Com o estresse do dia a dia, a nossa maior vontade é de largar tudo e partir, não é mesmo? Muitos desejam, mas são pouquíssimos os corajosos que fazem isso.

E se você os perguntasse se eles se arrependeram da decisão,  nenhum deles, com certeza, responderia que sim. No entanto, uma coisa é certa: todos eles devem ter ficado receosos e com medo do “e se”: “e se tudo der errado?”, “e se eu não fizer amizades?”, “e se eu me machucar?”, “e se acabar o dinheiro?” e se, e se…

 

Saber quais os lugares para ser feliz e que são ideais para faz toda a diferença na hora de se arriscar mundo afora

A questão é que somos tomados pelo grande medo do fracasso que nos impede fazer o que nós gostaríamos de estar fazendo.

Passamos o nosso tempo vivendo a vida que as pessoas querem para nós – e ai de nós se nos questionarmos o quão certo isso está e ir de contramão às expectativas. Por isso, o medo de largar tudo, quase sempre, abafa a nossa vontade de ser feliz. E o que acontece? Ficamos amargurados e frustrados pela vida que estamos levando.

Se você se encontra nessa situação, saiba que algumas precauções podem te ajudar a tomar ainda mais coragem de se arriscar mundo afora. Uma delas, por exemplo, é a escolha do seu destino.

Saber quais os lugares para ser feliz e que são ideais para você vai fazer toda a diferença no sucesso desse projeto. Pensando nisso, listamos 5 países, bem diferentes um do outro, para te ajudar a definir qual o seu lugar no mundo. Está curioso? Então, vamos nessa!

1 – Suíça

Eleita em 2017 como o melhor país do mundo pela revista americana US News and World Report,  em cooperação com a Universidade da Pensilvânia e a empresa de consultoria Y&R’s BAV Consulting, a Suíça é não poderia deixar de estar na nossa lista de lugares para ser feliz.

Eleita em 2017 como o melhor país do mundo, a Suíça é não poderia deixar de estar na nossa lista de lugares para ser feliz.

Apesar de não ser exatamente o primeiro destino da lista quando brasileiros vão para o exterior, seja para passear ou para morar, o país é muito mais que chocolate, neve, frio, alpes e relógios. Olha só quantas vantagens para você escolher a Suíça como um dos lugares para ser feliz:

  • O país está entre as 5 nações com mais acesso à educação. Ela é obrigatória e gratuita para todas as crianças do país desde os 6 ou 7 anos e que devem frequentá-la até os 16 anos de idade.
  • É o quarto país menos corrupto – o que é uma vantagem e tanto pra quem vive no Brasil, não é mesmo?
  • Com muitos metrôs, ônibus, bondes, trens e barcos que permitem ao cidadão se deslocar com facilidade, o transporte público funciona.
  • A segurança é quase perfeita e é possível andar pelas ruas sem preocupação de ser assaltado.
  • Segundo um relatório da Global Gender Gap de 2013, o país é um dos líderes mundiais em termos de igualdade.
  • A população tem consciência ambiental amigável. Menos de 1% do lixo doméstico acaba em um depósito de lixo, pois tudo se recicla!

2 – Canadá

Com um primeiro-ministro modelo de gestão e imagem, Canadá se tornou um dos melhores lugares para ser feliz. Graças ao Justin Trudeau, o país passou a receber os refugiados sírios de braços abertos, conta com um gabinete em que pelo menos 50% do primeiro escalão é composto por mulheres e tornou-se mais humanitário. Em tempos em que o mundo se torna cada vez mais intolerante, o Canadá se sobressai.

Em tempos em que o mundo se torna cada vez mais intolerante, o Canadá se sobressai como um dos melhores lugares para feliz.

Quer saber mais sobre o assunto qualidade de vida? Então, veja só algumas de nossas publicações:

3 – Japão

Do outro lado do mundo, temos um dos melhores lugares para ser feliz e viver, o Japão. Com uma cultura completamente diferente da nossa, esse país oriental oferece diversas vantagens que contribuem para a sua felicidade. Vamos ver quais?

  • Japão é referência de educação. Não é por menos: 99% da população de lá é alfabetizada.
  • O país é extremamente seguro, sendo raríssimos os casos de assalto e furto.
  • Mesmo sendo apenas um operário, você tem qualidade de vida no Japão. Comer em restaurantes, comprar roupas de marcas, trocar o seu iPhone todo ano… Enfim, tudo isso é bem possível no país porque as coisas por lá são baratas.
  • Não existe pobreza extrema no Japão. Você pode até ver mendigos pelas ruas, mas muitos estão lá justamente por vergonha de voltar para a sua casa por não ter obtido sucesso, seja na escola, no trabalho, na vida pessoal… Nesse caso, podemos listar isso como um ponto negativo no país, já que a cobrança é excessiva.
Graças à sua educação e segurança, o Japão está na nossa lista de lugares para ser feliz.

4 – Islândia

Já pensou em ir a um lugar completamente diferente do Brasil, mas que é considerado um dos melhores países para se viver? Pois bem, se sim, então nós te apresentamos a Islândia, a terra do gelo.

Apesar de ser uma gelada ilha nórdica, isolada no oceano Atlântico, a população da Islândia foi considerada a terceira mais feliz do mundo em 2017.

Além disso, sua taxa de alfabetização é de 99%, é um país ultra-feminista, sendo o primeiro a eleger uma mulher como presidente, e não há crimes por lá. Parece mentira frente a realidade brasileira, mas a polícia sequer carrega armas.

Há um presídio no centro de Reykjavík, a capital da Islândia, mas só possui lugar para 12 pessoas e está sempre vazio. Inacreditável, não é mesmo?

Claro que nem tudo são flores e, assim como em qualquer um dos lugares para ser feliz que listamos para você – e em tudo na vida, né? -, há algumas desvantagens. Dentre elas, o clima.

Na Islândia, nunca faz calor, nunca mesmo! Fora isso, o país é o quarto mais caro do mundo, mas os salários ocupam o 36° lugar na lista dos melhores, o que significa que a sua população não tem um poder aquisitivo bom.

5 – Brasil

Sim, meus queridos leitores, o Brasil está na nossa lista de lugares para ser feliz. Isso porque é aqui que você estaria mais perto da sua família e amigos quando a saudade apertar. E mais: o fato de não ter ido para o exterior em nada te impede de buscar sua felicidade.

É bem possível fazer isso acontecer – basta ter a maturidade de separar o joio do trigo; afinal, é mais fácil deixar-se levar quando você permanece dentro da sua zona de conforto, não é mesmo?

Um dos lugares para ser feliz em nossa lista, o Brasil tem a vantagem de você ficar mais próximo de sua família e amigos.

Enfim, o conselho que nós te damos é: caso ainda esteja muito receoso em se aventurar pelo mundão, que tal, então, começar pelo seu próprio país?

Faça que nem os turistas quando visitam o Brasil – passe a olhar para o seu território com esses olhos e se jogue de cabeça na diversidade gigantesca de paisagens, culturas e costumes que encontrará pela frente. E se permita porque a vida é sua e quem a vive é você e mais ninguém!