Depressão no trabalho pode ser a causa de diversos problemas na vida profissional ou pessoal. Por isso, existem recursos que podem ser explorados por quem precisa tratar da depressão causada pelo ambiente profissional. Aqui você verá quais são esses recursos e de que forma é possível utiliza-los para se livrar da doença e de um ambiente tóxico e nocivo à saúde.

O que é depressão?

É comum que nos sintamos tristes em alguns momentos. Afinal, a vida é feita de altos e baixos e a tristeza é uma reação normal aos momentos de perda, desafios, baixa auto-estima, entre outros. Porém, para algumas pessoas, essa tristeza pode se prolongar por um período maior e se tornar intensa. Em alguns casos, esse sentimento pode causar alterações na rotina dessas pessoas.

A depressão é o transtorno psicológico mais comum que existe. Por isso, é muito estudada e possui tratamento.
Ainda assim, os maiores obstáculos da depressão são: o diagnóstico e o preconceito. Infelizmente, quase metade das pessoas que têm depressão nunca fizeram tratamento ou foram diagnosticadas.

Mas essa é uma doença muito séria e que deve ser tratada com a devida atenção de profissionais capacitados. Portanto, se você você acredita que possa estar com sintomas de depressão, busque ajuda profissional com médicos e psicólogos o mais rápido possível.

O diagnóstico

É possível diagnosticar a depressão através da análise dos sintomas por um profissional especializado e um exame físico. Ou seja, o médico vai procurar saber quais são os sintomas. Quando eles começaram? Qual o histórico familiar?  Há quanto tempo os sintomas apareceram? Quão severos eles são? Além disso, fatores como histórico familiar e consumo de álcool de drogas também influenciam no diagnóstico. Falta de disposição. Insônia. Apetite desregulado.

Tristeza profunda. Estresse. Falta de objetivos (pessoais e profissionais). Vontade de ficar em um lugar escuro ou de fugir para longe de outras pessoas. Esses são apenas alguns sintomas da depressão. Existem diversos outros que também podem estar associados à doença.

Por isso, é tão importante que o diagnóstico seja feito o mais rápido possível e o tratamento se inicie logo. No caso da depressão no trabalho, ambientes com clima pesado, estresse e carga horária desregulada podem ser alguns dos fatores que levam uma pessoa à depressão.

Por esse motivo, o requisito básico para pedir afastamento do trabalho por depressão é que o diagnóstico esteja diretamente associado ao ambiente de trabalho. Ou seja, casos em que o profissional já apresentava um quadro de depressão não garantem o direito de afastamento.

Depressão no trabalho e o tratamento ideal
Depressão no trabalho e o tratamento ideal

O tratamento

O tratamento de casos de depressão devem ser feitos com acompanhamento de médicos e psicólogos.

Qualquer médico pode orientar o tratamento de depressão, porém a especialidade mais recomendada é a dos psiquiatras. O psiquiatra é o médico especialista que pode melhor avaliar os sintomas e indicar quais as alternativas de tratamento para cada caso específico de depressão.

O tratamento da depressão é feito de diversas maneiras, de acordo com as causas, os sintomas e a gravidade da doença. Por isso, em alguns casos são recomendados alguns medicamentos antidepressivos. Além disso, é muito importante o acompanhamento de um psicólogo, com sessões de terapia.

Existem também métodos alternativos e naturais que podem complementar o tratamento e acelerar a recuperação. Atividades de lazer, passeios ao ar livre, exercícios de leitura e meditação são algumas das opções que podem aumentar a sensação de bem estar e prazer, proporcionando um cenário mais propício para o tratamento ser mais efetivo.

Não existe tempo determinado para a recuperação. Existem pessoas que conseguem se curar em alguns meses de tratamento e outras que levam anos para conseguirem se livrar da depressão. Tudo isso tem a ver com as causas, a gravidade e a intensidade dos sintomas. Além disso, é claro que a vontade e a possibilidade da pessoa seguir corretamente com o tratamento influenciam diretamente em cada caso, definindo, enfim, quanto tempo será necessário para a recuperação total.

Tratamentos naturais

Junto com o acompanhamento médico, algumas medidas feitas por conta própria podem auxiliar na recuperação em um caso de depressão. Elas são:

  1. Alimentação regulada

Alguns alimentos ajudam a reduzir os sintomas de depressão, são eles:

  • alimentos ricos em ômega 3, como peixes e sementes de chia e nozes.
  • alimentos ricos em vitamina B e D, como frango, peru e ovos.
  • sucos de uva, maçã e maracujá, que ajudam a acalmar

2. Exercícios regulares

Entre os diversos benefícios que os exercícios trazem à saúde, entre eles está o alívio dos sintomas de depressão através do prazer e bem-estar. Por isso, são recomendados exercícios regulares moderados como pilates, caminhadas e natação.

3. Tratamentos alternativos

Algumas excelentes opções de tratamentos para a depressão são métodos alternativos como acupuntura, yoga, reiki e meditação, pois também proporcionam relaxamento e sensação de bem-estar.

4. Combate às causas da depressão

A causa da depressão pode estar onde você menos imagina. Algumas doenças podem causas ou aumentar as chances de depressão, como hipotireoidismo, deficiência de vitamina B12, diabetes, alzheimer ou pós-AVC, por exemplo. Por isso, é necessário um acompanhamento médico que possa identificar essas causas e realizar o tratamento correto também da causa.

Existem medicamentos usados para outros problemas e que também induzem o humor depressivo. Portanto, também é necessário conversar com um médico sobre as alternativas de alteração no tratamento.

