O que pode ser mais interessante para o brasileiro no momento atual, investir na Bolsa de Valores, CDB ou seguir adepto da tradicional poupança? Na verdade, muito se fala a respeito do famoso mercado de renda fixa, que se expandiu consideravelmente na última década, de acordo com a Central de Custódia e Liquidação Financeira de Títulos Privados (CETIP).

Hoje em dia, cerca de 3 milhões de investidores participam deste negócio que envolve mais de R$ 2 trilhões de reais. Esse tipo de investimento financeiro é também conhecido por ser uma espécie de substituto para a conta poupança.

Antes de continuar... eu já te falei que dia 23 de setembro (próxima segunda-feira), o nosso amigo Clayton Costa, coach e hipnoterapeuta especializado em ansiedade, irá começar um super evento de 4 dias?

Poisé... é a Semana da Ansiedade à Libertação....

E você ainda pode participar de forma gratuita clicando aqui.

Mas corre porque dia 23 de Setembro se encerra.

Bem, continuando...

como funciona o mercado de renda fixa 1
Hora de você sair do mercado tradicional (poupança) e migrar para o mercado de renda fixa.

Segundo o Banco BTG Pactual, as retiradas da poupança ultrapassaram os depósitos em 40 bilhões de reais em 2017, o segundo pior da história. Isso significa que cada vez mais os brasileiros estão abrindo mão da caderneta de poupança e tomando conhecimento do mercado de renda fixa. No entanto, você entende o que são essas aplicações e como elas funcionam na prática?

Conceito de renda fixa

Basicamente, a renda fixa é um tipo de investimento financeiro destinado para os cidadãos com estilo conservador, que desejam obter bons retornos sem correr riscos elevados.

Assim, aplicar o seu dinheiro nestas opções se resume em saber exatamente o quanto se obterá de lucro no fim do período de sua aplicação, mesmo nos investimentos vistos como pré e pós fixados.

Há inúmeras alternativas neste mercado de renda fixa bem distintas, como, por exemplo: a Letra de Crédito (LC), o Tesouro Direto, a Letra de Crédito do Agronegócio (LCA), Letra de Crédito Imobiliário (LCI), Debêntures e, obviamente, a tradicional caderneta de poupança.

Como funciona a Renda Fixa?

O investimento financeiro no mercado de renda fixa pode ser obtido nos bancos e corretoras de valores. As LCIs/LCAs, CDBs, LCs e LFs são emitidas nas agências. Já o Tesouro Direto, opção que exige um aporte inicial mínimo de R$ 30, é realizado pelo Governo Federal.

Além disso, você pode efetuar as suas ações pelo banco emissor ou ainda contando com o auxílio de uma corretora, que atua como uma espécie de mercado. Com esses empreendimentos, você ganha acesso aos itens de mais de um banco emissor e tem liberdade de escolha.

Com relação aos títulos públicos, é necessário abrir uma conta ativa em um banco de investimento ou mesmo em uma correta antes de fazer a aquisição no site do Tesouro Nacional. Dica: você também pode realizar cursos online e sem custo na plataforma do Tesouro Nacional.

Não tem dinheiro para investir e agora? Então dá uma olhada nesse vídeo que o criador do movimento freesider, o Fagner Borges, fez sobre pessoas que se dizem sem dinheiro para investir (empreendedorismo ou um investimento qualquer). Chegou a hora de quebrar essa objeção com apenas um clique…

O que são títulos Pré e Pós fixados?

Caso você esteja pensando em conquistar a liberdade financeira aplicando no mercado de renda fixa, é necessário descobrir as funções dos títulos pré e pós fixados.

Os itens que recebem o nome de pré-fixados são as opções com taxa de retorno já revelada no ato da aplicação. Isto é, não importa quanto às taxas subam ou desçam, o seu retorno já está estabelecido para a data definida para o resgate.

⚠️---- Dica Supresa ----⚠️

Na próxima segunda-feira dia 23 de setembro o nosso amigo Clayton Costa irá realizar um evento 100% Gratuito e 100% Online, a Semana da Ansiedade a Libertação.

Você, que não tem tempo para você mesmo, tem medo de errar a ponto de não fazer, não consegue de decidir, tem pensamentos persistentes, tem temperamento difícil que muitas vezes o distancia das pessoas que ama, ou fica sem energia na hora de colocar seu conhecimento em prática, terá pela primeira vez o acesso ao método que te libertará das raizes de sua ansiedade.

Se inscreva agora, antes que tirem a página do ar.

Eu sei que já começou a ler vários livros, assistiu diferentes treinamentos, procurou conhecimento pela internet, e por mais que você queira nunca consegue colocar em prática, sempre tem algo na rotina, ou no seu coração que impede de crescer, não é mesmo?

Saiba como você pode conhecer as raizes da sua ansiedade e se libertar de uma vez por todas

Clique aqui e descubra como.

