Como se livrar de dívidas e alcançar a liberdade financeira
5 (100%) 1 vote

Mesmo que os especialistas em economia tenham previsto a retomada do crescimento do Brasil ao longo de 2018, a situação está longe de ser de acordo com o esperado. Sendo assim, é preciso descobrir meios de como se livrar de dívidas.

Além da falta de eficiência de algumas reformas, como a Reforma Trabalhista e a aprovação da Lei da Terceirização, a paralisação nacional iniciada pelos caminhoneiros acabou impactando ainda mais a frágil recuperação nacional. Sendo assim, o país deve encerrar mais um ano com instabilidade financeira.

O que isso significa para quem está querendo saber como se livrar das dívidas bancárias ou qualquer outro compromisso que não tem condições de arcar neste período de crise? A verdade é que a situação está bem complicada, uma vez que são mais de 13 milhões de pessoas sem emprego no território nacional.

como sair de dívidas 1
É preciso descobrir alternativas simples de como se livrar de dívidas.

No entanto, é preciso encontrar maneiras de driblar as dificuldades e honrar com as questões assumidas, não é? E quanto antes você optar por organizar as suas finanças, mais fácil ficará para sair desta crise, ordenar a sua condição econômica e até eliminar os gastos superficiais.

Só que o que você pode fazer para cortar tanto as despesas pessoais quanto os custos do seu empreendimento? Se este é o seu caso, este artigo foi feito especialmente para você entender que é possível prosperar em um período de complicações econômicas com criatividade, organização e eficiência.

Como se livrar das dívidas ganhando pouco?

Como citado anteriormente, o cidadão precisa arcar com as dívidas que vai acumulando com o passar do tempo. E nem mesmo a crise mais grave da história do Brasil é razão para deixar de pagar tudo o que está em aberto. De fato, esse processo exigirá determinação, planejamento e até alguns sacrifícios. Você está pronto para isso? Então vamos lá!

1 – Orçamento mensal

Esse é o conselho mais básico do universo das finanças: você precisa descobrir o quanto entra e o quanto sai da sua conta bancária mensalmente para ter o controle total da sua situação econômica.

Quem não tem ideia de como acontece esse tipo de movimentação, jamais terá a capacidade de descobrir como se livrar das dívidas atrasadas, especialmente, se o salário não for relativamente alto.

Então, você precisa começar a anotar tudo o que recebe ao longo do mês em um caderno, uma folha de papel, um relatório, uma planilha do Excel, em um aplicativo do seu celular, entre outros. Não importa o local, mas você necessita urgentemente iniciar a sua recuperação pelas contas.

Infelizmente, é essencial dar o segundo passo que envolve contabilizar todas as suas despesas. Essa contagem envolve desde os gastos mínimos com lanches rápidos, bem como as contas fixas do seu mês (energia elétrica, água, internet, telefone, plano de saúde, mensalidade da escola, condomínio, etc).

Claro que registrar cada real perdido no decorrer dos 30 dias não é tão animador, porém é uma tarefa imprescindível para que você tenha uma percepção real de como está o seu orçamento neste momento.

Inteligência financeira: como desenvolver a sua educação econômica?

2 – Não gastar mais do que se arrecada!

Essa é a primeira lição indicada para gestores públicos ou do setor corporativo: jamais gaste mais do que você tem. E, simplesmente, você deve tomar essa recomendação como lema para a sua vida a longo prazo.

Como se livrar das dívidas passa por não acumular novos gastos desnecessários. Assim, você deve voltar as contas para verificar se está terminando o mês com saldo positivo ou negativo.

Se estiver na primeira possibilidade, excelente! Todavia, se a sua remuneração não está dando conta de arcar com suas despesas atuais… Não há motivo para pânico! Ainda! Afinal, o desespero também não vai resolver nada, né?

Com uma crise financeira acentuada e o desemprego bastante elevado, é muito comum que as pessoas não estejam conseguindo fechar as suas contas mês após mês. Respire fundo e vamos em frente!

