Você já percebeu que muitas empresas de grande porte têm se atentado à qualidade de vida de seus colaboradores? Essas empresas estão vendo a importância do desenvolvimento pessoal de seus funcionários para aumentar as suas performances no ambiente de trabalho.

Muito tem se falado sobre como funcionários saudáveis e satisfeitos tem a produtividade atingida para muito melhor, e isso gerou um novo modelo de gestão e de relação empregador/funcionário.

As empresas tem percebido a importância do desenvolvimento pessoal de seus colaboradores e apostado em sua qualidade de vida.

Saiba mais sobre a importância do desenvolvimento pessoal, sobre como tem evoluído a relação dos colaboradores com a empresa e também como oferecer ou buscar esse desenvolvimento.

1 – Pressão e inseguranças

Você certamente já ouviu muitas perguntas que podem soar meio intimidadoras em uma entrevista de emprego, mas que com o tempo e a prática se tornam automáticas, com respostas mais automáticas ainda.

Qual é o seu objetivo aqui na empresa?“, “Onde você almeja estar daqui a um ano?“, ou “Quais os seus maiores defeitos?“.

Grande parte dos profissionais, se não todos, já se sentiram inseguros alguma vez na vida, temerosos em relação ao futuro e ao próprio desempenho profissional, com receios de não conseguirem entregar o resultado esperado.

As pressões e medos que rondam a cabeça dos colaboradores podem atrapalhar o seu desenvolvimento pessoal e profissional.

Isso gera uma pressão muito grande, que além de causar um stress prejudicial à saúde, também bloqueia consideravelmente o profissional e a sua capacidade de crescer.

Sentir medo no ambiente profissional significa não correr riscos, logo, não desempenhar o seu máximo, não enxergar além do que se pode ver.

Esses medos podem ser ainda encorajados por gestores que não sabem lidar com seus colaboradores, ou não entendam a importância do desenvolvimento pessoal de cada colaborador e podem, sem querer, produzir um efeito contrário do que gostariam.

2 – Você já ouviu falar em Coach?

Um coach, profissional especialista no processo de “coaching” é uma espécie de treinador, que presta assessoria ao cliente, nesse caso aos funcionários da empresa, fazendo com que eles reflitam, cheguem a conclusões a respeito das suas dificuldades e desenhem projetos em direção aos seus objetivos.

Muitas empresas têm contratado profissionais em coach para motivar os seus funcionários, e serve quase como uma espécie de terapia e autoconhecimento.

Cabe ao empregador estar atento e perceber se o seu time poderia performar mais, para então fazer o possível para extrair o melhor desses profissionais, se preocupando com a sua empresa e também com o bem estar dos seus colaboradores.

Ter um coach pode ser um investimento para os dois lados, com resultados benéficos para todos.

Agora, antes que você siga para o próximo tópico, deixa a gente mostrar algumas dicas para que você tenha uma vida muito mais recompensadora e com liberdade de tempo, dá uma olhada:

1 – Descubra importância do autoconhecimento profissional

2 – Como encontrar o seu propósito?

3 – 5 formas de ter qualidade de vida no trabalho

3 – Entenda a importância do desenvolvimento pessoal, ofereça treinamentos para seus funcionários

Oferecer um treinamento é mais do que ensinar um funcionário a desempenhar a função do cargo que ele irá ocupar. Uma equipe pode ser treinada sobre diversos comportamentos de rotina que levam ao bem estar, logo, a uma melhor produtividade.

Existem treinamentos sobre hábitos mais saudáveis, sobre gratidão, aprender com os próprios erros e diversas outras coisas que mostram a importância do desenvolvimento pessoal de cada um para agregar valor ao ambiente de trabalho e também interferem diretamente no desenvolvimento profissional.

As empresas estão constantemente apostando em treinamentos para desenvolver as habilidades de seus colaboradores.

Sem dúvidas uma experiência enriquecedora para toda a equipe de funcionários, desde que conduzida por pessoas capacitadas a transmitir aquela mensagem.

Invista em um bom profissional que saiba da importância do desenvolvimento pessoal para os colaboradores de sua empresa.

4  – É preciso mudar a mentalidade sobre o conceito de equipe

Tanto os empregadores quanto os funcionários devem ampliar a sua mente sobre o conceito de equipe em uma empresa. Um funcionário não é só alguém que vai trabalhar todos os dias, no mesmo horário, recebendo um salário no final do mês.

