Passo a passo de como calcular hora extra em 2018
Vote neste post

Nos últimos meses, inúmeras mudanças no cotidiano do trabalhador brasileiro entraram em vigor em função da aprovação da Reforma Trabalhista, bem como da criação da Lei da Terceirização. Por acaso, você já procurou se informar a respeito e saber se houve alguma alteração na forma de como calcular hora extra, definição das férias, seguro-desemprego e outros direitos?

De maneira geral, vários trabalhadores acreditam que “quanto mais trabalho melhor”, especialmente, em um período extremamente turbulento no desenvolvimento nacional com mais de 12% da população sem um emprego formal. As informações são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Portanto, é comum pensar que se milhões estão sem serviço, trabalhar um pouco mais não fará mal. Entretanto, isso não é bem verdade, sobretudo, ao perceber que a tabela cálculo hora extra não é tão vantajosa assim para o brasileiro. Isto é, o aumento salarial nem é tão recompensador no fim do mês.

como calcular a hora extra no trabalho em 2018 1
Se você analisar, você perceberá que sua qualidade de vida é reduzida drasticamente.

Você já parou para fazer essas contas? Já teve acesso a alguma calculadora de horas extras online ou efetuou os cálculos horas extras Excel por conta própria? Caso você responda negativamente para todos esses questionamentos, está mais do que na hora de fazer essas contas de uma vez!

O que mudou nas horas extras com a Reforma Trabalhista?

De acordo com a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), a obrigatoriedade de como calcular hora extra com valores diferenciados de uma hora normal de trabalho serve como uma forma de valorizar o serviço além do experiente habitual. Por isso, o funcionário acaba recebendo a mais no seu salário.

Atualmente, o colaborador com carteira assinada precisa cumprir uma jornada de trabalho de 8 horas por dia, totalizando 44 horas por semana. Além disso, ele pode atuar por mais duas horas diariamente e até 10 horas semanais sem desrespeitar a legislação trabalhista. Exceção feita para algumas categorias.

Com as novas medidas, as companhias terão a possibilidade de contratar funcionários para efetuar uma jornada de até 12 horas. Contudo, neste contexto, é obrigatório que haja um espaçamento de 36 horas antes da volta do colaborador para o seu posto de trabalho.

Apesar desta alteração, a quantidade máxima de horas acumuladas semanalmente segue em 44 horas e por mês não deve ultrapassar 220. Isso continua imutável. Além disso, as regras não oportunizam que os trabalhadores indicados para expedientes de 8 horas ou menos atuem por 12 horas ao dia.

Caso tenha o interesse em aproveitar a nova medida, o empregador precisará realizar um acordo individual por escrito com o trabalhador, estabelecendo a sua carga horária em 12 horas com intervalo de 36 horas ou através de um acordo coletivo com o seu respectivo sindicato.

A partir daí a jornada de trabalho passará a ser de 12 / 36. É essencial lembrar que companhia não poderá, em circunstancia alguma, exigir que o trabalhador se divida em jornadas de 8 horas e/ou 12 horas. O seu expediente precisa adotar um dos dois sistemas.

A conversa entre o empregador e o empregado é um elemento fundamental para impedir conflitos, aumentando a segurança e estabilidade neste relacionamento. Caso isso não se cumpra, o funcionário poderá solicitar ajuda ao seu sindicato ou mesmo a Justiça do Trabalho.

Como calcular hora extra em 2018?

Agora que você sabe que o foi alterado no conceito de hora extra em 2018, está na hora de aprender a como calcular hora extra trabalhada, certo? Para chegar a este número exato, é fundamental efetuar algumas contas, como, por exemplo, chegar ao valor de sua hora de trabalho.

Inicialmente, você deve considerar o seu salário. Pense no exemplo de um profissional que recebe R$ 2640 por mês. O próximo passo é dividir pela quantia de horas trabalhadas no mês, ou seja, 220 horas. Você terá: 2640 / 220 = R$ 12 por cada hora de serviço.

Em cima dos R$ 12 por hora de trabalho, é preciso adicionar 50%. Sendo assim, se a sua hora é R$ 12, inserindo 50% se torna igual a R$ 18 com o adicional. E, como calcular hora extra noturna?

Caso você realize o seu trabalho a mais entre às 22 horas e 5 h da manhã no perímetro urbano, é seu direito receber 20% em cima do valor da hora extra diurna. E quando você faz a hora extra durante os fins de semana e feriados?

Afinal, você não precisa ficar até mais tarde nos dias habituais do serviço e pode ser chamado para dar conta de alguma tarefa aos sábados, domingos e feriados. Como calcular hora extra nesta situação não é muito diferente, a questão é que a remuneração será 100% do valor de sua hora.

Portanto, o valor recebido por este período de serviço será o dobrado do que ganha normalmente. Por exemplo, se o seu salário-hora é de R$ 7, trabalhando no fim de semana ou algum feriado, o valor de sua hora extra será duplicado, isto é, R$ 14.

Vale salientar ainda que a Reforma Trabalhista ainda agregou a chance de realização com um acordo diretamente com o patrão, sendo negociadas as horas extras em pagamento ou em folgas. O ideal é que a legislação seja cumprida totalmente para que ninguém se sinta prejudicado neste contexto.

Ficou com dúvida sobre a forma de cálculo da hora extra?

Como calcular hora extra no sistema de trabalho intermitente?