---- ⚠️ ----

Por exemplo, as letras de crédito imobiliário (LCM) com desempenho de 10% por ano se caracterizam pelo retorno pré-fixado. Consequentemente, a opção de investimento financeiro pós-fixado só divulgará o rendimento a longo prazo, mesmo que você possa efetuar simulações bem semelhantes ao valor final.

Geralmente, esses valores sempre são vinculados com alguma taxa bem conhecida no mercado financeiro, como, por exemplo, a taxa Selic (taxa básica de juros da economia) ou IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), que é uma espécie de termômetro oficial da inflação no Brasil.

Tipos de investimentos no mercado de renda fixa

Agora que você já sabe os conceitos básicos do mercado de renda fixa, está na hora de conhecer os seus principais tipos de investimentos financeiros. Vamos lá?

1 – CDB (Certificado de Depósito Bancário)

O CDB (Certificado de Depósito Bancário) é o negócio mais popular entre os adeptos da renda fixa. São opções com taxas pré e pós fixadas, que atingem um percentual do CDI (Certificado de Depósito Interbancário).

Lembrando: CDI não é um investimento, é apenas um índice para alguns investimentos. E utilizado para transações entre os bancos. Na verdade, são títulos de 1 um dia emitidos entre os bancos para que todos fechem o caixa positivo, de acordo com a medida do Bacen (Banco Central).

Os CDB’s atuam, comumente, como se você emprestasse uma parcela dos seus recursos para o próprio banco. Em troca, você ganha com a taxa de juros pelo empréstimo com período pré-determinado no dia da aplicação.

Como outras opções de renda fixa, o CDB possui a segurança do Fundo Garantidor de Crédito com teto de 250 mil reais por CPF ou CNPJ por instituição financeira, caso a unidade venha a falência. Isto é, mesmo que o banco quebre, algo muito incomum nos dias de hoje, você terá o seu investimento de volta!

No entanto, é preciso ficar atento ao Imposto de Renda. Atualmente, esses rendimentos são tributados segundo as normas de tributação de renda fixa, com alíquota de IR regressiva de 22,5% a 15%, de acordo com o tempo de aplicação.

2 – LCI (Letra de Crédito Imobiliário) e LCA (Letra de Crédito do Agronegócio)

Quem está a fim de alcançar a liberdade financeira precisa tomar conhecimento das ‘irmãs’ LCI (Letras de Crédito imobiliário) e LCA (Letras de Crédito do Agronegócio), uma vez que são alternativas bem populares no mercado de renda fixa.  

LCI (Letra de Crédito Imobiliário) e LCA (Letra de Crédito do Agronegócio)
Os investimentos em LCI e LCA servirão para o banco financiar imóveis e investimentos agropecuários.

Ao contrário do CDB, em que você repassa uma grana para a agência financeira, aqui o banco consegue recursos para fornecer como empréstimo para o segmento imobiliário na LCI e ao Agronegócio com a LCA. Em contrapartida, no vencimento estabelecido no dia da aquisição, se ganha a quantia aplicada com o rendimento do período.

Vale salientar que a LCA e a LCI são asseguradas pelo FGC com restrição de até 250 mil por pessoa, sendo que o seu diferencial é estar isento do Imposto de Renda em função dos incentivos oferecidos do Federal Federal aos respectivos setores.  Portanto, não existe uma grande distinção entre estas aplicações, a única modificação é o destino do dinheiro.

3 – LF (Letra Financeira)

A LF (Letra Financeira) é destinada para obtenção de recursos através de empresas da área financeira, que, retornam com juros a pessoa jurídica ou física que adquirir aquele título.

A quantia mínima encaminhada em uma LF é de R$ 150 mil. No entanto, alguns empreendimentos emissores podem solicitar algo maior na primeira transação.

Geralmente, o objetivo deste investimento financeiro é conseguir recursos a longo prazo com tempo mínimo de 24 meses. Não existe nenhum tipo de condição de liquidez, isso significa que você apenas pode resgatar o dinheiro aplicado no dia de vencimento.

4 – Tesouro Direto

De maneira geral, o Tesouro Direto é o investimento mais famoso entre o mercado de renda fixa aqui no Brasil. Isso se deve a estabilidade e as taxas, uma vez que você pode começar a investir neste nicho com apenas R$ 30.

Diferente do CDB, em que você cede seu dinheiro para a agência bancária, neste caso, os recursos são encaminhados ao Governo Federal para financiar projetos públicos.

Existem diversas linhas de títulos disponíveis, que mudam em função do período que você almeja deixar o seu dinheiro aplicado e até o seu perfil como investidor.

O Tesouro Direto ganhou muita popularidade no território nacional em função da similaridade com a poupança, especialmente, quando se trata do Tesouro Selic, uma modalidade vinculada à taxa Selic e com a chance de resgate quando bem entender e sem perder absolutamente nada do que foi aplicado.

Quer saber mais sobre o Tesouro Direto?

A partir dos demais modelos de investimento financeiro, resgatando antes do período combinado, você tanto pode perder quanto lucrar muito mais, dependendo da taxa no dia do resgate.

