Descubra os 5 melhores investimentos em 2018
Vote neste post

A poucos dias do ano acabar é hora de parar e repensar suas prioridades para o ano que se aproxima. E foi pensando em facilitar parte desse famoso balanço que todo mundo faz quando chega a hora da virada, que nós montamos uma lista com os melhores investimentos para 2018. Vamos dá um  upgrade nas suas finanças?

Antes de pensar em aplicar o seu dinheiro, pare e analise a sua situação financeira. Alinhar quanto você tem de capital disponível ao seu objetivo de investimento é um passo bem importante para obter êxito a curto, médio e longo prazo.

Mas eu já guardo dinheiro na poupança e tento economizar em outros setores, isto não é o bastante? Poupar é ótimo, porque garante certa tranquilidade financeira e pode ser também um meio de aumentar seu patrimônio gradativamente.

Entretanto, investir é diferente de poupar. Investir é colocar o dinheiro poupado em aplicações que rendam juros ou qualquer outra forma de correção.

Costumam dizer que não há investimento sem risco, mas acredite, existem modalidades que oferecem risco praticamente zero de aplicação a seus investidores como é o caso do mercado de afiliados por exemplo.

Há ainda uma série de alternativas de investimento pelo mercado, que prometem atender todo o tipo de perfil de investidor. Sendo assim, realizar uma pesquisa e comparar tipos de investimentos para decidir qual serviço melhor atende o seu bolso é fundamental para conseguir mudar efetivamente a sua realidade financeira.

A seguir confira os 5 melhores investimentos para 2018

1 – Bolsa de valores

A bolsa de valores é um dos melhores investimentos para 2018 e atende desde os perfis mais conservadores aos mais ousados, em outras palavras, para cada pessoa uma aplicação diferente e com grandes possibilidades de investimento em diversas categorias, sejam elas de renda fixa ou de renda variável.

Sem dúvida o mercado de ações se mostra bastante promissor. Confira quais setores você terá mais chances de encontrar bons investimentos para o ano que vem:

– Setor Bancário: O aquecimento econômico esperado para 2018 influencia positivamente os grandes bancos. Dinheiro circulando significa maior demanda por crédito, maiores lucros, menor inadimplência e consequentemente, valorização de seus ativos.

– Varejo e consumo: É o segundo setor que merece atenção dos investidores em potencial. Com a redução da taxa Selic pelo Conselho de política monetária (Copom) muitas empresas desse ramo se beneficiaram, pois juros menores significa também maior acesso ao crédito e, portanto mais consumo, e tudo isso resulta em mais lucros para os varejistas.

-Fundos de Investimento Imobiliário: Na contramão das pessoas que acreditam que a melhor forma de investir nesse setor é adquirindo um imóvel. Especialistas apontam que a negociação desse tipo de título pode ser também muito vantajosa para quem deseja investir.

– Infraestrutura e Energia: Investimentos vindos do exterior mais a baixa de juros incentivam o surgimento de obras de infraestrutura e outros empreendimentos e isto tende a fortalecer as empresas desse setor tornando seus ativos um ótima opção de investimento.

A praticidade, rentabilidade e liquidez dos fundos de investimento imobiliário aliado à queda da taxa de juros, ao aumento do índice de confiança do consumidor e ao baixo preço do metro quadrado são alguns dos motivos que fazem desses títulos um dos melhores investimentos para 2018. 

2 – Tesouro direto

O Tesouro direto talvez seja uma das formas de investimentos mais famosa entre os investidores. Entra ano, sai ano e ele continua sendo uma boa alternativa para quem está procurando uma opção rentável para colocar um dinheirinho extra, e logicamente lucrar com isso.

Quando você aplica no tesouro direto através da compra de títulos públicos, está na verdade emprestando dinheiro ao governo para que ele possa pagar a dívida pública e financiar atividades como educação, saúde e segurança para depois receber de volta o dinheiro aplicado com juros mais voluptuosos que os da tradicional caderneta de poupança.

Conheça os títulos do Tesouro direto:

– Tesouro Selic: Você ganha de acordo com a variação da taxa Selic. Exemplo, se no período que investiu a Selic estiver em 15% ao ano o seu rendimento anual será próximo desse percentual. Indicado para quem deseja usar o dinheiro investido nos próximos meses e quer algo que traga mais rendimentos que a poupança.

