Trabalhar em casa, é para muitos, entendido como sinônimo de mais qualidade de vida. Afinal, essa dinâmica de trabalho possibilita a flexibilização de horários de acordo com a necessidade profissional e pessoal.

Considerando obviamente, que qualidade de vida está associado à percepção de cada indivíduo. E que esse assunto sobre qualidade de vida, pode ser considerado uma discussão do tempo em que estamos vivendo.

Como o trabalho faz parte da construção da personalidade do indivíduo, por muito anos, a dedicação total ao trabalho era a única maneira de ser respeitado e ter sucesso.

Hoje, no entanto, o equilíbrio entre todas as áreas da vida é o que sustenta a qualidade de vida. Afinal de contas a visão social em relação ao trabalho mudou.

E trabalhar em casa, é sem dúvida, uma condição que possibilita colocar em equilíbrio, de maneira harmoniosa, todas as esferas que constituem o dia a dia do ser.  

Ainda que seja, visto como uma alternativa para se ter mais qualidade de vida. Não se pode negar que, o movimento de ir trabalhar em casa seja por desejo ou necessidade, exige muita responsabilidade e comprometimento.

Isso porque, mesmo trabalhando em casa é preciso manter a produtividade. Por essa razão, este artigo foi produzido.

Se você já está trabalhando em casa, ou pretende trabalhar em casa fique atento à essas dicas para manter a produtividade trabalhando em casa.

Produtividade para trabalhar em casa

Algumas dicas simples de organização e comportamento podem te ajudar, e muito, a trabalhar com mais consistência e assim, ser mais produtivo.

São pequenos hábitos para serem adotados durante o dia. Mas, por ser simples e muitas vezes óbvias, algumas pessoas deixam de fazer, por não acreditarem no impacto positivo que essas práticas oferecem.

As dicas a seguir são informações baseadas em estudos. Então, considere a simplicidade como um aspecto positivo para colocar em prática.

1 – Roupa para trabalhar

Quando se fala em trabalhar em casa e ter mais qualidade de vida, o pensamento número um em relação a vestimenta é: Pijama.

O fato é que a aparência e as roupas dizem muito sobre um profissional e sobre a credibilidade dele. Isso é o considerado no mundo empresarial, quando se trabalha fora de casa.

Aliás, quando trabalha fora de casa a aparência é muito importante. Afirmam que a primeira impressão é a que fica.

No entanto, a roupa influencia não apenas na aparência, mas impacta também na produtividade.

Sendo assim, independente do local onde você trabalha, é importante estar vestido para o trabalho. E isso, elimina o pijama.

Mason Donovan, autor de A Maçã Dourada que trata do equilíbrio entre trabalho e vida para uma força de trabalho diversificada, afirma que o vestuário afeta sim seu trabalho.

Isso porque, ainda que não exista uma regra de vestuário para quem trabalha em casa, tirar o pijama é uma diferenciação física e visual, do lazer para o trabalho.

Esse hábito ajuda a estabelecer limites. Caso contrário você pode sentir que o trabalho nunca acaba. Ou você pode não dar o melhor de si, por não sentir que está de fato trabalhando.

Na Universidade Northwestern, foi realizado um estudo que descobriu que certas roupas podem influenciar os processos psicológicos do usuário.

Cognição de indumentária é o termo dado a influência sistemática que as roupas exercem sobre os processos psicológicos do usuário.

Isso quer dizer que, ainda que a escolha de uma peça de roupa seja uma tarefa muito corriqueira, e quase mecânica, os cientistas apontam que a roupa escolhida pode alterar o comportamento do indivíduo, incluindo a produtividade.

2 – Organização dos espaços

Quando sua vida pessoal e profissional acontecem no mesmo lugar você precisa se dedicar a organização desse espaço físico.

Afinal ao trabalhar em casa, a organização do espaço físico é uma maneira propícia à produtividade para ambas as partes da sua vida.

Por isso, um espaço dedicado para trabalhar em casa é essencial para manter a vida em harmonia.

O ideal é que seu escritório para trabalhar em casa seja uma quarto, com uma porta, que não seja utilizado para qualquer outra finalidade.

