Hoje em dia, há cerca de 20 milhões de empreendimentos no país. Quase 70% destes negócios são pequenos, aproximadamente 13,5 milhões de empresas, conforme as informações da consultoria Empresômetro. Portanto, as ideias de negócio são bem variadas, criativas e viáveis.

Com a falta de oportunidade no mercado de trabalho tradicional, muitos brasileiros estão optam por empreender. Ou seja, montar um negócio para chamar de seu. A prova disto é que a quantidade de empreendedores brasileiros triplicou de 2008 a 2017.

Isso significa que o número saltou de 14 milhões para 49,3 milhões, segundo a  pesquisa GEM/Sebrae. O segmento de serviços é uma das principais apostas para este ano. A expectativa é que obtenha um crescimento de até 6% na sua rentabilidade. Mas, as vendas online também devem ser incrementadas. A tendência do comércio eletrônico é subir 16% por ano e vender R$ 80 bilhões.

Essa melhora também deve passar pela área de tecnologia. Ao todo, o Brasil conta com 10 mil startups, especialmente, nos setores de finanças, agronegócio e educação. E a perspectiva é que sejam 15 mil companhia até dezembro, segundo a Associação Brasileira de Startups (Abstartups).

Outro ponto que merece destaque é a economia criativa. Esse ramo abrange o capital cultural, intelectual e o empreendedorismo visando fidelizar o público-alvo. Por isso, os negócios sustentáveis, espaços multiuso com restaurantes, galerias de arte devem chamar a atenção do grande público.

Bateu aquela vontade de colocar em prática algumas das suas ideias de negócio? Ou ainda você sempre quis se tornar o seu próprio patrão, só que não sabe como ter ideias de negócio online? Então, esse texto foi feito especialmente para você!

Afinal, você poderá conferir a seguir uma lista com 7 ideias de negócio para obter renda extra online. Vamos lá?

7 ideias de negócio comuns para ter renda extra em 2019

Ao que tudo indica, a economia nacional deve começar a se recuperar neste começo de ano. Depois de um período conturbado, o país tende a voltar a crescer e abrir oportunidades para novos negócios de todos os portes.

Sendo assim, você não quer tirar proveito disto e ampliar o orçamento doméstico? Confira sete ideias de negócio que podem ser executadas da sua residência e no seu tempo livre.

1 – Criar blog e ganhar dinheiro com afiliados

Atualmente, todo mundo com acesso a internet tem a possibilidade de escrever sobre algo nos blogs, fóruns ou redes sociais. Só que os blogs ainda permitem que você consiga rentabilizar em cima da exposição de alguns produtos.

Como assim? O Mercado de Afiliados é um dos que mais cresce no Brasil e deve continuar prosperando neste ano. Basicamente, esse é um sistema de compra e venda de produtos digitais (infoprodutos). Ou seja, você pode adquirir um curso online, ebook, palestra, vídeo-aulas, podcasts, seminário, etc.

Isso quer dizer que um produto que não é físico. Assim, os custos são drasticamente reduzidos quanto para quem compra quanto para o produtor. Isso porque o mesmo item pode ser comercializado centenas de vezes e não há gastos com a entrega.

Afinal, você pode receber qualquer conteúdo no seu email, WhatsApp ou qualquer outro canal de comunicação. E qual seria o papel do afiliado? Neste contexto, você seria o elo entre o produtor do material e o público-alvo.

De maneira geral, o afiliado é uma espécie de embaixador do material. Portanto, é possível utilizar o espaço de um blog para dar informações para a finalidade do infoproduto, dados sobre o método correto de utilização, validade, relatos de antigos consumidores e possíveis contraindicações.

Além disso, o afiliado não precisa se limitar ao blog. Dá para complementar com a integração da divulgação nas suas redes sociais e outras plataformas com grande exposição. E como se rentabiliza o trabalho de um afiliado?

Não tem mistério. O afiliado recebe uma comissão sempre que uma  venda é realizada a partir de um seu anúncio. A quantia varia de acordo com o infoproduto. Mas, você poderá conferir o valor da comissão antes de iniciar o trabalho de divulgação.

