Milhares de brasileiros tem o sonho de ficar milionários. Mas, você já parou para pensar que R$ 1 milhão pode não ser tanto dinheiro assim nos dias de hoje? Isso mesmo! Para os maiores bilionários do Brasil, essa quantia é praticamente irrisória.

Isso acontece porque os cinco maiores bilionários do Brasil contam com um patrimônio correspondente ao que possui a metade mais carente da população nacional, de acordo com um estudo elaborado pela ONG Oxfam, da Inglaterra.

Essa pesquisa foi realizada com base nas informações da revista americana Forbes, que é reconhecida mundialmente por fazer as listas de os mais ricos do Brasil e do mundo a cada ano.

Vale salientar ainda que a fortuna dos bilionários brasileiros aumentou 15% e atingiu a marca expressiva 550 bilhões no ano passado, mesmo com a ocorrência de uma das mais graves crises financeiras a afetar o país na sua história.

Somente em 2017, o Brasil contabilizou mais 12 bilionários, totalizando 43 agora. Entre eles, os empresários Jorge Paulo Lemann, Joseph Safra, Marcel Herrmann Telles, Carlos Alberto Sicupira e Eduardo Saverin têm, juntos, o mesmo que cerca de 100 milhões de brasileiros. Dá pra acreditar nisso?

Meu primeiro milhão, e como você pode poupar mais e ficar rico

Conheça os 5 maiores bilionários do Brasil

Será que os maiores bilionários do Brasil construíram os seus respectivos impérios por conta própria ou apenas multiplicaram patrimônios já imensos? Em quais setores os mais ricos do Brasil investem? Tudo isso você vai descobrir a partir de agora! Vamos lá?

Jorge Paulo Lemann, 78 anos – Fortuna: R$ 93,3 bilhões

Filho de suíços, o empresário carioca Jorge Paulo Lemann não é apenas um dos homens mais ricos do Brasil. Segundo a revista Forbes, ele é o cidadão com maior acúmulo de riquezas do território nacional.

Mas, a sua trajetória profissional começou como tenista, atingindo a marca de pentacampeão nacional. Posteriormente, ele optou por mudar rapidamente de segmento e se graduou no curso de economia na Universidade de Harvard, nos Estados Unidos.

Em seguida, ele optou por atuar no mercado financeiro, fundou um banco de investimentos, o Garantia no ano de 1971, quando conheceu os seus futuros parceiros comerciais, Beto Sicupira e Marcel Telles.

Através desta companhia, ele adquiriu as Lojas Americanas. Não satisfeito, Lemann comprou a Brahma, dando origem a Ambev, logo depois da fusão com a Antártica. Ele resolveu vender a sua primeira empresa, a Garantia, em 1998. Entretanto, ele não se afastou do mercado financeiro e abriu a GP Investimento, o primeiro empreendimento de private equity do Brasil.

Os 5 maiores bilionários do Brasil 1
Segundo a revista Forbes, ele é o cidadão com maior acúmulo de riquezas do território nacional.

Pouco tempo depois, os três empresários cederam parte da GP para abrir a GP Capital, já em 2004, um negócio que resultou na famosa fusão entre a Ambev e a belga Interbrew. Essa operação gerou também a Inbev, que ainda se fortaleceu com a junção à Anheuser-Busch, dona da marca Budweiser.

A 3G também acabou por comprar a rede Burger King e uma parte da marca de condimentos Heinz, empreendimento realizado em conjunto com o norte-americano Buffett. Não reconhece esse nome? Simplesmente, o segundo homem mais rico de todo o planeta!

Vale indicar ainda que Lemann está no comando de outras duas empresas de capital financeiro, além de gerenciar as Fundações Estudar e Lemann. Ambas as iniciativas são direcionadas para a área de educação.