Sinais de melhora

Após o início do tratamento, os sinais de melhora da depressão vão surgir normalmente. Menos vontade de chorar, mais animação para enfrentar a rotina e mais otimismo são alguns dos indícios de que o tratamento está tendo efeito. Mas é importante que o tratamento continue sendo feito, enquanto o médico indicar que é necessário.

Sinais de piora

Os sinais de piora da depressão são os agravamentos dos sintomas, causando maior vontade de chorar, menos disposição e interesse pela vida e tristeza. Eles surgem quando o caso é grave e precisa ser ajustado ou quando o paciente interrompe o tratamento sem indicação médica, por conta própria.

Em casos extremos, podem surgir sinais graves de depressão, o que podem levar a casos de internação. É necessário ficar de olho nos sintomas que indicam um comportamento suicida.

Afastamento por depressão no trabalho

Se o caso de depressão for comprovadamente causado pelo ambiente de trabalho, ao fazer o acompanhamento com o médico, é possível começar a reunir documentos e dar início ao processo de afastamento por depressão no trabalho. Será necessário apresentar laudos e demais provas que comprovem que o transtorno está sendo causado pelo local de trabalho.

Mas fique atento: diagnósticos ligados a estresse ou pressão, por exemplo, deverão comprovar que essa condição foi gerada dentro da empresa em que o paciente trabalha.  Sem essa comprovação, o processo ficará mais complicado.

Direitos do trabalhador

Caso o quadro de depressão não evolua, prejudicando cada vez mais a saúde e produtividade do trabalhador, ele deverá passar por uma perícia no Instituto Nacional do Seguro Social, o famoso INSS. O instituto é responsável por diagnósticos que observam se a doença é passageira ou crônica, direcionando o trabalhador em cada um dos casos.

Ou seja, se o diagnóstico for de depressão passageira, o trabalhador terá direito de receber o auxílio-doença, com afastamento até retomar as atividades. Se o diagnóstico for de depressão crônica, ele poderá ser aposentado por invalidez.

O que é a perícia do INSS?

Como falado acima, a perícia para obtenção de benefício previdenciário é um procedimento feito para comprovar o desenvolvimento de uma condição de saúde que foi causada pelo trabalho. Aqui, no caso desse texto, a depressão. Quando o trabalhador é considerado incapaz de exercer sua função por mais de 15 dias ele tem direito ao auxílio-doença.

Porém, este benefício só é válido se for comprovada a incapacidade da pessoa de trabalhar por depressão ou outra doença. Além disso, o tipo de benefício varia de acordo com o tempo necessário para a recuperação, podendo chegar à aposentadoria por invalidez se a pessoa não tiver mais capacidade para voltar a trabalhar.

Como é feita a perícia?

Um profissional capacitado na área vai realizar a perícia médica. Ou seja, ele fará um diagnóstico detalhado do estado de saúde do paciente. É importante destacar: só o laudo psicológico dos peritos do INSS é válido para dar início ao processo de afastamento ao trabalho. Portanto, atestados de médicos particulares não têm validade para esse processo.

Por isso, procure informações e marque uma consulta diretamente no INSS. Lá você poderá dar início ao processo do benefício. Além disso, o Tribunal Superior do Trabalho já considera a depressão como uma doença grave. Por isso, tem muito suporte para o trabalhador, já que pode ser causada por más condições de trabalho. Por isso, é muito importante buscar os seus benefícios e direitos que estão garantidos por lei.

Quais direitos o trabalhador tem?

Em um caso comprovado de depressão, o trabalhador tem direitos e benefícios trabalhistas e também previdenciários. Porém, esses direitos são assegurados aos trabalhadores que sofrem de depressão e que são incapacitados de cumprir as suas funções. Como dito anteriormente, a maneira correta de buscar os benefícios é através do INSS.

O trabalhador com depressão comprovada por causa do seu trabalho poderá receber auxílio-doença, auxílio-acidente ou até aposentadoria por invalidez. Ou seja, o benefício depende da gravidade e do tempo de recuperação. Em alguns casos, o trabalhador tem direito a uma indenização da empresa causadora do transtorno. Porém, os casos devem ser analisados e são de direito do trabalhador.

Casal conversando e lidando com o tratamento
Casal conversando e lidando com o tratamento

Pedir afastamento é a melhor solução?

O tratamento da depressão deve seguir as orientações dos médicos. Por isso, siga buscando ajuda deles, mesmo com o afastamento do trabalho. Além disso, busque alternativas para se livrar da depressão no trabalho. Existem diversas maneiras de mudar de carreira ou buscar um novo emprego que poderá te fazer mais feliz.

O ambiente pesado pode ser o principal causador da depressão no trabalho. Por isso, procurar mudanças ou um ambiente mais controlado só irá te fazer bem. Trabalhar de casa é uma alternativa perfeita para quem procura um local mais calmo, sem muitas interferências e com menos pressão. Afinal, a sua saúde deve estar em primeiro lugar!

Além disso, é importante desenvolver atitudes que te façam acreditar que existem motivos reais para estar vivo e fazer a diferença no mundo em que vivemos. Aproveitar cada momento vale a pena se você realmente acreditar em um significado especial para a sua vida.

!!Dica EXTRA: Já te contei sobre o Caio Ferreira?

Ele conseguiu criar um método de você ter um e-commerce mesmo sem ter estoque em 2009. Hoje, além de vender centenas de milhares de reais na sua loja virtual, ele ainda ensina como outras pessoas podem fazer isso.

O Caio está com uma aula online gratuita que ensina "Como Criar Sua Loja Online do ZERO Sem Precisar Ter Estoque de Mercadorias". Espero que ele não tire do ar antes de você assistir.