Quando você pensa em viajar, quais são os fatores que você leva em consideração? O povo, sua história, seus costumes, a língua, as cidades, os recursos naturais, o clima.

Tantos são os fatores que definem nosso próximo roteiro, que hoje quero te levar a conhecer lugares desafiadores pelas suas temperaturas, quero te apresentar os lugares mais frios do mundo.

Que tal conhecer o lugar mais frio do Brasil?

Viajar o mundo e descobrir novas paisagens, abrir sua mente e proporcionar ao seu corpo novas sensações. Um ser humano livre com um freesider tem todas essas possibilidades a sua disposição e o planeta é sua casa.

Por que ir aos lugares mais frios do mundo?

Vivenciar a experiência de frio extremo, realmente não é muito fácil.

O corpo humano não possui mecanismos naturais para se proteger do frio, usamos métodos artificiais como aquecedores e casacos, porém são apenas paliativos.

Lugares mais frios do mundo

Mas se você conseguir suportar o frio e entender os prazeres que ele pode proporcionar terá a oportunidade de conhecer lugares quase inóspitos, mas com belezas surreais. Fenômenos naturais incríveis e ter a neve e toda a diversão que ela pode proporcionar.

Além, claro, da sempre constante companhia de uma boa lareira para esquentar o corpo e deixar a mente espairecer.

Quais são os lugares mais frios do mundo para viajar

Agora você vai conhecer uma listagem incrível de 9 lugares mais frios do mundo, e poder se imaginar tendo a possibilidade de se deleitar em banquetes fartos, regados a comidas calóricas, pois você precisa se manter aquecido internamente e regado a bons vinhos e marcantes uísques.

9º Islândia

A Islândia é um país onde você poderá conhecer as cachoeira Gullfoss ou a região do grande Geysir e a bela costa sul da Islândia.

A Islândia é um país onde você poderá conhecer as cachoeira Gullfoss

Viver a fantástica experiência que envolve a aurora boreal e desfrute de muitas atividades culturais, museus, restaurantes finos e bares na capital Reykjavík.

A Islândia possui áreas de extremo frio, com gelo para todos os cantos. Pelas regiões inferiores a temperatura não ultrapassar para cima de 0° C. Já nas regiões superiores a temperatura é habitual é menos 10° C, chegando a quedas de até 40° C.

8º Mongólia

A temperatura na Mongólia nunca passa de 0° C no inverno, mas podendo chegar a menos 20°C em janeiro e fevereiro.

A temperatura na Mongólia nunca passa de 0° C no inverno

Água congelada e precipitações perigosas sempre são sinais de alerta para locais como esse. Mas esse clima permite uma visão maravilhosa da paisagem, principalmente em um passeio pelo Altai Tavan Bogd National Park em Olgiy.

7º Cazaquistão

Região de verão quente, Cazaquistão muda completamente seu clima com a chegada do inverno, chegando a possuir áreas de frio intenso, tornando a vida nesse local muito difícil. Uma dessas cidades é Astana, sempre atingida por chuvas fortes e irregulares.

Região de verão quente, Cazaquistão muda completamente seu clima com a chegada do inverno

O frio é tão intenso, que se não tomar os devidos cuidados ao sair de casa, poderá perder um dedo por causa da intensidade do frio.

Se você tiver coragem e tomar os devidos cuidados, será recompensado pelas belezas de uma cidade que acabou de ser construída, com belezas arquitetônicas como o boulevard e a torre Bayterek ou a Pirâmide da Paz e a Opera House que fica no subsolo.

Além de explorar as peculiaridades da culinária local como a carne de cavalo, produtos feitos de leite de égua, como Kumyz, uma bebida ou o shubat, um iogurte feito de leite de camela.

6º Canadá

O Canadá possui regiões com temperaturas diferentes. O frio é sempre presente nas províncias Prairie, com variações que vão de menos 15° até menos 39° C, isso do dia para noite.

O Canadá possui regiões com temperaturas diferentes.

Sei que o convite não é dos mais adequados, mas como nesse artigo, quem está no frio é para congelar, o passeio pelas pradarias de Manitoba, Saskatchewan e Alberta é a principal atração nessa região.

São quilômetros e mais quilômetros de vegetação rasteira, sem cercas ou qualquer divisa, muito menos prédios ou paredes, até se deparar com um paredão de Montanhas Rochosas. Simplesmente exuberante.

