Ser dono do próprio negócio é o sonho de muitas pessoas e a maneira mais fácil de colocá-lo em prática é através do mercado de infoprodutos seja como produtor ou como afiliado.

Contudo, para quem está começando agora o melhor jeito de investir em empreendedorismo digital e ter um rápido retorno financeiro é escolhendo um produto para afiliar-se, para adquirir experiência e quem saber torna-se um top afiliado.

Mas por que esse mercado vale tanto a pena? Porque apesar de ter dado seus primeiros passos em 2012 pelo pioneiro programa de associados da Amazon, o marketing de afiliados é e continuará sendo um modelo de negócio em franca expansão.

E isso se deve basicamente ao fato, de que é impensável regredir, a forma como se dá as relações hoje em dia, fazemos praticamente tudo online!

E a estimativa é que cada vez mais indivíduos estejam conectados a internet, podendo alcançar a marca de 177 milhões de pessoas assinantes de internet móvel no país em 2021, segundo a consultoria PwC Brasil.

Viu? Com esses dados, certamente clientes interessados em seus produtos, não vão faltar. Portanto, se prepare agora e conheça os três maiores desafios de um afiliado no mercado digital:

Desafios de um afiliado nº 1 – Reprogramação mental

Para quem está iniciando a sua jornada pelo mercado digital agora, um dos maiores desafios de um afiliado é sem dúvida direcionar o seu mindset, neste caso, o “pensar financeiramente” para o propósito de ganhar dinheiro, com o intuito de investir no mercado de infoprodutos.

Mas por que isso é tão importante? Um dos principais objetivos de um mindset ou mentalidade é encontrar oportunidades mesmo que em momentos desfavoráveis. No entanto algumas pessoas possuem um mindset fixo, ou seja, creem que suas capacidades e inteligência não podem melhorar e ainda tendem a perceber os desafios como armadilhas.

Se você costuma adotar esse tipo de mentalidade na sua vida, é necessário reprogramar o seu cérebro para uma ação mais positiva – O Mindset de Crescimento.

Totalmente oposta à outra, pessoas que possuem essa mentalidade, adoram um desafio e estão sempre em busca de novas possibilidades de aprender e aperfeiçoar a sua capacidade intelectual com estudo, conhecimento e esforço.

Como saber qual é o meu mindset?

– Se afirmativas como “eu sou descontrolado com dinheiro, não consigo entender nada disso”, “eu não tenho essa capacidade, e nunca vou aprendê-la” costumam fazer da sua parte da sua rotina é porque você está sendo guiado pela mindset fixa.

– Se por outro lado, costuma reproduzir frases como” ninguém nasce sabendo lidar com dinheiro, mas todos podem aprender”, parabéns, pois a sua mentalidade é de crescimento e perfeita para o empreendedorismo.

Reconfigurando o mindset para ganhar dinheiro e aplicar em tráfego no facebook Ads:

Para alterar o seu mindset é preciso antes mudar a abordagem, estudar, estabelecer metas e acreditar no seu potencial. Assista ao vídeo do fundador do movimento freesider, o Fagner Borges, e veja como educar a sua mente para ser mais positivo:

O facebook ads é uma ferramenta extremamente importante no empreendedorismo digital e um canal bastante utilizado pelo mercado de afiliados para promover infoprodutos através dos anúncios pagos. Nele você consegue gerar uma grande quantidade de tráfego barato, segmentado e qualificado, e assim atingir um retorno sobre o investimento (ROI) positivo.

Quanto investir em facebook ads? Antes de abordamos este assunto, dê uma olhada nesse próximo vídeo do Fagner Borges e aprenda como criar anúncios no facebook:

Um dos principais desafios de um afiliado depois de alterar o seu mindset financeiro e obter algum dinheiro é decidir quanto aplicar no facebook ads para ter sucesso no mercado de infoprodutos.

A princípio o valor vai depender muito do bolso de cada um, mas no geral é interessante que faça um investimento inicial que dê chance para uma análise mais apurada da campanha.

Comece estipulando uma determinada quantia e deixe rodar por aproximadamente quatro dias, período suficiente para ter uma noção de qual anúncio está convertendo melhor e qual tem a maior taxa de cliques (CTR), ou seja, quantas pessoas viram o anúncio e clicaram no link divulgado.

Dessa forma é possível pausar anúncios sem retornos e rodar todo o seu investimento em anúncios que trazem mais resultados. A campanha certa tem o poder de retornar todo o valor acrescido de lucros. Por isso é importante testar!

Por fim,  evite deixar o orçamento apenas por conta do facebook e tenha além dos anúncios automáticos, outros com valores de investimentos ao seu critério e depois de um tempo verifique quais estão dando maior retorno.

Descubra com Fagner Borges quanto você precisa para investir em anúncios no facebook e obter o seu primerio rendimento no mercado de infoprodutos:

Dicas extras para um mindset financeiro poderoso:

– Gostar mais de ganhar dinheiro e do que gastar: É preciso ser realista e racional com o seu dinheiro. No empreendedorismo, pessoas bem sucedidas são boas em ganhar, manter e multiplicar seus rendimentos.