O que pode ser aprendido com o livro Pai, Rico, Pai Pobre

Joseph Safra, 79 anos – Fortuna: R$ 65,5 bilhões

Natural do Líbano e com naturalização brasileira, Joseph Safra pertence a uma família judia com grande tradição de trabalho com o mercado financeiro. A família seguiu trabalhando neste segmento ao trocar a cidade de Beirute pela maior metrópole do Brasil, São Paulo. Fundando o Banco Safra em 1955.

De lá para cá, essa instituição financeira se transformou em uma das mais poderosas do território nacional, oportunizando que Joseph entre na lista dos maiores bilionários do Brasil. Ele apenas se afastou da administração do banco em 2012, aos 73 anos. A gestão foi transferida para os seus quatro filhos.

A partir daí, Joseph Safra permaneceu a frente somente do banco J. Safra Sarasin, na Suíça. Segundo a Forbes, ele é o banqueiro mais afortunado do planeta devido ao conglomerado de corporações espalhadas pela América do Sul, América do Norte, Ásia, Europa e até no Oriente Médio.

Senão bastasse o sucesso no mercado financeiro, Joseph também ampliou o seu patrimônio ao apostar de maneira efetiva no mercado imobiliário dentro e fora do país. É importante salientar a construção do prédio Gherkin, em Londres, na Inglaterra. A obra é vista como um dos principais marcos da cidade.

Marcel Herrmann Telles, 67 anos – Fortuna: R$ 47,3 bilhões

Natural do Rio de Janeiro, Marcel Herrmann Telles é um dos parceiros de Lemman e Beto Sicupira, outros dos maiores bilionários do Brasil. Ele possui uma das carreiras mais brilhantes do segmento de negócios não apenas para os parâmetros nacionais, mas também em renomadas façanhas mundiais.

Ele se graduou em economia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e iniciou a sua jornada também no mercado financeiro. Ele ingressou no banco Garantia com apenas 22 anos e subiu de forma meteórica.

Assumiu o posto de presidente da Brahma por uma década até 1999, idealizando as tratativas que deram origem a Ambev. Ao lado dos costumeiros sócios, abriu a GP Investimentos e novamente fez história no Brasil. Com a primeira empresa de private equity, ele não parou de orquestrar fusões.

Além disso, o seu grupo empresarial detém certa participação no Burger King, Kraft-Heinz e B2W (Americanas e Submarino).

Conheça os segredos de uma mente milionária

Carlos Alberto Sicupira, 69 anos (3G Capital) – Fortuna: R$ 39,9 bilhões

A prova que boas ideias podem gerar resultados incríveis é a presença dos três sócios da GP Investimento entre os homens mais ricos do Brasil. Carlos Alberto Sicupira aparece entre na quarta posição entre os maiores bilionários do Brasil e tem muitos pontos em comum com seus parceiros de negócios.

Ele se formou como administrador de empresas na UFRJ e na Escola de Negócios de Harvard. Duas instituições de ensino frequentadas por seus parceiros. Depois de iniciar uma trajetória bem-sucedida em corretoras e distribuidoras de valores, ele foi convidado por Lemann em pessoa para trabalhar no banco Garantia.

Jorge Paulo Lemann, Marcel Herrmann Telles e Carlos Alberto Sicupira 2
Jorge Paulo Lemann, Marcel Herrmann Telles e Carlos Alberto Sicupira

A proposta foi tentadora e resultou em uma parceria de décadas, uma vez que tudo começou em 1973. Dentro da instituição financeira, ele alcançou relevância em um curto espaço de tempo. Depois da venda do empreendimento, ele se transformou em sócio de Lemann na abertura da GP Investimentos, com a qual criaram a Ambev.

Paralelamente, ele criou, juntamente com seus familiares na década de 2000, uma fundação para fomentar projetos e iniciativas viáveis para aprimorar a gestão pública e de ONGs. Essa ação recebeu o nome de Fundação Brava.

O que você faria se ganhasse um milhão agora?