A maioria das pessoas, no entanto, simplesmente não têm esse tipo de espaço extra em casa. Então, é preciso se comprometer ainda mais, para conseguir um espaço físico delimitado, especialmente dedicado ao trabalho.

Isso inclui o canto de um quarto, ou uma escrivaninha na sala. Não se prenda ao tamanho do lugar. Pois, o mais importante é que esse espaço seja dedicado a esse único propósito.

Afinal, colocar seu computador na mesa da cozinha ou no travesseiro em cima da cama, não qualifica como um escritório em casa.

Por isso, tenha seu escritório, com tudo que você considera essencial para se sentir trabalhando.

Considere suas necessidades…

Projete então, seu espaço de escritório em casa com suas fraquezas, rotinas e as necessidades do seu trabalho e da sua família em mente.

Se você é, por exemplo, facilmente distraído por crianças disputando sua atenção enquanto você trabalha, então escolha um espaço longe de suas áreas de lazer.

Por outro lado, se você está tentando fazer o dever duplo observando as crianças enquanto trabalha, nesse caso será necessário estar perto deles.  

Vai precisar de silêncio para teleconferência e telefonemas? Escolha um local em que o barulho não atrapalhe.

Seja qual for a área escolhida para o seu escritório, você precisa, no mínimo, de uma escrivaninha, cadeira, computador e algumas estantes ou outro espaço de armazenamento.

Tire um tempo para torná-lo um espaço convidativo, decorando-o com fotos ou lembranças da maneira que você goste de estar neste espaço.

3 – Trabalho e Família

Quando assunto é trabalhar em casa, além de se manter focado no trabalho outra questão que garante dificuldades de adaptação é a família.

Por isso, além de ter um lugar físico destinado exclusivamente ao trabalho é preciso reservar os espaços da família.

Querendo ou não ambas as áreas vão se relacionar em algum momento. É assim, até quando o trabalho é fora de casa.

Mas, sabendo disso é importante aplicar hábitos que podem facilitar a diferenciação do que é assunto de casa do que é assunto de trabalho.

Escolha um espaço onde você acumula informações e objetos relacionadas à família. Correio que chega, contas, documentos de escola ou relacionado a casa, por exemplo.

Mais uma vez, a delimitação física de objetos ajuda a separar os diferentes momentos. E quanto mais você conhecer sua rotina e os hábitos da casa, melhores os resultados.

Não deixe que os outros usem o espaço quando você não estiver, e não o use para atividades fora do seu trabalho profissional.

Quer um exemplo? Pagar contas da casa, ou responder e-mail da escola na mesa de trabalho.

Nesse sentido, quando for para resolver questões familiares que precisam usar objetos do seu trabalho, leve o notebook para outro cômodo, resolva o que deve ser resolvido e depois coloque-o no escritório novamente.

Evitar que essas obrigações profissionais e pessoais de se fundirem começa com a manutenção de espaços separados.

Para colocar em prática

As três dicas citadas acima, são essenciais para que você consiga administrar o trabalho em casa com a família, sem cair sua produtividade.

Há no entanto, outras dicas que podem ser acrescentadas na sua rotina para ajudar ainda mais a manter a organização da casa e do escritório.

Dicas extras para impulsionar a produtividade ao trabalhar em casa

Organize os documentos no seu computador

Você precisa ser capaz de encontrar informações para o seu cliente em tempo hábil, certo?

Por isso, a organização de arquivos de computador é tão importante quanto arquivos de papel.

Independente dos programas e aplicativos que você usa organize documentos de computador de acordo com a data, assunto ou categoria.

Certifique-se de fazer backup de arquivos em uma unidade de disco rígido ou flash externa para evitar perder o trabalho se o sistema do seu computador falhar.

Adquira o hábito de arrumar as coisas no final do dia e coloque as coisas onde elas pertencem.

Atualize papeladas regularmente

Quando a gaveta do seu arquivo estiver tão cheia que você não pode fechá-la, é hora de reduzir a bagunça do papel, descartando documentos desatualizados.

