Você tem objetivos, sonhos e não consegue realizar tudo devido à falta de dinheiro. É isso mesmo? E se eu te contar que a verdade não é bem assim? Se eu disser que essa ideia de “não tenho dinheiro” é apenas uma desculpa que sua mente achou para você não fazer o que precisa ser feito visando se realizar pessoal e profissionalmente?

Eu digo isso porque é possível alcançar o seu intuito sem o capital financeiro, uma vez que você se esforce para achar outras soluções. Provavelmente, você está se questionando agora: como fazer isso?

A resposta é simples: a sua mente está trabalhando contra você! Vou te explicar o funcionamento da mente. A sua mente racional deseja algo, tem um objetivo, mas sua mente subconsciente deseja outra coisa.

Só que sua mente mais forte é a subconsciente e por isso ela usa seus os sentimentos e os seus pensamentos contra você e assim você paralisa. Ou seja, perde o foco e não alcançar as metas que traçou para si mesmo.

“Aquilo que você acredita tende a acontecer”

No fundo, o que diferencia você dos demais é a sua própria história, o seu lastro. Quando se estabelece uma meta, você não conta apenas com a sua vontade, não. Isso porque tem a sua bagagem de anos de vida também diferença, especialmente, quando se entende realmente esse novo passo precisa ser dado para progredir.

Quando você projeta uma data e um valor preciso para alcançar, esse peso do sucesso se dissolve em função da sua experiência acumulada. Você já conhece uma parte do caminho, não é? Basta acreditar no seu conhecimento e seguir adiante!

Não tenho dinheiro para realizar meus objetivos. E, agora?

E, sem dúvida, essa é uma das regras mais importante: “aquilo que você acredita tende a acontecer”. Se você não está convicto, o seu projeto não vai para frente. Se está certo, vai dar certo!

Afinal, a atitude mental que você tem quando vai fazer algo é de vital importância para o seu resultado porque a sua realidade é moldada baseada naquilo que você vê e assimila nos acontecimentos a sua volta.

Crenças limitantes

O problema é que nós costumamos desperdiçar boa parte desse potencial da nossa mente com crenças limitantes. Algumas vezes, os nossos pais estão fazendo o melhor que podem e a gente acaba interpretando errado uma bronca, um atraso ou uma ausência em casa por causa do trabalho.

Essas feridas emocionais que não cicatrizaram desde a infância fazem com que a gente não atinja os resultados que gostaríamos na vida adulta. A partir daí, a desculpa do não tenho tempo, não tenho dinheiro ou capacidade começa a se manifestar.

Quando trabalhamos essas questões e nos livramos delas, a nossa mente realmente se liberta! Nesse ponto, a nossa vida passa por uma transformação com muito mais foco, disposição, alegria e humor. Isso porque deixamos de lado essas desculpas “não tenho dinheiro” e “sem tempo”.

Uma das maneiras de obter esse avanço é com as técnicas de libertação emocional, ou seja, toques em pontos do corpo para tirar a carga emocional atrelada a histórias, crenças e pensamentos de escassez.

Para começar, você pode pensar em uma dor de cabeça, dor nas costas, dor nos ombros ou qualquer sensação de desconforto que está sentindo como ansiedade, estresse ou nervosismo. Mas, não basta anotar no papel!

Preste atenção e faça junto com a gente no vídeo (vídeo com as técnicas de libertação emocionais pode ser encontrado ao final do texto). Além disso, você vai repetir algumas frases para quebrar as crenças limitantes:

  • “Mesmo que eu sinta uma palpitação no peito, eu me aceita profunda e completamente”;
  • “Mesmo que eu sinta esse medo de não ter dinheiro, eu me aceito completamente;

Eu não tenho dinheiro e, agora?

Na medida que a gente começa a tocar os pontos para liberar essa energia emocional que está atrelada a alguma pressão emocional, a nossa mente começa a buscar pela origem dessa questão.

Se a gente fica no superficial e não limpa todas as emoções ligadas a esse fato, esse padrão de escassez retorna e o seu esforço de mudança se perde. Por isso, é preciso ir até o fundo para ressignificar essas sensações.

A partir daí, esse peso que não devidamente processado vai sendo desfeito e abrindo novos horizontes, revelando o verdadeiro poder das nossas emoções. Sendo assim, você vai enxergar novas possibilidade para os seus planos e não se lamentar porque “não tenho dinheiro”.

Não tenho dinheiro para realizar meus objetivos. E, agora?

Além disso, você pode até compreender que nem sempre estará fazendo o que deseja, mas entenderá que aquilo é apenas uma etapa para um objetivo maior. Ou seja, você estará muito mais motivado, criativo e preparado para lutar por suas metas, sem ocorrer o risco de autosabotar!

Caso você tenha ficado com alguma dúvida sobre como superar a desculpa de não tenho dinheiro para realizar os seus planos, eu te convido a assistir a vídeo-aula que origem a esse conteúdo. É só dar play no vídeo abaixo para você também possa conhecer as técnicas de libertação emocionais a fim de coloca-las em prática na sua vida!