é rodeada de pedras e fica a dois quilômetros da costa, com acesso feito apenas de barco. Onde fica: Pertencente à cidade de Torres, fica ao norte do Rio Grande do Sul.

Ei! Agora, vamos ver alguns outros artigos com algumas dicas de esportes radicais…

1 – Descubra agora os melhores lugares para surf em 2017

2 – Saiba tudo sobre o arvorismo esportivo

3 – Veja as melhores dicas de rapel para iniciantes

6 – Foz do Iguaçu

Quando pensar em onde praticar esportes radicais , Foz do Iguaçu certamente deve constar na sua lista. Arvorismo, rafting, e escaladas a mais de 50 metros são praticados tendo as famosas cataratas como cenário.

Cataratas – Foz do Iguaçu

Outra forma de contato com a natureza é realizando trilhas que levam ao Rio Iguaçu. E se preferir, pode ver tudo de cima, em um passeio de ultraleve e incluir uma vista única da Usina de Itaipu. Onde fica: na fronteira entre Brasil e Argentina.

7 – Chapada dos Guimarães

Destino oficial entre lugares para praticar esportes radicais no Brasil, a Chapada dos Guimarães é um destino para quem tem preparo físico e habilidades nos esportes.

Com caminhadas de 12 km, sobre um sempre presente sol forte, o caminho que leva ao Morro de São Gerônimo é a prova que essa região não é para pessoas despreparadas.

Trilha

Assim como a prática de rapel na cachoeira Geladeira com seus 30 metros de altura.

Há também atividades com bastante adrenalina, mas que podem ser feitas para os iniciantes, como as trilhas de montain bike.

Onde fica: Planalto Central do Brasil, no estado do Mato Grosso do Sul.

8 – Chapada Diamantina

Uma boa rota de turismo de aventura pelo Brasil não pode deixar de fora a Chapada Diamantina.

Na região fica a Gruta do Lapão, ideal para prática de cave jump ou um rapel de 50 metros admirando a formação rochosa de quartzito.

Tirolesa

Na cidade de Jacobina, recentemente foi inaugurada uma rampa para voos livres e que tem atraído praticantes amadores e profissionais.

Sem deixar de fora caminhada, trekking, escalada, rapel, tirolesa, flutuação, mountain bike, arvorismo, quadriciclo, canoagem e stand up, sendo assim, uma lista longa de esportes de aventura praticados nessa região.

Onde fica: Centro da Bahia, a 394 km de Salvador.

9 – Chapada dos Veadeiros

Quem realiza viagens de aventura pelo Brasil e escolhe a Chapada dos Veadeiros, têm como opções canyons, cavernas, rios e tantos outros cenários para praticar seus esportes.

O que não pode faltar como prática de esporte é acquaride, tirolesas e canoinismo.

Caverna

O local é tão fascinante, que uma semana é o tempo ideal para aproveitar tudo que há de bom na região.

Onde fica: Nordeste do Estado de Goiás

10 – Teutônia

Altas velocidades e aventura em centros urbanos, essa é a formula perfeita para quem curte Street Luge.

Um esporte com competições específicas e parte dos praticantes de alto nível sendo brasileiros, tem seu grande reduto no Brasil em Teutônia.

Street luge

O que dá destaque a essa cidade é possuir uma das ladeiras mais apropriadas para realização de Street Luge e que leva os aventureiros dessa prática a atingir recordes de velocidade. Onde fica: Serra gaúcha, a 131 km de Porto Alegre.

11 – Piracicaba

O balonismo é considerado o esporte radical mais antigo do mundo e que proporciona uma experiência radical e cheia de adrenalina nas alturas.

Balonismo

Um dos lugares mais importantes para a prática do balonismo no Brasil é a cidade de Piracicaba, que inclusive já foi sede do campeonato brasileiro de balonismo.

Com suas grandes planícies, a cidade é a capital brasileira do esporte.

Onde fica: Interior de São Paulo, a 160 km da capital.