Ganhar mais dinheiro é melhor do que economizar: Economizar é uma boa estratégia, mas é fundamental criar outras fontes de rendas para alcançar metas financeiras rapidamente. Obter uma economia de R$300 por mês contribui para o seu patrimônio, entretanto, um novo negócio no mercado digital ou um investimento terá um efeito bem mais significativo, por exemplo.

– Visualize seu futuro e tome as decisões baseadas nele: O dinheiro virá em consequência de decisões acertadas.

– Não é preciso gastar dinheiro para ganhar dinheiro: Seja criativo, existem outros fatores que podem gerar dinheiro. Use seu esforço, habilidade e criatividade para compensar uma possível falta de grana. Exercite sua mente e pense em formas de conseguir ganhar mais dinheiro sem depender de capital inicial. Agora se você já ganha algum dinheiro, pode usá-lo com inteligência para gerar mais dinheiro.

Desafios de um afiliado nº 2 – Se conectar ao público (avatar):

Se conectar a um público alvo e manter seu produto na mente do consumidor é um dos desafios de um afiliado mais recorrentes, e não é para menos! A interação com o avatar, também conhecido como persona é essencial para realizar muitas vendas no mercado de afiliados.

A interação com o avatar, também conhecido como persona é essencial para realizar muitas vendas no mercado de afiliados.

Mas o que vem a ser um avatar? É um perfil que vai representar o seu cliente ideal, o público para qual é destinado o seu produto. Estabelecer desde o início o avatar, conhecer a fundo o seus problemas e desejos é o que vai ajudá-lo, no desafio de transformar um cliente em potencial em um real comprador.

Como definir seu avatar? Para que você crie um ótimo avatar é necessário coletar o máximo de informações possíveis sobre o seu público no mercado digital como:

– Demografia: Sexo do avatar? Onde mora? Idade? Onde trabalha?

– Necessidades: O que a pessoa precisa?

– Desejos:O que ela quer?

– Pontos de dor: Seus anseios, preocupações e medos.

– Solução:O que o avatar acredita que vai resolver o problema dele?

– Saber o que o seu avatar compra: Faça uma pesquisa em um mecanismo de busca, como se estivesse na pele do seu avatar, isto lhe mostrará quais são os seus grandes concorrentes. Conhecer o seus concorrentes é indispensável para criar ou adaptar o seu discurso junto ao seu público, a fim de fazê-lo preferir o seu produto.

Quer mais detalhes sobre como criar um avatar poderoso e ser um top afiliado? Assista aos dois vídeos do Fagner Borges e aprenda como realizar uma análise de perfil e uma análise criativa do seu público:

Vídeo 1:

 

Vídeo 2:

Agora que você já sabe o que é avatar, invista seu tempo na montagem, pois será fundamental para um investimento certeiro. E antes de iniciar uma campanha para divulgar o seu produto no mercado de afiliados esteja preparado para enfrentar desafios como:

– Imaginação fértil: Definir os critérios imaginários para análise do perfil do avatar somente utilizando o seu ponto de vista pode criar resultados viciados. Divida suas impressões com outras pessoas experientes e esteja aberto a críticas construtivas.

– Cuidado com comportamentos discordantes: leve em conta que nem sempre o seu prospecto é verdadeiro, pois algumas pessoas tendem a se expressar de uma maneira e se comportar de outra forma completamente diferente por autossabotagem ou qualquer outra crença limitante, por exemplo.

– Falta de clareza: informações muito técnicas podem atrapalhar o entendimento do seu anúncio para o avatar, deixando-os desinteressados. Ser bem claro é fundamental para fortalecer o relacionamento com o público no mercado de afiliados.

– Falta de posicionamento: às vezes por algum receio de não se conectar com o público alvo, alguns afiliados podem errar pela ausência de posicionamento. Evite prometer resultados muitos superficiais. Promessas mornas costumam gerar resultados com o mesmo adjetivo. Um afiliado que se posiciona expressa fortemente os benefícios de seu produto.

– Colocar o avatar em posição de autojulgamento: no intuito de fazer com que o avatar enxergue suas necessidades, alguns empreendedores acabam fazendo com que sua persona julgue a si mesma. Essa atitude pode despertar os maiores bloqueios do seu avatar e o impedi-lo de tomar uma decisão diante de uma grande oportunidade. Prefira empoderar seu público.

– Subutilização do avatar: Ao definir seu avatar, imagine que ele possui no seu ciclo social pessoas que têm hábitos e comportamentos semelhantes aos dele. Potencialize seus resultados utilizando o avatar para multiplicar sua mensagem e levá-la para os contatos dele.

Mas como posso realmente me conectar ao público alvo do meu produto?

1º Estude Seu Público Antes de Se Comunicar com Ele: Não importa o tipo de público que você tem no mercado digital, para aproximá-lo do seu negócio e gerar uma forte conexão é necessário saber quem ele é.

Estude detalhadamente a sua persona para impulsionar seu alvo à conversão. Perceba se ele tem poder de aquisição e decisão para realizar uma compra. Assim você garante que seu tempo estar investido na pessoa certa.

