Rate this post

Definitivamente, sair da zona de conforto não é fácil. A mudança é sinônimo de desconhecido, de recomeço e só de imaginar esses processos, muita gente fica de cabelos em pé. Mas até que ponto pode ser encarado como algo positivo não ter a intenção de promover mudanças na vida? É sobre isso que vamos falar hoje.

Certamente você já ouviu a ideia de que o crescimento pessoal só acontece depois que deixamos para trás situações e locais familiares. E essa máxima está perfeitamente correta. As maiores lições que se aprende na vida são oriundas de momentos que obrigam a pessoa a pensar e agir de maneiras novas, ou seja, quando você consegue sair da zona de conforto.

É claro que o medo é algo positivo, visto que nos previne de situações reais de riscos, mas nos casos em que não existirão nenhum tipo de violação à integridade física e/ou moral, o medo deve sim ser enfrentado. Não apenas para ele deixar de existir, mas também para que a pessoa prove para ela mesma que é capaz de encarar situações que até então eram desagradáveis.

Sair da zona de conforto é certamente a primeira atitude de toda pessoa que deseja fazer uma revolução na vida. Seja para perder o medo de altura, de algum animal ou até mesmo de começar o próprio negócio. Se perguntar para todo grande empreendedor como foi que conseguiram ingressar neste mundo, a resposta será: Consegui sair da zona de conforto.

Então toda maneira que encontrar de conseguir sair da zona de conforto através de conselhos e dicas que estão em todo lugar, vá em frente! Quando os resultados começarem a aparecer, certamente terá valido cada passo. Então vamos aprender de uma vez a sair da zona de conforto e se tornar o protagonista da própria vida.

Começando a sair da zona de conforto

O primeiro passo de toda mudança é a decisão. Então,se você está lendo esse artigo, certamente decidiu mudar algo na vida. E isso é muito bom, pois mostra a personalidade de uma pessoa que não aceita viver a mesma situação sempre, que não se conforma que tudo tenha que nos ser imposto e seguirmos sempre sem questionar.

É bem verdade que para muitos é mais confortável viver sem grandes mudanças, e isso não tem problema algum para aqueles que gostam de se manter em águas calmas. Mas essa mesma característica de vida para pessoas que querem mudanças, pode ser um grande tormento. Tudo vai depender da busca pessoal de cada um.

Começando a sair da zona de conforto 1
A decisão é o que vai te fazer seguir rumo a saída da sua zona de conforto.

Para pessoas que buscam sair da zona de conforto – sobretudo para aquelas que têm essa vontade de forma inconsciente – os sentimentos se tornam confusos e isso causa diversos problemas no cotidiano e até mesmo na relação com outras pessoas. Alguns dos sintomas que podem ser notados são:

  • Excesso de autocrítica
  • Desmotivação constante
  • Estresse
  • Ansiedade
  • Depressão
  • Dificuldade de desenvolver planos
  • Procrastinação de tarefas
  • Terceirização da culpa

Ainda sobre o estado inconsciente da insatisfação, ela pode estar ocorrendo agora mesmo com muitas pessoas que, por exemplo, não aguentam mais receber ordens, se manter dentro de horários, enfrentar o trânsito caótico dos grandes centros (…)

Certamente a vida que muita gente busca é aquela que permita a liberdade, o conforto e a possibilidade de tomar as próprias decisões no momento que bem desejar. Se este é o seu caso, certamente a busca é para sair da zona de conforto. Logo, segue mais abaixo quatro dicas simples e essenciais para mudar de vez a maneira de enxergar a vida.

Sair da zona de conforto – #1 Preocupe-se menos com a opinião alheia

É possível notar a preocupação das pessoas com isso em todo momento. O comentário “o que os outros vão pensar?” é repetido exaustivamente. Por esse motivo é que as pessoas ficam travadas, afinal, tudo sempre vai envolver outras pessoas. Como por exemplo, o medo enorme que as pessoas têm de falar em público.

Mas se mudarmos a perspectiva, é possível observar que esse é o medo da maioria das pessoas – maior até que o medo de morrer ou ficar doente, por exemplo – então é perfeitamente natural. As pessoas o enfrentam todos os dias, e se elas conseguem, todas conseguem. Isso vale para tudo o que envolve o medo de pensar o que a outra pessoa vai achar de você, ou que você está disposto a fazer.