2 – Criar canal no Youtube

O Youtube é a principal plataforma de vídeos no planeta. Entre as ideias de negócio, basta ter um endereço de email ou se cadastrar para começar a produzir os seus vídeos. A sua criação de material é totalmente gratuita.

Portanto, você criar material de maneira simples, na sua casa, usando o que você tem a disposição. Uma câmera de vídeo, um microfone, um celular, um tripé ou qualquer dispositivo que tenha a opção de filmar com alguma qualidade na captura do som e imagem.

Outro detalhe é que você tampouco necessita se preocupar com um programa de edição. Isso porque a plataforma lhe oferece um espaço para fazer a edição do conteúdo online, oportunizando cortes, efeitos, trilha sonora e legendas.

Você não precisa esperar para ter equipamentos de última geração para iniciar a sua trajetória como Youtuber. Apesar destas possibilidades econômicas, o ideal é que você tenha alguma estrutura para que seu conteúdo seja minimamente disseminado.

No entanto, tudo depende da sua proposta de material. Isso se sucede porque há youtubers que se aproveitam das características amadoras para criar vídeos de humor, pegadinhas, piadas, etc.

Caso você tenha o interesse em espalhar conteúdo sério e quer chamar a atenção pela excelência, é indispensável ter infraestrutura compatível. Outro requisito é saber se expressar bem diante da câmera, postura e saber lidar com opinião de terceiros.

Vale salientar que o Youtube conta diversas regras para viabilizar a rentabilidade nos vídeos. Há normas para determinar o que pode ser exibido sem desrespeitar direitos autorais, classificação indicativa e até conteúdo fake.

Recentemente, Youtube anunciou que combaterá a propagação de material mentiroso. Portanto, fique atento a todas as medidas em vigor na plataforma, defina data e horários e siga em frente!

3 – Loja virtual

Muitos brasileiros tem o sonho de abrir a própria loja. Só que as despesas envolvidas nessa operação são bastante altas e acabam dificultando a concretização desta meta de vida.

Todavia, essa é uma das ideias de negócio que foram facilitadas pela internet. Por que não abrir uma loja virtual? Sendo assim, você consegue uma renda extra online e ainda pode combinar com o seu emprego atual.

Só que você precisa se organizar, pesquisa o nicho pretendido e se preparar para lidar com estoque e demanda. Será que dá para deixar todos os itens estocados na sua casa? Será que vai precisar ter um estoque grande de produtos? Um plano de negócio ajuda a esclarecer todas essas dúvidas.

4 – Criar um curso digital com algo que saiba fazer bem

Outra das ideias de negócio pode ser a criação de um curso digital com alguma especialidade. No segmento de infoprodutos, os cursos digitais são altamente procurados e ainda possuem potencial de crescimento entre os brasileiros.

Sendo assim, você tem a chance de explorar algum tipo de competência em troca de reconhecimento e remuneração satisfatória. No entanto, é indispensável que você possa realmente suprir uma dúvida, necessidade ou vontade do seu público-alvo.

O ideal é que o seu material tenha relevância, utilidade e transmita um conhecimento real aos seus alunos. Afinal, esse pode ser o primeiro curso, mas não precisa ser o último, não é?

Quando você ganha reconhecimento dentro de uma área, a probabilidade de atrair mais alunos e ter novas ofertas bem aceitas é gigantesca. E vale a pena conferir se as suas habilidades correspondem aos ramos de cursos online mais procurados na atualidade.

Conforme uma pesquisa realizada pelo Hotmart, uma das plataformas de afiliados mais prestigiadas no mundo, há seis cursos em alta entre os internautas brasileiros. Dê uma olhada no top 5!

  1.    Cursos online sobre carreira e negócios
  2.    Cursos online sobre esportes e saúde
  3.    Cursos online sobre educação
  4.    Cursos online sobre relacionamento
  5.    Cursos online sobre desenvolvimento pessoal.

