Com certeza você já ouviu falar em Previdência Privada nos últimos dias. Este é um dos assuntos que tem estado na boca de todos que acompanham o noticiário desde que a reforma na previdência começou a ser ventilada pelo governo Temer.

Com as novas medidas propostas, muita gente começou a cogitar se uma previdência privada não era a melhor solução. Este tipo de investimento ainda causa muita confusão na cabeça dos brasileiros. A  previdência na iniciativa privada ainda está permeada de mitos e desinformação.

previdência privada
Descubra tudo sobre a previdência e decida se vale a pena investir

Na hora de investir, ou cuidar do seu futuro, você precisa saber exatamente onde está pisando e estudar todas as possibilidades com cuidado para não cair em armadilhas.

Para que você decida se deve continuar contando com o INSS ou deve investir em uma aposentadoria na iniciativa privada, selecionamos alguns fatores que você deve ter em mente na hora da decisão.

Você merece o descanso depois de anos de trabalho e deve saber a melhor forma de se preparar para o futuro. Se informe, pesquise e descubra o melhor tipo de previdência para você!

O que é realmente a previdência privada?

 A previdência privada, que também é conhecida como previdência complementar, é uma forma de aposentadoria que não está convencionada ao INSS. Antes de optar por esta aposentadoria você deve saber que toda a previdência privada é fiscalizada pelo governo federal através da Superintendência de Seguros Privados (Susep).

Diferentemente do INSS, neste tipo de investimento, o contribuinte escolhe exatamente o valor que quiser pagar. Tudo isso, claro, varia de acordo com o local onde você irá fazer sua aposentadoria e curtir o final da sua carreira.

O que é preciso para fazer a previdência privada

Realizar uma previdência privada não é muito complicado. Primeiramente não há requisito mínimo para idade. Você pode começar a fazer este tipo de investimento em qualquer época da vida. Basta se dirigir a algum banco ou a uma seguradora.  Lá eles informarão você dos documentos necessários e dos valores que variam de local para local.

Previdência privada pode ser uma saída
Você deve começar a investir cedo para ter uma boa aposentadoria. A Previdência privada pode ser uma saída

Você também deve se informar com sua empresa se ela mesmo não oferece a possibilidade da previdência privada.  Este tipo de plano de previdência é conhecido como  Plano de Previdência Privada Patrocinado. Esta prática é muito comum nas empresas grandes. Neste tipo de investimento  o colaborador e a empresa contribuem juntos. Muitos economistas aconselham aproveitar este tipo de previdência e garantem que vale a pena.

Saiba se a previdência privada vale a pena para você e corra para garantir uma vida com mais qualidade no futuro!

Tipos de Fundo de Previdência privada 

Existem dois tipos de fundos de previdência privada no qual você pode investir e ganhar dinheiro.  Você precisa saber qual é a melhor para você e ter certeza de estar fazendo o investimento certo para o futuro.

A diferença entre os dois tipos de fundos de previdência privada não é muito grande, mas existem alguns detalhes que você deve levar em conta na hora de escolher o seu investimento.

Antes de descobrir um pouco mais sobre a previdência privada, dê uma olhada nestes links. Com certeza eles irão inspirar você a investir no seu futuro.

1-Aposentadoria privada: o que fazer para se aposentar antes?

2-5 dicas de como ter uma aposentadoria sem depender do INSS

3- Descubra como economizar dinheiro ganhando pouco

1 – Plano Gerador de Benefício Definido (PGBL)

Neste tipo de fundo você pode abater as aplicações na declaração anual completa do imposto de renda, ou seja pode declará-lo. No entanto, o valor abatido no imposto de renda deve equivaler até 12% da sua renda bruta anual.

começar uma previdência privada.
Não há idade para começar uma previdência privada.

Este tipo de investimento é indicado para quem possui uma renda maior. Por isso, pesquise bem antes de investir neste tipo de fundo de previdência privada PGBL.

2 – Vida Gerador de Benefício Livre (VGBL) 

A principal diferença deste tipo de fundo de investimento da previdência privada para o PGBL é que você não pode abater seu investimento no imposto de renda. Fique atento, neste tipo de fundo o imposto referente ao rendimento do dinheiro investido é cobrado na hora que você fizer um saque.

3 – Conheça as vantagens da previdência privada

 Quem está interessado em fazer este tipo de investimento deve saber que ele possui diversas vantagens. Diferentemente do INSS, por exemplo, neste tipo de previdência você pode realizar o saque do seu dinheiro a qualquer hora.

Outra vantagem da previdência privada é que, além de sacar todo o dinheiro na hora que você quiser e precisar, todo o dinheiro que foi investido é seu. Isto não acontece no INSS já que ele possui um teto de pagamento.

investir na previdência privada
Existem diversas vantagens ao investir na previdência privada

Além disso, neste tipo de previdência a tributação  pode ser mais flexiva. Este tipo de investimento permite escolher entre dois tipos de tributação, regressiva ou progressiva.

Também existe a possibilidade de portabilidade, já que você pode mudar seu plano de previdência sem pagar por isso. Na previdência  privada você também  tem mais benefícios fiscais.

Sua família também é beneficiada, já que na previdência privada,  em caso de morte,  a renda obtida é entregue diretamente para os beneficiários sem a necessidade de inventário.

4 – Desvantagens, elas também existem

Apesar de oferecer diversas vantagens e ser uma das melhores formas de investimento, a previdência privada possui sim, diversas desvantagens.

Ela pode contribuir maravilhosamente para aumentar sua renda, mas na hora de investir você deve estar ciente de algumas coisas.

Este tipo de investimento não tem garantias em caso de quebra da instituição. Ele também não possui patrimônio de afetação. Além disso, a previdência privada possui custos mais altos e taxas de juros mais elevadas na hora de investir. Saiba se este tipo de investimento é o ideal para suas finanças.

5 – Flexível, porém cara

Outra desvantagem da Previdência privada é que a tributação também é muito alta. Por exemplo,  caso o investidor decida resgatar antes de 10 anos seu a tributação chega a 35%. Muitos especialistas acreditam que esta não é a melhor forma de poupar e investir.

Segundo eles, o INSS ainda deve ser sua fonte principal de renda na aposentadoria. No entanto, eles também defendem que este pode ser um ótimo investimento para renda extra  e garantir uma renda mais segura na velhice.

investir no futuro para você
Descubra a melhor forma de se aposentar e investir no futuro para você

A decisão é sua!  Se a previdência privada é a melhor forma de investir, tudo dependo do caso de quem está procurando a poupança.

O que é certo ´que você merece uma velhice segura e com dinheiro garantido. Poupe! Invista! Descubra a melhor forma de poupar para o futuro e tenha uma velhice mais tranquila e sem percalços. O melhor espera por você!