Ei! Cansado de tanto frio? Quer conhecer alguns outros destinos bem quentes? Então se liga nessas dicas aqui…

1 – Descubra agora os melhores destinos da Colômbia para viajar em 2017

2 – Quer ir para Austrália? Tudo o que você precisa saber bem aqui

3 – Descubra como fazer um inesquecível mochilão pela África do Sul

5º Rússia

Na Rússia pelo ano inteiro são comuns os ventos, estes decorrentes da temperatura média registrar números muito baixos. No mês de janeiro, o mínimo pode alcançar em torno de menos 27° C e a máxima em temperatura, a menos 8° C.

Na Rússia pelo ano inteiro são comuns os ventos, estes decorrentes da temperatura média registrar números muito baixos.

Fica na Rússia o lugares mais frios do mundo, sendo esse também o lugar mais frio do mundo habitado, a cidade Oymyakon.

Para ter uma ideia, em fevereiro de 1933, a temperatura chegou a -67.7°C, o atual recorde de frio.

Oymyakon também é uma cidade de belezas naturais únicas como montanhas de cume nevado, vales, rios que não congelam.

Possui uma vida selvagem habitada por aves de grande porte, ursos, leões-marinhos e alces, além de um povo pacato e de vida peculiar.

4º Finlândia

Finlândia está entre os países mais frios da Europa. Ele fica coberto de neve por quatro meses, com temperaturas em volta de menos 20 graus. A região mais gelada é a Lapônia, terra oficial do Papai Noel e que chega a menos 50° C no inverno.

Finlândia está entre os países mais frios da Europa.

Mas é também um local excelente para fazer passeios na floresta em trenós puxados por huskys, sendo possível acampar na natureza selvagem e ter contato com o povo Sami.

A viagem à Lapônia inclui também uma culinária típica como o suovas, que leva carne de rena salgada e defumada e serve de base para muitos pratos da culinária local.

Outro prato que não você não pode deixar de experimentar é o pilepalt, grandes nhoques de batata, feitos com farinha de trigo e pancetta e servidos com manteiga derretida e marmelada de mirtilos vermelhos.

3º Estônia

Entre os países que mais nevam no mundo, temos a Estônia. Com destaque para sua capital, Talim, com um visual medieval de conto de fadas e que desperta encantos para todos os lados.

Entre os países que mais nevam no mundo, temos a Estônia

Ruelas, grandes pátios e caminhos sombrios, ficam ainda mais mágicos quando cobertos por neve. As temperaturas não são extremas, sua mínima se mantém por voltar de 5°C, mas há quedas bruscas que chegam a menos 30°.

2º Estados Unidos da América

Esse país, na região do Alasca tem destaque pela temperatura baixíssima, com mínimo de 62° C.

Na região do Alasca tem destaque pela temperatura baixíssima

Como agravante, ventos fortes fazem parte do clima e que podem apresentar perigo em qualquer época do ano.

Grande destaque para quem gosta de aventuras em montanhas é o Monte Mc Kinley, é o pico mais alto da região norte-americana, e é considerada uma das montanhas mais frias do planeta todo.

1º Antártida

A Antártida detém o título de lugar mais frio do mundo com mínimas que chegam a  -89,2° C, além do clima muito seco e ainda precipitação que pode até mesmo matar.

A Antártida detém o título de lugar mais frio do mundo com mínimas que chegam a -89,2° C

Temperaturas extremas, isolamento físico, clima sempre inconstante e antagônico e uma vida selvagem impar e exuberante fazem dessa região um convite a conhecer os limites do mundo para um ser humano.

E isso que faz de uma viagem aos lugares mais frios do mundo fascinante, a possibilidade de você ir além dos limites do seu corpo e quem sabe se conhecer ainda mais.

Dica de Viajante!

Se você achou esses lugares muito frios, mas deseja curtir um clima mais gelado ou não pode ir para tão longe por agora, que tal conhecer o lugar mais frio do Brasil?

Apesar de ser um país tropical, na cidade de Urupema em Santa Catarina o inverno pode ser rigoroso, com registro de geadas médias e fortes, neve e sincelo.

Na cidade já foi registrado temperaturas de menos 8.8°C e sensações térmicas que se aproximam de -20 a -30°C no Morro das Torres em 2011.