Mas, calma! Se o seu conhecimento não se aplica a nenhum destes ramos, não há motivos para desistir. Isso porque existe um público para todos os assuntos possíveis de serem assinados em vídeos-aulas, ebooks ou artigos. Por isso, conheça o seu público e crie um conteúdo adequado ao seu nicho.

5 – Trabalhar com Google Adsense

Outra das ideias de negócio para ter uma renda extra online é faturar com ajuda do Google Adsense. Esta é uma forma barata e simples de ganhar dinheiro veiculando anúncios no seu site.

Com a adesão a esse sistema, dá para fazer parte da maior rede de anunciantes da internet que fornecem lances pelo seu espaço publicitário visando obter o máximo proveito dos seus anúncios.

Além disso, a seleção das propagandas fica sob sua responsabilidade. Como assim? Bom, você pode bloquear as propagandas que não aprovar, customizar onde a publicidade será mostrada e selecionar os tipos mais apropriados para o seu site. Portanto, a palavra final sempre será sua.

6 – Oferecer serviços como freelancer

Por acaso, você sabe programar, bater fotos, escrever, criar imagens, gerenciar redes sociais, compor musicas, editar vídeos ou fazer qualquer outra atividade muito bem? Então, você está apto a oferecer os seus serviços como freelancer na rede mundial de computador.

Afinal, esta é uma das ideias de negócio que surgiram devido ao contato virtual entre quem precisa contratar e aqueles que desejam trabalhar. Há diversas plataformas que efetuam esse contato entre a empresa e o profissional nos dias de hoje.

E esse elo tende a ajudar aquele cidadão que está a fim de ter uma renda extra, só que não sabe onde iniciar a sua procura. Com o auxílio destes sites, é possível ampliar a sua rede de contatos e apresentar o seu portfólio. Sendo assim, você será capaz de mostrar o seu serviço para um público imenso.

No entanto, é indispensável que você entende corretamente as regras impostas na plataforma escolhida. Afinal, você poderá lidar com prazos, condições de pagamento e trabalho. Por isso, preste muita atenção e pesquise a reputação de cada plataforma e/ou cliente antes de fechar o serviço.

A internet é um universo ilimitado de oportunidades, porém é essencial que o profissional tome as medidas devidas para assegurar a sua remuneração e segurança acima de tudo.

7 – Oferecer consultoria online na sua área via Skype

A partir do tópico acima, você pode expandir o seu trabalho. Como assim? É muito simples. Você pode iniciar a divulgação do seu serviço por uma plataforma de oferta e procura e oferecer consultoria direta aos seus clientes.

Ou ainda você pode cortar qualquer intermediário com o cliente e realizar uma consultoria sem sair de casa. Neste caso, você desenvolve todo o projeto dentro do seu campo de atuação com reuniões pelo skype.

Vale lembrar que o skype permite que você tenha esses encontros a qualquer momento do dia a ou da noite apenas com um acesso estável à internet e um dispositivo móvel. Além disso, você tem a chance de conversar por texto, áudio, vídeo e encaminhar documentos em tempo real ao seu cliente.

Sem sombra de dúvida, o skype é uma ferramenta muito útil, prática e econômica nos dias de hoje. Isso porque você deve pagar absolutamente nada para ter acesso ao skype no seu notebook, computador, smartphone ou tablet.

Outra possibilidade é o compartilhamento de telas. Se há algo que você queira mostrar ao seu cliente ou vice-versa, é possível compartilhar as telas e exibir prontamente o que se deseja. Ou seja, você pode lhe ensinar a usar um programa, um sistema, uma tabela ou o que quer que seja.

Com organização e agilidade, você consegue atender a diversas pessoas ao longo de um dia e ainda ter boa qualidade de vida. E, obviamente, você nem precisa abrir mão do seu emprego formal para efetuar essa atividade paralela.

No fim das contas, a criatividade e a organização são palavras de ordem para qualquer profissional com a intenção de empreender. Não basta ter boas ideias de negócio, é preciso ter disciplina e determinação para executá-las.

Quer aprender mais sobre como ter liberdade e mobilidade e trabalhar de onde você preferir, conheça o Livro Jornada da Liberdade.