3 caminhos para você trabalhar de casa e ter mais tempo livre
Vote neste post

Trabalhar de casa traz uma imensa gama de benefícios e certamente é possível saber quais os principais. Desta maneira, o número de pessoas preocupadas com a qualidade de vida e com o bem-estar vem batendo recordes. Trabalhar de casa no mercado digital é uma realidade vivida por muitas pessoas.

O que não é difícil de entender. Atualmente, mais da metade da população mundial tem acesso à internet, segundo dados de uma pesquisa feita pela Digital in 2017 Global Overview, sendo que mais de um em cada cinco fez compras nos últimos 30 dias anteriores à data da realização da pesquisa.

Uma outra pesquisa diz que o brasileiro é o segundo povo mais estressado do mundo (Associação Internacional do Controle ao Estresse) perdendo apenas para o japonês. Cerca de 70% das pessoas entrevistadas alegam que o principal causador do estresse é o trabalho.

Certamente os motivos que geram esse mal estão ligados aos horários nada flexíveis, ao trânsito das grande cidades e o tempo perdido no mesmo, aos gastos com alimentação necessários diariamente, bater metas, seguir ordens e conviver com pessoas igualmente estressadas pelos mesmos motivos.

O mercado digital possibilita que a pessoa encontre maneiras de trabalhar de casa e, consequentemente, tenha maior:

Liberdade móvel – Pode-se trabalhar de qualquer canto do mundo, sendo necessário apenas um computador com internet

Liberdade de tempo – Você faz os seus horários e trabalha nos momentos de maior produtividade

Liberdade financeira – Seus ganhos dependem exclusivamente do seu desempenho. Quanto maior a produtividade, maiores os ganhos

Então vamos ao que interessa e vamos falar de algumas maneiras de trabalhar de casa.

Boa leitura!

É possível trabalhar de casa e conquistar a estabilidade financeira?

Sim, é possível!

Porém a maneira como o trabalho é desempenhado é fator determinante nos resultados. De nada adianta buscar um trabalho do tipo home office se não conta com disciplina, força de vontade, criatividade e determinação.

Há possibilidade de você trabalhar de casa, e ainda por cima, trabalhar pouquíssimas horas por dia. Parece um sonho?

Bem, dá uma olhada nesse vídeo aqui mais abaixo, e depois, mais ao final do texto, você vai entender melhor como tudo isso funciona.

Segundo Ilan Goldfajn – presidente do Banco Central – a estabilidade financeira não deve ser essencial apenas para o sistema financeiro, mas para toda a sociedade, garantindo-lhe benefícios.

Essa afirmação foi feita no último dia 11, na abertura do XII Seminário Anual do BC sobre Riscos, Estabilidade Financeira e Economia Bancária:

O Brasil passou por um teste de estresse real com a crise. A estabilidade financeira tem uma importância especial em momentos de crise, ela pode amortecer ou agravar crises econômicas. No Brasil, na minha avaliação, ela amorteceu os efeitos da crise”.

E certamente esse amortecimento também foi resultado dos trabalhos oriundos do mercado digital que, cá entre nós, não viu crise.

Na última Black Friday ocorrida no dia 24 de novembro, o faturamento foi de R$2,1 bilhões no e-commerce. Uma alta de 10,3% quando comparado ao mesmo período do ano passado. E os números são muito positivos, visto que no primeiro semestre deste ano, o segmento faturou R$21 bilhões. É impossível alguém afirmar que trabalhar de casa não é possível.

Mas afinal, como trabalhar em casa? Por onde começar? Preciso fazer investimentos? Calma! Existem diversas formas de trabalhar de casa e hoje vou te apresentar três delas. Vamos lá?

Como trabalhar em casa?

Se fizermos uma busca para descobrir a quantidade de pessoas que estão digitando nesse exato momento a frase “como trabalhar em casa”, posso garantir que ficaríamos admirados com a quantidade.

Mas afinal, quem é que não quer poder fazer os próprios horários, não precisar encarar ruas lotadas, calor ou frio excessivos e horas de deslocamento da casa para o trabalho, não é verdade?

Ei, antes de seguir, dá uma olhada nesse vídeo que o criador do movimento freesider, o Fagner Borges fala sobre como trabalhar em casa.

Agora, é preciso esclarecer de uma vez por todas que aquela história de que só é possível trabalhar de casa se fizer um grande investimento é pura balela. O mercado digital está aí. Os trabalhos tipo home office estão aí. As estatísticas estão aí, comprovando o quanto o empreendedorismo digital está crescendo.