Eduardo Saverin, 35 anos – R$ 25,2 bilhões

Entre os maiores bilionários do Brasil, o nome de Eduardo Saverin é o mais conhecido. Isso acontece em função do filme “A Rede Social”, que apresenta os fatos que levaram a criação da plataforma social mais utilizada no planeta nos dias de hoje, o Facebook. E, sem sombra de dúvida, o brasileiro foi essencial para a construção deste fenômeno de alcance global.

Um dos cinco idealizadores da rede social, o brasileiro nasceu na cidade de São Paulo e se mudou para Miami, nos Estados Unidos, a partir de 1993. Na época, ele precisou deixar o Brasil devido aos objetivos particulares de seus país.

Tudo começa a mudar com a sua entrada para a badalada universidade de Harvard. Ele estava envolvido com a faculdade de economia e acabou se tornando bastante amigo de Mark Zuckerberg. Em trabalho conjunto, eles lançaram a rede social mundialmente em 2004.

Portanto, o princípio de sua fortuna se deve a sua participação minoritária no Facebook.  O seu controverso afastamento do empreendimento, causado pelo próprio Mark Zuckerberg, foi mostrado com detalhes no filme de 2010. Nos cinemas, ele foi interpretado pelo ator americano Andrew Garfield.

É possível declarar que ele foi o primeiro investidor do Facebook. Devido às polêmicas, ele optou por processar o antigo amigo e tudo se converter em uma gigantesca briga judicial. A questão foi encerrada a partir da elaboração de um acordo fora dos tribunais e o pagamento de uma multa absurda por parte de Zuckerberg.

Desde 2009, Saverin mora em Cingapura e trabalha em um fundo de investimento próprio há aproximadamente 36 meses. Avesso à publicidade e a imprensa, ele leva uma vida bastante reservada e, curiosamente, mantém um perfil oficial e verificado no Facebook até hoje.

Confira o trailer do filme: A Rede Social

Como fazer para estar entre os bilionários brasileiros?

Agora que você já conhece os 5 maiores bilionários do Brasil, é possível que esteja pensando no que pode ser feito para fazer deste incrível e poderoso time, não é? A resposta nem é tão revolucionária assim: tudo o que você precisa fazer é empreender.

Afinal, é muito mais difícil acumular riquezas trabalhando somente para terceiros do que ao se empenhar dia após dia em um empreendimento inteiramente seu. Portanto, a alternativa mais viável e eficiente para estar entre os mais ricos do Brasil é apostar em um negócio próprio.

Mas, você sabe como iniciar essa trajetória como empreendedor e não se deparar com tropeços e até a falência em médio prazo? O fato é que metade da população gostaria de trabalhar por conta própria, porém pouca gente tem conhecimento administrativo ou experiência suficiente.

De acordo com informações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), seis a cada dez companhias nacionais fecharam antes de completar 5 anos. Todavia, você pode fugir desta tendência mesmo em um período de instabilidade financeira e galgar os primeiros degraus em busca da fortuna.

Tudo o que você necessita fazer para entre os mais ricos do Brasil para começar é participar da Jornada da Liberdade. Este é um evento online e que apresenta cases de sucesso vinculados ao mercado digital, comprovando que você pode obter liberdade de tempo, dinheiro e mobilidade sem fazer negócios mirabolantes.

Ficou interessado? Então, aproveite esse momento para batalhar pela vida que sempre desejou, sem a necessidade de preencher todo o seu tempo com relatórios, hora extra, reuniões e planos para enriquecer outras pessoas. Encontre a satisfação pessoal e profissional de uma vez por todas!

!!Dica EXTRA: Já te contei sobre o Caio Ferreira?

Ele conseguiu criar um método de você ter um e-commerce mesmo sem ter estoque em 2009. Hoje, além de vender centenas de milhares de reais na sua loja virtual, ele ainda ensina como outras pessoas podem fazer isso.

O Caio está com uma aula online gratuita que ensina "Como Criar Sua Loja Online do ZERO Sem Precisar Ter Estoque de Mercadorias". Espero que ele não tire do ar antes de você assistir.