Quanto mais humana for essa relação, mais os funcionários se sentirão a vontade, e isso não significa dar uma liberdade excessiva e prejudicial, mas sim estabelecer uma relação amigável e respeitosa.

Caso um colaborador se sinta a vontade com o seu chefe e com o seu ambiente de trabalho, não irá sentir pressões negativas, somente a natural de superar a si mesmo e produzir o seu melhor.

O gestor, por sua vez, precisa dar o exemplo e ter uma postura alinhada ao que exige de sua equipe. O ideal é que os funcionários possuam voz para dar sugestões de melhorias e os gestores tenham a mente aberta para essa troca de ideias.

5 – Qualidade de vida

A qualidade de vida de um trabalhador é algo que começa mesmo fora da empresa. Qualidade do sono, rotina saudável, tranquilidade. Tudo isso afeta e muito no desenvolvimento pessoal de um profissional.

Quando os gestores investem na qualidade de vida de seus funcionários, investem também na própria empresa. Não se trata de oferecer vantagens extraordinárias e descabidas, mas sim benefícios coerentes com o trabalho de pessoas satisfeitas e saudáveis podem fazer.

E saiba: investir na qualidade de vida dos seus funcionários não precisa necessariamente estar ligado ao fator financeiro, pode ser bastante emocional também.

Uma equipe profissional é composta por pessoas, cada uma com suas particularidades e vidas fora dali, com necessidades, sonhos e problemas, passando por altos e baixos e dificuldades pessoais como qualquer um.

É preciso compreender que um funcionário não é uma máquina, e que em alguns dias não vai ter o mesmo estado de espírito de sempre, ou que eventualmente pode precisar sair mais cedo ou chegar mais tarde. Essa compreensão é importante para uma boa relação e para uma melhor saúde mental.

Muitas empresas já investem forte na qualidade de vida de seus funcionários. Algumas já oferecem academias para os colaboradores, entre outras atividades.

Muitas empresas já entendem a importância do desenvolvimento pessoal e buscam o melhor para os seus colaboradores da melhor maneira que podem. Grandes empresas, que possuem condições para isso, disponibilizam academia ou áreas de descanso com poltronas confortáveis em ambientes relaxantes.

A maioria tem investido na qualidade de vida de seus funcionários como podem: instalação de ar condicionado, refeitórios com alimentação saudável, pausas durante o expediente para relaxamento ou até prática de atividades como ioga, entre outros benefícios.

Tudo isso colabora para um ambiente mais saudável e uma redução de stress, o que é sinônimo de funcionário bem disposto e motivado. Mente cansada produz bem menos!

6 – Se você for funcionário, saiba o que pode fazer para atingir o máximo do seu potencial

Pergunte a si mesmo em quê você pode melhorar, e trace estratégias para isso. Quando estiver fora da empresa, mantenha o investimento na sua saúde e bem estar.

Pratique caminhadas, durma cedo, leia um livro antes de pegar no sono e tente manter a mente relaxada para o novo dia que vai começar.

7 – Se você é gestor, saiba o que pode fazer para que a sua equipe atinja o máximo de seu potencial

Primeiramente, saiba identificar quando os seus funcionários não estão rendendo o máximo que poderiam, e identifique também até que ponto você pode se responsabilizar por isso.

É importante para um gestor ser imparcial em alguns momentos e saber identificar um erro comum de um erro causado por condições que podem ser melhoradas.

Ter uma aproximação maior de seus colaboradores pode ajudar a entender seus problemas e dificuldades, assim podendo ajudá-los a superar isso.

Você pode perguntar para cada um dos seus funcionários, intimamente, sobre as suas maiores dificuldades.

A partir das respostas, fica mais fácil traçar uma estratégia para ajudá-los a alcançar o melhor de si mesmos.

É importante ter sempre em mente que toda empresa é composta de um time, e o seu sucesso depende do que a sua equipe fará dela.

Não se deve desconsiderar a importância do desenvolvimento pessoal, se o que você espera é uma boa produtividade.

Tem mais alguma dúvida sobre a importância do desenvolvimento pessoal, e como melhorar o seu dia a dia e dos colaboradores de sua empresa, conte para gente nos comentários!