Se existe algum ponto das novas regras trabalhistas que ainda continua nebuloso para boa parte da população se refere a possibilidade de efetuação de contratos para colaboradores sem jornada fixa, o chamado trabalho intermitente.

Neste sistema, o pagamento é realizado conforme o período de trabalho, ou seja, por hora ou dia de trabalho, desde que não seja uma quantia menor ao salário mínimo.

É importante lembrar que o salário mínimo desde o dia 1º de janeiro é de R$ 954, gerando um valor diário de R$ 31,80. Deste modo, o funcionário contratado por hora não deve receber menos de R$ 4,34. A forma de como calcular hora extra intermitente segue a lógica apresentada anteriormente.

Além disso, as medidas são iguais às dos outros funcionários com relação ao expediente, conforme reportagem do portal de notícias, Uol. Depois de oito horas de serviço, ele terá o mesmo direito a recebimento de hora extra trabalhada.

Descubra alternativas de calculadora de horas online

O fato é que não existe mistério na hora de como calcular hora extra trabalhada no período noturno, nos sábados, nos domingos e nos feriados. Afinal, existem diversas ferramentas para agilizar essas contas e fazer com que o trabalhador esteja totalmente ciente de seus direitos.

Por exemplo, você sabia que pode ter uma tabela cálculo hora extra na palma de sua mão? Isso mesmo! Há diversos aplicativos gratuitos para celulares, tablets e outros dispositivos moveis que lhe auxiliam no momento de efetuar essas contas. Quer uma sugestão? Você pode fazer o download aqui

Caso você esteja em busca de uma maneira de cálculo horas extras Excel, sempre é possível iniciar uma planilha totalmente nova e fazer tudo por conta própria.

Ou você pode somente baixar todos os dados prontos e gratuitamente aqui. Esse documento foi desenvolvido pelo blog Conta Azul, portal especializado em assuntos contábeis e que oferece material a respeito das regras trabalhistas sem custos.

Vale a pena fazer hora extra com frequência?

Ao descobrir como calcular hora extra, a próxima pergunta a ser feita é: será que vale mesmo a pena fazer isso com frequência por alguns reais a mais? Com duas horas a mais de serviço ou ocupando o seu feriado, a remuneração deste tempo a mais de dedicação pode não compensar tanto assim.

Afinal, você poderá somar a essa hora extra trabalhada ao tempo gasto para ir e vir do serviço, a ausência diante de sua família, o desgaste físico e mental e a programação totalmente alterada do seu cotidiano. Dar conta de um projeto ou tarefa eventualmente é bem diferente de encarar horas extras quase todo dia.

Com o passar do tempo, esse acúmulo de horas tende a gerar uma sobrecarga imensa tanto física quanto mental. Basicamente, você vai passar o dia trabalhando e o seu tempo de folga se recuperando do serviço. E onde entra a possibilidade de atualização? Lazer? Convívio social? Atividade física?

como calcular hora extra no trabalho 2
Todo acúmulo de horas tende a gerar uma sobrecarga imensa tanto física quanto mental.

Aos poucos, a sua qualidade de vida é minada, bem como a sua motivação de ser cada vez mais produtivo no ambiente de trabalho. Quando há a exigência de fazer extra e não necessariamente um planejamento para elevar o seu rendimento, o funcionário se vê desanimado e sobrecarregado.

E, consequentemente, o dinheiro a mais que você ganha através de como calcular hora extra tende a ser destinado para zelar pela integridade física e mental com remédios, consultas e exames médicos. Você adentra a um ciclo vicioso e corre até o risco de destruir outros aspectos de sua vida.

Depressão no trabalho: como superar de uma vez por todas?

O que fazer para fugir deste ciclo vicioso?

Na verdade, há diversas maneiras de escapar deste ciclo vicioso e até elevar a qualidade de vida. Quando se aprende a como calcular hora extra, o conhecimento serve para assegurar os seus benefícios e a remuneração apropriada pelo comprometimento além de sua jornada de trabalho habitual.

Mas, você já pensou em usar o seu serviço como um trampolim para ter o seu próprio negócio? O fato é que isso pode acontecer se você tiver a orientação adequada. Afinal, ninguém aguenta trabalhar a vida inteira para o crescimento e enriquecimento de terceiro, não é mesmo?

Provavelmente, você deseja ficar mais tempo com os seus amigos, viajar com os seus filhos nas férias escolares, dormir até mais tarde um dia ou outro, fazer exercícios com regularidade, planejar a sua semana por conta própria e ter a liberdade de projetar os seus próximos passos sem interferência.

Agora você precisa respirar fundo e entender que este é o momento de agir. Sabia que é possível produzir, lucrar e se sustentar com poucas horas de trabalho por dia? Essas competências você vai desenvolver através do treinamento o Dia de 3 horas.

Quando eu preciso para começar a trabalhar no mercado digital?

Com esse material detalhado, você irá ficar por dentro de todas as vantagens do mercado digital e de como é possível tirar a sua renda da rede mundial de computadores. Com essa aula online, você vai compreender como trabalhar virtualmente de maneira segura, eficiente e sustentável.

Além disso, você descobrirá como utilizar essas 3 horas para aplicar o investimento no mercado digital e gerar renda suficiente para se sustentar e conceder um padrão de vida satisfatório aos seus entes queridos. Você está pronto para abraçar essa transformação? Então, basta clicar aqui e iniciar esse processo transformador!

Trabalhe apenas 3h por dia
Trabalhe apenas 3h por dia