Praticar esportes é algo essencial para você manter a sua saúde física e mental, não ser considerada uma pessoa sedentária e para melhorar o seu condicionamento físico.

Mas, tem muita gente que vai além. Afinal, existem milhares de modalidades e algumas que misturam o esforço físico com a adrenalina. Hoje em dia, os esportes radicais aquáticos ou terrestres têm conquistados adeptos.

Praticar esportes é algo essencial para manter a sua saúde física e mental, sem falar que esse tipo de esporte te deixa mais próximo da natureza.

Vale lembrar que três esportes radicais serão parte dos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020: tratam-se do surfe, escalada e do skate. A ideia é renovar a programação olímpica e também chamar a atenção de um público cada vez mais jovem.

Mas, não pense que os esportes radicais na água são exclusivos para a juventude. Com o preparo físico adequado e tomando todas as medidas de segurança, qualquer pessoa pode viver fortes emoções, superar seus próprios limites e viver incríveis experiências em novos territórios.

Se você nunca praticou nenhum esporte radical, conheça algumas razões para aumentar o nível de adrenalina de seu cotidiano.

Por que praticar esportes radicais aquáticos?

Os esportes radicais aquáticos exigem muito do seu condicionamento físico e, em contrapartida, oferecem vantagens para o seu corpo e mente, além de oferecer oportunidades únicas. Por isso, conheça 4 motivos para aderir aos esportes radicais praticados na água:

1 – Confiança

Os esportes radicais na água fazem com que a sua tomada de decisão seja imediata e exigem muita confiança do praticante. Com o passar do tempo, as aventuras bem sucedidas proporcionam uma sensação de vitória e segurança que podem ser repassadas para atividades profissionais.

2 – Resistência

Como toda atividade física de alta intensidade, os esportes praticados na água exigem muito fôlego, força e resistência para poder manter o esforço por tempo considerável. Deste modo, acontece uma melhoria das suas funções cardiovasculares a partir de sua evolução física.

3 – Bem estar

Ao realizar qualquer exercício, o seu organismo libera a endorfina, um hormônio responsável pela sensação de tranquilidade e bem estar. Essa substância diminui o estresse e aumenta a sua sensação de disposição. E quanto maior a intensidade dos esportes radicais na água maior a quantidade de endorfina produzida naturalmente. Isso significa que você se sente extremamente de bem com a vida.

4 – Ganho de força muscular

As modalidades radicais feitas na água são uma excelente forma de ganhar força muscular. Mas, é preciso conhecer os seus próprios limites para escapar de lesões musculares ou imprevistos durante uma aventura. Por isso, mantenha o seu ritmo e intensifique o desafio gradativamente.

Os melhores esportes radicais aquáticos

Agora que você entendeu bem alguns dos benefícios dos esportes radicais aquáticos, vamos dar uma olhada em alguns bem interessantes e que vão deixar seu corpo cheio de adrenalina?

1 – Rafting

Se você procura por um esporte radical na água precisa conhecer o rafting, que se resume a uma descida em uma corredeira de rio em um bote.

Esse esporte se resume a uma descida em uma corredeira de rio em um bote.

Mesmo que a adrenalina seja permanente, não demanda nenhuma experiência anterior e você pode encontrar com facilidade empresas que oferecem a experiência com toda a segurança. Basicamente, você vai se divertir muito e conhecer cenários impressionantes.

2 – Canoagem

A canoagem é um esporte olímpico e conta com diversas modalidades, podendo ser praticada em corredeiras, no mar, etc. O local depende muito da adrenalina que você sente preparado para enfrentar. Contudo, é necessário contar com uma aparelhagem grande para a prática: canoa, remo, colete, capacete, entre outros.

Antes de seguir para o próximo conteúdo, deixe-nos apresentar outros relacionados a este tema:

1 – Conheça agora os melhores esportes radicais individuais

2 – 5 Esportes radicais para crianças

3 – Descubra onde praticar esportes radicais no Brasil em 2017

3 – Kitesurf

No kitesurf, você fica em cima de uma prancha e é puxado por uma pipa. No entanto, é um esporte radical praticado na água que necessita da realização de um curso preparatório com um profissional capacitado para não correr nenhum risco. Dê uma olhada e aproveite:

4 – Wakeboard

É preciso contar com a ajuda de uma pessoa e uma lancha para a realização de manobras e ações parecidas com as do snowboard.

Infelizmente, é preciso contar com a ajuda de uma pessoa e uma lancha para praticar esse esporte.

Normalmente, quem se interessa por esse esporte aquático radical tem vontade de ousar ainda mais em saltos e acrobacias.

5 – Flyboard

Criado em 2012, o Flyboard é um esporte radical aquático desconhecido que usa uma espécie de mochila a jato para os pés, uma prancha ligada a um jet ski através de uma mangueira. O jato de água manda a pessoa para cima oferecendo uma sensação quase de voo. Apesar de parecer complicado, basta ter equilíbrio para se divertir muito.

6 – Esqui aquático

Você já pode ter esquiado na neve, mas já pensou em repetir a experiência dentro da água?

Imagina esquiar na neve? Pronto! Essa é uma sensação parecida, só que na água.

Então, é necessário contar com a ajuda de uma pessoa pilotando uma prancha para facilitar o seu deslize na água através de uma corda longa. A ideia é se manter equilibrado e aproveitar a sensação única pelo maior tempo possível.

7 – Waveski

O Waveski é um esporte radical aquático que reúne o caiaque e o surfe. Basicamente, é o praticante com um remo duplo, e esse esforço faz com seja mais fácil pegar uma onda. É uma modalidade bastante simples para quem deseja começar a apostar em modalidades mais intensas. Deste modo, pode ser uma boa alternativa para um interessado de primeira viagem.

8 – Surfe

Surfe não é apenas um esporte radical aquático, mas deve se tornar um esporte olímpico a partir dos Jogos de Tóquio, em 2020. Dá uma olhada:

No entanto, o surfe pode ser encarado como uma paixão ou mesmo uma filosofia de vida, que não necessita de muito investimento e nem mesmo uma prancha tão bacana quanto a de Gabriel Medina. Você pode se divertir, conhecer lugares incríveis, manter uma vida saudável e se exercitar adequadamente apenas pegando onda.

9 – Bodyboard

O esporte é bastante famoso e conceituado no Brasil em função da grande quantidade de títulos no circuito mundial feminino e masculino. Da mesma forma que o surfe tradicional, o bodyboard também pode ser considerado mais do que um esporte praticado na água e visto como uma forma de levar a vida.

Você pode praticar na praia perto da sua casa, viajar para conhecer outros picos, acordar cedo para aproveitar as ondas antes do trabalho ou dos estudos, basicamente, trata-se de uma opção bastante saudável e econômica para quem quer curtir a vida intensamente.

10 – Mergulho

Mergulho é uma forma de conhecer o fundo do mar e se admirar com um mundo totalmente novo e encantador. Todavia, pode exigir uma preparação ou o acompanhamento de um profissional quando se realiza em uma profundidade considerável.

Mergulho é uma forma de conhecer o fundo do mar e se admirar com um mundo totalmente novo e encantador.

Você também pode mergulhar de maneira segura em qualquer ponto do mar, rio ou lago com um simples óculos para enxergar melhor. Afinal, não é a profundidade que devia o mergulho, mas o quanto você aproveitou a experiência.

Esperamos muito que você tenha curtido esse conteúdo, e se isso for um fato, compartilhe!