Recentemente, o governo do Canadá anunciou que a partir de maio de 2017, os brasileiros não vão mais necessitar de visto para entradas temporárias a turismo ou a trabalho. E essa alteração pode ser importante para quem está a fim de fazer um intercâmbio no Canadá ou apenas pretende conhecer o país.

Essa facilidade passará a valer para quem já tenha visitado o país na última década ou conte com visto válido de não imigrante para os Estados Unidos da América.

Veja neste conteúdo algumas dicas e sacadas para que você possa fazer seu intercâmbio no Canadá.

As pessoas que se encaixam nessas situações precisarão somente pedir uma liberação de viagem, a Autorização Eletrônica de Viagem.

O objetivo desta medida é fazer com que a viagem para Canadá para brasileiros seja mais simples e acessível para lazer ou trabalho. Vale lembrar que as pessoas que não se enquadram nestas condições terão ainda que solicitar o visto para entrar no Canadá.

Atualmente, o visto para brasileiros tem o valor de 100 dólares canadenses, cerca de 300 reais, e mais 30 dólares canadenses (aproximadamente 90 reais) de imposto.

Intercâmbio no Canadá: como funciona?

O Canadá para brasileiros é um dos principais destinos para a experiência de um intercâmbio. Entre os motivos que explicam essa escolha aparecem a hospitalidade, os valores acessíveis (comparados com outros países), segurança, qualidade da educação e praticidade para conseguir o visto.

Intercâmbio no Canadá pode abrir portas no seu futuro profissional

Só que antes de embarcar para um intercâmbio no Canadá de seis meses é preciso saber mais algumas informações sobre a imigração, os vistos, os preços e os possíveis destinos.

1 – Visto de turista

Como citado anteriormente, é preciso ficar atento às novas mudanças na retirada de vistos para brasileiros. Por isso, se você tem a intenção de fazer um intercâmbio no Canadá por seis meses e não vai trabalhar, não precisa nem mesmo de um visto de estudo, basta o visto de turista.

2 – Visto de estudante

Mas, se a sua ideia é fazer um intercâmbio no Canadá de trabalho somente no campus da universidade ou da escola de idiomas, realizar um estágio ou permanecer por mais de um semestre vai ter que arranjar um visto de estudante.

3 – Visto de trabalho

Desde 2014 entraram em vigor novas regras sobre os estudantes estrangeiros. Uma medida possibilita que o governo peça a saída de qualquer estudante que esteja no Canadá que não demonstre nenhuma evolução em seus estudos.

No entanto, essas regras deixaram mais flexíveis o trabalho fora do campus da faculdade ou escola de idioma. Quem está matriculado em unidades reconhecidas pelo governo durante seu intercâmbio no Canadá, a trabalho, tem autorização para jornada de até 20 horas sem visto de trabalho.

Intercâmbio grátis no Canadá

Você pode pesquisar sobre intercâmbio no Canadá com preços diferenciados. Mas, você tem a possibilidade de ingressar em um programa governamental, como o Ciência Sem Fronteiras.

Intercâmbio no Canadá pode ser determinante para seu futuro

Frequentemente, instituições públicas e até mesmo privadas possibilitam que alunos de destaque possam fazer intercâmbio grátis no Canadá.

Só que é preciso ficar atento para cumprir alguns requisitos específicos. Por exemplo: quem pretende ficar mais de seis meses no país devem realizar um exame médico obrigatório.

Agora, veja outros destinos incríveis para se fazer um intercâmbio:

1 – Descubra qual a importância de um intercâmbio profissional

2 – Intercâmbio na Nova Zelândia: tudo o que você precisa saber

3 – Intercâmbio no Japão em 2017: Coisas que você precisa saber

Intercâmbio no Canadá e os destinos

Agora, já que sabe os meios para fazer seu intercâmbio no Canadá, veja alguns bons destinos deste país fabuloso:

1 – Ottawa

Ottawa é a capital do Canadá e pode impressionar pelas edificações antigas em contraste à arquitetura bastante moderna. Nesta cidade, você sempre terá o que fazer depois de suas aulas. Existem diversas atrações turísticas: parques, galerias de arte, o Parlamento, cinco museus e o incrível Palácio Laurier.

Se você tem intenção de absorver a cultura local, precisa passar ou residir em Ottawa para compreender totalmente as tradições e o estilo de vida dos canadenses.

2 – Montreal

Canadá e os seus destinos variados. Montreal é uma das cidades que mais recebe pessoas que optam por fazer intercâmbio, uma vez que se trata de um dos mais importantes polos industriais, comerciais e culturais do continente.

Montreal é um excelente destino para intercâmbio no Canadá

Mas, um detalhe importante sobre o intercâmbio no Canadá e como funciona: 53% dos habitantes de Montreal são fluentes em inglês e francês. Portanto, essa pode ser uma experiência ainda mais enriquecedora.

É importante destacar que a cidade conta com uma das mais educadas populações do mundo, sendo que há a mais alta aglomeração de universitários. Isso significa que se o objetivo é aprender, você está no lugar certo.

3 – Toronto

Você também pode fazer a sua passagem por Toronto, uma das metrópoles mais sofisticadas e incríveis do planeta. Mas, prepare-se para o inverno local e as quedas bruscas de temperatura.

 

Mesmo no verão, quando a temperatura pode chegar aos 35 graus, ela pode sofrer quedas significativas e inesperadas.

Por isso, não deixe de fazer a sua mala com meias de lã, casacos, blusas, jaquetas e sapatos bem quentes para dar conta das baixas temperaturas. E o mesmo pode acontecer se caso quiser ir à Alemanha.

4 – Quebec

Outro detalhe interessante do Canadá é que cada região possui características bastante próprias e diferenciadas. Quebec, onde majoritariamente se fala francês, tem um estilo bem mais europeu se comparado ao restante do país, mas não deixa de ser uma excelente opção de estadia.

E essa alternativa pode ser ainda mais viável se você deseja aprender ou mesmo aperfeiçoar o seu francês, sem necessariamente se deslocar até o Velho Continente.

5 – Newfoundland

Newfoundland é uma região situada ao leste do país e que também conta com um estilo muito particular. Existe uma semelhança muito grande com a Europa, só que se parece muito mais com a Irlanda ou com a Escócia.

Essa pode ser uma experiência distinta se você deseja fazer o seu intercâmbio nesta província, que fica muito perto do mar e tem a pesca como um dos seus pilares econômicos.

6 – British Columbia

Mas, se a sua passagem precisa ser em um estilo alternativo e fora do comum deve ser na província de British Columbia. Esta é uma das regiões menos convencionais e que conta com uma reputação bastante moderna e progressiva.

A região pode ser um excelente local para intercâmbio no Canadá

Fica evidente que o intercâmbio no Canadá de seis meses ou mais pode ser uma experiência única e enriquecedora. Muito mais do que aprender um idioma ou realizar um curso especifico, a chance de morar em outro país pode acrescentar muito para a sua carreira e mudar sua forma de encarar o mundo.