Segundo César Souza, co-fundador do Espaço do Empreendedor e autor de “Jogue a Seu Favor – Vire a Sorte Trabalhando por Conta Própria”:

O hábito dos consumidores mudou, com a popularização dos meios tecnológicos e do atendimento mais individualizado, e isso criou muita oportunidade. Com isso, o empreendedor ganha a chance de trabalhar de forma mais autônoma”.

O fundamental para todo empreendedor digital é compreender que seu trabalho é sério, não só um “bico”. Encarar com seriedade, seguir uma rotina de trabalho, trabalhar em um local adequado para o conforto físico e que permita a concentração são algumas dicas.

Se possível, montar um cômodo para o trabalho home office com uma mesa de escritório, cadeira confortável e uma decoração que inspire e passe a ideia, todos os dias, de que é um trabalho sério e merece ser encarado como tal.

Dessa maneira, qualquer que seja o meio escolhido para trabalhar de casa no mercado digital irá gerar bons frutos. Vamos ver como trabalhar em casa através do mercado digital.

Trabalhar de casa – Consultoria

Todo aquele profissional que tem um conhecimento técnico e está disposto a ajudar outras pessoas, pode encontrar na consultoria uma ótima maneira de como trabalhar em casa. Lembrando que este tipo de trabalho exige uma boa comunicação e uma considerável habilidade de transmitir o conhecimento.

como Trabalhar de casa 1
Ter algum conhecimento técnico te ajudará a trabalhar como consultor.

O número de profissionais altamente capacitados para desempenhar diversos cargos é indiscutível, porém a habilidade de transmitir o conhecimento para terceiros não é tarefa simples.

A empatia também é fundamental. Ela será a responsável pelo lado humano na hora de trabalhar com a dor de outras pessoas. Se colocar no lugar daquele que procura o serviço é uma das melhores técnicas que poderíamos ensinar.

Um consultor não pode parar de estudar, se atualizando sempre na área de atuação, nas formas de abordagem e nas últimas tendências do mercado, possibilitando a ele enxergar caminhos que a maioria das pessoas não consegue enxergar. Isso é o que vai tornar o empreender digital uma autoridade no ramo.

Diferente do trabalho dos vendedores, o consultor não vende um produto ou serviço. Ele oferece um caminho para chegar em determinado objetivo, aumentando a percepção de seu cliente.

O mercado digital está cheio de propostas para trabalhar como consultor, como por exemplo:

  • Consultoria de imagem e moda
  • Consultoria de TI
  • Consultor de segurança do trabalho
  • Consultor de importação e exportação
  • Consultor financeiro, entre outros

O sucesso do consultor vai depender da divulgação feita e da fidelização que conseguir com os clientes conquistados. Um cliente fiel, além de voltar sempre que necessário, faz a tão conhecida propaganda boca a boca, que comprovadamente é uma das melhores que existem.

De uma maneira geral, os clientes de um consultor variam entre empresários, novos empreendedores, trabalhadores autônomos, etc. O que vai ditar esses clientes é o segmento de atuação escolhido pelo profissional que optou entrar para o mercado digital dessa forma.

A princípio, para atingir um maior número de pessoas (nunca esqueça de estudar bem a sua persona!), é de suma importância a divulgação. O empreendedor pode começar participando de fóruns de discussão para ficar conhecido, trabalhar na criação de um blog, anunciar no Facebook Ads o tipo de consultoria oferecida e todas as outras formas que encontrar.

O importante é que o empreendedor entenda que consultoria pode ser feita em qualquer segmento que se tenha conhecimento, basta ser criativo e ser um bom comunicador.

Trabalhar de casa – Horários flexíveis

Apesar de não ser tão comum, os horários flexíveis já são uma realidade para muitos trabalhadores. Isso porque as empresas já perceberam que os profissionais têm procurado maior liberdade, visando a qualidade de vida, tempo para a família, para os amigos, para viagens de férias e para uma melhor administração do tempo.

como trabalhar de casa em horários flexíveis 2
Apesar de não ser tão comum, os horários flexíveis já são uma realidade para muitos trabalhadores. Deixando que você acorde a hora que você quiser.