Até porque, o que os outros pensam jamais vai orientar sua vida.

Sair da zona de conforto – #2 Encontre parceiros

Ninguém vive sozinho! Você pode até escolher não ter um relacionamento ou não ter filhos, mas ainda assim vivemos com pais, amigos ou animais de estimação. Fazer parcerias na vida é benéfico e estimula a enfrentar as lutas diárias.

amigos para me tirar da minha zona de conforto 2
Encontre verdadeiros amigos que te façam sair de sua zona de conforto.

Quando o assunto envolve o empreendedorismo, as parcerias podem ajudar a alçar novos voos. Busque estar acompanhado de pessoas do bem e que trabalham para o bem. Estude o negócio próprio que deseja investir e busque pessoas do segmento para coletar dicas.

Sair da zona de conforto – #3 Aceite e confie

Não sair da zona de conforto é se manter em um espaço previsível, porém com poucas chances de evolução. Sair da zona de conforto é se colocar em riscos maiores, mas com mais chances reais de conquistar novos horizontes.

No mundo empresarial, assumir riscos é a característica principal dos grandes empreendedores, no entanto existem opções, como os negócios digitais, sobretudo o mercado de afiliados, que não colocam a pessoa em grandes riscos, pois são investimentos relativamente baixos, com chances de grandes retornos.

Sair da zona de conforto – #4 Visualize o sucesso

O pensamento positivo tem uma força incrível e essa fonte de energia deve ser aproveitada ao máximo. Imagine os resultados esperados já acontecendo, imagine aquela viagem dos sonhos ou a casa própria já como conquistas certas.

Além, é claro, de que se manter negativo fará com que seja impossível encarar novas batalhas e o desânimo vai tomar conta. Manter-se positivo é motivador, e acreditar que vai dar certo vai fazer com que você levante da cama sempre disposto.

Por que sair da zona de conforto?

Sim, existem muitos motivos para sair da mesmice da vida, e agora vamos lembrar (afinal, já os conhecemos) cada um deles.

por que sair da zona de conforto 3
As coisas estão acontecendo fora de sua zona de conforto.

Descobrir potencialidades

Atitudes fora daquilo que nos é habitual é a melhor maneira de saber do que somos capazes.

“Não sabendo que era impossível, ele foi lá e fez” – Jean Cocteau

Cada ser humano conta com habilidades e dons, então nada mais justo do que se dar uma chance de descobrir quais são. Os resultados podem ser surpreendentes.

Flexibilidade

Sabe essa ideia “sou assim e não vou mudar”? Ao contrário do que muitos possam pensar, isso não é uma característica positiva. Não aceitar as mudanças com a desculpa de possuir um gênio forte só faz com que essa pessoa perca diversas oportunidades na vida. Não só de grandes aventuras como de excelentes negócios.

Se tornar mais adaptável é uma característica positiva encontrada nas grandes pessoas. Aceitar que a vida é cheia de mudanças e que é preciso se adaptar a elas, reduz consideravelmente o estresse. A mesma água fervente que amolece a batata, endurece o ovo. Não são as circunstâncias, mas a maneira como nos comportamos diante delas.

Maior autoconfiança

Sabe aquela sensação de dever cumprido que faz com que a pessoa durma bem a noite? Pois essa é a autoconfiança dizendo “olá”.

Saber que é capaz de resolver determinadas soluções nos traz bem-estar e nos faz perceber que tudo pode ser solucionado. Obviamente algumas coisas levam mais tempo que outras, mas é possível se resolver tudo.

Perceber que a única coisa que falta para uma mudança radical na vida é a tomada de decisão, vai aumentar a confiança. O ideal é começar com pequenas metas e gradativamente aumentá-las. A sensação é incrível.

Eliminar medos

Como foi dito mais acima, sentir medo é natural. Não tem nada de errado em temer algo. Mas a realidade é que muitos pavores nascem na inércia e transformam a vida em um ciclo. Algumas pessoas, por receio de tomar uma iniciativa, se mantém em uma situação desagradável e sentem desconforto de se manter nessa posição, gerando o amedrontamento do futuro.

Em muitos casos, tomar uma decisão já elimina boa parte dessas fobias, e os medos que permanecem, vão se dissipando na medida que novos avanços são conquistados. Dessa maneira, o ideal é não ter dúvida em dar o próximo passo. Quem sabe, esse passo pode ser ingressando no mercado digital?

Olha esse vídeo do Fagner, fundador do movimento freesider, que fala sobre como começar no mercado digital

Acredito que você tenha sido um bom incentivo com esse vídeo, não é verdade? Imagine então saber que é possível conquistar excelentes resultados trabalhando poucas horas por dia? Continua aqui que já falamos mais a respeito nos próximos tópicos

A vida proporcionará maiores emoções

Não acredite na ideia de que uma vida cheia de emoções é algo que só existe na dramaturgia ou cinema. Todas as pessoas podem viajar pelo mundo, ainda mais se investir em um negócio digital, que é uma opção que permite que a pessoa trabalhe em qualquer canto do mundo.

A mudança faz uma bagunça positiva no mundo emocional, quando bem trabalhada.

Aumento da criatividade e inteligência

Bloqueio criativo acontece na vida de todos, até mesmo das pessoas que trabalham exclusivamente com a criatividade. Porém, sair da zona de conforto expande os horizontes, e isso certamente estimula o cérebro. Manter-se na rotina traz poucos estímulos e exige pouco da capacidade intelectual de quem a vive.

Da mesma maneira, a criatividade deve ser praticada constantemente para crescer, como se fosse um exercício mesmo. A mudança na vida permite conhecer novas pessoas, locais e situações.

Se relacionar melhor com terceiros

Ainda no campo das características que precisam ser praticadas frequentemente para que se desenvolvam positivamente as capacidades intelectuais, está a convivência com as pessoas. Se manter na rotina, sempre com as mesmas pessoas e se afastando de todo o resto do mundo, vai fazer regredir as habilidades sociais.

Nascemos para nos comunicar e conhecer novas pessoas proporciona o conhecimento das novas ideias e nos ajuda a enxergar a vida por novas perspectivas. Só essa característica já faz valer a pena conhecer novas pessoas. Sair da zona de conforto é também abrir novas portas.

Independência

Sair da zona de conforto certamente vai trazer a tão sonhada independência móvel, financeira e de tempo, que é exatamente a proposta do movimento freesider, criado pelo empreendedor Fagner Borges. Imagina poder viajar pelo mundo sem abrir mão do trabalho, ter uma situação financeira estável e ainda poder desfrutar os momentos ao lado dos que você ama.

Parece um sonho, é verdade, mas é perfeitamente possível. Como foi citado agora mesmo, o Fagner Borges é um belo exemplo de pessoa que conseguiu sair da zona de conforto. Mesmo sendo um concursado, não aguentava mais a ideia de não ser o dono da própria vida, sempre trabalhando para gerar resultado para terceiros e não para ele mesmo.

Resolveu dar o seu primeiro passo em direção à liberdade e hoje é esse exemplo de sucesso, levando a todos que queiram aprender como conseguir também, um vasto material com todos os tipos de dicas e conselhos de quem já trilhou os caminhos pelos quais muitas pessoas vão começar ainda hoje.

Não sabe nem por onde começar? Calma que o Fagner também pode ajudar com isso, dá uma olhadinha nesse vídeo.

Gostou? Então aproveita e se inscreve lá no canal do Fagner no YouTube e acompanhe. Toda semana tem uma dica legal para ajudar a todos que querem começar hoje mesmo seu negócio digital. E para quem já se convenceu a começar a empreender na internet, ainda tenho mais um convite a fazer:

Já imaginou poder conquistar excelentes resultados trabalhando apenas 3 horas por dia? É isso mesmo. Se inscreva gratuitamente agora mesmo nessa aula online do Fagner “O Dia de 3 Horas” e aprenda a conquistar os resultados de um dia inteiro de trabalho investindo apenas três horinhas por dia.

Saia da zona de conforto e conquiste o mundo!