3 – Corte as despesas superficiais

Agora que você já tem a disposição um verdadeiro balanço de suas contas e ganhos mensais, está na hora de verificar o que pode ser riscado de sua lista a fim de reduzir as pendências financeiras.

Lembra quando falamos de realizar alguns sacrifícios? Infelizmente, a partir de agora todo mundo terá de apertar o cinto e fazer algumas concessões em prol da recuperação financeira familiar ou pessoal.

Compras desnecessárias, serviços não primordiais, luxos além de sua capacidade econômica, passeios extravagantes, reformas imobiliárias e até a troca de um carro podem e devem ficar para depois.

Como se livrar de dívidas sem diminuir as suas despesas cotidianas? Pode doer, mas esse esforço vale muito a pena. Pode acreditar nisso!

4 – Atenção redobrada com cartão de crédito e cheque especial

Sabe aquela história de pagar as contas de um cartão de crédito com outro e conseguir um dinheiro extra apelando para o cheque especial? Se você não sabe do que se trata, excelente! Continue assim!

Caso contrário, a sua ideia de prosperar economicamente está totalmente errada. Não dá para ficar adiando o momento de encarar todos esses pagamentos a serem feitos.

Use o cartão de crédito dentro de suas possibilidades e jamais, em hipótese alguma, deixe atrasar alguma das parcelas. Os juros pelo menor atraso podem representar um novo rombo nas suas contas!

5 – Economize!

Quem quer saber como se livrar de dívidas pode pensar que um cenário com tranquilidade para poupar está muito distante. Mais cedo ou mais tarde, essa chance aparece para aqueles que mantém todas as contas bem claras, organizadas e quitadas pontualmente.

Como se livrar de dívidas
Você pode pensar que o atual cenário está desfavorável para poupar, contudo, sempre há alternativas.

E esse dinheiro que está sendo guardado pode ser o primeiro passo para não depender unicamente do seu salário. Ter uma reserva, independente do seu tamanho, é indispensável para ter calma para encarar situações emergenciais e fora do comum.

Os especialistas recomendam que o trabalhador poupe cerca de 30% de seu salário todos os meses, todavia, nem todos os brasileiros contam com essa possibilidade. Sendo assim, se esforce para economizar um pouco mais a cada mês. O resultado vai aparecer a médio e/ou longo prazo!

Como se livrar de dívidas ao abrir um negócio próprio?

O senso empreendedor é bastante aflorado no brasileiro e sequer a crise tem abalado a vontade de milhares em abrir um negócio próprio. Mas, não adianta muito apenas seguir esse sonho e não ter nenhum tipo de planejamento para o seu negócio para não acumular dívidas e acabar decretando falência.

1 – Plano de negócio

Nos dias de hoje, você pode começar um empreendimento com pouco, muito e até sem capital. Isso porque existem franquias, e-commerce e oportunidades de ganhar dinheiro por conta própria na internet sem a exigência de investir pesado no primeiro momento.

Entretanto, o pequeno e/ou o grande empreendedor não poderá dar o primeiro passo sem realizar um plano de negócio. Essa pesquisa aprofundada é fundamental para descobrir onde se está pisando e em quanto tempo você conseguirá lucrar realmente.

Como abrir uma empresa e ser um bom empreendedor?

2 – Concorrência

Além de fazer o “dever de casa” para aguentar a instabilidade dos primeiros meses e não precisa saber como se livrar de dívidas na primeira tentativa de empreender, você precisa ter um diagnóstico bem detalhado de sua concorrência.

E não pense que esta é uma exigência para se firmar somente entre os empreendimentos físicos. Uma loja não se preocupa mais somente com seus concorrentes locais, mas também precisa estar por dentro de valores, promoções e táticas de venda realizadas na rede mundial de computadores.

E isso também vale para um negócio virtual. Ou seja, é fundamental ficar de olho em todas as possibilidades online ou offline. As vendas pela internet estão aumentando anualmente, só que ainda há muita gente que não dispensa esse contato humano na hora de adquirir uma mercadoria ou serviço.