– Tesouro prefixado: Você sabe exatamente qual será a rentabilidade no momento do resgate. Recomendado para quem quer segurança, rentabilidade garantida e tem planos de médio e longo prazo.

– Tesouro IPCA: Aqui você ganha conforme a variação da inflação mais uma taxa prefixada. Ideal para quem quer garantir o poder de compra e não quer perder dinheiro para inflação no  longo prazo.

A rentabilidade e os ganhos com o tesouro direto são ótimos investimentos para 2018. O investidor que respeitar a tabela de vencimentos de seus títulos e não tirar o tirar o dinheiro antes do prazo estipulado tem seu retorno financeiro, com os devidos acréscimos garantidos.

3 – Letras de Crédito (LCI e LCA)

As letras de crédito prometem ganhar muita relevância em 2018. Um dos principais atrativos dessa modalidade de investimento que conquista cada vez mais, milhares de pessoas é a isenção de imposto de renda.

Mas do que se trata esse investimento? Bem, letras de crédito São cartas emitidas por instituições financeiras com o intuito de financiar determinados setores da economia. Esses títulos financiam como tesouro direto e outros títulos públicos – o investidor compra parcelas da dívida privada e é remunerado com juros.

Quais são as modalidades de letras de crédito? No Brasil as letras de crédito devem ser utilizadas para fomentar exclusivamente as atividades do setor imobiliário (LCI) e do setor de agronegócio (LCA) sendo assim duas modalidades cartas.

Como funciona a rentabilidade dos investimentos em LCI e LCA:

A remuneração das LCIs e LCAs funciona de forma semelhante. No momento da compra, o investidor escolhe entre títulos com rendimentos pré-fixados, que já possuem um valor determinado até o vencimento, ou pós-fixados, normalmente remunerados com base na rentabilidade do Certificado de Depósito Interbancário (CDI) que acompanha a taxa básica Selic.

A taxa de juro oferecia por esses papéis será líquida e o investidor terá sua rentabilidade final livre de imposto de renda. Mas se você decidir resgatar seu capital dentro do prazo de 30 dias após a compra da LCI ou LCA incidirá sobre seus títulos o Imposto sobre operações financeiras (IOF).

Dicas para ter mais rentabilidade com as letras de crédito

melhores investimentos para 2018 - D
As letras de crédito prometem grande relevância para 2018.

-Invista no longo prazo: quanto maior o prazo de vencimento da letra de crédito maior será sua rentabilidade. Isto acontece, porque assim as instituições financeiras terão mais tempo para fazer mais empréstimos e receber o dinheiro emprestado.

– Aplique mais capital: Faça um alto investimento. Aplicar um valor baixo em letras de crédito pode gerar uma remuneração menor, uma vez que os bancos costumam pagar uma taxa menor sobre o CDI. Entretanto não é recomendado investir todo seu patrimônio em única LCI ou LCA.

4 – Infoprodução

Todos os dias milhares de pessoas entram na internet em busca de conteúdos que sejam relevantes. E é graças a essa simples ação que o mercado de infoprodutos vem se consagrando como um dos melhores investimentos para 2018.

Infoprodutos são produtos digitais confeccionados para informar, ajudar, ensinar algo para as pessoas. Tais materiais tem a grande vantagem de poder auxiliar os mais variados nichos de mercados, inclusive aqueles segmentos poucos explorados.

Em outras palavras, se você domina um assunto e acredita que e ele pode interessar um determinado público – você consegue transmitir esse conteúdo através de infoprodutos.

Uma das vantagens que estimula pessoas de todos os perfis a investir na produção de infoprodutos é com a certeza do seu baixo custo. Apostar em infoprodutos é também uma forma significativa de economizar e, portanto obter lucros satisfatórios, e acredite,em pouquíssimo tempo.

Imagina poder distribuir a mesma unidade de produto a uma infinidade de consumidores, sem precisar montar um estoque e ter pouquíssimo ou nada de custo para fazer sua distribuição? Pois é no ramo da infoprodução isto é perfeitamente viável.

Não importa o seu local de trabalho. Você pode começar a produzir infoprodutos para o mercado digital da sua casa ou de qualquer outro lugar.