Agende um horário específico a cada semana para fazer um balanço de sua papelada. Evite jogar arquivos inteiros.

Em vez disso, apenas se livre de material desatualizado, como arquivos para clientes que não usaram seus serviços em dois anos. Condense arquivos maiores e mantenha apenas os itens atualizados mais necessários.

Use um calendário ou lista de tarefas

Várias pessoas que trabalham em casa recomendam altamente o uso de uma lista de tarefas ou de um calendário diário para lembrar o que precisam fazer e manter o foco nessas tarefas.

Você pode inclusive, usar essas listas como uma área de despejo de cérebros. Para escrever qualquer pensamento que possa te distrair ou itens de tarefas pessoais, permitindo que você se concentre em seu trabalho.

Planejar sua semana, incluindo objetivos profissionais e pessoais, também pode ajudar a diminuir as distrações.

Se você preferir coloque as atividades por tempo de execução. Ou aplique a técnica do Pomodoro.

Dessa maneira, mesmo que você não consiga concluir tudo o que era necessário, ainda assim você terá resultados no final do dia.  

Conheça suas distrações

Identifique suas principais distrações, e as elimine antes de se acalmar para trabalhar. Sem um problema pairando sobre sua cabeça, é mais provável que você se concentre no seu trabalho.

Se você não consegue se concentrar, por exemplo, com a cozinha bagunçada, antes mesmo de ir para o escritório organize a cozinha.

Além desse exemplo, existem muitas distrações, conhecidas, que podem te impedir de concentrar e se dedicar ao máximo no seu trabalho.

Por isso, trate de observar o que te causa incômodo e resolva antes de iniciar o  trabalho.

Faça tarefas em lote

Praticidade é fundamental para elevar a produtividade. Ao trabalhar em casa também é fundamental ter organização para realizar as atividades.

Um maneira de conseguir isso é realizando tarefas semelhantes em um lote para maximizar a produtividade.

Tem um monte de chamadas para fazer ou e-mails para responder, por exemplo, faça-os todos de uma só vez. Ao invés de responder alguns e-mails de manhã, outros à tarde e outros ainda a noite.

Realizar essas tarefas diárias de uma só vez, ajuda a resolver tarefas menores. Que podem ser mentalmente perturbadoras ao tentar lidar com projetos maiores.

Organize seu escritório semanalmente

Um escritório desordenado é um caminho para uma vida de trabalho ineficiente. Reserve 15 minutos depois do almoço para organizar as coisas.

Registre a papelada necessária, digitalize cartões de visita, organize arquivos e planilhas do computador e coloque os itens de volta em sua casa.  

Trabalhar em casa em um ambiente limpo e organizado aliviará o estresse e o ajudará a pensar com mais clareza.

Afinal, um escritório desordenado resulta em uma mente desordenada. Ter caixas, arquivos, documentos e equipamentos ao seu redor enquanto você tenta trabalhar pode ser uma distração.

Principalmente se for elementos de casa e não apenas relacionados ao seu trabalho.

Manter seu local de trabalho organizado não é apenas uma questão de encontrar quando necessário.

A organização no local de trabalho é um estado de espírito que leva o trabalho e o pensamento em andamento. Crie uma cultura de manter seu espaço limpo e organizado.

Rotina adaptada

Trabalhar em casa tem muitos benefícios, e para aproveitá-los é preciso estar atento ao trabalho e a dinâmica do seu dia.

Muitas pessoas se adaptam trabalhando em horários comerciais. E assim mantêm a rotina parecida com a das pessoas que trabalham fora.

Outras porém, aproveitam os horários comerciais para realizarem atividades pessoais. E preferem trabalhar mais tarde ou acordar mais cedo.  

O fato é que tudo novo precisa de um processo de adaptação. E com o tempo você adapta o trabalho, a família em uma rotina que você considera ideal para você e ao estilo de vida que você quer ter.

Agora que você já está decidido a trabalhar em casa, sugiro que você leia A Jornada da Liberdade. É uma inspiração para você alcançar a liberdade de tempo e finanças, trabalhando de casa.