3 – Mercado-alvo

Se você precisa ficar de olho na concorrência, é evidente que também necessita conhecer muito bem as vontades e necessidades do seu público-alvo. Quanto mais segmentado for o seu negócio, mais afunilada deve ser a sua pesquisa de público para saber como falar, interagir e vender a sua clientela.

A construção de uma reputação passa por uma identificação genuína com a sua audiência e na troca de experiências. Você deve convencer alguém a comprar um produto e/ou serviço despertando um desejo.

E, muitas vezes, o segredo para o sucesso é incitar isso de alguém que não tem essa necessidade imediata. Isso porque a sua forma de comunicação chamou tanto a atenção que a pessoa tem a vontade de comprar, mesmo sem ter um problema real para sanar.

4 – Marketing digital

E, boa parte do sucesso desta técnica nos dias de hoje tem a ver com o marketing digital. Para micro e pequenas empresas, microempreendedores individuais e profissionais autônomos, o marketing digital é o canal de comunicação e interação ideal com o público.

Isso porque o custo benefício, em comparação com as mídias tradicionais, é muito melhor. Por exemplo, uma propaganda de 30 segundos no horário nobre de um dos principais canais de televisão do Brasil pode custar milhares de reais. E nem todo mundo tem essa grana, né?

Como se livrar de dívidas e lucrar sem comprometer seu orçamento com esse tipo de campanha publicitária? Criar e segmentar anúncios para o público correto e com as ferramentas certas.

Como assim? Ao descobrir o seu público-alvo, provavelmente, você vai descobrir quais redes sociais, aplicativos e outros canais favoritos. A partir daí, você vai desenvolver anúncios, textos, artigos, vídeos, áudios, imagens e tudo o que puder para vender a sua marca, produto e/ou serviço.

Portanto, você vai eliminar qualquer tipo de intermediário (televisão, rádio, jornal, revista, etc) e encaminhará diretamente a mensagem aos seus seguidores, clientes fiéis e consumidores em potenciais.

E ainda poderá tirar rápido e facilmente qualquer dúvida pelas mesmas plataformas. Quando bem feita, essa é a melhor forma de comunicação entre quem quer vender e aquele que deseja comprar. Simples, prático e barato!

Como anunciar e escalar o seu negócio no Facebook?

Como lucrar com seu conhecimento enquanto viaja pelo mundo?

Até aqui você conferiu dicas de como se livrar de dívidas e também construir um negócio próprio sem arriscar o seu patrimônio. Mas, e se a gente dissesse que você pode fazer tudo isso sem estar presente na sua empresa e/ou local de trabalho?

Quem nunca pensou em viajar o mundo por tempo indeterminado? E, se fosse possível, faturar ao longo dos seus passeios? A boa notícia é que você pode ter tudo isso ao seu alcance ao empreender virtualmente.

Afinal, você pode comandar a sua empresa, loja virtual ou realizar todos os seus serviços pela internet, além de manter um contato direto com os seus clientes e/ou parceiros no Brasil ou qualquer outro lugar do mundo.

E como fazer tudo isso? As primeiras sugestões para alcançar esse estilo de vida dos sonhos estão no ebook “Como lucrar com seu conhecimento enquanto viaja pelo mundo”. Esse guia para empreendedores foi criado a partir da experiência pessoal do especialista em marketing digital, Fagner Borges.

Simplesmente, Fagner abriu mão de uma vaga dentro do funcionalismo público em busca liberdade de tempo e mobilidade. Ele não estava contente com a sua carreira e trocou a estabilidade profissional pela liberdade. E quer saber? Fagner Borges não se arrepende da decisão, bem como deseja lhe mostrar como fazer a mesma coisa.

Assista a essa aula gratuitamente!

Quer ter acesso a esse conteúdo de uma vez por todas? Então, vamos lá! Tudo o que você precisa fazer é clicar neste endereço eletrônico, que lhe direciona para a página de inscrição para aula!

Vamos nessa?