Como começar a investir no mercado de renda fixa?

O fato é que qualquer brasileiro pode iniciar um investimento financeiro no mercado de renda fixa, mas contar com uma ajudinha na sua primeira tentativa sempre é bom, né? Confira um passo a passo!

1 – Analise a quantia disponível para investir

Conhecer a quantidade de dinheiro acessível para qualquer tipo de investimento financeiro é essencial antes de selecionar a melhor alternativa para o seu estilo e as metas propostas.

Isso é fundamental porque algumas possibilidades em renda fixa possuem um valor mínimo, que normalmente, inicia a partir de R$ 5 mil. A grande exceção é o Tesouro Direto que demanda apenas R$ 30 para sua primeira aplicação.

2 – Selecione prazo fixo ou indefinido

Escolher por quanto tempo deverá permanecer sem movimentar o dinheiro, no caso das opções sem liquidez. É importante salientar que há alternativas para todos os períodos, de 1 até 24 meses.

3 – Escolha entre pré-fixado ou pós-fixado

Outro ponto relevante para quem tem a ambição de atingir a liberdade financeira através do mercado de renda fixa, é decidir entre os títulos pós ou fixados. O cidadão deve basear a sua tomada de decisão sempre na sua condição atual e no intuito que deseja atingir.

4 – Investimentos que se encaixem com seu perfil

No mercado de Renda Fixa há inúmeros produtos, com tributações variadas, períodos e riscos. Antes de selecionar qualquer um deles, especialmente, o seu primeiro, o ideal é pesquisar muito e ter a certeza de que combina com o seu perfil. A consultoria de um especialista pode auxiliar a tirar as dúvidas.

5 – Diversifique seus investimentos em renda fixa

Variar as suas aplicações é uma maneira de lucrar ainda mais e alcançar rapidamente a sua independência financeira.

Neste caso, o planejamento econômico a curto, médio e longo prazo sempre é indicado para estabilizar o seu padrão de vida antes da data para resgatar o seu investimento.

Saiba qual é o melhor investimento do mercado!

Liberdade financeira com mercado de renda fixa

A partir do momento que você faz o seu dinheiro trabalhar a seu favor, a chance de obter a liberdade financeira se torna viável. Assim, você pode definir um investimento financeiro a curto, médio ou longo prazo sempre priorizando o seu objetivo e a quantia disponível.

Segundo o site especializado no mercado financeiro, Info Money, boa parte dos produtos do mercado de renda fixa não possui liquidez, e nestas circunstancias, você só terá acesso ao dinheiro no dia do vencimento.

Então, se não tiver certeza para quando irá necessitar do dinheiro, o ideal é aplicar em títulos a longo prazo, com os vencimentos para até 24 meses. Afinal, quanto maior o prazo, a margem de lucro também tende a ser mais elevada.

Vale a pena também prestar atenção na tributação nas aplicações não isentar, como, por exemplo, o Tesouro Direto. Neste contexto, o Imposto de Renda é regressivo, isto é, quanto mais duradouro o investimento, menos você arca com impostos.

Ciente de todas as suas opções no mercado de renda fixa, é possível não depender unicamente do seu salário. Na verdade, você pode gradativamente melhorar o seu padrão de vida a partir dos negócios que realiza e reinvestir a sua margem de lucro. Assim, é possível reduzir o seu tempo de trabalho e aumentar a sua liberdade de ir e vir.

Descubra como ter liberdade de tempo e dinheiro!

O Dia de 3 Horas

Você já sonhou com a possibilidade de trabalhar quando e onde bem entender, e oferecer todo o conforto aos seus entes queridos? Esta é a verdadeira definição de liberdade financeira: conforto, liberdade e estabilidade. E não é ter muito dinheiro e ficar todo o tempo enfurnado em um escritório.

Afinal, o que você conseguiria aproveitar ao trabalhar 10, 8 ou 12 horas por dia? Que tipo de liberdade é essa? A sua rotina se limitaria a trabalhar e pagar contas, o que não é o sonho de consumo de ninguém, inclusive dos profissionais que são apaixonados por suas funções.

Sentir a realização profissional é maravilhoso, porém ter a liberdade de tempo e dinheiro de reduzir a sua jornada para ficar mais com os filhos ou viajar é ainda melhor. Investir no mercado de renda fixa pode ser o pontapé inicial para esta virada, mas descobrir como fazer tudo isso em 3 horas por dia é uma maneira confiável de conquistar o estilo de vida que sempre desejou.

!!Dica EXTRA: Já te contei sobre o Caio Ferreira?

Ele conseguiu criar um método de você ter um e-commerce mesmo sem ter estoque em 2009. Hoje, além de vender centenas de milhares de reais na sua loja virtual, ele ainda ensina como outras pessoas podem fazer isso.

O Caio está com uma aula online gratuita que ensina "Como Criar Sua Loja Online do ZERO Sem Precisar Ter Estoque de Mercadorias". Espero que ele não tire do ar antes de você assistir.