O home office pode ser equilibrado com o trabalho presencial na empresa e para que isso seja possível, o profissional pode agendar uma conversa com o empregador e mostrar a ele os motivos pelos quais a ideia pode ser positiva:

Motivos

Os horários flexíveis permitem uma maior produtividade e uma diminuição considerável nos níveis de estresse. Entre diversos motivos, poder levantar, tomar o café da manhã e não precisar encarar o trânsito para se deslocar até o trabalho já é algo louvável.

O tempo utilizado no trabalho em casa tem uma qualidade muito superior quando comparado ao trabalho desempenhado na empresa, visto que ele será desenvolvido dentro do tempo necessário e o profissional não vai precisar fazer incontáveis pausas para o café visando respeitar o relógio de ponto.

Opções neste tipo de modalidade

Vamos te passar aqui algumas opções de negociação que podem ser apresentadas ao empregador, mas vale lembrar que muitas outras podem existir:

  • Trabalhar 1 ou 2 dias no estilo home office
  • Passar o período da manhã no home office e o período da tarde na empresa
  • Trabalhar de casa exclusivamente, respeitando os horários impostos pela empresa
  • Utilizar a modalidade “banco de horas”, fazendo horas extras e descontando-as na parte da manhã ou tarde para poder ficar em casa
  • Trabalhar com metas, independente de horários ou presença na empresa

Vantagens dos horários flexíveis

Para o profissional, é possível ter maior autonomia para as resoluções de problemas pessoais, mais tempo para a família e amigos, possibilidade de planejamento, diminuição do estresse, maior motivação pessoal e profissional, diminuição de gastos com alimentação e transporte e poder escolher os horários do dia em que mais produz.

Para a empresa, por outro lado, os benefícios começam com profissionais mais motivados, trabalhos muito bem executados (visto que acontecem no auge da produtividade de cada um), profissionais bem dispostos e com maior disponibilidade. Além, é claro, na queda na taxa de faltas e descumprimento de horários.

A verdade é que toda empresa deveria contratar profissionais capacitados que pudessem trabalhar de casa e se permitir esperar os resultados e colher os frutos após a adaptação da equipe.

Trabalhar de casa Mercado de Afiliados

É certo que toda pessoa que busca como trabalhar em casa já se deparou com o mercado de afiliados. E essa não é uma modalidade que recebe tanta ênfase aleatoriamente.

O mercado de afiliados é uma das modalidades mais buscadas por pessoas que decidem ingressar no mercado digital por se tratar de uma opção que exige um investimento muito baixo ou até mesmo nenhum.

Se buscar o conceito, certamente vai compreender que o mercado de afiliados utiliza o mercado digital para a promoção de infoprodutos através da representação comercial feita por seus afiliados, ou seja, o afiliado promove o infoproduto de sua preferência através de um blog pessoal ou site, por exemplo, e ganha através do método de comissionamento.

Dá uma olhada nesse vídeo do criador do movimento freesider, Fagner Borges, que explica detalhadamente como funciona esse mercado:

Vamos colocar uma história fictícia para uma melhor compreensão:

O empreendedor digital opta pelo mercado de afiliados e tem um vasto conhecimento sobre pescaria. Ele entra em uma plataforma que ofereça a afiliação, como a Hotmart, a Eduzz ou a Monetizze, entre outras, e encontra um e-book que traz dicas de como pescar os melhores Dourados em Mato Grosso.

Ele escolhe promover este produto que está disponível por R$100,00 e que oferece a ele 50% de comissão por cada venda realizada. O empreendedor não tem blog ou site, tem vergonha de gravar vídeos e, por ser mais reservado, não tem tantos contatos no Facebook. Ainda é possível que ele promova o produto?

Sim! Através do Facebook Ads. O profissional precisou apenas fazer um anúncio atraente e investir tempo e disposição e pronto! Os filtros utilizados pela plataforma levaram seu anúncio até o público-alvo, resultando em 3 vendas por dia.

Em um mês, o empreendedor digital conseguiu faturar R$4.500,00 sem precisar sair de casa. Vai dizer que isso não é uma tremenda oportunidade para quem busca como trabalhar em casa? E se ainda  fosse possível conseguir esses mesmos resultados trabalhando apenas 3 horas por dia?

Pois então vamos deixar de lado o “e se” porque é possível sim! Se você também quer saber como conquistar os resultados de um dia inteiro de trabalho em apenas 3 horas, não deixe de se inscrever gratuitamente na aula online “O Dia de 3 Horas” e comece hoje mesmo a mudança que vai te levar para a liberdade financeira, móvel e de tempo.

Se inscreva aqui embaixo e boa empreitada!