Está na dúvida do que produzir? A gente te ajuda, existem vários formatos de infoprodutos e todos geram um ótimo retorno financeiro. Só que antes, aprenda mais como funciona o mercado de infoprodutos: 

Ebooks: Livro digital para explicar de forma prática e simplificada o conteúdo que você quer passar.

Whitepaper: quer investir num infoproduto que te possibilite aprofundar mais em conteúdo? Aposte no Whitepaper um produto digital mais focado e específico que o ebook, porém com design simples de ser realizado.

Cursos em vídeos: é um dos preferidos no mercado digital. Cursos online de todo tipo, tutoriais, EAD configuram um ótimo investimento para 2018 podendo até vir a ser uma fonte de renda praticamente fixa.

Screencasts: é uma produção de conteúdo também em vídeo, mas aqui se grava a tela do computador. Modelo bastante usado para mostrar na prática como operar plataformas online por exemplo.

Webinar: Deseja apresentar palestras, workshops ao vivo? Webinar é o infoproduto ideal.

Podcast: Bem comum no mercado digital, com este infoproduto você consegue gravar seu conteúdo em formato de áudio e distribuir seu material para o público em forma de entrevistas, debates, bate papos.

5 – Mercado de afiliados

O mercado de afiliados não poderia ficar de fora dessa lista de melhores investimentos para 2018 sabe por quê? Porque além de reunir benefícios que as outras modalidades de investimentos não têm é uma das formas mais democráticas de entrar no mercado digital. Isso mesmo, qualquer pessoa disposta pode se tornar um afiliado.

Quantas vezes alguém já pediu sua opinião sobre um determinado serviço ou produto e você acabou recomendando alguma coisa, segundo a sua experiência? Então o mercado de afiliados é basicamente isso!

Ao contrário do produtor que prefere investir na produção de infoprodutos, você não vai precisar criar um produto digital. Como afiliado do produtor a sua função será indicar, vender o produto para ele, em troca de uma comissão. E detalhe, não há limite de acúmulo de comissões, ou seja, quanto mais indicações de vendas você fizer, mais dinheiro será creditado na sua conta.

Simples, né? E as vantagens não param por aí… Quem investe no mercado de afiliados conquista umas das coisas que a maioria das pessoas almeja para suas vidas – serem donas do próprio negócio, obter uma boa renda e ganhar mais tempo livre, para desfrutar de momentos com a família, com os amigos, viajar ou qualquer outra coisa que lhes provoquem felicidade e consequentemente, maior qualidade de vida.

Gostou? Pois então, você tem tudo para ter um ano de 2018 realmente próspero á um custo baixo e investindo pouquíssimas horas do seu dia e o melhor de tudo, com retorno financeiro rápido e garantido.

Quer saber como isso é possível? Participe da nossa jornada da liberdade e descubra porque esse movimento te dará asas para alçar voos mais altos e para onde você quiser:

Segurança financeira é para todo mundo

Conquistar a segurança financeira é o sonho de qualquer mortal. Uma boa situação econômica abre portas e ajuda aqueles projetos, que invariavelmente necessitam de algum recurso.

Como reformar ou adquirir uma casa nova, um carro, fazer um mochilão por outros países entre outras coisas. Afinal, todo mundo tem suas expectativas pessoais de futuro.

Para essas ocasiões, possuir uma reserva financeira e algum investimento é a solução e você pode começar a fazer isso a partir de agora, mesmo que ainda não tenha feito nada de positivo pelas suas finanças.

Você não precisa ganhar na loteria, receber uma herança polpuda para ter mais grana. A liberdade financeira pode ser alcançada por todos, e com medidas simples, como economia, melhores decisões de investimentos e afins.

Para tanto é necessário fazer um planejamento financeiro e estabelecer algumas regras para o seu bolso, como quando e onde gastar aquele dinheirinho que sobra no final do mês.

Mas quando o dinheiro não sobra? Você pode sair do rol das pessoas que ganham dinheiro para o rol das pessoas que fazem dinheiro.

Assista ao vídeo, do fundador do movimento freesider, Fagner Borges e entenda a diferença entre pessoas que ganham e criam a sua própria renda e passe a transformar suas habilidades em cifrões: