Você já precisou escrever um artigo, criar uma logomarca, ou montar uma arte para um cliente, e se pegou sem ideias do que fazer? Para te ajudar vamos te mostrar 4 passos para você descobrir como ser mais criativo.

Criatividade é a inteligência se divertindo“. Talvez você já tenha ouvido essa conhecida frase, dita pelo cientista Albert Einstein.

Caso sinta que falta criatividade em você, não vá pensando que é por problema de falta de inteligência! Pode ser um problema decorrente de tudo o que sempre nos cercou ao longo da vida, e você vai entender o porquê.

A criatividade move o mundo. Todas as tecnologias, obras de arte, entre outras invenções são engrenadas pelas mentes criativas.

Criatividade move as pessoas para novas descobertas e novas criações, através de reflexões e questionamentos. Se não fosse a criatividade do ser humano aliás, nós ainda estaríamos vivendo como nos tempos mais primórdios.

Criatividade é fundamental nos dias de hoje

Por ser tão fundamental e por tudo o que já realizamos em fruto de criatividade, ela se tornou inclusive um pré requisito muito importante na hora de conquistar um bom emprego, por exemplo.

Hoje em dia ter um diploma não é mais garantia de nada, e habilidades extras como inglês e pacote office passou a não ser mais considerado extra, e sim uma obrigação de quem quer ingressar no mercado de trabalho.

Diferente do que muitos podem imaginar, Steve Jobs não era bom em tecnologias. Mas a sua criatividade o fez ser a cara de uma das maiores empresas tecnológicas do mundo!

A criatividade hoje em dia não é apenas exigida para profissionais que vão trabalhar diretamente com criação, como arquitetos, mas também para vagas de trabalho em diversas áreas como programador, vendedor, professor, etc. O problema é: muitas pessoas não se sentem criativas.

De onde vem essa falta de criatividade?

Infelizmente vivemos em um sistema de educação em que os alunos não são ensinados a pensarem fora da caixa, irem além, não aprendem como ser mais criativo.

Eles devem seguir o cronograma e tirarem nota média em todas as disciplinas para passarem de ano, e isso não estimula as suas melhores habilidades naturais.

Dificilmente os alunos são incentivados a criarem soluções, a exercitarem sua criatividade na arte, até mesmo as redações costumam ter um tema fechado, muitas vezes difícil, e com várias regras na hora de desenvolver, o que prejudica a mente a se soltar completamente.

É muito importante incentivar a criatividade das pessoas desde a infância. Assim elas já crescerão sabendo como ser mais criativo.

Veja bem: não é que não seja importante para a vida aprender as disciplinas escolares e regras de redação, mas por que deveria ser apenas isso?

Muitas vezes nem mesmo os pais ajudam na criatividade das crianças, podando qualquer atividade que a criança faça fora do comum, seja por falta de tempo ou de paciência.

Hoje em dia até mesmo as brincadeiras que mostram como ser mais criativo estão diminuindo, e as crianças cada vez mais vidradas em jogos digitais.

Mas então, como ser mais criativo nesse cenário?

Não basta só decidir ser mais criativo, de uma hora pra outra. É preciso um exercício frequente, observação, treinamento. E não vai funcionar perfeitamente do nada, vai se aperfeiçoando aos poucos.

Algumas pessoas são naturalmente criativas, mas se forem podadas a vida inteira, podem perder a facilidade e precisarem exercitar isso de alguma maneira.

Ser criativo implica também em por em prática a sua criatividade, pois de nada adianta não tirar as suas ideias do papel. Você talvez já deve ter se pego pensando, diante de alguma criação: “eu já pensei nisso antes“. Pois é.

Confira algumas dicas simples, mas muito importantes, para que você possa treinar como ser mais criativo todos os dias.

1 – Consuma entretenimento sempre!

Para manter o seu cérebro e a sua criatividade em perfeito funcionamento, você deve consumir muito entretenimento, de preferência de qualidade.

Não significa que você não possa mais consumir todo tipo de entretenimento que prefere, mas se deseja exercitar como ser mais criativo, precisa incluir entre os seus filmes, livros e músicas coisas que te façam pensar.

Você pode passar a assistir mais programas jornalísticos, séries, filmes que envolvam suspense e mistério, além de livros em geral.

Assistir filmes, séries, vídeos e ler livros, vão te ajudar a desenvolver a criatividade, além de dar ideias para você aplicar no seu dia a dia.

É claro que você não precisa abrir mão de uma boa comédia pastelão ou de um livro água com açúcar só para relaxar o cérebro, mas não fique só nisso.

Mesmo que consuma entretenimento de qualidade, sempre varie, pois senão os seus pensamentos vão cair na mesmice. Lembre: pense fora da caixa!

Entretenimento sempre é lazer, então exercite a sua criatividade se divertindo.

Antes de seguir para os próximos tópicos, veja também outros conteúdos que também preparamos para você:

1 – Descubra como elevar a criatividade no trabalho

2 – Descubra como elevar o seu desenvolvimento pessoal

3 –Descubra a importância da inteligência emocional

2 – Observe e brinque com as crianças

Se você tiver filhos, sobrinhos, ou qualquer criança próxima de você na sua família, reserve um tempo considerável para brincar com elas todos os dias.

As crianças ainda não possuem filtros sociais, não tem medo de ser criativas, então observando as mais simples brincadeiras delas, você vai ver a criatividade em ação.

Brincar com crianças pode te ajudar a desenvolver sua criatividade, pois você vai explorar novas ideias que vem das mentes livres dos pequenos.

Se deixe levar e entre na brincadeira, tenha ideias junto com as crianças e se divirta. É incrível como recuperamos um pouco dessa criatividade genuína quando estamos em meio a elas, quase uma aula de criação.

3 – Seja curioso sobre tudo

A criatividade é quase sempre um fruto da curiosidade. Quando nos tornamos observadores, questionadores, a nossa mente automaticamente passa a produzir ideias a respeito do que estamos observando e pensando.

Passe a observar com curiosidade tudo ao seu redor, principalmente as pessoas. Sempre estamos envolvidos em dilemas da vida pessoal, e geralmente temos mais facilidade em aconselhar os nossos amigos a solucionar situações, justamente por estarmos vendo tudo de fora da situação.

Essa é uma boa oportunidade de exercitar como ser mais criativo, afinal, você está pensando a respeito da situação para encontrar uma solução para ela.

Passe a ter mais interesse por tudo o que te cerca, as pessoas, seus problemas, o que elas estão assistindo de novo, o livro que estão lendo.

Quanto mais conhecedores do nosso ambiente nós somos, mais sabemos o que criar para ele.

4 – Pense em soluções para coisas que te incomodam

Parar de reclamar de coisas que incomodam é um exercício diário e nada fácil. Substituir a reclamação por solução pode ser muito enriquecedor, seja para a qualidade de vida no geral como para a criatividade.

Pense bem em quantas criações devem ter surgido de pequenos ou grandes incômodos. O cadarço de amarrar o sapato, por exemplo. O secador de cabelos. Pense em formas para solucionar coisas irritantes do dia a dia, ou para facilitar a sua vida, que seja.

Exercite sua criatividade, não se acomode, mantenha sua mente pensante. Assim você vai entender cada vez mais como ser mais criativo!

Ainda que sejam ideias mirabolantes, ainda que você não vá por em prática, é um exercício divertido e estimulante de como ser mais criativo. Por exemplo, um chiclete que escove os dentes, uma roupa que se passe sozinha, e assim por diante.

Quando você se abrir para ela, vai ver a criatividade surgindo naturalmente, porque na verdade ela sempre esteve aí.

Embora algumas pessoas sejam naturalmente criativas, a criatividade não é um privilégio de poucos, então não espere para por a sua em prática agora que você sabe algumas maneiras de como ser mais criativo.

Quer mais dicas de como ser mais criativo? Não deixe de seguir as nossas redes sociais!