De acordo com o Global Web Index, um usuário comum tem 5 ou mais contas de mídias sociais e usa ativamente ao menos três delas. Além disso, o número total de usuários presentes nas redes sociais é de cerca de 3,2 bilhões. De fato este indicador cresce constantemente. Isso quer dizer que as empresas não podem ignorar essas plataformas, portanto, fazer branding nas redes sociais é quase uma condição obrigatória para um negócio de sucesso. Afinal, por onde começar fazer branding? Primeiramente, tudo começa com uma estratégia. Portanto, vamos falar sobre ela neste artigo.

Por que o branding em redes sociais é importante para aumentar as vendas?

Marcas de sucesso tornaram-se parte da vida de seus clientes. Sem dúvidas eles nunca seriam capazes de conseguir isso sem uma estratégia válida. Fazer branding da forma certa em sua rede social e gerenciar as suas contas conforme uma estratégia predeterminada ajudarão:

1. Primeiramente atinja objetivos claros. O sucesso de um negócio depende da compreensão de onde a empresa está indo e do que ela precisa alcançar amanhã, em um mês, em um ano. Os objetivos das redes sociais podem ser: expandir o alcance, melhorar as métricas de negócios, aumentar as conversões no site, etc. Eles podem ser medidos e avaliados em termos de eficiência.

2. Em segundo lugar, se destaque em relação as outras empresas. Existem concorrentes em qualquer nicho. Fazer branding pessoal nas redes sociais ajuda a criar diferenças únicas e reconhecíveis: da foto do perfil ao estilo de redação do conteúdo. Isso torna impossível que a sua empresa seja confundida com a empresa de outras pessoas.

3. Implemente uma estratégia de marketing. Se você já possui uma identidade visual e valores de marca, precisa encontrar maneiras de mostrá-los ao seu público. A estratégia para mídia social é uma das melhores maneiras de fazer isso. Contas onde o branding é aplicado podem atrair clientes em potencial e influenciar o crescimento da confiança na empresa.

4. Comunique-se efetivamente com o público. Aqui é onde o branding pessoal nas redes sociais se conecta com um serviço de alta qualidade. Se os representantes da empresa não apenas postarem publicações, mas também lidarem com riscos e comentários negativos, responderem perguntas, se comunicarem em mensagens pessoais, então a estratégia funcionará.

Branding

5. Atrair novos clientes. Estes serão pessoas que compartilham os mesmos valores. Se você fomentar a empresa corretamente, as pessoas ficarão interessadas em permanecer ligadas a ela, tornando-se parte dela.

Quais erros devem ser evitados ao fazer branding nas redes sociais

Erros são inevitáveis tanto para iniciantes quanto para as marcas famosos. Vamos falar sobre os erros mais comuns.

1 – O primeiro e principal erro é trabalhar sem estratégia e sem entendimento dos recursos do seu negócio. Quando você não tem um plano claro, você não sabe onde quer chegar. Se você “copiou” a estratégia de seus concorrentes, não há garantia de que ela funcione com o seu negócio.

Conclusão: planeje cada etapa com antecedência, concentrando-se em sua empresa, produto e público.

2 – Oferecer uma descrição incompleta da empresa é outro erro comum. Os novos visitantes de suas páginas nas redes sociais não devem ser deixados para trás: eles precisam ter um entendimento claro de quem você é e o que a sua marca oferece.

Conclusão: Ao criar uma marca, lembre-se de que a identidade e a descrição da página demonstram seus pontos fortes e a sua direção.

3 – Conteúdo ruim é um erro que “mata” qualquer boa estratégia de marca nas mídias sociais. As postagens da página estão associadas à sua marca. Memes roubados, piadas antigas, mensagens banais, publicações escandalosas – tudo isso indica que você não leva a sério o trabalho.

Branding

Conclusão: publique conteúdo exclusivo com base nos interesses do seu público. Adicione posts informativos e divertidos aos de PR e promocionais. Compartilhe os fatos nos bastidores e outras informações interessantes.

4 – É um erro grave ignorar comentários, perguntas e críticas. Já discutimos isso acima. Um comentário negativo perdido pode estragar a estratégia e até destruir a reputação da marca.

