Você já se perguntou de onde vem o medo de errar? Ainda que muitas pessoas acreditem que não tenham medo de nada ou que não sejam paralisadas por ele, sinto dizer que se você ainda não tem a vida que deseja, se seus resultados não aparecem, algum medo está lhe paralisando.

O fato é que um dos maiores receios que as pessoas possuem é o medo de fracassar, o medo de errar de novo, pois fomos treinados na escola que errar é ruim e que devemos acertar sempre e sempre.

Mas, eu devo adiantar que um dos motivos que todo mundo tem medo de errar é porque conta com feridas emocionais das quais os seus sabotadores estão tentando lhe protegendo. Ou seja sua procrastinação, medo, pensamentos negativos e crenças limitantes são maneiras que seus sabotadores encontram para não deixar você agir e prosperar.

Então, se você quer lidar com seu medo de errar, saber por onde começar, melhorar sua confiança, sua procrastinação e pensamentos negativos você tem que equilibrar sua mente. Sua ação deve gerar para o sua mente emocional mais emoções positivas que emoções negativas. Caso contrário você paralisa. Como acabar com esse ciclo destrutivo?

Os sabotadores

Como citado anteriormente, os sabotadores estão focados em não te deixar prosperar. Porque eles evitam que você se arrisque e cutuque algumas dessas feridas e sofra muito. Para evitar isso, eles sabotam os seus planos, frustram as suas ideias e te mantem estagnados na vida.

Sendo assim, cada pessoa responde as suas feridas de uma maneira, cada um responde ao ambiente de acordo com os padrões que foram colocados na sua mente no seu passado. E o que acontece? A gente não consegue fazer o que precisa para progredir.

Como Lidar com o MEDO de ERRAR (Atualmente)

Para maioria das pessoas, o problema é sempre o mesmo. Muitas pessoas não possuem resiliência, mas não porque são fracas ou qualquer coisa do tipo. É só que esses indivíduos estão muito machucados e não conseguem se desvencilhar facilmente dessas amarras.

Vale lembrar que essas cicatrizes não são racionais e a gente precisa parar de achar que o mundo dos outros é igual ao nosso, afinal, todo mundo teve uma experiência de vida diferencia. Por isso, o medo de errar ou da rejeição tem pesos diferentes de uma pessoa para a outra.

O medo de errar

E o que acontece? O medo de errar nos trava. A autosabotagem é muito forte, enquanto a bateria da nossa força de vontade é limitada. Por isso, a resiliência é necessária quando as coisas não está de acordo com o que você quer emocionalmente, com que você está programado para ser.

Se a gente tem técnicas para lidar com isso sem necessitar contar unicamente com a nossa força de vontade, esse processo de cura e evolução é muito mais poderoso.

Por isso, é indispensável descobrir quando ocorreu esse primeiro momento de dor, ou seja, quando a ferida foi aberta. Já que quem não trata suas feridas, não vence os seus medos.

As histórias que você conta para si mesmo é que travam a sua vida. Entenda que há muita informação interpretação de forma errada na sua mente, rodando no piloto automático fazendo com que a você tome decisões contrárias ao que a realmente deseja.

Como não se culpar?

O primeiro passo é se convencer é que tudo foi perfeito do jeito que foi, ou seja, você fez da melhor maneira que podia com a informação que tinha na época.  

Por isso, você não deve sofrer agora com as decisões que não tinha como fazer diferente. Esse é o grande ponto de virada. Simplesmente, a sua mente já não é mais a mesma! Sendo assim, a gente precisa aprender com o passado, mas se lamentar por ele e seguir adiante.

Além disso, todas as pessoas procrastinam em alguma área da sua vida. O ato de procrastinar é ter que fazer algo que não está alinhado com o que eu quero racionalmente. Porque se você não sabe por onde começar, é porque não sabe para onde quer ir.

Então, qualquer caminho serve, não é? A partir daí, eu não nunca sei pra onde ir, me sinto perdido e frustrado. Sendo assim, eu jamais vivo o presente e estou sempre em busca do pote de ouro no final do arco-íris.

Basicamente, você precisa desapegar desse sentimento que não é merecedor do sucesso, algo que alimenta a sua crença de escassez e o medo de fracassar em todos os aspectos da sua vida.

Isso não é verdade! Foque-se nisso, você é capaz e merece ser feliz! O ideal é encontrar o momento dessa primeira dor e resinificar esse momento visando se livrar dessa crença limitante e o medo de errar.

Afinal, errar não é o fim do caminho, mas apenas uma parte dele! Vá em frente! Sempre que tiver alguma dúvida, basta rever o vídeo e combater essas aflições!