Um dos maiores desejos de um grande número de pessoas é conhecer um outro país. Em muitos casos, até mesmo trabalhar e morar nele, nem que seja por um período limitado de tempo. Fazer um intercâmbio na Argentina, na França, nos Estados Unidos ou qualquer outro lugar é sempre um objetivo atraente.

Há um número enorme de países extremamente interessantes para se fazer intercâmbio, cada qual com suas particularidades.

Eis aqui o Congresso da Nação Argentina, localizado em Buenos Aires

É particularmente interessante escolher um país, no nosso caso, que também esteja situado na América do Sul, pelo fato de termos uma série de elementos convergentes e em comum, como é o caso da Argentina.

Nossos hermanos possuem um longo histórico de trocas e relações conosco. O país, um dos mais desenvolvidos da América do Sul, é um dos principais polos atrativos da região.

Muitas razões levam as pessoas a escolherem a Argentina e iremos elencar dicas de como fazer intercâmbio na Argentina.

Por que fazer intercâmbio na Argentina?

A Argentina é um país fascinante, dotado de uma história bastante interessante e uma cultura muito rica. É com toda a certeza um dos países mais agitados e badalados da região e um dos mais procurados no universo do turismo.

Veja uma das mais variadas regiões da Argentina

Podemos citar uma série de razões pelas quais fazer um intercâmbio para estudar e trabalhar na Argentina pode ser incrivelmente interessante.

  1. 1. Intercâmbio na Argentina é barato

Em comparação com países europeus e com os Estados Unidos, um intercâmbio na Argentina costuma ser mais em conta.

Sua economia tem índices um pouco menores que os índices brasileiros, o que é vantajoso em termos de custo de vida, entre outras coisas.

  1. 2. Valorização do real

O real é bem valorizado em comparação com o peso argentino. 1 real equivale a aproximadamente 3,60 pesos. Isso tem um impacto direto nos valores do intercâmbio e, como dissemos acima, nos custos de se viver por lá.

Como fazer intercâmbio na Argentina?

Uma das maiores dúvidas é sempre saber como proceder para trabalhar e estudar na Argentina, o que é necessário providenciar, quais os documentos necessários, entre uma série de outros passos. Iremos dar algumas dicas de como fazer intercâmbio na Argentina, para auxiliar nesse processo.

  • Providencie toda a documentação necessária. A documentação requerida vai depender do tipo de intercâmbio que você deseja realizar. Um intercâmbio cujo objetivo é estudar requer alguns documentos diferentes do que para trabalhar, por exemplo.
  • Defina o que deseja para seu intercâmbio, se é trabalhar, estudar ou ambos. Cada uma dessas modalidades demanda uma série de procedimentos diferentes, pertinente ao respectivo tipo de vivência.
  • Determine qual o período que deseja realizar o intercâmbio, não só em termos de quantidade de semanas ou meses, mas também a época do ano em que pretende partir para o referido país. Isso é fundamental no momento de calcular os seus gastos.
  • A principal cidade procurada para o intercâmbio na Argentina é a capital Buenos Aires. Mas outras cidades como Tucuman, Córdoba, Mendoza e La Rioja, por exemplo, são bastante procuradas também.
Viajar para a Argentina é sensacional… Veja que lugar lindo!
    • Um bom planejamento é essencial. A Argentina passou por uma crise econômica recentemente e por isso muitos preços aumentaram. Planejar tudo com calma e cuidado permite uma viagem mais segura e tranquila, sem apertos.
    • É preciso fazer um seguro viagem e seguro saúde, para se preparar contra quaisquer eventualidades. Pesquise a melhor relação custo-benefício e não deixe de fazer esses seguros.
    • Sempre lembre que há taxas, seja de matrícula, embarque, entre outras. Leve isso em conta na hora de fazer os cálculos de gastos.
    • Para saber melhor quanto custa intercâmbio na Argentina, leve em consideração a época da viagem e que o valor da hospedagem oscila de acordo com a comodidade e conforto da mesma.

Repúblicas de estudantes costumam ter preços melhores que casas de família, por exemplo.

    Ei! Deixa a gente te mostrar outros destinos para você fazer o seu intercâmbio…
      • 1 –

8 motivos para fazer um intercâmbio na Irlanda

      • 2 –

Intercâmbio na Nova Zelândia: tudo o que você precisa saber

    • 3 –

Intercâmbio no Canadá: descubra tudo o que você precisa saber

Os motivos para se fazer intercâmbio na Argentina

Podemos elencar uma série de razões para se realizar um intercâmbio na Argentina. Iremos citar abaixo 6 razões fundamentais do porque a Argentina é uma excelente opção para quem quer morar no exterior.

  1. 1 – Idioma

Como é de conhecimento geral, a língua falada na Argentina é o Espanhol. Apesar das diferenças, ele possui muitas semelhanças com o Português, o que facilita bastante para quem tem pouco ou nenhum conhecimento da língua.

Mesmo para quem tem conhecimento da mesma, é possível treinar e aprimorar mais a fluência no idioma estando lá.

  1. 2 – Clima

O clima é muito agradável, com as estações do ano bem definidas. As temperaturas no verão são relativamente quentes e o inverno bem frio, chegando a nevar.

  1. 3 – A história e cultura

A história argentina é repleta de momentos tensos, críticos e muito intensos. A colonização exerceu grande influência, o que pode ser observado na cultura e também na arquitetura das construções e monumentos do país.

Eis um dos principais pontos da Argentina
  1. 3 – As delícias gastronômicas

A gastronomia do país é simplesmente tentadora. Buenos Aires, a capital, é considerada também a capital gastronômica do país, contendo práticos tipicos de todas as regiões. Chorizos, churrascos, alfajores, são apenas algumas das iguarias encontradas por lá.

  1. 4 – Transporte abundante e barato

O transporte na Argentina é bem barato e oferece diversas opções para quem mora ou passeia por lá. Trens, ônibus e metrô possuem diversos horários e os preços das passagens são bastante convidativos.

  1. 5 – Lazer e vida noturna

As opções de diversão e lazer, principalmente na capital argentina são inúmeras. Há opções de diversão para todos os bolsos e gostos. Há atrações interessantes durante o dia e a vida noturna é bastante agitada.

Dicas de intercâmbio na Argentina

Deixe para trocar boa parte de seu dinheiro pessoalmente por lá. É possível encontrar valores mais convidativos e com isso fazer o seu dinheiro render muito mais.

Priorizar estabelecimentos mais voltados para a população local e não para turistas ajuda a economizar.

Uma das dicas de intercâmbio na Argentina que podemos dar é planejar com cuidado e procurar uma boa agência, que dê algumas garantias e ofereça segurança.

Imprevistos acontecem a estar em um país estrangeiro desprevenido pode ser bem complicado.