Conclusão: trabalhe com todas as reações do público. Mostre que você está interessado em resolver problemas.

Como criar uma estratégia de branding forte

Quando você entende o que é a marca e por que precisa da marca nas mídias sociais, precisa começar a criar uma estratégia. Listamos as etapas mais importantes desse processo.

Análise do público-alvo

Se a sua empresa acabou de aparecer no mercado, você precisa determinar quem são seus clientes e por que eles precisam do seu produto. Neste ponto, analise os seus concorrentes diretos e determine como os seus clientes interagem com eles nas mídias sociais. Se você já tem um público formado, analise-o e divida-o em segmentos, dependendo do modelo de comportamento e motivos. Isso ajudará a identificar os segmentos mais promissores para você.

Escolhendo uma rede social

Cada plataforma tem as suas próprias peculiaridades. Em primeiro lugar, precisamos verificar o tipo de público e conteúdo:

• O Facebook é a maior rede social do mundo. Possui diferentes segmentos da audiência. O tipo de conteúdo adequado é: mensagens de texto, fotos, infográficos, vídeos. O Facebook é uma solução universal para todas as áreas de negócios;

• O Instagram tem a segunda maior audiência de mídia social. A idade média do público é de 35 anos. O conteúdo preferido são fotos, imagens e vídeos curtos. É adequado para negócios com produtos que tenham um visual atraente;

• O LinkedIn abrange profissionais e especialistas independentes que trabalham em diferentes setores. O conteúdo recomendado são publicações de relações públicas, casos de sucesso, recomendações úteis e artigos científicos. É adequado para negócios focados na área profissional.

Determinando o valor do negócio

Você precisa entender o que a empresa oferece, com a finalidade de descobrir quais são os benefícios exclusivos e que tipo de público-alvo estará interessado nela. Valor é tudo aquilo que ajuda uma empresa:

Considere como uma estratégia de promoção de mídia social agregará valor. Crie metas equivalentes. 

Crie uma identidade visual corporativa da sua marca

A maioria das pessoas reconhece as marcas por seus logotipos, slogans e palavras. Adivinhe a marca pela cor. Temos certeza de que você conseguirá:

Percebe como isso é importante? A identidade visual é o que fará com que as pessoas reconheçam a sua empresa. A princípio, você precisa ter seu próprio logo, bem como slogan e cor corporativa. pois este é o mínimo necessário. Portanto, se você pretende assumir uma posição séria no mercado, então, precisará consultar um especialista para criar um manual de marca. Contudo, se você está sem tempo e precisar criar um logo agora mesmo, experimente o serviço do Logaster. Ele é capaz de gerar logos exclusivos em apenas dois cliques e permite fazer o download em qualquer formato que seja conveniente para você.

Frequência de postagem e sequência de conteúdo

Publicar menos de uma post por dia melhora o engajamento (relacionado a cada post), porém, diminui a taxa geral de engajamento conforme um estudo realizado pelo próprio Facebook. Desse modo, o número indicado é de 1 a 5 postagens por dia. Posto que, é importante que o conteúdo seja consistentemente de alta qualidade e relevante para o público. Uma vez que agora os algoritmos de classificação de redes sociais permitem mostrar apenas publicações potencialmente valiosas para os usuários no feed.

Promovendo e conquistando o público-alvo

Em suma, saber como fazer branding nas mídias sociais e qual conteúdo publicar é suficiente para você fomentar e melhorar consistentemente um perfil de negócio, responder os comentários e críticas e acompanhar as tendências. Sendo assim, à medida que você avança, você precisará usar ferramentas de publicidade em mídias sociais para aumentar seu alcance e foco. Dessa forma, faça sorteios e promoções e tente encontrar uma linguagem ideal para conversar com o seu público. Visto que, é importante que você construa um relacionamento confiável e positivo.

Conclusão

Certamente, é difícil criar uma marca. No entanto, é muito fácil destruí-la. Portanto, para ter sucesso você precisa de uma estratégia forte e de objetivos claros. Assim, siga as diretrizes deste artigo, implemente a sua própria estratégia e você poderá ganhar a confiança do seu público-alvo.