2º Elabore um planejamento estratégico com etapas bem definidas: Faça um cronograma organizacional sobre como serão realizadas fases relevantes da construção da sua relação com o seu público.

A intenção é ter um processo padrão, definindo o que precisa ser feito desde o primeiro contato, até o pós-venda. Para manter a conexão com o seu público, considere, o contato inicial, a aproximação e a exploração dessa ralação, a apresentação de uma solução e um planejamento que otimize os processos e sobretudo, os resultados.

3° Escute o seu Público Alvo: Para que você traga seu público para o mais perto possível do seu negócio, é importante escutá-lo. Inclusive, antes mesmo de oferecer qualquer solução. Isso porque você só poderá ser assertivo na sugestão se, realmente, entender o que ele precisa.

4° Não Seja Um Robô: Quem é que gostaria de ser atendido por um robô de um jeito tão automático que parece que todo mundo é igual. Humanizar a relação com o seu público é o ponto chave para uma conexão forte. Ofereça soluções personalizadas, atenda de uma maneira que ele pareça ser único, especial!

5º Mantenha a comunicação mesmo depois da conversão: é inerente a uma boa conexão com o público alvo, continuar se comunicando com seu cliente após a conversão. Esse gesto simples faz com oque o seu alvo não se afaste e ainda tenha certeza de que é importante para o seu negócio.

3- Realize testes: Para que você evolua no mercado de infoprodutos é importante está sempre testando todas as variáveis do seu negócio digital. Ao testar com inteligência você cria uma série de hipóteses e consegue verificar a performance do seu anúncio junto ao seu público alvo.

Desafios de um afiliado nº 3 – Os testes mais relevantes

1 – Teste A/B:

Permite testar versões diferentes dos seus anúncios para saber qual possui a melhor estratégia para o aprimoramento campanhas futuras.

Como funciona o teste A/B?

O teste A/B divide o seu público em grupos aleatórios não sobrepostos para que cada conjunto de anúncios tenham as mesmas possibilidades de leilão.

O facebook duplicará seus anúncios e mudará somente a variável escolhida por você. Essas variáveis podem ser imagem, audiência, texto e entre outras. Se o seu objetivo é obter resultados mais precisos, Fagner Borges, fundador do movimento freesider, aconselha testar apenas uma variável de cada vez.

O teste A/B baseia-se em pessoas  e reúne resultados em diversos dispositivos. O desempenho de cada conjunto de anúncios é medido de acordo com o objetivo da sua campanha. Vence o conjunto de anúncios com o melhor desempenho.

Quer aprender na prática como realizar o teste A/B e se dá bem no mercado de afiliados? Assista então o vídeo abaixo e melhore seus processos de conversão :

Realizando o teste A/B você receberá informações preciosas que podem ser usadas para projetar a sua próxima campanha.

2 – Teste os títulos de seu e-mail:

Este processo permite que você teste o título do e-mail sem pausar as vendas, através da segmentação de leads – pessoas interessadas no que você tem a oferecer.

Um bom exemplo de como realizar esse teste é fazer um email de vendas e enviar para sua lista inteira de contatos com um título bem atrativo. No dia seguinte, selecione todos os contatos que não abriram seu email, mude o título e reenvie.

Além de identificar qual título foi mais atraente, você ainda tem a chance de realizar novas conversões.

3 – Rastrear vendas:

Rastrear suas vendas pode ser um teste valioso no mercado digital. Por meio desse mecanismo, você saberá por qual link o cliente adquiriu o seu produto e repetir a estratégia para tentar fazer mais conversões.

Com a rastreabilidade constante é possível verificar se o número de vendas está em alta, comparar com períodos anteriores, e se tem a necessidade de mudar a forma de divulgação e afins.

Controlando a taxas de vendas você pode direcionar seus esforços no modelo que gera mais resultados.

4 – Testar o público alvo:

Quem não quer ampliar o seu negócio? Ao testar públicos alvos distintos para o seu anúncio a partir de uma campanha personalizada para cada audiência, você saberá qual deles mais converte, e poderá focar a publicidade no público que te dá maior retorno.

O objetivo desse teste é exatamente parar de desperdiçar tempo e dinheiro em leads que não produzem resultados satisfatórios.

Caso o seu produto alcance públicos diversos e todos tenham boas taxas de conversão – Você poderá identificar o perfil e produzir anúncios que falem diretamente com cada audiência.

5 – Testes e mais testes:

Um top afiliado nunca para de realizar testes, está sempre em busca de aprendizado. Para isso há várias formas de melhorar o seu desempenho no mercado digital.

Comparar dois anúncios, mudar a forma como produz um conteúdo, testar o momento em que faz a chamada para ação, quantidade de banners, alterar layout, e até mesmo as cores do elemento de uma página é indispensável para gerar cada vez mais conversões, sem dever em nada a concorrência.

Quer começar o ano com o pé direito e em pouco tempo se tornar um top afiliado? Clique na imagem e abaixo e participe da nossa jornada de liberdade: